.T.U.M.O.R.E.S....O.D.O.N.T.O.G.Ê.N.I.C.O.S

67 %
33 %
Information about .T.U.M.O.R.E.S....O.D.O.N.T.O.G.Ê.N.I.C.O.S
Education

Published on March 21, 2014

Author: dfmiguel

Source: slideshare.net

sexta-feira, 7 de março de 14

Classificação segundo O.M.S. sexta-feira, 7 de março de 14

Epitélio interno, epitélio externo, lâmina dentária, retículo estrelado, alça cervical, bainha epitelial de Hertwig sexta-feira, 7 de março de 14

Restos epiteliais de Malassez (bainha epitelial de Hertwig), restos epiteliais de Serres (lâmina dentária) sexta-feira, 7 de março de 14

Papila dentária, Folículo dentário sexta-feira, 7 de março de 14

sexta-feira, 7 de março de 14

sexta-feira, 7 de março de 14

sexta-feira, 7 de março de 14

sexta-feira, 7 de março de 14

sexta-feira, 7 de março de 14

sexta-feira, 7 de março de 14

Tumores benignos (comuns) Tumores malignos (raríssimos) Quanto à malignidade: sexta-feira, 7 de março de 14

Sem ectomesênquima Com ectomesênquima Quanto ao tecido odontogênico predominante: Com ou sem epitélio odontogênico - Originários do epitélio odontogênico (epiteliais) - Originários do ectomesênquima (mesenquimais) sexta-feira, 7 de março de 14

Com ectomesênquimaSem ectomesênquima sexta-feira, 7 de março de 14

Com epitélio odontogênicoSem epitélio odontogênico sexta-feira, 7 de março de 14

sexta-feira, 7 de março de 14

De epitélio odontogênico sem ectomesênquima •Ameloblastoma •Tumor odontogênico de células claras •Tumor odontogênico escamoso •Tumor odontogênico epitelial calcificante (tumor de Pindborg) De epitélio odontogênico com ectomesênquima •Fibroma ameloblástico •Fibro-odontoma ameloblástico (odontoameloblastoma) •Tumor odontogênico adenomatóide •Odontoma (composto e complexo) •Cisto odontogênico epitelial calcificante (cisto de Gorlin) NEOPLASIAS BENIGNAS sexta-feira, 7 de março de 14

De ectomesênquima com ou sem epitélio odontogênico (calcificado ou não) •Fibroma odontogênico periférico •Mixoma •Cementoblastoma •Tumor odontogênico de células granulares NEOPLASIAS BENIGNAS sexta-feira, 7 de março de 14

- De epitélio sem ectomesênquima •Ameloblastoma maligno •Carcinoma intra-ósseo primitivo - De ectomesênquima com epitélio odontogênico •Fibrossarcoma ameloblástico NEOPLASIAS MALIGNAS sexta-feira, 7 de março de 14

Classificação Atual da ! Tumor maligno ! Carcinoma odontogênico: ! Ameloblastoma malígno metastatizante. ! Carcinoma ameloblástico- tipo primário. ! Carcinoma ameloblástico intra-ósseo - tipo secundário. ! Carcinoma ameloblástico periférico – tipo seundário. ! Carcinoma de célula escamosa intra-ósseo primário tipo sólido. ! Carcinoma de célula escamosa intra-ósseo primário derivado do tumor odontogênico queratocístico. ! Carcinoma de célula escamosa intra-ósseo primário derivado de cisto odontogênico. ! Carcinoma odontogênico de células claras. ! Carcinoma odontogênico de células fantasmas. sexta-feira, 7 de março de 14

Classificação Atual da OMS ! Tumores Odontogênicos Benignos. ! A)Originados do epitélio odontogênico com estroma fibroso, sem o ectomesênquima odontogênico: ! Ameloblastoma sólido e tipo multicístico. ! Ameloblastoma extra-ósseo, tipo periférico. ! Ameloblastoma tipo desmoplásico. ! Ameloblastoma tipo unicístico. ! Tumor odontogênico escamoso. ! Tumor odontogênico epitelial calcificante.(TOEC) ! Tumor odontogênico adenomatóide (TOA) ! Tumor odontogênico queratocístico. (TOQ) sexta-feira, 7 de março de 14

Classificação Atual da OMS ! B)Originados do epitélio odontogênico com ectomesênquima, com ou sem a formação de tecido duro. ! Fibroma ameloblástico. ! Fibrodentinoma ameloblástico. ! Fibro-odontoma ameloblástico. ! Odontoma tipo composto e complexo. ! Odontoameloblastoma. ! Tumor odontogênico cístico calcificante. (TOCC) ! Tumor de células fantasmas dentinogênico. sexta-feira, 7 de março de 14

Classificação Atual da OMS ! C)Originados do ectomesênquima odontogênico, com ou sem epitélio odontogênico. ! Fibroma odontogênico. ! Mixoma odontogênico, mixofibroma. ! Cementoblastoma. sexta-feira, 7 de março de 14

Classificação Atual da OMS! Tumor maligno ! Carcinoma odontogênico: ! Ameloblastoma malígno metastatizante. ! Carcinoma ameloblástico- tipo primário. ! Carcinoma ameloblástico intra-ósseo - tipo secundário. ! Carcinoma ameloblástico periférico – tipo seundário. ! Carcinoma de célula escamosa intra-ósseo primário tipo sólido. ! Carcinoma de célula escamosa intra-ósseo primário derivado do tumor odontogênico queratocístico. ! Carcinoma de célula escamosa intra-ósseo primário derivado de cisto odontogênico. ! Carcinoma odontogênico de células claras. ! Carcinoma odontogênico de células fantasmas. sexta-feira, 7 de março de 14

Classificação Atual da OMS ! Sarcoma odontogênico: ! Fibrosarcoma ameloblástico. ! Fibrodentinoma e Fibro-odontosarcoma ameloblástico. sexta-feira, 7 de março de 14

sexta-feira, 7 de março de 14

sexta-feira, 7 de março de 14

sexta-feira, 7 de março de 14

sexta-feira, 7 de março de 14

A)Originados do epitélio odontogênico com estroma fibroso, sem o ectomesênquima odontogênico: sexta-feira, 7 de março de 14

CLASSIFICAÇÃO OMS 1992 ! A- TUMORES DE EPITÉLIO ODONTOGÊNICO SEM ECTOMESÊNQUIMA ODONTOGÊNICO ! B- TUMORES DE EPITÉLIO ODONTOGÊNICO COM ECTOMESÊNQUIMA ODONTOGÊNCICO, COM OU SEM FORMAÇÃO DE TECIDO DENTÁRIO DURO ! C- TUMORES DE ECTOMESÊNQUIMA COM OU SEM EPITELIO ODONTOGÊNICO. sexta-feira, 7 de março de 14

AMELOBLASTOMA ! Origem: lâmina dentária, ! 10% dos T. odontogênicos, ! Entre 35 e 45 anos, ! 80% na mandíbula (molares). sexta-feira, 7 de março de 14

! Tumor odontogênico benigno de crescimento local invasivo. A M E L O B L A S T O M A O ameloblastoma é uma neoplasia benigna de caráter agressivo que pode torna-se maior se não for tratado em sua fase inicial, localmente invasiva e alto grau de recidiva. sexta-feira, 7 de março de 14

AMELOBLASTOMA GRANDES DEFORMIDADES A M E L O B L A S T O M A www.dental.mu.edu./.../ameloblastoma.htm sexta-feira, 7 de março de 14

CLASSIFICAÇÃO ! Unicístico 13% ! Sólido ou multicístico 86% ! Periférico 1% sexta-feira, 7 de março de 14

Características histológicas ! LUMINAL - superfície do cisto ! INTRALUMINAL - para a luz do cisto ! MURAL OU INTRAMURAL - para a cápsula fibrosa Ameloblastoma Unicístico sexta-feira, 7 de março de 14

intraluminalluminal mural Ameloblastoma Unicístico sexta-feira, 7 de março de 14

luminal luminal Intraluminal Mural sexta-feira, 7 de março de 14

luminal sexta-feira, 7 de março de 14

Intraluminal sexta-feira, 7 de março de 14

UNICÍSTICO ! Geralmente assintomático ! + na mandíbula (posterior) ! Crescimento lento ! Semelhante a um cisto odontogênico ! Mobilidade dental ! Tratamento conservador sexta-feira, 7 de março de 14

ASPECTOS RADIOGRÁFICOS sexta-feira, 7 de março de 14

ASPECTO RADIOGRÁFICO UNICÍSTICO ! Imagem unilocular de aspecto cavitário, tamanhos e formas variáveis ! Contornos bem definidos e regulares ! Pode causar reabsorção radicular e deslocam dentes ! Eventualmente delimitados por halo radiopaco ! Pode causar expansão das corticais sexta-feira, 7 de março de 14

AMELOBLASTOMA sexta-feira, 7 de março de 14

sexta-feira, 7 de março de 14

sexta-feira, 7 de março de 14

!REABSORÇÃO DAS RAÍZES (30%) !DESLOCAMENTO DE DENTES sexta-feira, 7 de março de 14

ASSOCIAÇÃO COM DENTES INCLUSOS sexta-feira, 7 de março de 14

sexta-feira, 7 de março de 14

sexta-feira, 7 de março de 14

sexta-feira, 7 de março de 14

sexta-feira, 7 de março de 14

sexta-feira, 7 de março de 14

Tratamento conservador ! enucleação ! crioterapia - tipo mural ! Recorrência de 10 a 20% Ameloblastoma Unicístico sexta-feira, 7 de março de 14

Ameloblastoma unicístico sexta-feira, 7 de março de 14

Multicistico: CARACTERÍSTICAS CLÍNICAS ! 3ª a 7ª década ! Mais agressivo ! Sem predileção por gênero ! Mandíbula = 85% ! Corpo posterior e ramo ! Aumento de volume ! Desfiguramento facial lento ! Indolor mesmo em neoplasias grandes ! Mucosa na região conserva-se com aspecto normal, mesmo nos tumores de grandes dimensões A M E L O B L A S T O M A sexta-feira, 7 de março de 14

SEMIOTÉCNICA sexta-feira, 7 de março de 14

Radiografia Panorâmica sexta-feira, 7 de março de 14

sexta-feira, 7 de março de 14

sexta-feira, 7 de março de 14

“FAVOS DE MEL” “BOLHAS DE SABÃO” sexta-feira, 7 de março de 14

Radiografia oclusal da mandibula sexta-feira, 7 de março de 14

sexta-feira, 7 de março de 14

sexta-feira, 7 de março de 14

Ameloblastoma multicístico -Subtipos Histológicos ! folicular (folículos – 40%) ! plexiforme (cordões – 30%) ! acantomatoso (metaplasia escamosa – 11%) ! células granulosas (grânulos eosinofílicos – 3,5%) ! desmoplásico (estroma desmoplásico – 1,4%) ! basalóide (células cúbicas – 1,4%) Reichart et al, 1995 Oral Oncol 31B:86-99. sexta-feira, 7 de março de 14

Padrão Folicular sexta-feira, 7 de março de 14

Degeneraç ão cística Metaplasia escamosa Metaplasia escamosa Padrão Folicular sexta-feira, 7 de março de 14

Subtipo plexiforme Céls. colunares estroma sexta-feira, 7 de março de 14

Tratamento ! Cirúrgico ! com margem ! conservador ! Curetagem ! Crioterapia Ameloblastoma multicístico sexta-feira, 7 de março de 14

Peça cirúrgica Exame macroscópico sexta-feira, 7 de março de 14

Ameloblastoma multicístico Prognóstico ! recorrência ! 55 a 90% após curetagem ! 15% após ressecção ! MAXILA ! Raramente ; comportamento maligno ! Acompanhamento por muitos anos sexta-feira, 7 de março de 14

sexta-feira, 7 de março de 14

sexta-feira, 7 de março de 14

TUMOR DE PINDBORG sexta-feira, 7 de março de 14

TUMOR DE PINDBORG ! Dr. J. J. PINDBORG, EM 1958 ! TUMOR ODONTOGÊNICO BENIGNO ! CENTRAL (ESTRATO INTERMEDIÁRIO DO ÓRGÃO DO ESMALTE) ! PERIFÉRICO (RESTOS EPITELIAIS DA LÂMINA DENTÁRIA) ! CÉLULAS CLARAS* sexta-feira, 7 de março de 14

Tumor Odontogênico Características Clínicas ! lesão rara (1% dos t.o.) ! 4ª e 5ª décadas ! sem predileção por sexo ! mandíbula = 75% ! posterior sexta-feira, 7 de março de 14

TUMOR DE PINDBORG 74% NA MANDÍBULA REGIÃO POSTERIOR 50% ASSOCIADO A DENTE INCLUSO sexta-feira, 7 de março de 14

Características Radiográficas : ! Lesão radiolúcida ! áreas radiopacas ! multilocular ou unilocular ! margens irregulares ! dente retido - 3o MI Tumor Odontogênico Epitelial Calcificante sexta-feira, 7 de março de 14

Tumor de Pindborg sexta-feira, 7 de março de 14

TUMOR DE PINDBORG ! RADIOLÚCIDO UNILOCULAR ! RADIOLÚCIDO MULTILOCULAR ! CALCIFICAÇÕES DE DENSIDADES E TAMANAHOS VARIADOS ! BEM-DELIMITADO sexta-feira, 7 de março de 14

TUMOR DE PINDBORG ! PODE ESTAR ASSOCIADO A DENTE IMPACTADO ! CALCIFICAÇÕES MAIS PROEMINENTES EM TORNO DA COROA DO DENTE IMPACTADO sexta-feira, 7 de março de 14

TUMOR DE PINDBORG sexta-feira, 7 de março de 14

TUMOR DE PINDBORG sexta-feira, 7 de março de 14

TUMOR DE PINDBORG sexta-feira, 7 de março de 14

Características Histológicas : ! células epiteliais poliédricas (= estrato intermediário) em placas, ilhas e cordões ! pleomorfismo ! material hialino extracelular em grande quantidade. ! Calcificações no material hialino ! anéis de Liesegang Tumor Odontogênico Epitelial Calcificante sexta-feira, 7 de março de 14

Tumor de Pindborg Ilhas de Cels.poligonais Placa de Cels.poligonais Material amilóide sexta-feira, 7 de março de 14

Calcificações concêntricas sexta-feira, 7 de março de 14

Tratamento : ! cirúrgico conservador ! tratamento das margens ! recorrência (15%) ! Prognóstico bom - somente 1 caso de metástase na literatura Tumor Odontogênico Epitelial Calcificante sexta-feira, 7 de março de 14

TUMOR DE PINDBORG! 5% DOS TUMORES DE PINDBORG ! REGIÃO DE INCISIVOS E PREMOLARES ! TUMEFAÇÃO GENGIVAL, INDOLOR sexta-feira, 7 de março de 14

TUMOR DE PINDBORG DIAGNÓSTICO DIFERENCIAL Quando esta lesão é radiolúcida o diagnóstico diferencial é feito com: " Cisto dentígero " Queratoquisto odontogênico " Ameloblastoma " Mixoma odontogênico sexta-feira, 7 de março de 14

TUMOR DE PINDBORG DIAGNÓSTICO DIFERENCIAL Quando a lesão se apresenta com um padrão misto radiotransparente/radiopaco o diagnóstico diferencial é feito com: " Cisto odontogênico calcificante " Tumor odontogênico adenomatóide " Fibro-odontoma ameloblástico " Fibroma ossificante " Osteoblastoma sexta-feira, 7 de março de 14

TUMOR DE PINDBORG TRATAMENTO E PROGNÓSTICO: " COMPORTAMENTO MENOS AGRESSIVO QUE AMELOBLASTOMA " RESSECÇÃO LOCAL CONSERVADORA COM ESTREITA MARGEM DE SEGURANÇA " RECORRÊNCIA: 15% " PROGNÓSTICO BOM sexta-feira, 7 de março de 14

sexta-feira, 7 de março de 14

TOA ! Descrito por Stafne em 1948 (Miyake et al,1996;Lee et al,2000) ! Neoplasia verdadeira X hamartoma de desenvolvimento lento e progressivo (Philipsen,Reichart,1998;Takahashiy et al, 2001;Neville,2004) ! Rara (3%a 7% dos TO) sexta-feira, 7 de março de 14

! Faixa etária predominante dos 13 aos 19 anos ! Mulheres 2 : 1 Homens ! Maxila > mandíbula ! Região anterior (caninos) ! Sintomas = tumefação de crescimento lento e indolor ! Punção (Lee et al,2000; Takahashi et al, 2001) (Neville, 2004) sexta-feira, 7 de março de 14

Formas clínicopatológicas ! Folicular ! Extrafolicular ! Periféricas Intra-ósseos 97% sendo 73% folicular maxila anterior 1/3 com dentes não-erupcionados envolvidos (Philepsen et al, 1991) sexta-feira, 7 de março de 14

sexta-feira, 7 de março de 14

Folicular ! Radiograficamente : ! área RL circular ou oval ! Unilocular ! Bem definida ! Associada a coroa ou parte da raiz de um dente não-erupcionado =cisto dentígero sexta-feira, 7 de março de 14

Extrafolicular ! Área RL ! Unilocular ! Acima ou superposta a raízes de dentes erupcionados Ambos : podem ocorrer calcificações finas (flocos de neve) na área RL Expansão cortical e eventual deslocamento de dentes sexta-feira, 7 de março de 14

Tumor odontogênico adenomatóide sexta-feira, 7 de março de 14

Tumor odontogênico adenomatóide sexta-feira, 7 de março de 14

(Neville,2004) sexta-feira, 7 de março de 14

Características histopatológicas ! Cápsula fibrosa espessa ! Pode ser sólido com degeneração cística ! Células epiteliais fusiformes(ninhos, cordões ou massas) ! Estruturas tubulares ou semelhantes a dutos sexta-feira, 7 de março de 14

Características histopatológicas ! Células epiteliais colunares ou cúbicas ! Núcleos voltados para periferia ! Não formam estruturas gland. verdadeiras ! Calcificações( dentinóide ,esmalte ou cementóide) ! Tumor sólido com áreas císticas sexta-feira, 7 de março de 14

Focos de material calcificado Tumor Odontogênico Adenomatóide sexta-feira, 7 de março de 14

Estruturas epiteliais semelhantes a ductos Tumor Odontogênico Adenomatóide sexta-feira, 7 de março de 14

Tratamento enucleação encapsulado sem recorrência Tumor Odontogênico Adenomatóide sexta-feira, 7 de março de 14

Caso clínico ! Sexo masc ! 20 anos ! Aumento de volume assintomático ! Ausência do 43 sexta-feira, 7 de março de 14

www.cdi.com/pe sexta-feira, 7 de março de 14

sexta-feira, 7 de março de 14

sexta-feira, 7 de março de 14

sexta-feira, 7 de março de 14

sexta-feira, 7 de março de 14

sexta-feira, 7 de março de 14

Odontomas sexta-feira, 7 de março de 14

Odontomas sexta-feira, 7 de março de 14

Odontomas ! São os tipos mais comuns de tumores odontogênicos. sexta-feira, 7 de março de 14

Odontomas ! São os tipos mais comuns de tumores odontogênicos. ! Prevalência maior do que a de todos os outros tumores odontogênicos somados sexta-feira, 7 de março de 14

Odontomas ! São os tipos mais comuns de tumores odontogênicos. ! Prevalência maior do que a de todos os outros tumores odontogênicos somados ! São considerados mais como anomalias de desenvolvimento (Hamartomas) do que neoplasias verdadeiras. sexta-feira, 7 de março de 14

> sexta-feira, 7 de março de 14

Características sexta-feira, 7 de março de 14

Características sexta-feira, 7 de março de 14

Características ! Mais comuns na primeira e segunda décadas de vida. sexta-feira, 7 de março de 14

Características ! Mais comuns na primeira e segunda décadas de vida. ! Média de idade no momento do diagnóstico é de 14 anos. sexta-feira, 7 de março de 14

Características ! Mais comuns na primeira e segunda décadas de vida. ! Média de idade no momento do diagnóstico é de 14 anos. ! Normalmente assintomáticos e descobertos em radiografias de rotina ou quando radiografias são feitas para determinar falhas de erupção. sexta-feira, 7 de março de 14

A-ODONTOMA COMPLEXO ! Contém todos os elementos maduros da estrutura dentária depositados de modo bizarro, ! 2a. e 3a. década de vida, ! Mandíbula (pré-molares e molares). sexta-feira, 7 de março de 14

Massa radiopaca uniforme com bordos regulares, circundada por halo radiolúcido. sexta-feira, 7 de março de 14

sexta-feira, 7 de março de 14

Odontoma Complexo sexta-feira, 7 de março de 14

Odontoma Complexo sexta-feira, 7 de março de 14

sexta-feira, 7 de março de 14

Ocasionalmente, porém, odontomas com 6 cm ou mais de diâmetro são observados. sexta-feira, 7 de março de 14

B-ODONTOMA COMPOSTO !Origem: !Proliferações do epitélio odontogênico da lâmina dentária, !Restos de cordão epitelial que foram reabsorvidos após o fechamento do folículo de um dente normal !Mais comum em canino sexta-feira, 7 de março de 14

FREQÜENTEMENTE IMPEDEM A ERUPÇÃO. sexta-feira, 7 de março de 14

Características Radiográficas sexta-feira, 7 de março de 14

Características Radiográficas sexta-feira, 7 de março de 14

Características Radiográficas ! Os aspectos radiográficos são suficientes para o diagnóstico, e raramente um odontoma composto é confundido com qualquer outra lesão. sexta-feira, 7 de março de 14

Características Radiográficas ! Os aspectos radiográficos são suficientes para o diagnóstico, e raramente um odontoma composto é confundido com qualquer outra lesão. ! Entretanto o odontoma complexo pode ser confundido radiograficamente com ou osteoma ou alguma outra lesão óssea muito calcificada. sexta-feira, 7 de março de 14

sexta-feira, 7 de março de 14

sexta-feira, 7 de março de 14

Caso 24 sexta-feira, 7 de março de 14

Odontoma Composto sexta-feira, 7 de março de 14

Odontoma Composto sexta-feira, 7 de março de 14

Odontoma Composto sexta-feira, 7 de março de 14

Características Normalmente são pequenos e raramente excedem o tamanho de um dente sexta-feira, 7 de março de 14

Características Histopatológicas ! Composto x Complexo ! Tecidos dentários duros e moles ! dentina ! Matriz de esmalte ! Epitélio odontogênico Odontoma sexta-feira, 7 de março de 14

Odontoma Matriz de esmalte Dentina sexta-feira, 7 de março de 14

Odontoma Matriz de esmalte dentina sexta-feira, 7 de março de 14

Tratamento ! Excisão simples ! Sem recorrência ! Prognóstico excelente Odontoma sexta-feira, 7 de março de 14

Tratamento e prognóstico O tratamento é cirúrgico-conservador, consistindo-se na exérese do odontoma, bem como a curetagem do tecido mole adjacente, para se evitar degenerações císticas posteriormente. Prognóstico Excelente. sexta-feira, 7 de março de 14

EPITÉLIO ! Cordões epiteliais longos e estreitos – anastomoses ! Ilhas epiteliais ! Bem celularizado ! Papila dentária ! # ameloblastomas sexta-feira, 7 de março de 14

TRATAMENTO ! Conservador - lesões pequenas Reincidivas - 20% ! Excisão cirúrgica agressiva - lesões grandes ou reincidivas ! 50% fibrossarcomas ameloblásticos são fibromas ameloblásticos recorrentes sexta-feira, 7 de março de 14

sexta-feira, 7 de março de 14

Tumor Odontogênico Cístico Calcificante ! Gorlin et al, 1962 ! OMS ! 1971: Tumor Odontogênico Benigno ! 1992: Tumor Odontogênico Benigno Epitélio odontogênico com ectomesênquima, com ou sem formação de tecidos dentários duros. sexta-feira, 7 de março de 14

Tumor Odontogênico Cístico Calcificante Características clínicas ! Assintomático ! Queixa de aumento de volume ! Crescimento lento ! Sem predileção por sexo ! Picos nas 2a e 6a décadas sexta-feira, 7 de março de 14

! maxila = mandíbula ! maioria em região anterior ! raramente posterior ao 1o molar (IC e C) ! intra ou extra-ósseo ! extra: com ou sem abaulamento ósseo sexta-feira, 7 de março de 14

28 6:4 M:F 5 caninos 2 incisivos 2 prémolares 1 molar 5 mistas 3 RL 2 periférico sexta-feira, 7 de março de 14

Cisto Odontogênico Epitelial Calcificante Características Radiográficas ! imagem radiolúcida com ou sem limites precisos ! Diferentes graus de radiopacidade ! Geralmente unilocular ! 1/3 associado a dente incluso sexta-feira, 7 de março de 14

sexta-feira, 7 de março de 14

Características Histopatológicas ! Formas císticas - cápsula + epitélio (= ameloblastos) ! CÉLULAS FANTASMAS - calcificações ! Dentinóide (matriz de dentina) ! Proliferação do epitélio - semelhante ao ameloblastoma. ! Formas sólidas - extra ou intra-óssea ! Amelo + céls. Fantasmas + Dentinóide sexta-feira, 7 de março de 14

Cisto Odontogênico Epitelial Calcificante Cels. fantasmas eosinofílicas sexta-feira, 7 de março de 14

Cisto Odontogênico Epitelial Calcificante Céls. basais cúbicas sexta-feira, 7 de março de 14

Tumor Odontogênico Cístico Calcificante Tratamento ! Formas císticas - enucleação ! Baixa recorrência ! Prognóstico bom ! Formas sólidas - excisão cirurgica ! Prognóstico desconhecido sexta-feira, 7 de março de 14

sexta-feira, 7 de março de 14

C)Originados do ectomesênquima odontogênico, com ou sem epitélio odontogênico. sexta-feira, 7 de março de 14

MIXOMA !2a. e 3a. década de vida, !Maior freqüência na mandíbula ! (ramo) sexta-feira, 7 de março de 14

MIXOMA CARACTERÍSTICAS CLÍNICAS !Expansivo, !Crescimento lento, !Associado a dentes inclusos, !Assintomático, !Estágios avançados: dor, sexta-feira, 7 de março de 14

“FAVOS DE MEL”, “BOLHAS DE SABÃO” , “TEIA DE ARANHA”, RAIOS DE SOL OU “RAQUETE DE TÊNIS”. sexta-feira, 7 de março de 14

sexta-feira, 7 de março de 14

" Radiográfico " Uni ou mutilocular " margens irregulares ou festonadas. Mixoma sexta-feira, 7 de março de 14

SEPTADA POR TRAVES ÓSSEAS UNI OU MULTILOCULADA sexta-feira, 7 de março de 14

" “Bolhas de sabão” " “Favos de mel” " “Raquete de tênis” " “Teia de aranha” sexta-feira, 7 de março de 14

Diagnóstico diferencial Radiográfico " Aspecto radiográfico pode simular: Ameloblastoma multilocular; Queratocisto; Granuloma Central de Céls. Gigantes; Cisto ósseo aneurismático; Fibroma odontogênico. sexta-feira, 7 de março de 14

Mixoma Ameloblastoma Queratocisto Granuloma central de cel.Gigantes http://ddmfr.ath.cx/dentalexpert/main/default.htm sexta-feira, 7 de março de 14

Cisto ósseo aneurismático Fibroma Odontogênico Mixoma Mixoma http://ddmfr.ath.cx/dentalexpert/main/default.htm sexta-feira, 7 de março de 14

Características Histopatológicas ! células fusiformes, arredondadas ou estreladas em arranjo bastante frouxo ! Fibroblastos? ! Matriz extracelular abundante - pouco colágeno Mixoma sexta-feira, 7 de março de 14

Mixoma Estroma mixóide abundante sexta-feira, 7 de março de 14

Fibras colágenas mais densas Mixoma sexta-feira, 7 de março de 14

Tratamento ! pequenos - curetagem ! resseccão com margem - localmente invasivos - MAXILA ! Recorrência - 25% ! Prognóstico - Bom Mixoma sexta-feira, 7 de março de 14

" Proservação : clínica e radiográfica prolongada " Recidiva alta : 25% ( ausência de cápsula e infiltração nos espaços medulares) " Prognóstico : bom (exceto pela recorrência) Prognóstico sexta-feira, 7 de março de 14

sexta-feira, 7 de março de 14

! Sinonímia: CEMENTOBLASTOMA BENIGNO ;osteoblastoma, ! Comum molares na mandíbula, ! Raça negra, ! Lesões de crescimento lento, ! São na sua maioria achados radiográficos. sexta-feira, 7 de março de 14

CLASSIFICAÇÃO – WHO 1992 TUMORES ODONTOGÊNICOS: #De epitélio odontogênico sem ectomesênquima #De epitélio odontogênico com ectomesênquima #De ectomesênquima com ou sem epitélio odontogênico # cementoblastoma sexta-feira, 7 de março de 14

CEMENTOBLASTOMA CARACTERÍSTICAS CLÍNICAS: #Raro #75% Mandíbula: 90% PMI e MI #Mais em homens #Sem predileção por gênero segundo Neville #Crianças e adultos jovens #Dor/tumefação presente em 2/3 dos pacientes. sexta-feira, 7 de março de 14

CEMENTOBLASTOMA CARACTERÍSTICAS RADIOGRÁFICAS #Massa radiopaca que se funde à raiz de um ou mais dentes circunscrita por um halo radiolúcido fino. sexta-feira, 7 de março de 14

CEMENTOBLASTOMA CARACTERÍSTICAS RADIOGRÁFICAS #Contorno externo da raiz normalmente é perdido. sexta-feira, 7 de março de 14

CEMENTOBLASTOMA CARACTERÍSTICAS RADIOGRÁFICAS www.cdi.com.pe sexta-feira, 7 de março de 14

CEMENTOBLASTOMA CARACTERÍSTICAS RADIOGRÁFICAS sexta-feira, 7 de março de 14

CEMENTOBLASTOMA CARACTERÍSTICAS HISTOPATOLÓGICAS #Trabéculas espessas de material mineralizado com lacunas dispostas irregularmente. #Periferia da lesão composta por matriz não calcificada. sexta-feira, 7 de março de 14

sexta-feira, 7 de março de 14

sexta-feira, 7 de março de 14

sexta-feira, 7 de março de 14

sexta-feira, 7 de março de 14

CEMENTOBLASTOMA TRATAMENTO #Exodontia do dente envolvido. #Sem recidiva. sexta-feira, 7 de março de 14

Add a comment

Related presentations