Web 1x Web2

50 %
50 %
Information about Web 1x Web2
Education

Published on March 24, 2009

Author: marlisebrenol

Source: slideshare.net

A origem da internet (Arpa)   A comunicação via internet (protocolos)  A criação da www e a popularização da internet  Os primeiros navegadores  A internet no Brasil

1995: www ganha o mundo e empresas pontocom crescem vertiginosamente. Papéis destas empresas atingiam valores altos (valor de futuro) 2000: papéis das empresas pontocom despencaram com o bug do milênio e a bolha estourou

Foi a primeira geração de internet  comercial. Seu grande trunfo era a quantidade de informações disponíveis; A web era um repositório quase infinito de  conteúdo, mas unilateral; Somente os responsáveis por uma página  podiam colocar informação na web; Os aplicativos da web 1.0 eram  fechados. 1995 havia 10 mil páginas na web 

O termo “Web 2.0” se refere às páginas web cuja importância se deve principalmente à participação dos usuários. Este termo foi criado retroativamente para descrever as limitações que caracterizaram o desenvolvimento inicial da rede, baseado no conceito de páginas Web e a exigência de cadastramento prévio para acesso ao conteúdo da página

O termo Web 2.0 é utilizado para descrever a  segunda geração da World Wide Web - tendência que reforça o conceito de troca de informações e colaboração dos internautas com sites e serviços virtuais. Sua essência é permitir que os usuários sejam mais  que meros espectadores: eles são parte do espetáculo. Os melhores sites são ferramentas para que os  internautas gerem conteúdo, criem comunidades e interajam. Alguns, como a Wikipédia, possibilitam a construção  coletiva do conhecimento. É difícil lidar com o excesso de informação inútil. 

É uma infra-estrutura comum, mediante a qual se pode compartilhar, processar e transferir informação de forma SENSÍVEL. Tal infra-estrutura faz com que as máquinas COMPREENDAM significados de informação, tornando o trabalho fácil e ágil.

Uma rede de significados   Informação classificada  Hierarquia de dados  Infra-estrutura ordenada  Converter a rede em uma mega base de dados

Existe uma equipe chamada World Wide Web Consortium (W3C) que se dedica a melhorar, ampliar e padronizar o sistema e as linguagens da web. Publicações e ferramentas estão sendo desenvolvidos.

Ela vai permitir: Realizar deduções lógicas  Realizar inferências  Combinar informações  Gerar informações “novas” a partir de uma referência  Realizar consultas complexas  Automatizar processos

Efetivamente não. Mas há tentativas... Livraria on-line Amazon. Se você compra regularmente na Amazon, os computadores do site interpretam suas preferências e arriscam palpites sobre livros que você gostaria de ler.

Efetivamente não. Mas há tentativas... Buscador 2.0 X 3.0 Tema: São Paulo+ time Google, encontra milhões de sites a partir de uma ou mais palavras-chave que você tecla. Se você teclar quot;São Pauloquot; e quot;timequot; em busca de informações sobre o clube no Google, ele apresentará todos os sites que contenham essas palavras. Mas não vai indicar aqueles que falam do São Paulo Futebol Clube e não usam a palavra quot;timequot;. Radar Network O buscador da Radar avaliaria a relevância dos sites, a partir do conteúdo de cada página. Entraria em cada site e quot;compreenderiaquot; quando o assunto é futebol. Com isso, ele saberia se a página trata de São Paulo como time ou cidade.

Anos Pós- Futuro 90 2003

Quantidade de Usuários são parte Inteligência artificial informação do espetáculo: - organização e o disponível 24 horas geram uso mais inteligente por dia conteúdo, criam do conhecimento já FOCO: comunidades, intera disponível na gem Internet. conteúdo FOCO: FOCO: usuário estruturas

Conteúdo era Excesso de Máquina vai de mão informações trabalhar única, tipo inúteis sozinha e pode banco de errar dados, exigia cadastramento

Privada Pública Pública e privada - conteúdo – conteúdo - Lógica do dirigido e era pago compartilha pago + mento compartilha mento

Steve Jimmy Tim Case, dono Wale, criador Berners-Lee da AOL, que da criou a www e comprou a wikipedia, a quer recriá-la Time Warner enciclopédia tornando em em uma web construção semântica

Buscava Busca Buscará conforto informação, pesqu participação, quer e menor esforço. isa e praticidade ter acesso a Será a era dos nos serviços informação e robôs oferecidos por ajudar a construir nerds o conteúdo e compartilhar experiências

Não apenas Um editor (seja Capacidade semântica permite que um site de torna um site mais “muitos outros” notícias ou um eficiente. Na comentem e site pessoal no pesquisa, se terá colaborem com o Geocities) respostas mais conteúdo colocava o precisas. O usuário publicado, como conteúdo num site poderá fazer também permite da Web para que perguntas ao seu que os usuários muitos outros programa e ele será coloquem, eles lessem, mas a capaz de ajudá-lo a mesmos, material comunicação entender mais sua original. terminava aí. necessidade.

Utilidade: Web sites não são mais  depósitos isolados de informação com canais de comunicação de uma só via (um entre muitos), mas, ao invés disso, são fontes de conteúdo e funcionalidade, tornando-se assim plataformas de computação para oferecer aplicativos da Web aos usuários finais.

Compartilhamento: Um enfoque da criação e distribuição de conteúdos na Web caracterizada pela comunicação aberta, controle descentralizado, liberdade para compartilhar e recombinar conteúdos, bem como o desenvolvimento da ideia de “mercado como uma conversa” (muitos para muitos).

Banco de dados: ao  desenvolver softwares que usam insumos da comunidade e interação com os usuários, sites como Wikipedia, MySpace, You Tube e Flickr criaram sofisticados armazéns para estocagem de conteúdos sem produção própria.

Os editores da Web estão  criando plataformas ao invés de conteúdo. Os usuários estão criando conteúdo. “Em 2006, a Web mundial tornou-se um instrumento que reúne pequenas contribuições de milhões de pessoas e as torna importantes”, explicou a Time.

Mídias Sociais São ferramentas online projetadas para  permitir a interação social a partir do compartilhamento e da criação colaborativa de informação nos mais diversos formatos. Redes sociais  São as relações entre os indivíduos na comunicação mediada por computador. Esses sistemas funcionam através da interação social, buscando conectar pessoas e proporcionar sua comunicação e, portanto, podem ser utilizados para forjar laços sociais.

Social Networking:  Orkut, Facebook, linkedin, etc. Redes sociais temáticas:  Youtube, Flickr, Last.FM, MySpace, etc Redes de compartilhamento:  Slideshare, E- Mule, Torrent, Wikipedia, etc. Microblogging: Twitter, Jaiku, etc.  Comunicadores instantâneos:  messenger, skype, gtalk, etc Redes de interesse:  Blogs, wikis, fóruns, comunidades, etc.

Participação voluntária: a obrigatoriedade elimina  a curiosidade e a possibilidade de pró- atividade Isonomia: quando todos são iguais perante  determinadas regras Ações coordenadas e decisões compartilhadas: não  há hierarquia mas não significa que não seja organizada – há uma coordenação que orienta e todas as decisão são compartilhadas com o grupo Sentimento de pertencimento: o participante se vê  como parte do grupo e importante para o grupo Existência do objetivo comum: aquilo que reúne o  grupo, que motivou a participação no grupo

Tags: para catalogar ou apenas localizar conteúdos criados. Os tags são escolhidos informalmente e não pertencem a nenhum esquema de classificação formalmente definido. Isto é chamado de folksonomia TAGS = INDEXAÇÃO PERSONALIZADA Taxionomia era a indexação por critérios científicos, utilizada antes da web 2.0

ICEROCKET.COM Delicious.com TECHNORATI.COM

Uma nuvem de tags (do inglês tag cloud) é um sistema automático inserido num site para visualizar as tags mais usadas pelos visitantes da página. O código do computador gera uma nuvem de tags e as exibe com uma fonte maior, conforme a frequência de uso, permitindo que os usuários visualizem rapidamente o conteúdo principal relacionado a cada tag.

Escolher tema para pesquisa de blogs   Acessar os três sites de busca e exercitar busca simples e busca avançada (advanced)  Fazer um relato curto no blog  Tempo: 15 minutos Icerocket.com technorati.com Delicious.com

Entrar no blog individual  Inserir uma nuvem de tags  Aparência Complementos  Tempo: 5 minutos 

Lançamento: 1998 Origem: Larry Page e Sergey Brin, colegas na universidade de Stanford, decidem que um buscador seria o grande desafio. Slogan: portal de buscas da web Desafio: se adaptar à web semântica

Palavra é Google, o que vem em mente? BUSCA GRATUITA Como sustentar um site de serviço? PUBLICIDADE

Anunciante Solução? AdSense O Google que não produz conteúdos, mas apenas localiza, criou um mecanismo de anúncio por palavra-chave. A empresa define quanto ela paga cada vez que o usuário clicar, e o Google cobra por clique. Google Usuário

Empresa Anuncia no Google Solução? Usuário clica Google AdSense no anúncio e negocia com vai para o site terceiros da empresa Site/Blog Robôs eletrônicos indexam conteúdo

2005: Google divulgou uma receita publicitária superior a seis bilhões de dólares 2006: o rendimento com anúncios chegou a 10 bilhões de dólares. Tudo isto sem precisar contratar nenhum representante de vendas. (fonte: http://investor.google.com).

Busca eficiente   Publicidade aberta e compartilhada  Serviços como gmail, RSS, Office  Mapas, blogger, calendário Larry Page Sergey Brin

Lançamento: fevereiro 2005 Origem: ex-funcionários do PayPal, o banco online e financeira que impulsiona grande parte do comércio do eBay. Slogan: Broadcast Yourself(Seja Um Comunicador) Desafio: respeitar os direitos autorais. Muitas pessoas se apropriam do conteúdo de outras pessoas.

Em junho de 2006, a NBC reduziu as resistências quando decidiu fazer uma parceria com o YouTube e criou um canal oficial no site para exibição de clipes. Os usuários podem escolher entre os Mais Recentes, os Tops, os Mais Vistos e Mais discutidos, e encontrar rapidamente o clipe de maior sucesso do momento. Ou acessar apenas um dos canais Em outubro de 2006, a Google comprou o You Tube por 1.6 bilhões de dólares em ações

Os usuários do Digg encontram conteúdo interessante em outro site online, depois submetem os links e sumários à consideração do Digg. Em seguida, outros usuários do Digg “votam” nas histórias que eles mais gosta

Exercício 3 Escolher um site de web 2.0 ou uma  secção 2.0 de um site  Navegar pelas possibilidade e anotar o que encontrar de mais interessante Fazer um printscreen de uma tela que  lhe chame atenção (printscreen é o botão que fica no topo do teclado ao lado do scroll lock)  Colar no Paint, salvar e guardar

Exercício 4 Produzir um texto com uma comparação entre a  Web 1.0 e a Web 2.0 , destacando em especial a forma como uma e outra alteraram o comportamento dos usuários da internet; no texto citar o website selecionado como modelo de web 2.0 no exercício anterior Você poderá encontrar alguns parâmetros para  desenvolver o trabalho nos endereços a seguir: http://eduspaces.net/scarr/files/6472/14565/Web+2. 1. 0.doc http://espig.blogspot.com/2007/10/web-20-mdulo- 2. 2-o-legado-da-web-10-e-as.html http://usabilidoido.com.br/web_20_no_brasil.html 3. http://marcogomes.com/blog/2005/sobre-a-web-20/ 4. http://sala19maxial.blogs.sapo.pt/309.html 5.

Exercício 6 Usar o site escolhido e analisado no  primeiro exercício como exemplo e ilustração para o artigo sobre web 1.0 x web 2.0; No comando upload/inserir, clicar em  (adicionar uma imagem) Escolher o arquivo para fazer upload e  clicar em selecionar na janela que abrir em seguida. Selecionar a imagem, aguardar o  upload, selecionar o tamanho, alinhamento e direcionar para alguma url Voltar ao texto e finalizar o post. 

Leitura recomendada: Como funciona a Web 2.0: http://informatica.hsw.uol.com.br/web -20.htm Planeta Web 2.0 – livro em espanhol - download livre : www.planetaweb2.net

Add a comment

Related presentations

Related pages

Web 2.0 - Wikipedia, the free encyclopedia

Web 2.0 describes World Wide Web sites that emphasize user-generated content, usability, and interoperability. The term was popularized by Tim O'Reilly and ...
Read more

Icinga Web 2 mit Icinga 2 verwenden – Thomas-Krenn-Wiki

Icinga Web 2 ist ein neu entwickeltes Web-Interface für Icinga Backends. Die Kommunikation mit Icinga 2 erfolgt wie bei Icinga 1.x über die Idoutils ...
Read more

Web 2.0 Taschenrechner

Der wissenschaftliche Taschenrechner im Internet. Ideal zum Lösen von Hausaufgaben aus den Gebieten: Mathematik, Physik und Technik. Mit Vektor ...
Read more

Web 2.0 Taschenrechner

web2.0rechner. Anmelden; ... 2nd π const const x var var 1/x % % e i i ([[,)]] sin-1 asin sinh-1 asinh cot-1 acot y ... web2.0rechner Schnellstart.
Read more

Social Web, Web2.0 | Wuensch-Media

Social Web, Web2.0; Twitter; Job-Suche; Amazon; Kontakt; Impressum; ... können den Knopf jeweils nur 1x drücken und den Countdown so am Leben erhalten.
Read more

Web 2.0 Scientific Calculator

Free online scientific notation calculator. Functions include math expressions, plots, unit converter, equation solver, complex numbers and calculation ...
Read more

Zwei starke Partner: www.kremerdruck.de | www.web2sign.de

5;URL='http://www.web2sign.de' ... Hinweis: Sie können die gleiche URL nur 1x innerhalb von 30 Tagen anmelden !
Read more

Icinga 2 + Web 2 - Icinga Web 2 - Monitoring-Portal

Das Web2 haben wir uns per GIT gehohlt die Weboberfäche läuft auch soweit ... many 1.x: some. Nagios-Version(en ... Icinga Web 2, Graphite ...
Read more

Web2.0-Anwendungen für SchülerInnen und LehrerInnen 1/x ...

Und schon starten wir eine kleine Serie mit dem Ziel, sinnvolle und nützliche Tools aus der Web2.0 Welt vorzustellen und die Arbeit damit leicht zu machen.
Read more