Técnicas de modelagem de teste (parte 2)

50 %
50 %
Information about Técnicas de modelagem de teste (parte 2)
Technology

Published on March 11, 2009

Author: FabricioFFC

Source: slideshare.net

Fabrício Ferrari de Campos

Baseadas em Estrutura Teste e Cobertura de Comandos Teste e Cobertura de Decisão Outras técnicas baseadas na estrutura

O que e cobertura de teste Cobertura de teste é uma medida, referente ao número de itens (código) testados, pelo total de itens, multiplicado por 100%. número de itens x 100% exercitados Cobertura = total de itens

Teste e Cobertura de Comandos Definir casos de teste que executem todos os comandos pelo menos uma vez (passa por todos os nodos do grafo) Métrica: número de nodos cobertos Fácil de satisfazer Não garante qualidade do código

Teste e Cobertura de Comandos Cobertura de comando é medida, de acordo com o número de comandos exercitados divididos pelo total de comandos, multiplicado por 100%. número de comandos x 100% exercitados Cobertura = de comando total de comandos

Teste e Cobertura de Comandos 2 1 1.a = Integer.parseInt(args[0]); 3 2.b = Integer.parseInt(args[1]); 3.while(a < 0){ 4 4. if (b < 0){ 5. b = b + 2; Um teste é o 5 6. } suficiente 7 7. a = a + 1; a b C 9 8.} (resultado) -1 -1 1 9.c = a + b;

Teste e Cobertura de Comandos Questão simulado (CTFL-BSTQB) Se você estiver voando com um bilhete da classe econômica, há uma possibilidade de você conseguir mudar para a classe executiva. Principalmente se você tiver um cartão fidelidade da companhia aérea. Se você não tiver o cartão fidelidade (CF), há a possibilidade de você ser quot;despejadoquot; do vôo se ele estiver lotado e você chegar atrasado.

Teste e Cobertura de Comandos n s s cartão econômica executiva fidelidade lotada lotada s n n s executiva econômica lotada n econômica despejado mudar mudar do vôo embarcar

Teste e Cobertura de Comandos Questão simulado (CTFL-BSTQB) Três testes foram executados: Teste 1: O passageiro tem o CF e mudou para a classe executiva Teste 2: O passageiro não tem o CF e permaneceu na classe econômica Teste 3: O passageiro foi quot;despejadoquot; do vôo Qual é a cobertura de comando obtida com esses três testes? a) 60% b) 70% c) 80% d) 90%

Teste e Cobertura de Comandos Resposta correta Alternativa: c) 80% Os três testes apresentados cobrem 8 comandos de 10, ou seja, 80% dos comandos. Os testes não cobrem o comando 3 e o 9.

Teste e Cobertura de ~ Decisao Uma decisão é um IF, um loop (ex. do-while ou repeat-until), ou um CASE, no qual existem duas ou mais possibilidades de saídas ou resultados a partir de um comando número de decisões x 100% exercitados Cobertura = de decisão total de decisões

Teste e Cobertura de ~ Decisao Teste de decisão é uma forma de teste de controle de fluxo, já que ele gera um fluxo específico através dos pontos de decisões A cobertura de decisão é mais eficiente que a cobertura de comandos: 100% da cobertura de decisão garante 100% da cobertura de comandos, mas não vice-versa

Teste e Cobertura de ~ Decisao Os testes devem cobrir cada saída possível de um nodo que tenha uma condição Métrica: número de arestas cobertas Teste de decisão derivam-se dos casos de testes para executar decisões específicas, normalmente para se aumentar a cobertura

Teste e Cobertura de ~ Decisao 2 1 1.a = Integer.parseInt(args[0]); 3 2.b = Integer.parseInt(args[1]); 3.while(a < 0){ três testes são 4 4. if (b < 0){ necessários 5. b = b + 2; ab C 5 (resultado) 6. } -1 -1 1 7 7. a = a + 1; 00 0 9 8.} -1 0 0 9.c = a + b;

Teste e Cobertura de ~ Decisao Questão simulado (CTFL-BSTQB) Tendo como base o pseudocódigo abaixo, quantos testes são necessários para atingir 100% da cobertura de desvio/decisão? a) 1 1. If x = 3 then b) 2 2. Display_messageX; c) 3 3. If y = 2 then d) 4 4. Display_messageY; 5. else 6. Display_messageZ; 7. else 8. Display_messageZ;

Teste e Cobertura de ~ Decisao Resposta correta Alternativa: c) 3 Criando três testes conseguimos cobrir 100% das decisões do pseudocódigo, por exemplo: x y 3 2 0 0 3 0

Outras tecnicas baseadas na estrutura Cobertura de desvio LCSAJ (Linear Code Sequence and Jump - Seqüência de Código Linear e Salto) Cobertura de Caminho

Cobertura de desvio Está estreitamente relacionada com a cobertura de decisão, tanto que 100% de cobertura de desvio, equivale a 100% de cobertura de decisão Cobertura de decisão medi a cobertura dos desvios condicionais, já a cobertura de desvio medi a cobertura de desvios condicionais e não condicionais

LCSAJ Inclui a cobertura de código linear e salto, cobertura de decisão, cobertura de condições e cobertura de múltiplas condições Essa técnica requer a cobertura de todas as condições que podem afetar ou determinar o resultado de uma condição

Cobertura de Caminho Especifica dos caminhos possíveis de um software, quantos são cobertos na execução de um teste Porcentagem de caminhos exercitada por uma suite de teste. 100% de cobertura de caminho implicam em 100% de cobertura LCSAJ

^ Baseadas na experiencia Suposição de erro Teste exploratório

~ Suposicao de erro Deve ser usada sempre como um complemento à outras técnicas mais formais Não há regras para a suposição de erro Quando usado para aumentar a técnica sistemática, testes intuitivos podem ser úteis para identificar testes específicos que não são facilmente identificados pelas técnicas formais Depende muito da habilidade e experiência do testador

Teste exploratorio Ocorre simultaneamente à modelagem, execução e registro de teste, e baseia-se nos objetivos de teste, onde é realizado em um tempo predefinido É uma abordagem muito usual, em locais onde a especificação é rara ou inadequada e existe grande pressão por conta de prazo, ou para aprimorar/complementar um teste mais formal

Teste exploratorio Pode servir como uma checagem do processo de teste, assegurando que os defeitos mais importantes sejam encontrados O aspecto principal é a aprendizagem: sobre o software, seu uso, seu pontos fortes e fracos Também pode servir de complemento para outras técnicas formais

 BSTQB. Base de Conhecimento para Certificação em Teste - Foundation Level Syllabus. 2007br.  BSTQB. Glossário Padrão de Termos Utilizados em Teste de Software. Versão 1.3br  D. Grahan; V. Veenendaal; I. Evans; R. Black. Foundations of Software Testing: ISTQB Certification. Cengage Learning Business Press, 2006. www.inf.pucrs.br/~copstein/CursoTeste/Dia3/Dia3_TesteFunciona lTesteEstrutural.ppt (Professor Dr. Bernardo Copstein)

Add a comment

Related presentations

Related pages

Técnicas de modelagem de teste (parte 2) | QualidadeBR

Na segunda e última parte da apresentação sobre técnicas de modelagem de testes, são apresentadas as seguintes técnicas: Baseadas em estrutura Teste ...
Read more

Técnicas de modelagem de teste (parte 2) - Technology

Técnicas de modelagem de teste (parte 2) Download. of 26
Read more

Técnicas de modelagem de teste (parte 1) | QualidadeBR

... Teste de Caso de Uso teste de software comentários8 comentários em Técnicas de modelagem de teste (parte 1) Técnicas ... técnicas de modelagem de ...
Read more

Técnicas de modelagem de teste (parte 1) - Technology

Apresentação sobre técnicas de modelagem de teste, abordando as baseadas em especificação: Partição de Equivalência; Análise do Valor Limite ...
Read more

Técnicas de modelagem de teste (parte 1 ...

Apresentação sobre técnicas de modelagem de teste, abordando as baseadas em especificação: Partição de Equivalência; Análise do Valor Limite ...
Read more

Formação Básica em Testes de Software - CESAR

2 Teste durante o ciclo de vida do software 13. Teste durante o ... Tipos de Teste - Parte III ... Técnicas de Modelagem de Teste ...
Read more

Dicas para se dar bem na CTFL – Júlio de Lima – Medium

Aprenda na prática como usar as técnicas de teste caixa branca e caixa ... pt.slideshare.net/FabricioFFC/tcnicas-de-modelagem-de-teste-parte-2 ...
Read more

Teste Curso Modo - Modelando o Arco (videoaula01) - YouTube

Teste Curso Modo - Modelando o Arco (videoaula01) ... Modelagem das Estruturas Parte 01 ... 50- Modelando um Sofá no MODO 401 Parte 2 de 3 ...
Read more