sio_aula8

100 %
0 %
Information about sio_aula8
Sports

Published on January 14, 2009

Author: aSGuest10554

Source: authorstream.com

Slide 1: Wednesday, February 15, 2006 Rodrigo Gusmão de Carvalho Rocha Slide 2: Wednesday, February 15, 2006 1 Software Livre Rodrigo Gusmão de Carvalho Rocha Slide 3: Wednesday, February 15, 2006 Software Livre Rodrigo Gusmão de Carvalho Rocha Slide 4: Wednesday, February 15, 2006 Software Livre Rodrigo Gusmão de Carvalho Rocha Richard Stallman, um talentoso programador, trabalhava como pesquisador em IA (inteligência artificial) do MIT (Instituto de Tecnologia de Massachusetts) Slide 5: Wednesday, February 15, 2006 Software Livre Rodrigo Gusmão de Carvalho Rocha Certa vez no trabalho, ele teve um problema com a utilização de uma impressora da XEROX por causa de seu driver. Prontamente, ele se colocou para ajudar a XEROX a resolver esse problema, solicitando o código-fonte do driver. Slide 6: Wednesday, February 15, 2006 Software Livre Rodrigo Gusmão de Carvalho Rocha Seu pedido foi negado. A XEROX alegou que nos códigos de seus drivers continham informações comerciais sigilosas da empresa. Sendo obrigado a esperar a assistência técnica da empresa. Slide 7: Wednesday, February 15, 2006 Software Livre Rodrigo Gusmão de Carvalho Rocha Em 1984 foi criada a Free Software Foundation (Fundação de Software Livre) por Richard Stallman. Idealizando e defendendo o Software Livre. Slide 8: Wednesday, February 15, 2006 Software Livre Rodrigo Gusmão de Carvalho Rocha Com o objetivo de oferecer algumas liberdade básicas ao usuários de software. Tais liberdades são capazes de proporcionar aprendizado, aperfeiçoamento e rentabilidade. Slide 9: Wednesday, February 15, 2006 Software Livre Rodrigo Gusmão de Carvalho Rocha Mais precisamente, ele se refere a quatro tipos de liberdade: # A liberdade de executar o programa, para qualquer propósito (liberdade no. 0) # A liberdade de estudar como o programa funciona, e adaptá-lo para as suas necessidades (liberdade no. 1). Acesso ao código-fonte é um pré-requisito para esta liberdade. Slide 10: Wednesday, February 15, 2006 Software Livre Rodrigo Gusmão de Carvalho Rocha # A liberdade de redistribuir cópias de modo que você possa ajudar ao seu próximo (liberdade no. 2). # A liberdade de aperfeiçoar o programa, e liberar os seus aperfeiçoamentos, de modo que toda a comunidade se beneficie (liberdade no. 3). Acesso ao código-fonte é um pré-requisito para esta liberdade. Slide 11: Wednesday, February 15, 2006 Software Livre Rodrigo Gusmão de Carvalho Rocha Surgiu em busca de objetivos éticos, não técnicos. Também chamado de "Software Aberto"(Open Source) quando se busca convencer as empresas a adotá-lo devido apenas e rentabilidade. Slide 12: Wednesday, February 15, 2006 Software Livre Rodrigo Gusmão de Carvalho Rocha O que é Software Proprietário? Software que possui um "dono", que se reserva exclusivamente os direitos de: Distribuir cópias do software Examinar o funcionamento do software Modificar o software Decidir quem tem o direito de usar o software, e em que condições Slide 13: Wednesday, February 15, 2006 Software Livre Rodrigo Gusmão de Carvalho Rocha Utilização do Software Livre O Software Livre não é novidade, existe informalmente desde que existem computadores, e como um movimento organizado desde meados dos anos 70 Há muito empresas de TI utilizam tecnologia criada como software livre, ex: HTTP, HTML, X Window Slide 14: Wednesday, February 15, 2006 Software Livre Rodrigo Gusmão de Carvalho Rocha Utilização do Software Livre Hoje em dia grande parte dos computadores (Desktop/Servidor) são comercializados com GNU/Linux. A internet é dominada por Software Livre: Apache Sendmail Bind PHP Perl Slide 15: Wednesday, February 15, 2006 Software Livre Rodrigo Gusmão de Carvalho Rocha Utilização do Software Livre Empresas como IBM, Intel, Oracle, Sun Microsystems, SAP, Veritas, CA e Silicon Graphics estão não apenas suportanto mas também produzindo Software Livre Apenas nos últimos anos o Software Livre recebeu o interesse da mídia e das grandes empresas Slide 16: Wednesday, February 15, 2006 Software Livre Rodrigo Gusmão de Carvalho Rocha Consequências Empresas estabelecidas se sentem ameaçadas pelo avanço do Software Livre e por isso criam confusão no mercado. Slide 17: Wednesday, February 15, 2006 Software Livre - Mitos Rodrigo Gusmão de Carvalho Rocha Software Livre não tem suporte HP, IBM, Compaq, Dell e outros fornecem suporte 24 horas por dia e 7 dias na semana para seus servidores, notebooks e desktops com Linux pré-instalados Red Hat, VA Linux, Conectiva e dezenas de "parceiros" fornecem serviços de suporte, consultoria e treinamento Empresas de Software: IBM, Oracle, SAP, CA, Microsiga, Suse etc. Slide 18: Wednesday, February 15, 2006 Software Livre - Mitos Rodrigo Gusmão de Carvalho Rocha Como não tem um dono o Software Livre pode desaparecer a qualquer momento Isso acontece com o software proprietário, se uma empresa fale, é adquirida por um concorrente ou tem seus produtos abandonados de vez Os usuários de um Software que é livre podem continuar mantendo ele mesmo que o autor original não tenha mais interesse O SL tem uma expectativa de vida maior que qualquer software proprietário Slide 19: Wednesday, February 15, 2006 Software Livre - Mitos Rodrigo Gusmão de Carvalho Rocha Por ser livre, ele corre risco de segurança O SL está aberto a autitoria externa quanto a possíveis bugs de segurança ou "backdoors" incorporados Os especialiatas em segurança podem identificar e corrigir rapidamente falhas na segurança de Softwares Livres Tempo médio de correção de bugs de segurança: Red Hat Linux 2 dias - Windows NT 10 dias -Solaris: 21 dias Slide 20: Wednesday, February 15, 2006 Software Livre - Mitos Rodrigo Gusmão de Carvalho Rocha O SL não segue padrões de qualidade SL não é lançado com bugs graves conhecidos, para satisfazer datas pré-estabelecidas SL é depurado (beta teste) por mais usuários e especialistas do que qualquer empresa pode contratar; Desenvolvido com ferramentas como CVS (controle de versões), Bugzilla (acompanhamento de bugs) e submetido a diversos testes minuciosos. Slide 21: Wednesday, February 15, 2006 Software Livre - Mitos Rodrigo Gusmão de Carvalho Rocha Não Possui técnicos Estima-se 500 mil desenvolvedores trabalhando em 95 mil projetos diferentes Estima-se 5 milhões e 500 mil usuários hoje Slide 22: Wednesday, February 15, 2006 Software Livre - Mitos Rodrigo Gusmão de Carvalho Rocha Pouco escalável GNU/Linux roda sobre qualquer plataforma conhecida, desde PC´s até Mainfraimes Facilmente adaptável para qualquer operação e uso. Slide 23: Wednesday, February 15, 2006 Software Livre - Brasil Rodrigo Gusmão de Carvalho Rocha Software livre é prioridade do Governo Lula Redução de custos Boa qualidade Autonomia tecnológica Compartilhamento do conhecimento Slide 24: Wednesday, February 15, 2006 Software Livre - Exemplos Rodrigo Gusmão de Carvalho Rocha Exemplos de Software Livre: OpenOffice Mozilla/Firefox Apache PostgreSQL MySQL Gimp Slide 25: Wednesday, February 15, 2006 Software Livre - Exemplos Rodrigo Gusmão de Carvalho Rocha Casas Bahia Faturou em 2005 quase 12 bilhões de reais, é a empresa que mais vende no Brasil computadores equipados com o sistema Windows. 100.000 (cem mil) PCs, rendendo um faturamento de R$ 200.000.00 milhões de reais. Nos corredores da empresa a realidade é outra, quem reina é o Linux e não o Windows. Slide 26: Wednesday, February 15, 2006 Software Livre - Exemplos Rodrigo Gusmão de Carvalho Rocha Casas Bahia - economia com as licenças de uso, já superou 6 milhões de dólares Telemar, maior operadora de telecomunicações do país, poupa 27% dos gastos com manutenção ao usar software livre nos programas de cobrança. McDonalds economiza 25% ao ano com licenças ao adotar o Linux no sistema de delivery Slide 27: Wednesday, February 15, 2006 Software Livre - Exemplos Rodrigo Gusmão de Carvalho Rocha Outras grandes Carrefour Pão de Açúcar Renner Petróleo Ipiranga. Slide 28: Wednesday, February 15, 2006 Software Livre - Licensas Rodrigo Gusmão de Carvalho Rocha As licensas de Software Livre GPL LGPL Copyleft BSD Apache Slide 29: Wednesday, February 15, 2006 Software Livre - Licensas Rodrigo Gusmão de Carvalho Rocha Freeware O termo freeware não possui uma definição amplamente aceita mas é usado com programas que permitem a redistribuição mas não a modificação, e seu código fonte não é disponibilizado. Estes programas não são software livre. Slide 30: Wednesday, February 15, 2006 Software Livre - Licensas Rodrigo Gusmão de Carvalho Rocha Shareware Shareware é o software disponibilizado com a permissão para que seja redistribuído, mas a sua utilização implica no pagamento pela sua licença. Geralmente, o código fonte não é disponibilizado e portanto modificações são impossíveis. Slide 31: Wednesday, February 15, 2006 Software Livre - Projeto GNU Rodrigo Gusmão de Carvalho Rocha O Projeto GNU não é somente desenvolvimento e distribuição de alguns softwares livres úteis. O coração do projeto GNU é uma idéia: que software deve ser livre, e que a liberdade do usuário vale a pena ser defendida. Slide 32: Wednesday, February 15, 2006 Software Livre Rodrigo Gusmão de Carvalho Rocha Se é livre, como ganhar dinheiro com o SL? Venda (Distribuição) Suporte Atualizações Implantação Treinamento Slide 33: Wednesday, February 15, 2006 Software Livre Rodrigo Gusmão de Carvalho Rocha Grátis <> Software Livre Slide 34: Wednesday, February 15, 2006 2 Linux Rodrigo Gusmão de Carvalho Roha Slide 35: Wednesday, February 15, 2006 Software Livre Rodrigo Gusmão de Carvalho Rocha Em 1991, o aluno da universidade Helsinki na Finlândia, Linus Torvalds começou a desenvolver um Sistema Operacional baseado no UNIX. Slide 36: Wednesday, February 15, 2006 Software Livre Rodrigo Gusmão de Carvalho Rocha Naquela época uma variação bastante utilizada do Unix era o Minix, desenvolvido e gerenciado por Andrew S. Tannebaum (Professor de Linus). Slide 37: Wednesday, February 15, 2006 Linux Rodrigo Gusmão de Carvalho Rocha O Minix não lhe atendia completamente, portanto ele teve a idéia de desenvolver um sistema para ser melhor que o Minix. Slide 38: Wednesday, February 15, 2006 Linux Rodrigo Gusmão de Carvalho Rocha Quando terminou a primeira versão do kernel, Torvalds enviou um e-mail para a lista dos usuários Minix pedindo ajuda para finalização. Kernel: sua função é gerenciar os processos de hardware e operações realizadas pelos usuários. Slide 39: Wednesday, February 15, 2006 Linux Rodrigo Gusmão de Carvalho Rocha Foi então dado o nome Linux, pois eh junção entre Linus e UNIX = LINUX. E junto ao Kernel foi utilizado o pacote de programas GNU. Formando o GNU/Linux. Slide 40: Wednesday, February 15, 2006 Linux Rodrigo Gusmão de Carvalho Rocha Slide 41: Wednesday, February 15, 2006 Linux - Curiosidade Rodrigo Gusmão de Carvalho Rocha Porquê um pinguim como Logotipo? Em 1996 foi realizado um debate na lista de discussão do linux, onde o tema principal era a criação de um logotipo para o sistema operacional. Slide 42: Wednesday, February 15, 2006 Linux - Curiosidade Rodrigo Gusmão de Carvalho Rocha Porquê um pinguim como Logotipo? Linus Torvalds deu a sugestão de um pinguim, um de seus animais favoritos, e encontrado em abundância na Finlândia. O piguim do Linux se chama Tux, ou seja, Torvalds + Unix = TUX. Slide 43: Wednesday, February 15, 2006 Linux - Curiosidade Rodrigo Gusmão de Carvalho Rocha Preconceitos: O Windows é uma colcha de retalhos(também se falava mal da IBM dos mainframe) O GNU/Linux vale o que é cobrado(como se pode confiar em um sistema que não tem dono e é gratuito e aberto?) Slide 44: Wednesday, February 15, 2006 Linux - Curiosidade Rodrigo Gusmão de Carvalho Rocha Preconceitos: As empresas com investimentos em um ou outro estimulam a propagação de desinformação; os mitos em torno da segurança de computadores ajudam a vender produtos e serviços Slide 45: Wednesday, February 15, 2006 Linux - Curiosidade Rodrigo Gusmão de Carvalho Rocha Fatos favorecem ao GNU/Linux Recentes ataques de vírus: CoreRed, Nimbam, Sircam, só afetavam sistemas Windows e outros produtos Microsoft A quantidade de brechas identificadas no Windows é bastante superior Slide 46: Wednesday, February 15, 2006 Linux - Curiosidade Rodrigo Gusmão de Carvalho Rocha Fatos favorecem ao GNU/Linux O tempo entre a identificação de uma brecha e a liberação de uma correção no GNU/Linux é bastante inferior A preferência dos grandes provedores pelo GNU/Linux, FreeBSD e outros sistemas Unix Slide 47: Wednesday, February 15, 2006 3 Distribuições Rodrigo Gusmão de Carvalho Roha Slide 48: Wednesday, February 15, 2006 Linux – Distribuições Rodrigo Gusmão de Carvalho Rocha Com a popularização do Linux começaram a surgir as Distribuições. Existem empresas que desenvolvem suas próprias distribuições e outras são desenvolvidas por voluntários, sem vínculos com empresas. Slide 49: Wednesday, February 15, 2006 Linux – Distribuições Rodrigo Gusmão de Carvalho Rocha O que é? O Kernel do sistema agregado a um conjunto de diversas bibliotecas, utilitários e aplicações é chamado de distribuição. Slide 50: Wednesday, February 15, 2006 Linux – Distribuições Rodrigo Gusmão de Carvalho Rocha Existem diversas distribuições Disquete LiveCD Celular Palmtop Servidor Para os mais diversos propósitos. Slide 51: Wednesday, February 15, 2006 Linux – Distribuições Rodrigo Gusmão de Carvalho Rocha As mais conhecidas: Slide 52: Wednesday, February 15, 2006 Linux – Distribuições Rodrigo Gusmão de Carvalho Rocha Debian Desenvolvida e atualizada do esforço de voluntários. Distribuição oficial do projeto GNU Slide 53: Wednesday, February 15, 2006 Linux – Distribuições Rodrigo Gusmão de Carvalho Rocha Slackware Desenvolvida por Patrick Volkerding em 1992, sendo uma das mais antigas do mundo. Antes do Red Hat era a distribuição mais popular Muito utilizado em servidores Slide 54: Wednesday, February 15, 2006 Linux – Distribuições Rodrigo Gusmão de Carvalho Rocha Red Hat (Fedora Core) Desenvolvida pela empresa Red Hat Software Muito popular para uso doméstico Slide 55: Wednesday, February 15, 2006 Linux – Distribuições Rodrigo Gusmão de Carvalho Rocha SuSE Distribuição comercial alemã Instalação através de DVD (Inovação) Slide 56: Wednesday, February 15, 2006 Linux – Distribuições Rodrigo Gusmão de Carvalho Rocha Conectiva (Mandriva) Distribuição Brasileira, desenvolvida em 1998. Totalmente traduzida. Suporte para a maioria do hardware comercializado no Brasil Inicialmente desenvolvida a partir do Slackware, mas logo depois baseada no Red Hat. Slide 57: Wednesday, February 15, 2006 Linux – Distribuições Rodrigo Gusmão de Carvalho Rocha Kurumin Distribuição Brasileira, desenvolvida por Carlos E. Morimoto. Derivada da distro Knoppix, que por sua vez derivou-se do debian. Slide 58: Wednesday, February 15, 2006 Linux – Distribuições Rodrigo Gusmão de Carvalho Rocha Flamelix Desenvolvida na Faculdade Metropolitana de Guaramirim, SC. É uma versão personalizada do GNU/Linux, para atender inicialmente as necessidades da FAMEG Versão 1.0 e em constante atualização pelos idealizadores do projeto, o Prof. David E. Jourdain e o Prof. Frank J. Knaesel. Slide 59: Wednesday, February 15, 2006 Linux – Distribuições Rodrigo Gusmão de Carvalho Rocha Slide 60: Wednesday, February 15, 2006 Linux – Distribuições Rodrigo Gusmão de Carvalho Rocha Slide 61: Wednesday, February 15, 2006 Linux – Distribuições Rodrigo Gusmão de Carvalho Rocha Slide 62: Wednesday, February 15, 2006 Linux – Distribuições Rodrigo Gusmão de Carvalho Rocha Qual a melhor? Não existe a melhor, existe a mais recomendável para as suas necessidades ou a que melhor cair bem. Slide 63: Wednesday, February 15, 2006 4 Slackware Rodrigo Gusmão de Carvalho Roha Slide 64: Wednesday, February 15, 2006 Linux – Slackware Rodrigo Gusmão de Carvalho Rocha Em 1992, Patrick Volkerding necessitava de uma versão do Unix que pudesse rodar em sua máquina. Graças a alguns de seus amigos, conheceu o Linux. Baixou uma distribuição chamada SLS para teste. Mas percebeu que a mesma possuía muitos erros. Slide 65: Wednesday, February 15, 2006 Linux – Slackware Rodrigo Gusmão de Carvalho Rocha Decidiu então desenvolver sua própria distribuição. Baseou-se no SLS, corrigiu falhas e acrescentou melhorias, criando assim em abril de 1992 o Slackware Linux. É a distribuição GNU/Linux mais antiga ainda em vigor. Utilizada por acadêmicos, profissionais avançados, usuários domésticos e empresas. Slide 66: Wednesday, February 15, 2006 Linux – Slackware Rodrigo Gusmão de Carvalho Rocha Uma das distribuições mais complexas e ao mesmo tempo mais simples. Baseada no conceito KISS (Keep is Simple, Stupid) Apesar de não possuir a maioria dos utilitários disponibilizados (e personalizados) em outras distribuições, obrigando-nos a lidar diretamente com os arquivos de configurações Slide 67: Wednesday, February 15, 2006 Linux – Slackware Rodrigo Gusmão de Carvalho Rocha Por Que Slackware? Possui todas as qualidades do Kernel do Linux, utilitários GNU e muitos produtos da comunidade OpenSource, como todas outras distribuições. Estabilidade Solidez Flexibilidade Slide 68: Wednesday, February 15, 2006 Linux – Slackware Rodrigo Gusmão de Carvalho Rocha Leveza (Recursos de Hardware) Processador Pentium 166MHz 16 MB de memória RAM sem ambiente gráfico 32 MB de memória RAM com ambiente gráfico HD de capacidade ou disponível 3.2 GB para instalação completa ou 1.5 para instalação funcional Slide 69: Wednesday, February 15, 2006 Software Livre Rodrigo Gusmão de Carvalho Rocha I Encontro de Software Livre da Paraíba Universidade Federal da Paraíba, 12, 13, 14 de maio. http://www.ensol.org.br Slide 70: Wednesday, February 15, 2006 5 Bibliografia Rodrigo Gusmão de Carvalho Roha Slide 71: Wednesday, February 15, 2006 Bibliografia Rodrigo Gusmão de Carvalho Roha http://iti.br/twiki/bin/view/Main/MidiaClip2005Dec06a http://www.fsf.org http://www.slackware.com http://www.vivaolinux.com http://www.tozano.eti.br http://www.fameg.com.br/page.php?cod_pagina=149

Add a comment

Related presentations