Whitepaper 02

67 %
33 %
Information about Whitepaper 02
Technology

Published on February 23, 2014

Author: fernandofreitas90475069

Source: slideshare.net

Description

Poliureia - Solidez de cor e resistência das propriedades mecânicas com exposição aos UV's. Saiba mais

Abril 24, 2013 WHITE PAPER Diferença da Resistência UV e Solidez de Cor entre sistema Poliuréia Pura e sistema Hibrido Poliuretano/Poliureia Recordando um pouco o White Paper anterior, lembro que a poliureia pura é a reação química (por poliadição) entre um di-isocianato (NCO-R-NCO), e uma poliamina (NH2-R-NH2), sem o auxílio de catalisador ou um agente de reticulação adicional. Normalmente é aplicado através de um sistema de pulverização a uma relação de mistura 1:1. Na Europa é proibido etiquetar um coating como POLIUREIA PURA se não tiver acima de 80% de pureza. No Brasil não é assim pois, se assim fosse, se evitaria muitos enganos e problemas em algumas obras que podem destruir a reputação de um produto, mas também, como sempre, a corda rompe no lado mais fraco o aplicador. Voltando ao tema deste White Paper, qual a diferença de resistências UV e Solidez de cor entre os sistemas de POLIUREIA PURA (aromáticas e alifáticas) e o sistema hibrido poliuretano/poliureia. Retenção das Propriedades Físicas Poliureia Pura após 3000 horas de exposição ao teste ASTM G53 Resistência à Tração alongamento Resistência ao Rasgo Dureza Shore D Craquelamento >95% 100% 98% 100% Nenhum Mas o que é resistência UV, ou quando podemos afirmar que um produto é resistente UV? Se um produto exposto aos raios UV não sofrer alterações de propriedades mecânicas (abrasão, elasticidade, dureza, alongamento, etc), poderemos afirmar que esse produto tem resistência UV. A POLIUREIA PURA aromática e alifática tem excelente resistência UV. Veja ao lado a figura que mostra os resultados de uma POLIUREIA PURA aromática após 3000 horas segundo a norma ASTM G-53 que manteve as suas característica praticamente inalteradas. A s hibridas poliuretano/poliureia degradam muito mais e em menos tempo, principalmente alongamento, resistência química e resistência á tração. Mas então porque em algumas obras um cinza vira verde ou um branco vira amarelo? Isso tem a ver com solidez de cor e não com resistência UV. Os sistemas aromáticos tem a tendência a amarelecer com o tempo de exposição á luz, os sistemas alifáticos não. A Solidez de cor ou a estabilidade de cor se preferirem, das aromáticas é mediana e das alifáticas é excelente. As hibridas poliuretano/poliureia amarelecem muito rapidamente, dependendo da quantidade de poliol e catalisador bastam poucas semanas. A Versaflex tem uma POLIUREIA PURA aromática que não muda de cor (não amarelece) , mas existe uma redução da intensidade da cor ao longo do tempo (muito tempo) - nos contate Teste QUV segundo a norma ASTM G 53 - 500 horas equivale a aproximadamente 3 anos. Referencias: 1. Primeaux II, D. J., Evolution of Polyurea “Spray”. In Building on the Future, PDA Annual Meeting, New Orleans, Louisiana, November 30 – December 1 2000. 2. Primeaux II, Dudley J., “Aliphatic Polyurea Spray Elastomers XTA-110: Development and Application,” Huntsman Corporation Austin Laboratories, Problem No. 38000.00, Report No.3, June 6,1997. 3. ASTM G 53 “Practice for Operating Light- and Water-Exposure Apparatus (Fluorescent UVCondensation Type) for Exposure of Nonmetallic Materials,” (withdrawn 2000), ASTM

Add a comment

Related presentations