Um projeto que estimulou o empreendedorismo na agricultura familiar

100 %
0 %
Information about Um projeto que estimulou o empreendedorismo na agricultura familiar
Education

Published on March 19, 2014

Author: FCVSA

Source: slideshare.net

Description

O casal Genir Bezerra da Silva Lopes, 49 anos, e
Eduardo da Silva Lopes, 49 anos, donos de uma pequena
propriedade no Sítio Passagem do Meio, foram
beneficiados com o Projeto Família III, no ano de 2000 e
até hoje o projeto garante a renda para a subsistência da
família, manutenção das atividades e investimentos.

Boletim Informativo do Programa Uma Terra e Duas Águas Ano 7 • nº 1328 Janeiro / 2014 Um projeto que estimulou o empreendedorismo na agricultura familiar O Projeto Família foi concebido a partir da busca de alternativas para substituir a monocultura do algodão que por muitos anos foi a base da economia do município de Senador Pompeu (CE) e entrou em decadência nos meados da década de 80 do século passado, deixando problemas econômicos e ambientais. Foi iniciado no ano de 1999 através da parceria da Cooperativa de Senador Pompeu e a Cooperativa IL CANALE da Itália, parceria conquistada através do Pe. Albino Donati, que nos anos 80 e 90 lutou por melhores condições de vida para os sertanejos que sofriam por falta de ações voltadas para a convivência com fenômeno natural da seca. Foram implantadas três unidades com financiamento e assistência técnica garantida pelo que se chamou de fundo rotativo para o futuro. O casal Genir Bezerra da Silva Lopes, 49 anos, e Eduardo da Silva Lopes, 49 anos, donos de uma pequena propriedade no Sítio Passagem do Meio, foram beneficiados com o Projeto Família III, no ano de 2000 e até hoje o projeto garante a renda para a subsistência da família, manutenção das atividades e investimentos. Para receber o projeto, a família passou por capacitações para o manejo adequado das atividades produtivas, gerenciamento da produção e contábil. Para implantar o projeto, a família recebeu um financiamento de 27 mil reais. “No início foi um pouco difícil porque a gente não tinha o costume de vender os produtos, a gente botava as galinhas numa caixa na garupa da moto e saía vendendo aqui pela região mesmo. As pessoas ficavam falando como era que a gente ia deixar de criar gado para criar galinha. Mas deu tudo certo, no primeiro ano a gente conseguiu vender bem e hoje a gente tem um lote com 200 aves”, afirma Genir. Hoje a família é composta pelo casal, três filhos, a nora e uma neta. Toda a família é envolvida no processo de produção, mas o gerenciamento é de responsabilidade da Genir, tanto a parte de controle financeiro como o gerenciamento da produção. “É tudo muito organizado, anotado, para saber os custos, ganhos e perdas de cada atividade, até o que é tirado para alimentação da família ou doação, passa pelo controle. O gerenciamento é uma das coisas que a gente considera muito importante, para que a atividade ande bem”, explica Genir. Um exemplo citado pelo casal foi com relação à produção de bananas, uma das primeiras atividades. “Nós iniciamos com um hectare de bananeiras, mas depois de cinco anos começou a dar problemas com o vento e as pragas, então a gente substituiu as bananeiras por goiaba e acerola”, diz Eduardo. “Se a gente não fizesse o controle, a gente ia continuar insistindo em uma atividade que estaria tomando o lugar de outra de melhor produtividade”, comenta Genir. Senador Pompeu

Articulação Semiárido Brasileiro – Ceará 2 Boletim Informativo do Programa Uma Terra e Duas Águas Realização Patrocínio Além do gerenciamento, outra premissa importante do projeto é a produção diversificada, que tem o objetivo de garantir que sempre haverá produtos para atender as necessidades da família e a manutenção do projeto. “Hoje temos a apicultura, avicultura, fruticultura, criação de ovinos, bovinos e suínos, assim quando não está na época da colheita de mel, tem a polpa de frutas”, explica Genir. Dessa forma, a família mantém um padrão constante de colheitas e a estimativa do que se vai colher a médio e longo prazo. Mais uma tecnologia está sendo implantada na propriedade, é a cisterna-enxurrada de 52 mil litros d'água e uma bomba movida à energia solar que já está em pleno funcionamento. A família já deu início à produção de hortaliças que será mais uma atividade que vai gerar mais renda e qualidade da alimentação da família. A mata nativa no entorno da área de produção é preservada e serve de refúgio para diversas espécies de pássaros nativos da Caatinga que buscam água e alimento. Eduardo tem um carinho especial pelas árvores, animais e lajedos que ficam nos arredores da casa. Na área preservada estão instaladas 80 colmeias, que produzem mais de 70 baldes de mel por colheita. Para o beneficiamento do mel, a família construiu em cima de um grande lajedo a casa do mel. Quando não está sendo usada na colheita do mel, a casa é usada para a produção de polpas de frutas. O próprio Eduardo com seu espírito inventivo de agricultor experimentador criou uma máquina para dosagem das embalagens das polpas de frutas. A produção é vendida para o comércio da região e através do Programa de Aquisição de Alimentos (PAA) da agricultura familiar para a merenda escolar. O Semiárido passou por uma das maiores secas dos últimos 50 anos, mas não chegou a afetar as atividades produtivas de Eduardo e Genir, que fazem uso de tecnologias apropriadas para a convivência com o Semiárido e produzem de forma orgânica, o que garante a qualidade dos produtos. “No Semiárido dá pra gente conviver muito bem, mas é preciso ter coragem de trabalhar, porque tudo que a gente produz vende”, diz Genir. Eduardo e Genir se dizem satisfeitos e felizes com o projeto, em treze anos de trabalho, não só conseguiram manter as atividades que iniciaram, foram além, ampliaram e conquistaram a autossuficiência. Aprenderam a produzir através de mecanismos apropriados para a convivência com o Semiárido. É um exemplo de perseverança, de trabalho, empreendedorismo e de superação das adversidades. CDDH-AC LUTA PELA VIDA CONTRA A VIOLÊNCIA

Add a comment

Related presentations

Related pages

Escola Agrícola: Projeto Mandala

O que é mandala. É um ... desenvolvendo um modelo de agricultura familiar baseado no empreendedorismo e na cultura ... Na Escola Agrícola o projeto e ...
Read more

Programa de Fortalecimento da Agricultura Familiar ...

... a cada Plano Safra da Agricultura Familiar, divulgado entre os ... familiar deve avaliar o projeto que ... com o semiárido, centrados na ...
Read more

Projeto alternativo de desenvolvimento rural sustentável

com valorização e fortalecimento da agricultura familiar. O ... na agricultura em regime de economia familiar, ... o país em que o Projeto ...
Read more

Projeto Agricultura Familiar - MRN - Mineração Rio do Norte

Projeto Agricultura Familiar Conteúdo 1 ... Fazemos repasses financeiros ao STRO que ... Os resultados do projeto podem ser comprovados com o ...
Read more

TEORIA SOCIAL, AGRICULTURA FAMILIAR E PLURIATIVIDADE

que estimulou a especialização da produção e do ... tagem de se apoiar na agricultura, o que lhe ... anteos projetos familiares ou os resultados das
Read more

Agricultura | Sebrae

Agricultura. Encontre aqui ... Contribuir para que o empreendedor ... Dia do Campo gera reflexões sobre empreendedorismo. O projeto Gestão Integrada da ...
Read more

Um projeto inovador: O dendê e a agricultura familiar

O Projeto de Agricultura Familiar do Dendê estimulou ... na medida em que inclui os pequenos ... Centro de Empreendedorismo Social e ...
Read more

Embrapa no Ano Internacional da Agricultura Familiar ...

A produção que resulta da agricultura familiar se ... Familiar, a pesquisa está focada na meta ... 2013 o encontro "Agricultura Familiar: ...
Read more

Empreendedorismo – Wikipédia, a enciclopédia livre

O empreendedorismo está muito relacionado na ... condutor, mostrando que o empreendedorismo tem mais ... Projeto empresa junior : inserindo o ...
Read more