advertisement

T2 -v01

60 %
40 %
advertisement
Information about T2 -v01
Education

Published on March 8, 2014

Author: e-for-all

Source: slideshare.net

advertisement

Ano Lectivo 2009/2010 – 1º Semestre 2º Teste de Gestão – 7 Jan 2010, 13:00 Horas Duração: 1 hora e 30 min Código do enunciado 01 (a introduzir no boletim) DEG 1. Comece por preencher a sua identificação no boletim para leitura óptica. Leia com atenção, na página seguinte, as instruções para o preenchimento do boletim para leitura óptica: • Cabeçalho - escrever a caneta: Nome, Número, Curso, Disciplina e Sala • Assine e escreva a data (a caneta) • Nº de aluno codificado (a lápis) • Curso – Pôr o código do enunciado que está no cimo desta página (a lápis) • Selecção das respostas: deve ser a lápis para permitir correcção pelo aluno 2. O teste é sem consulta. Não são usadas outras folhas para além do enunciado, que inclui tabelas em branco e dados auxiliares de resolução. 3. Só são permitidas calculadoras sem possibilidade de inclusão de texto. 4. Não são permitidos telemóveis, ou qualquer outro equipamento electrónico ou qualquer espécie de auriculares, nem livros ou cadernos. Os objectos que forem levados para a sala do teste devem ser colocados no chão. 5. Resposta certa = 0,5 val. Há 3 perguntas de cotação = 1 val. N. 6, 17 e 18 Resposta errada = - 25% da cotação da respectiva resposta certa; Não–resposta = 0 val. 6. Entregar apenas o boletim para leitura óptica: podem ficar com o enunciado. • Verificar a identificação, a versão do teste e eventuais respostas duplas que serão consideradas respostas erradas. 7. O docente recolhe a folha de respostas no lugar do aluno. 8. Desistências: escrever no boletim “Desisto” e assinar. Devolver o boletim ao docente. Só podem sair no final do teste. 9. Respostas e resultados: o enunciado e respectiva resolução, bem como as notas e a data de consulta de provas ficarão disponíveis na página da cadeira. Bom trabalho! 1

INSTRUÇÕES PARA O PREENCHIMENTO DAS RESPOSTAS NO BOLETIM PARA LEITURA ÓPTICA PREENCHA O CABEÇALHO DO BOLETIM COM CANETA, EM LETRAS MAIÚSCULAS. A SALA CORRESPONDE À SALA EM QUE ESTÁ A REALIZAR A PROVA DE AVALIAÇÃO. INSIRA A LÁPIS OS ALGARISMOS DO SEU Nº DE ALUNO. NÃO PREENCHER INSIRA A LÁPIS, NOS RECTÂNGULOS RESPECTIVOS O CÓDIGO DE ENUNCIADO. INSIRA A LÁPIS, O SEU NÚMERO DE ALUNO NOS RECTÂNGULOS RESPECTIVOS. INSIRA TAMBÉM OS DOIS ALGARISMOS DO CÓDIGO DE ENUNCIADO. INSIRA CADA RESPOSTA A LÁPIS, ASSINALANDO APENAS UM ESPAÇO POR LINHA. PREENCHA A DATA E ASSINE O BOLETIM COM CANETA. 2

Versão 01 Considere os seguintes dados, relativos à actividade de uma determinada empresa: Activo Capitais Próprios Resultados Operacionais Resultados Líquidos 53 529 412 € 4 550 000 € 650 500 € 386 750 € 1. Se, de entre os principais indicadores de gestão da empresa, optarmos por calcular um Rácio de Rentabilidade, podemos concluir que: a) por cada 100 € detidos pelos sócios na empresa, a empresa gerou no último ano 11,76 € de resultados para os sócios. b) os activos da empresa são financiados em 8,50% por capitais próprios. c) por cada 100 € detidos pelos sócios na empresa, a empresa gerou 8,50 € de resultados para os sócios. d) os activos da empresa são financiados em 11,76% por capitais próprios. 2. Considerando a informação na tabela acima, se soubéssemos que o valor das vendas era de 1 000 000 €, a) o Rácio de Rentabilidade das Vendas seria de 38,68%. b) o Rácio de Rentabilidade das Vendas seria de 4,55%. c) o Rácio de Rentabilidade das Vendas seria de 53,52%. d) o Rácio de Rentabilidade das Vendas seria de 65,05%. 3. Caso, na tabela anterior, os 53 529 412 € se referissem ao Activo Circulante da empresa e se o Passivo Circulante da empresa fosse de 40 000 000 €, poderíamos afirmar que: a) a Liquidez Reduzida indica que a empresa pode solver os compromissos de curto prazo. b) a Liquidez Geral indica que a empresa é capaz de solver os compromissos de longo prazo. c) a Liquidez Reduzida indica que a empresa pode solver os compromissos de longo prazo. d) a Liquidez Geral indica que a empresa é capaz de solver os compromissos de curto prazo. Considere o seguinte gráfico: 4. Tendo em consideração o gráfico anterior e, particularmente, as rectas A, B, C e Vendas, indique qual das seguintes afirmações é correcta: a) C = A + Vendas (Custo Variável Unitário). b) (Custo Total – A) / Custo Variável Unitário = Quantidade produzida e vendida. c) (Custo Total – Custo Fixo) Quantidade produzida e vendida = Custo Variável Unitário. d) C = A Quantidade produzida e vendida + Custo Variável Unitário. 3

5. Das seguintes rubricas, quais as necessárias para calcularmos os Resultados Operacionais de uma empresa? a) Vendas / Custo líquido do financiamento / Custos administrativos. b) Custos de distribuição / Custo das vendas e serviços / Custos administrativos. c) Vendas / Custos de distribuição / Juros e Custos afins. d) Ganhos ou Perdas em investimentos / Vendas / Custos de distribuição. Considere uma empresa de que se conhecem os valores em milhares de Euros (m€), a 31 de Dezembro, dos Balanços de 2007 e de 2008 e da Demonstração de Resultados de 2008. Indique nas questões seguintes a resposta mais correcta: Balanços 2007 2008 Demonstração de Resultados de 2008 Vendas ACTIVO Imobilizado Bruto 120 Amortizações -25 160 100 Outros proveitos operacionais 20 120 Existências matérias primas 10 14 Proveitos operacionais Custos de matérias primas consumidas Existências de produto acabado 15 20 Fornecimentos e Serviços Externos 10 Dívidas de clientes curto prazo 25 29 Custos com Pessoal 30 Amortizações 24 Disponibilidades 5 TOTAL ACTIVO 150 outros custos operacionais 20 6 CAPITAL PRÓPRIO Capital 30 30 Reservas 12 15 Resultados transitados 8 10 Resultado do Exercício Resultados Operacionais 30 Resultados Financeiros CAPITAL PRÓPRIO + PASSIVO 10 Resultados Antes de Impostos 40 20 TOTAL CAPITAL PRÓPRIO PASSIVO Dívidas a Bancos a médio Longo Prazo Imposto sobre o Rendimento Resultado Líquido 10 30 70 40 50 Dívidas a bancos curto prazo 10 14 Dívidas a fornecedores curto prazo 20 23 Dívidas ao Estado curto prazo TOTAL PASSIVO TOTAL CAPITAL PRÓPRIO + PASSIVO 10 10 80 97 150 6. (1 Val.) Qual o valor das disponibilidades a 31 de Dezembro de 2008? a) 5 m€. b) 8 m€. c) 10 m€. d) 12 m€. 7. Qual o valor dos capitais Permanentes a 31 de Dezembro de 2008? a) 85 m€. b) 115 m€. c) 125 m€. d) 135 m€. 4

8. Qual é o Fundo de Maneio a 31 de Dezembro de 2007? a) 10 m€. b) 15 m€. c) 20 m€. d) 25 m€. 9. Qual é o Índice de Liquidez Geral a 31 de Dezembro de 2007? a) 107,5% b) 117,5% c) 127,5% d) 137,5% 10. Qual é o Prazo médio de Recebimento, a 31 de Dezembro de 2008? a) 85 dias. b) 95 dias. c) 106 dias d) 115 dias 11. Qual é a Rentabilidade do Capital Próprio em 2008? a) 24%. b) 29%. c) 35%. d) 67%. Considere os seguintes projectos mutuamente exclusivos (valores expressos em milhares de euros): Investimento Inicial Cash-flow Período 1 Cash-flow Período 2 Cash-flow Período 3 Projecto X -100 130 0 135 Projecto Y -100 0 130 130 Projecto Z -100 0 360 -110 12. Admitindo que optamos pelo Projecto Y e que a taxa de imposto a pagar pela empresa é de 20%, qual seria o valor dos Resultados Operacionais da empresa no Período 3 (considerar amortizações nulas) ? a) 104 m€. b) 650 m€. c) 26 m€. d) 162,5 m€. 13. Suponha que os projectos X e Y eram reajustados apenas para dois períodos (ignorando o período 3). Qual das afirmações seria correcta? a) O projecto X é melhor pois tem um VAL e TIR superiores aos do projecto Y. b) O projecto Y é melhor pois tem um VAL e TIR superiores aos do projecto X. c) O projecto X é melhor pois tem uma TIR superior à do projecto Y. d) O projecto Y é melhor pois tem uma TIR superior à do projecto X. 5

A empresa AZED Lda., tem em estudo a avaliação de um projecto de investimento de expansão da sua capacidade produtiva. O projecto vai implicar já (ano 0) a concretização de Investimentos em capital Fixo no valor de 900 mil €, que serão amortizados em 6 anos a valores anuais constantes (=> taxa de amortização anual = 16,66%). No final da vida do projecto o valor de mercado daqueles investimentos é de 50 mil €. O projecto deverá proporcionar vendas no valor de 400 mil € no 1º ano de exploração e 800 mil € /ano nos 4 anos seguintes. Estão estimados os seguintes custos operacionais totais: • Custos variáveis de fabrico: 40% do valor de vendas • Outros custos variáveis: 10% das vendas • Custos fixos anuais: 50 mil € (sem contar amortizações) A realização do projecto pela empresa AZED Lda., não vai por em causa a sua capacidade de gerar resultados positivos, mas atendendo ao risco do mesmo vai considerar uma taxa de actualização de 10%, sabendo que a taxa de juro sem risco é de 4% e que a taxa de imposto sobre o rendimento = 30% Considere um período de 5 anos de exploração para análise do projecto e efectue os cálculos que entenda necessários para responder às questões, assinalando a resposta mais correcta. (Juntam-se quadros e tabela com factores de actualização). 14. Qual o valor Residual do Investimento? a) 150 m€. b) 130 m€. c) 80 m€. d) 50 m€. 15. Qual o Cash Flow Líquido no ano 1, não actualizado? a) 150 m€. b) 100 m€. c) 50 m€. d) - 50 m€. 16. Qual o Cash Flow Líquido no Ano 5, actualizado? a) 230 m€. b) 300 m€. c) 370 m€. d) 440 m€. 17. (1 Val.) Qual a TIR do projecto? a) =10%. b) >10%. c) <10%. d) =6%. 18. (1 Val) Qual o período de recuperação do Investimento (considerando os cash-flows actualizados)? a) 3,0 anos. b) 3,5 anos. c) 4,0 anos. d) 4,5 anos. 6

19. Sabendo que existe uma Alternativa a este investimento em que a empresa poderia aplicar o valor do investimento durante 5 anos à taxa anual de 10% recebendo um renda anual constante de capital e juro durante os 5 anos (já líquida de impostos), qual a resposta mais correcta. a) Esta Alternativa é preferível ao projecto. b) O Projecto é preferível à Alternativa. c) É indiferente a escolha entre o projecto e a Alternativa. d) Ambas as alternativas são desinteressantes. 20. A teoria dita “dos dois factores” sobre a motivação é atribuída a: a) Abraham Maslow. b) David McClelland. c) Frederick Herzberg. d) Stacy Adams. 21. A teoria da motivação segundo a qual o empregado procura comparar o input e output do seu trabalho com o de outros colegas designa-se por: a) Teoria comparativa. b) Teoria de equidade. c) Teoria de desempenho. d) Teoria do reforço. 22. O que é a amplitude de controlo (span of control)? a) A transmissão do controlo de decisões até aos empregados no nível de base. b) A concentração da tomada de decisões num ponto específico da organização. c) O número de subordinados que um gestor pode gerir directamente de forma eficaz. d) A passagem de poder e autoridade aos empregados no nível base da organização. 23. Um balanced scorecard é uma forma de controlo com recurso a: a) gestão de carteiras (porftfolio). b) medidas qualitativas. c) objectivos e indicadores de desempenho. d) medidas quantitativas. 24. Uma das formas mais populares de agrupar tarefas é por: a) geografia. b) produto. c) clientes. d) funções. 25. Nos vídeos disponibilizados sobre a Google e a Microsoft, há referências ao conteúdo do trabalho a realizar. Na perspectiva destas empresas, trata-se especificamente de um: a) Factor de Motivação. b) Factor de Produção. c) Factor Higiénico. d) Factor de Cooperação. 7

26. Na edição de 18 de Dezembro de 2009, na página 2, o jornal económico OJE informava que por sua iniciativa 20% das receitas daquela edição seriam convertidas em alimentos para o Banco Alimentar contra a Fome. No contexto da segunda parte da disciplina trata-se de um exemplo de: a) responsabilidade social da empresa. b) um imposto. c) alargamento de tarefas. d) um custo operacional. 27. Quando aumenta a dimensão de uma organização aumenta a probabilidade de a) a organização crescer em altura. b) a organização ficar mais informal. c) na organização ocorrer menor especialização de funções. d) a organização ficar mais orgânica. 28. A Total Quality Management (TQM), não se preocupa com qual dos seguintes pontos? a) 0% de erros e defeitos na execução de tarefas. b) Melhoria contínua de algumas das operações. c) Adopção generalizada de práticas operacionais que são padrão da indústria. d) Satisfação total do cliente. 29. A política da empresa, administração, supervisão, relações pessoais, condições de trabalho e salário, são considerados segundo a teoria dos dois factores como: a) Factores de Auto-realização. b) Factores de Motivação. c) Factores de Estima. d) Factores Higiénicos. 30. Quais dos seguintes factores não se analisam ao se estudar a cultura de uma organização? a) O espírito e carácter que existe no ambiente de trabalho. b) As capacidades, competências essenciais e vantagens competitivas. c) As tradições da organização e as histórias sobre "como fazemos as coisas por aqui". d) Os valores, princípios de negócio, as normas éticas e práticas de gestão. 31. Um dos motivos mais relevantes para os gestores de organização elaborarem estratégias éticas é: a) a importância em não colocar os sócios da organização numa situação embaraçosa. b) o aparecimento de escândalos, multas, má reputação para a organização, e as consequências para os executivos que se vêm colocados no centro das atenções do público por comportamento antiético. c) o imperativo de ter uma estratégia que cumpre integralmente o código de ética da organização. d) a necessidade da estratégia das organizações passar pelo crivo moral dos seus dirigentes. 32. A Declaração de Valores e Código de Ética de uma organização: a) comunicam as expectativas de como os funcionários se devem comportar no ambiente de trabalho. b) contribuem para impedir que a organização seja vista pelos clientes e público em geral como gananciosa. c) servem o propósito de fazer com que os fornecedores hesitem em executar práticas antiéticas. d) são os factores mais importantes para determinar a sua reputação com os clientes, fornecedores, funcionários, accionistas e sociedade em geral. 8

33. O que torna a tarefa de gestão da implementação da estratégia tão exigente e desafiadora é: a) a experimentação que é necessário fazer para se chegar a uma estrutura funcional a organização. b) as exigências na gestão dos recursos humanos, a resistência à mudança que tem que ser superada, e a perseverança necessárias para desenvolver diversas iniciativas. c) o tempo, treino e esforço criativo necessários para dotar os trabalhadores das competências adequadas e ensiná-los a tomar decisões responsáveis. d) os requisitos associadas ao recrutamento de pessoal com as competências adequadas para a organização. 34. Uma empresa envolvida numa indústria em rápida evolução poderá concluir que uma estrutura _______________ é a mais benéfica. a) Vertical. b) Formal. c) Alta. d) Orgânica. 9

FOLHA DE RASCUNHO 10

Mapa para resolução CASH FLOWS EXPLORAÇÃO Rubricas Ano 0 1 400 Vendas 2 3 800 800 4 5 800 800 Cash Flows de exploração CASH FLOWS INVESTIMENTO Rubricas Ano 0 1 2 3 4 5 3 4 5 Investimento Valor Residual Cash Flows de Investimento CASH FLOWS LÍQUIDOS Rubricas Ano 0 1 2 Cash Flows Líquidos Cash Flows Líquidos actualizados VAL Tabelas a) Factores de actualização 1 2 3 4 5 0,9615 0,9246 0,8890 0,8548 0,8219 10% 0,9091 0,8264 0,7513 0,6830 0,6209 6% Factor Actualização r 4% Ano 0,9434 0,8900 0,8396 0,7921 0,7473 4% Factor actualiz anuidade 4,4518 10% 3,7908 6% 4,2124 11

FOLHA DE RASCUNHO 12

Add a comment

Related presentations

Related pages

VW T2 Gebrauchtwagen – mobile.de

Sie suchen einen VW T2 in Ihrer Nähe? Finden Sie VW T2 Angebote in allen Preiskategorien bei mobile.de – Deutschlands größtem Fahrzeugmarkt
Read more

VW T2 – Wikipedia

Der VW T2, genauer VW Typ 2 T2 und auch als Bulli bekannt, war die nach dem 1950 eingeführten Vorgängermodell VW Typ 2 T1 ab 1967 produzierte zweite ...
Read more

VW T2 gebraucht kaufen bei AutoScout24

Im Baujahr 1967 löst der VW T2 die erste Bulli-Generation ab Als der Urtyp des VW Transporters 1967 nach gut siebzehn Jahren Bauzeit von der zweiten ...
Read more

Vw T2, Gebrauchtwagen | eBay Kleinanzeigen

eBay Kleinanzeigen: Vw T2, Gebrauchtwagen kaufen oder verkaufen - Jetzt finden oder inserieren! eBay Kleinanzeigen - Kostenlos. Einfach. Lokal.
Read more

Volkswagen T2 Angebote bei mobile.de

mobile.de: Volkswagen T2 kaufen. Finden Sie eine Vielzahl von günstigen Angeboten bei mobile.de - Deutschlands größter Fahrzeugmarkt
Read more

T2 – Wikipedia

T2 steht für: T2, ein Begleitpapier für den Zoll, siehe Versandanmeldung #T2; T2 (Tastaturbelegung), eine deutsche Standard-Tastaturbelegung gemäß DIN ...
Read more

Interessengemeinschaft T2 e.V. | www.bulli.org: Startseite

Interessengemeinschaft von VWBus-Liebhabern, die sich der Restauration, Erhaltung und Pflege der VW-Busseder Jahre 1967-79 verschrieben haben.
Read more

vw bus t2 | eBay

Tolle Angebote bei eBay für vw bus t2 vw bus t2b. Sicher einkaufen.
Read more

T2 Hamburg | Facebook

T2 Hamburg, Hamburg. 9,379 likes · 173 talking about this · 8,277 were here. ... veranstaltet regelmäßig die größten und angesagtesten Tanzevents für...
Read more

Tea & Teaware - Shop Online | T2 Tea AU | T2 Tea US

Shop Australia's largest range of loose leaf tea, herbal tisanes and teaware for an incredible sensory experience.
Read more