advertisement

Segurança do Trabalho ( Conceito Profissional )

33 %
67 %
advertisement
Information about Segurança do Trabalho ( Conceito Profissional )
Education

Published on February 16, 2014

Author: GilsimarTST

Source: slideshare.net

Description

Conceito profissinal dos repersentantes do SESMT

http://sst-informe.blogspot.com.br/

Fonte: Código Brasileiro de Ocupação – CBO

Para obter o arquivo, entre em contato no endereço do blog: http://sst-informe.blogspot.com.br/

Deixe sua mensagem e forma de contato

Atenciosamente,
Gilsimar Marques
advertisement

SEGURANÇA DO TRABALHO CONCEITO PROFISSIONAL QUE É SEGURANÇA DO TRABALHO ? Segurança do trabalho pode ser entendida como os conjuntos de medidas que são adotadas visando minimizar os acidentes de trabalho, doenças ocupacionais, bem como proteger a integridade e a capacidade de trabalho do trabalhador. A Segurança do Trabalho estuda diversas disciplinas como Introdução à Segurança, Higiene e Medicina do Trabalho, Prevenção e Controle de Riscos em Máquinas, Equipamentos e Instalações, Psicologia na Engenharia de Segurança, Comunicação e Treinamento, Administração aplicada à Engenharia de Segurança, O Ambiente e as Doenças do Trabalho, Higiene do Trabalho, Metodologia de Pesquisa, Legislação, Normas Técnicas, Responsabilidade Civil e Criminal, Perícias, Proteção do Meio Ambiente, Ergonomia e Iluminação, Proteção contra Incêndios e Explosões e Gerência de Riscos. ONDE ATUA O PROFISSIONAL DE SEGURANÇA DO TRABALHO? O profissional de Segurança do Trabalho tem uma área de atuação bastante ampla. Ele atua em todas as esferas da sociedade onde houver trabalhadores. Em geral ele atua em fábricas de alimentos, construção civil, hospitais, empresas comerciais e industriais, grandes empresas estatais, mineradoras e de extração. Também pode atuar na área rural em empresas agro-industriais. O QUE FAZ O PROFISSIONAL DE SEGURANÇA DO TRABALHO? O profissional de Segurança do Trabalho atua conforme sua formação, quer seja ele médico, técnico, enfermeiro ou engenheiro.O campo de atuação é muito vasto. Em geral o engenheiro e o técnico de segurança atuam em empresas organizando programas de prevenção de acidentes, orientando a CIPA, os trabalhadores quanto ao uso de equipamentos de proteção individual, elaborando planos de prevenção de riscos ambientais, fazendo inspeção de segurança, laudos técnicos e ainda organizando e dando palestras e treinamento. Muitas vezes esse profissional também é responsável pela organização de programas de meio ambiente e ecologia na empresa. O médico e o enfermeiro do trabalho dedicam-se a parte de saúde ocupacional, prevenindo doenças, fazendo consultas, tratando ferimentos, ministrando vacinas, fazendo exames de admissão e periódicos nos empregados. O QUE EXATAMENTE FAZ CADA UM DOS PROFISSIONAIS DE SEGURANÇA DO TRABALHO?  Engenheiro de Segurança do Trabalho / CBO 0-28.40 Assessora empresas industriais e de outro gênero em assuntos relativos à segurança e higiene do trabalho, examinando locais e condições de trabalho, instalações em geral e material, métodos e processos de fabricação adotados pelo trabalhador, para determinar as necessidades dessas empresas no campo da prevenção de acidentes;

SEGURANÇA DO TRABALHO CONCEITO PROFISSIONAL Inspeciona estabelecimentos fabris, comerciais e de outro gênero, verificando se existem riscos de incêndios, desmoronamentos ou outros perigos, para fornecer indicações quanto às precauções a serem tomadas; Promove a aplicação de dispositivos especiais de segurança, como óculos de proteção, cintos de segurança, vestuário especial, máscara e outros, determinando aspectos técnicos funcionais e demais características, para prevenir ou diminuir a possibilidade de acidentes; Adapta os recursos técnicos e humanos, estudando a adequação da máquina ao homem e do homem à máquina, para proporcionar maior segurança ao trabalhador; Executa campanhas educativas sobre prevenção de acidentes, organizando palestras e divulgações nos meios de comunicação, distribuindo publicações e outro material informativo, para conscientizar os trabalhadores e o público, em geral; Estuda as ocupações encontradas num estabelecimento fabril, comercial ou de outro gênero, analisando suas características, para avaliar a insalubridade ou periculosidade de tarefas ou operações ligadas à execução do trabalho; Realiza estudos sobre acidentes de trabalho e doenças profissionais, consultando técnicos de diversos campos, bibliografia especializada, visitando fábricas e outros estabelecimentos, para determinar as causas desses acidentes e elaborar recomendações de segurança. COMPETÊNCIAS PESSOAIS 1 - Demonstrar capacidade de negociação 2 - Demonstrar capacidade de antecipar problemas 3 - Demonstrar raciocínio matemático 4 - Demonstrar raciocínio lógico 5 - Demonstrar capacidade de trabalhar em equipe 6 - Demonstrar capacidade de evidenciar senso crítico 7 - Demonstrar criatividade 8 - Demonstrar liderança 9 - Demonstrar capacidade de atenção difusa 10 - Demonstrar capacidade de agir sob pressão 11 - Demonstrar capacidade de resolução de problemas 12 - Demonstrar capacidade de contornar situações adversas 13 - Demonstrar pró-atividade RECURSOS DE TRABALHO Recursos Audiovisuais - Recursos De Informática (software E Hardware) - Calculadora Explosímetro - CEP - controle estatístico de processos - Máquina fotográfica digital – Luxímetro - Epi/epc - Equip. De Proteção Individual E Coletiva - Instumentos De Medição Bomba gavimétrica - Dosímetro - Paquímetro - Balança De Precisão – Bureta Termômetro - Cronômetro - Fita VHS - CLP/CNC - Decibelímetro - Dinamômetro - Veículo - Aparelhos De Comunicação - Monitor de estresse térmico - Anemômetro - Detector De Gases - Conta Fio ( Lupa) - Espectrodensitômetro - Publicações Especializadas – Micrômetro - Trena Conta Pontos - Phmetro - Condutivímetro

SEGURANÇA DO TRABALHO CONCEITO PROFISSIONAL ATIVIDADES A - CONTROLAR PERDAS DE PROCESSOS, PRODUTOS E SERVIÇOS A.1 - Inspecionar funcionamento de processos, produtos e serviços A.2 - Identificar perdas A.3 - Determinar causas de perdas A.4 - Analisar causas de perdas A.5 - Estabelecer plano de ações preventivas e corretivas A.6 - Medir parâmetros de processos, produtos e serviços A.7 - Ajustar processos e serviços A.8 - Avaliar eficácia de ajustes A.9 - Padronizar sistemas e operações A.10 - Auditorar processos, produtos e serviços A.11 - Elaborar plano de reaproveitamento de perdas A.12 - Acompanhar implementação do plano de ação preventiva e corretiva B - SUPERVISIONAR SISTEMAS, PROCESSOS E MÉTODOS PRODUTIVOS B.1 - Analisar projetos B.2 - Coletar dados de processo B.3 - Criar banco de dados de processos e projetos B.4 - Processar dados de registros B.5 - Interpretar dados e resultados B.6 - Comparar processos, produtos e serviços B.7 - Atualizar dados de registros B.8 - Implantar ferramentas de controle de qualidade B.9 - Monitorar desempenho de processos B.10 - Propor adequação de instalações, métodos e processos B.11 - Propor sistemas de segurança C - DESENVOLVER MÉTODOS, PROCESSOS E PRODUTOS C.1 - Pesquisar mercado consumidor C.2 - Pesquisar tecnologias C.3 - Pesquisar normas e legislação C.4 - Projetar produtos e processos C.5 - Gerar protótipos C.6 - Testar produtos em laboratório C.7 - Testar produtos em campo C.8 - Criar métodos e processos de produção e segurança C.9 - Testar métodos e processos de produção e segurança C.10 - Validar métodos, processos e produtos C.11 - Compatibilizar métodos, processos e produtos de acordo com normas e legislação C.12 - Gerar especificações técnicas e de segurança de produtos C.13 - Gerar especificações técnicas e de segurança de processos C.14 - Estimar perdas C.15 - Analisar viabilidade técnico-produtiva, econômica e legal C.16 - Propor alterações em equipamentos e produtos de segurança C.17 - Propor criação de produtos de segurança

SEGURANÇA DO TRABALHO CONCEITO PROFISSIONAL D - GERENCIAR SEGURANÇA DO TRABALHO E DO MEIO AMBIENTE D.1 - Inspecionar instalações D.2 - Classificar exposição a riscos potenciais D.3 - Quantificar concentração, intensidade e distribuição de agentes agressivos D.4 - Elaborar programas de segurança do trabalho D.5 - Elaborar programas de prevenção de risco ambiental D.6 - Elaborar plano de atendimento às emergências (pae) D.7 - Providenciar sinalizações de segurança D.8 - Dimensionar programa de prevenção e combate a incêndios ( ppci ) D.9 - Dimensionar taxas, descontos e prêmios de seguros D.10 - Solicitar autorização para aquisição de produtos controlados D.11 - Determinar procedimentos de segurança para áreas confinadas D.12 - Determinar procedimentos de segurança para trabalho com eletricidade D.13 - Determinar procedimentos de segurança em armazenagem, transporte e utilização de produtos químicos D.14 - Determinar procedimentos de segurança para redução ou eliminação de ruídos industriais D.15 - Providenciar avaliação ergonômica de postos de trabalho D.16 - Determinar tipos de equipamentos de proteção individual e coletiva conforme riscos D.17 - Verificar procedimentos de descarte de rejeitos industriais D.18 - Controlar emissão de efluentes líquidos, gasosos e sólidos D.19 - Participar da elaboração do ppra e ppci D.20 - Implantar sistema de gestão da segurança E - PLANEJAR EMPREENDIMENTOS E ATIVIDADES PRODUTIVAS E.1 - Definir objetivos de trabalho E.2 - Fixar metas E.3 - Definir métodos e etapas de produção E.4 - Elaborar estudo técnico e econômico de empreendimentos e atividades de trabalho E.5 - Definir orçamento e fontes de recursos financeiros E.6 - Elaborar cronograma físico e financeiro E.7 - Definir equipe e materiais de trabalho E.8 - Elaborar análise de riscos de empreendimentos e atividades produtivas E.9 - Participar da elaboração do plano de negócio E.10 - Definir necessidades orçamentárias da área F - COORDENAR EQUIPE E ATIVIDADES DE TRABALHO F.1 - Mapear equipe de trabalho F.2 - Organizar cronograma de equipe de trabalho F.3 - Delegar tarefas F.4 - Verificar necessidades de treinamento de equipe F.5 - Organizar treinamentos F.6 - Capacitar equipe de trabalho F.7 - Avaliar eficácia de treinamentos F.8 - Verificar cumprimento de tarefas F.9 - Avaliar desempenho de equipe de trabalho F.10 - Prestar assessorias técnicas F.11 - Participar de seleção de pessoal F.12 - Participar da definição de perfil de pessoal F.13 - Propor remanejamento de pessoal incapacitado para o posto de trabalho

SEGURANÇA DO TRABALHO CONCEITO PROFISSIONAL G - EMITIR DOCUMENTAÇÃO TÉCNICA G.1 - Elaborar relatórios G.2 - Emitir mapa de risco G.3 - Emitir laudos e pareceres técnicos G.4 - Divulgar resultados e planos de trabalho G.5 - Documentar memória técnica de métodos, processos e produtos G.6 - Emitir programas de prevenção G.7 - Preparar ART(anotação de responsabilidade técnica) G.8 - Preparar contratos de seguro G.9 - Preparar documentos para patentes de produtos e processos G.10 - Emitir laudos periciais G.11 - Participar na elaboração de mapa de risco G.12 - Acompanhar perícia técnica G.13 - Elaborar manual de procedimentos complementares Z - DEMONSTRAR COMPETÊNCIAS PESSOAIS Z.1 - Demonstrar capacidade de negociação Z.2 - Demonstrar capacidade de antecipar problemas Z.3 - Demonstrar raciocínio matemático Z.4 - Demonstrar raciocínio lógico Z.5 - Demonstrar capacidade de trabalhar em equipe Z.6 - Demonstrar capacidade de evidenciar senso crítico Z.7 - Demonstrar criatividade Z.8 - Demonstrar liderança Z.9 - Demonstrar capacidade de atenção difusa Z.10 - Demonstrar capacidade de agir sob pressão Z.11 - Demonstrar capacidade de resolução de problemas Z.12 - Demonstrar capacidade de contornar situações adversas Z.13 - Demonstrar pró-atividade  TÉCNICO DE SEGURANÇA DO TRABALHO / CBO 0-39.45 Inspeciona locais, instalações e equipamentos da empresa, observando as condições de trabalho, para determinar fatores e riscos de acidentes; estabelece normas e dispositivos de segurança, sugerindo eventuais modificações nos equipamentos e instalações e verificando sua observância, para prevenir acidentes; Inspeciona os postos de combate a incêndios, examinando as mangueiras, hidrantes, extintores e equipamentos de proteção contra incêndios, para certificar-se de suas perfeitas condições de funcionamento; Comunica os resultados de suas inspeções, elaborando relatórios, para propor a reparação ou renovação do equipamento de extinção de incêndios e outras medidas de segurança; Investiga acidentes ocorridos, examinando as condições da ocorrência, para identificar suas causas e propor as providências cabíveis; Mantém contatos com os serviços médico e social da empresa ou de outra instituição, utilizando os meios de comunicação oficiais, para facilitar o atendimento necessário aos acidentados;

SEGURANÇA DO TRABALHO CONCEITO PROFISSIONAL Registra irregularidades ocorridas, anotando-as em formulários próprios e elaborando estatísticas de acidentes, para obter subsídios destinados à melhoria das medidas de segurança; Instrui os funcionários da empresa sobre normas de segurança, combate a incêndios e demais medidas de prevenção de acidentes, ministrando palestras e treinamento, para que possam agir acertadamente em casos de emergência; Coordena a publicação de matéria sobre segurança no trabalho, preparando instruções e orientando a confecção de cartazes e avisos, para divulgar e desenvolver hábitos de prevenção de acidentes; Participa de reuniões sobre segurança no trabalho, fornecendo dados relativos ao assunto, apresentando sugestões e analisando a viabilidade de medidas de segurança propostas, para aperfeiçoar o sistema existente. COMPETÊNCIAS PESSOAIS 1 - Demonstrar capacidade de observação técnica 2 - Demonstrar ética 3 - Trabalhar em equipe 4 - Demonstrar capacidade de discernimento 5 - Administrar conflitos 6 - Demonstrar capacidade de negociação 7 - Tomar decisões 8 - Demonstrar visão sistêmica 9 - Demonstrar capacidade de comunicação 10 - Delegar atribuições 11 - Demonstrar atitude pró-ativa RECURSOS DE TRABALHO Estetoscópio - Escala HINGMANN, trena, peagômetro - Luxímetro - Conjunto autônomo - Medidor de conforto térmico - Chave de válvula de rede de hidrantes - Bomba gravimétrica, esfignomanômetro - Higrômetro - Termômetro de bulbo úmido - Termômetro infravermelho Máquina fotográfica - Telefone - Radiotransmissor - Contador geiger - Retroprojetor Televisão e vídeo - Equipamentos de proteção individual - Termômetro de bulbo - Máquina copiadora Fax, maca, furadeira, veículos de emergência - Chave de fenda, kit de emergência, chave de mangue - Explosímetro - Medidor de nível de pressão sonora - Bootsball - Dosímetro Analisador de vibração - Monitores passivos - Detectores de gases - Anemômetro - Balão de tedlar Tubos de silicagel - Computador e periféricos - Monitores ativos - Oxímetro - Kit de avaliação de poeiras - Termômetro de bulbo seco - Termômetro de globo ATIVIDADES A A.1 A.2 A.3 ELABORAR E PARTICIPAR DA ELABORAÇÃO DA POLÍTICA DE SST - Planejar a política de saúde e segurança do trabalho - Identificar a política administrativa da instituição - Diagnosticar condições gerais da área de sst

SEGURANÇA DO TRABALHO CONCEITO PROFISSIONAL A.4 - Analisar tecnicamente as condições ambientais de trabalho A.5 - Comparar a situação atual com a legislação A.6 - Avaliar e comparar os referenciais legais da política a ser implantada A.7 - Mostrar o impacto econômico de implantação da política A.8 - Desenvolver sistema de gestão de sst A.9 - Negociar a aplicabilidade da política A.10 - Participar de reforma e elaboração de normas regulamentadoras B - IMPLANTAR A POLÍTICA DE SST B.1 - Divulgar a política na instituição ou empresa B.2 - Administrar dificuldades de implantação B.3 - Coordenar equipes multidisciplinares B.4 - Acompanhar a implantação da política de sst B.5 - Acompanhar as equipes multidisciplinares para avaliação B.6 - Gerenciar aplicabilidade da política de sst B.7 - Estabelecer programas, projetos e procedimentos de melhoria B.8 - Elaborar e acompanhar programas preventivos e corretivos B.9 - Desenvolver programas, projetos e procedimentos de melhoria B.10 - Implantar procedimentos técnicos e administrativos B.11 - Emitir ordem de serviço B.12 - Acompanhar ordem de serviço B.13 - Promover ação conjunta com a área de saúde C - REALIZAR AUDITORIA, ACOMPANHAMENTO E AVALIAÇÃO NA ÁREA DE SST C.1 - Avaliar o ambiente de trabalho C.2 - Interpretar indicadores de eficiência e eficácia dos programas implantados C.3 - Validar indicadores de eficiência e eficácia C.4 - Avaliar as atividades da organização versus os programas oficiais de sst e outros C.5 - Adequar a política de sst às disposições legais C.6 - Identificar indicadores para replanejamento do sistema C.7 - Adotar metodologia de pesquisas quantitativas e qualitativas C.8 - Verificar o nível de atendimento e perspectivas de avanço C.9 - Verificar implementação de ações preventivas e corretivas C.10 - Avaliar o desempenho do sistema C.11 - Estabelecer mecanismos de intervenção D - IDENTIFICAR VARIÁVEIS DE CONTROLE DE DOENÇAS, ACIDENTES, QUALIDADE DE VIDA E MEIO AMBIENTE D.1 - Utilizar metodologia científica para avaliação D.2 - Realizar inspeção D.3 - Realizar análise preliminar de risco D.4 - Elaborar e participar de laudos ambientais D.5 - Estudar a relação entre as ocupações dos espaços físicos com o desenvolvimento sustentável D.6 - Avaliar procedimentos de atendimentos emergenciais D.7 - Participar do sistema de gestão ambiental D.8 - Registrar procedimentos técnicos D.9 - Supervisionar procedimentos técnicos D.10 - Emitir parecer técnico

SEGURANÇA DO TRABALHO CONCEITO PROFISSIONAL E - DESENVOLVER AÇÕES EDUCATIVAS NA ÁREA DE SST E.1 - Identificar as necessidades educativas em sst E.2 - Promover ações educativas em sst E.3 - Elaborar cronograma de ações educativas de segurança e saúde do trabalho E.4 - Elaborar recursos e materiais didáticos de ações educativas de segurança e saúde E.5 - Interagir com equipes multidisciplinares E.6 - Disponibilizar material e recursos didáticos E.7 - Formar multiplicadores E.8 - Implementar intercâmbio entre técnicos de segurança do trabalho E.9 - Difundir informações E.10 - Utilizar métodos e técnicas de comunicação E.11 - Avaliar ações educativas de segurança e saúde E.12 - Participar dos programas de humanização do ambiente de trabalho E.13 - Orientar órgãos públicos e comunidade para o atendimento de emergências ambientais E.14 - Participar de ações emergenciais F F.1 F.2 F.3 F.4 F.5 PARTICIPAR DE PERÍCIAS E FISCALIZAÇÕES - Elaborar laudos periciais - Atuar como perito - Interagir com os setores envolvidos - Propor medidas e soluções - Acompanhar processos nas diversas esferas judiciárias G G.1 G.2 G.3 G.4 G.5 G.6 INTEGRAR PROCESSOS DE NEGOCIAÇÃO - Orientar as partes em sst - Utilizar o referencial legal - Promover reuniões com as contratadas - Exigir o cumprimento das cláusulas contratuais relativas à sst - Assessorar nas negociações - Elaborar cláusulas de sst para acordos e negociações coletivas H H.1 H.2 H.3 H.4 H.5 H.6 PARTICIPAR DA ADOÇÃO DE TECNOLOGIAS E PROCESSOS DE TRABALHO - Analisar a aplicação de tecnologia - Avaliar impacto da adoção - Estabelecer procedimentos seguros e saudáveis - Inspecionar implantação - Estabelecer formas de controle dos riscos associados - Emitir parecer sobre equipamentos, máquinas e processos I I.1 I.2 I.3 I.4 I.5 I.6 I.7 I.8 GERENCIAR DOCUMENTAÇÃO DE SST - Elaborar manual do sistema de gestão de sst - Elaborar normas de procedimentos técnicos e administrativos - Produzir anexos de atualização - Gerar relatórios de resultados - Documentar procedimentos e normas de sistemas de segurança - Controlar atualização de documentos, normas e legislação - Revisar documentação de sst - Atualizar registros

SEGURANÇA DO TRABALHO CONCEITO PROFISSIONAL I.9 - Organizar banco de dados I.10 - Alimentar rede de informações J J.1 J.2 J.3 J.4 J.5 J.6 J.7 INVESTIGAR ACIDENTES - Selecionar metodologia para investigação de acidentes - Analisar causas de acidentes - Determinar causas de acidentes - Identificar perdas decorrentes do acidente - Elaborar relatório de acidente de trabalho - Propor recomendações técnicas - Verificar eficácia das recomendações Z - DEMONSTRAR COMPETÊNCIAS PESSOAIS Z.1 - Demonstrar capacidade de observação técnica Z.2 - Demonstrar ética Z.3 - Trabalhar em equipe Z.4 - Demonstrar capacidade de discernimento Z.5 - Administrar conflitos Z.6 - Demonstrar capacidade de negociação Z.7 - Tomar decisões Z.8 - Demonstrar visão sistêmica Z.9 - Demonstrar capacidade de comunicação Z.10 - Delegar atribuições Z.11 - Demonstrar atitude pró-ativa  MÉDICO DO TRABALHO / CBO 0-61.22 Executa exames periódicos de todos os empregados ou em especial daqueles expostos a maior risco de acidentes do trabalho ou de doenças profissionais, fazendo o exame clínico e/ou interpretando os resultados de exames complementares, para controlar as condições de saúde dos mesmos a assegurar a continuidade operacional e a produtividade; Executa exames médicos especiais em trabalhadores do sexo feminino, menores, idosos ou portadores de subnormalidades, fazendo anamnese, exame clínico e/ou interpretando os resultados de exames complementares, para detectar prováveis danos à saúde em decorrência do trabalho que executam e instruir a administração da empresa para possíveis mudanças de atividades; Faz tratamento de urgência em casos de acidentes de trabalho ou alterações agudas da saúde, orientando e/ou executando a terapêutica adequada, para prevenir conseqüências mais graves ao trabalhador; Avalia, juntamente com outros profissionais, condições de insegurança, visitando periodicamente os locais de trabalho, para sugerir à direção da empresa medidas destinadas a remover ou atenuar os riscos existentes; Participa, juntamente com outros profissionais, da elaboração e execução de programas de proteção à saúde dos trabalhadores, analisando em conjunto os riscos, as condições de trabalho,

SEGURANÇA DO TRABALHO CONCEITO PROFISSIONAL os fatores de insalubridade, de fadiga e outros, para obter a redução de absenteísmo e a renovação da mão-de-obra; Participa do planejamento e execução dos programas de treinamento das equipes de atendimento de emergências, avaliando as necessidades e ministrando aulas, para capacitar o pessoal incumbido de prestar primeiros socorros em casos de acidentes graves e catástrofes; Participa de inquéritos sanitários, levantamentos de doenças profissionais, lesões traumáticas e estudos epidemiológicos, elaborando e/ou preenchendo formulários próprios e estudando os dados estatísticos, para estabelecer medidas destinadas a reduzir a morbidade e mortalidade decorrentes de acidentes do trabalho, doenças profissionais e doenças de natureza não-ocupacional; Participa de atividades de prevenção de acidentes, comparecendo a reuniões e assessorando em estudos e programas, para reduzir as ocorrências de acidentes do trabalho; Participa dos programas de vacinação, orientando a seleção da população trabalhadora e o tipo de vacina a ser aplicada, para prevenir moléstias transmissíveis; Participa de estudos das atividades realizadas pela empresa, analisando as exigências psicossomáticas de cada atividade, para elaboração das análises profissiográficas; Procede aos exames médicos destinados à seleção ou orientação de candidatos a emprego em ocupações definidas, baseando-se nas exigências psicossomáticas das mesmas, para possibilitar o aproveitamento dos mais aptos; Participa da inspeção das instalações destinadas ao bem-estar dos trabalhadores, visitando, juntamente com o nutricionista, em geral (0-68.10), e o enfermeiro de higiene do trabalho (071.40) e/ou outros profissionais indicados, o restaurante, a cozinha, a creche e as instalações sanitárias, para observar as condições de higiene e orientar a correção das possíveis falhas existentes. Pode participar do planejamento, instalação e funcionamento dos serviços médicos da empresa. Pode elaborar laudos periciais sobre acidentes do trabalho, doenças profissionais e condições de insalubridade. Pode participar de reuniões de órgãos comunitários governamentais ou privados, interessados na saúde e bem-estar dos trabalhadores. Pode participar de congressos médicos ou de prevenção de acidentes e divulgar pesquisas sobre saúde ocupacional. COMPETÊNCIAS PESSOAIS 1 - Demonstrar capacidade de atenção seletiva 2 - Demonstrar rapidez de percepção 3 - Demonstrar tolerância 4 - Demonstrar altruísmo 5 - Demonstrar capacidade de lidar com situações adversas 6 - Demonstrar capacidade de trabalhar em equipe 7 - Demonstrar empatia 8 - Demonstrar capacidade de interpretar linguagem verbal e não-verbal 9 - Demonstrar capacidade de liderança 10 - Demonstrar capacidade de tomar decisões 11 - Demonstrar imparcialidade de julgamento 12 - Demonstrar capacidade de adequar linguagem 13 - Demonstrar capacidade de preservar sígilo médico 14 - Demonstrar capacidade de saber ouvir

SEGURANÇA DO TRABALHO CONCEITO PROFISSIONAL 15 - Demonstrar capacidade de efetuar atendimento humanizado RECURSOS DE TRABALHO Equipamentos Para Videocirurgia – Esfigmomanômetro – Estetoscópio - Fita Métrica - Instrumental Cirúrgico - Larifoscópio - Lâmpada De Fenda - Material Para Entubação Orotraquial – Microscópio – Negatoscópio - Oftalmoscópio - Otoscópio - Radiofármacos - Refrator - Repertório Homeopático – Respiradores - Roppel Mini P/ Observ De Batimentos Cardiofetais - Softwares Médicos - Termômetro Órteses E Próteses - Aparelhos De Laser - Bvm (bolsa, Válvula E Mascara) Ventilação - Desfibrilador Externo Automático - Drogas E Medicamentos - Eletrocardiógrafo - Equipamentos De Medicina Nuclear Equipamentos De Megavoltagem - Equipamentos De Monitoração - Equipamentos De Radioterapia Equipamentos Para Pulsões E Biópsias - Agulhas De Acupuntura - Colposcópio - Equipamentos P/ Abordagem Das Vias Aéreas Superior - Equipamentos Para Diérese E Síntese - Equipamentos Para Exames De Diagnóstico Por Imagem - Equipamentos Para Exames Eletrofisiológicos ATIVIDADES A - REALIZAR CONSULTA E ATENDIMENTO MÉDICO A.1 - Realizar anamnese A.2 - Realizar exame físico A.3 - Levantar hipóteses diagnósticas A.4 - Realizar propedêutica instrumental A.5 - Solicitar exames complementares A.6 - Solicitar interconsultas A.7 - Realizar exames complementares A.8 - Supervisionar propedêutica instrumental A.9 - Interpretar dados de exame clínico e exames complementares A.10 - Diagnosticar estado de saúde de pacientes e clientes A.11 - Realizar diagnóstico de saúde da comunidade A.12 - Discutir diagnóstico, prognóstico e tratamento com pacientes, clientes, responsáveis e familiares A.13 - Realizar atendimento em consultório A.14 - Realizar visitas hospitalares A.15 - Realizar atendimentos de urgência e emergência A.16 - Realizar visitas domiciliares A.17 - Encaminhar usuários a outros profissionais A.18 - Realizar dignóstico de saúde da comunidade B - TRATAR PACIENTES E CLIENTES B.1 - Planejar tratamento de clientes e pacientes B.2 - Indicar tratamento B.3 - Receitar drogas, medicamentos e fitoterápicos B.4 - Praticar intervenções clínicas B.5 - Praticar procedimentos intervencionais B.6 - Estabelecer prognóstico B.7 - Executar tratamento com agentes químicos B.8 - Executar tratamento com agentes físicos B.9 - Executar tratamento com agentes biológicos B.10 - Praticar psicoterapia

SEGURANÇA DO TRABALHO CONCEITO PROFISSIONAL B.11 B.12 B.13 B.14 B.15 B.16 B.17 B.18 B.19 B.20 B.21 B.22 - Executar terapeutica genética Assistir parto Retirar órgãos e tecidos Implantar órteses e próteses Executar transplantes de órgãos e tecidos Guardar órgaõs e tecidos Cultivar órgãos e tecidos Monitorar estado de saúde de pacientes hospitalizados Reabilitar pacientes e clientes (condições biopsicossociais) Prescrever tratamento Indicar necessidade de internação Acompanhar plano terapeutico do usuário C - IMPLEMENTAR AÇÕES DE PROMOÇÃO DA SAÚDE C.1 - Estabelecer plano de ações em saúde C.2 - Prescrever medidas higiênico-dietéticas C.3 - Ministar tratamentos preventivos C.4 - Rastrear doenças prevalentes C.5 - Implementar medidas de biossegurança C.6 - Implementar medidas de segurança e proteção do trabalhador C.7 - Implementar medidas de saúde ambiental C.8 - Promover campanhas de saúde C.9 - Promover atividades educativas C.10 - Promover ações de controle de vetores e zoonoses C.11 - Divulgar informações em mídia C.12 - Prescrever imunização D - ELABORAR DOCUMENTOS MÉDICOS D.1 - Elaborar prontuários D.2 - Emitir receitas D.3 - Emitir atestados D.4 - Elaborar protocolos de condutas médicas D.5 - Emitir laudos D.6 - Elaborar relatórios D.7 - Emitir pareceres D.8 - Elaborar documentos de imagem D.9 - Emitir declarações D.10 - Elaborar procedimentos operacionais padrão D.11 - Preencher formulários de notificação compulsória D.12 - Elaborar material informativo e normativo D.13 - Arquivar documentos E - EFETUAR PERÍCIAS, AUDITORIAS E SINDICÂNCIAS MÉDICAS E.1 - Examinar documentos médicos E.2 - Vistoriar ambientes de trabalho E.3 - Vistoriar equipamentos e instalações E.4 - Efetuar necropsias E.5 - Formular quesitos periciais E.6 - Responder quesitos periciais

SEGURANÇA DO TRABALHO CONCEITO PROFISSIONAL E.7 - Prestar depoimentos E.8 - Colher depoimentos F - COORDENAR PROGRAMAS E SERVIÇOS EM SAÚDE F.1 - Selecionar equipe de trabalho F.2 - Distribuir tarefas F.3 - Gerenciar recursos financeiros F.4 - Especificar insumos F.5 - Montar escala de serviços F.6 - Supervisionar equipe de saúde F.7 - Auxiliar normatização de atividades médicas F.8 - Administrar situações de urgência e emergência F.9 - Selecionar pacientes em situações específicas F.10 - Constituir comissões médico-hospitalares F.11 - Participar de diretorias de associações, entidades de classe e conselhos de saúde F.12 - Despachar expediente G - DIFUNDIR CONHECIMENTOS MÉDICOS G.1 - Preparar material didático G.2 - Dar aulas G.3 - Demonstrar ações médicas G.4 - Descrever ações médicas G.5 - Supervisionar atos médicos G.6 - Avaliar atos médicos G.7 - Avaliar conhecimento de especialistas G.8 - Fiscalizar treinamento médico G.9 - Preparar projetos de pesquisa G.10 - Desenvolver pesquisas em medicina G.11 - Desenvolver procedimentos G.12 - Desenvolver equipamentos G.13 - Redigir trabalhos científicos G.14 - Organizar encontros científicos G.15 - Organizar cursos de educação continuada G.16 - Participar de encontros, congressos e demais eventos científicos G.17 - Prestar consultorias e assessorias H - PROMOVER A SAÚDE DA FAMÍLIA H.1 - Definir território de atuação H.2 - Mapear área de atuação H.3 - Identificar grupos, famílias e indivíduos expostos a riscos H.4 - Organizar grupos de promoção à saúde H.5 - Atualizar informações cadastrais H.6 - Atender usuários nas ubss, nos domicílios ou espaços comunitários H.7 - Realizar ações de prevenção de agravos e curativas H.8 - Realizar busca ativa de situações locais H.9 - Notificar doenças, agravos e situações de importância local H.10 - Identificar necessidades dos usuários H.11 - Responsabilizar-se por todos os atendimentos da população adscrita H.12 - Coordenar o cuidado dos usuários

SEGURANÇA DO TRABALHO CONCEITO PROFISSIONAL H.13 H.14 H.15 H.16 H.17 H.18 H.19 H.20 H.21 - Promover a integralidade do cuidado Participar das atividades de planejamento Participar das avaliações da equipe Incentivar a participação da comunidade Identificar parceiros e recursos disponíveis na comunidade Registrar as atividades nos sistemas de informação Participar das atividades de educação permanente Definir ações de acordo com prioridades locais Participar do gerenciamento de insumos Z - DEMONSTRAR COMPETÊNCIAS PESSOAIS Z.1 - Demonstrar capacidade de atenção seletiva Z.2 - Demonstrar rapidez de percepção Z.3 - Demonstrar tolerância Z.4 - Demonstrar altruísmo Z.5 - Demonstrar capacidade de lidar com situações adversas Z.6 - Demonstrar capacidade de trabalhar em equipe Z.7 - Demonstrar empatia Z.8 - Demonstrar capacidade de interpretar linguagem verbal e não-verbal Z.9 - Demonstrar capacidade de liderança Z.10 - Demonstrar capacidade de tomar decisões Z.11 - Demonstrar imparcialidade de julgamento Z.12 - Demonstrar capacidade de adequar linguagem Z.13 - Demonstrar capacidade de preservar sígilo médico Z.14 - Demonstrar capacidade de saber ouvir Z.15 - Demonstrar capacidade de efetuar atendimento humanizado  ENFERMEIRO DO TRABALHO / CBO 0-71.40 Estuda as condições de segurança e periculosidade da empresa, efetuando observações nos locais de trabalho e discutindo-as em equipe, para identificar as necessidades no campo da segurança, higiene e melhoria do trabalho; Elabora e executa planos e programas de proteção à saúde dos empregados, participando de grupos que realizam inquéritos sanitários, estudam as causas de absenteísmo, fazem levantamentos de doenças profissionais e lesões traumáticas, procedem a estudos epidemiológicos, coletam dados estatísticos de morbidade e mortalidade de trabalhadores, investigando possíveis relações com as atividades funcionais, para obter a continuidade operacional e aumento da produtividade; Executa e avalia programas de prevenções de acidentes e de doenças profissionais ou nãoprofissionais, fazendo análise da fadiga, dos fatores de insalubridade, dos riscos e das condições de trabalho do menor e da mulher, para propiciar a preservação de integridade física e mental do trabalhador; Presta primeiros socorros no local de trabalho, em caso de acidente ou doença, fazendo curativos ou imobilizações especiais, administrando medicamentos e tratamentos e providenciando o posterior atendimento médico adequado, para atenuar consequências e proporcionar apoio e conforto ao paciente;

SEGURANÇA DO TRABALHO CONCEITO PROFISSIONAL Elabora e executa ou supervisiona e avalia as atividades de assistência de enfermagem aos trabalhadores, proporcionando-lhes atendimento ambulatorial, no local de trabalho, controlando sinais vitais, aplicando medicamentos prescritos, curativos, instalações e teses, coletando material para exame laboratorial, vacinações e outros tratamentos, para reduzir o absenteísmo profissional; organiza e administra o setor de enfermagem da empresa, provendo pessoal e material necessários, treinando e supervisionando auxiliares de enfermagem do trabalho, atendentes e outros, para promover o atendimento adequado às necessidades de saúde do trabalhador; Treina trabalhadores, instruindo-os sobre o uso de roupas e material adequado ao tipo de trabalho, para reduzir a incidência de acidentes; Planeja e executa programas de educação sanitária, divulgando conhecimentos e estimulando a aquisição de hábitos sadios, para prevenir doenças profissionais, mantendo cadastros atualizados, a fim de preparar informes para subsídios processuais nos pedidos de indenização e orientar em problemas de prevenção de doenças profissionais. COMPETÊNCIAS PESSOAIS 1 - Demonstrar flexibilidade 2 - Demonstrar organização 3 - Demonstrar auto-controle 4 - Demonstrar capacidade de adaptar-se às situações 5 - Demonstrar capacidade de atenção 6 - Demonstrar sensibilidade 7 - Demonstrar destreza manual 8 - Demonstrar capacidade de trabalhar em equipe 9 - Demonstrar capacidade de negociação 10 - Demonstrar capacidade de interpretar linguagem verbal e não verbal 11 - Demonstrar capacidade de liderança 12- Demonstrar capacidade de saber ouvir 13 - Demonstrar capacidade de efetuar atendimento humanizado 14 - Demonstrar rapidez de raciocínio RECURSOS DE TRABALHO Balança de pesagem - Régua Antropométrica - Equipamentos de suporte respiratório - Kit para acesso vascular - Equipamentos De Reanimação Cárdio-respiratória - Equipamentos para monitoração de sinais vitais - Bomba de infusão - Instrumental cirúrgico - Autoclaves - Kit de emergência - Kit para cateterismo - Kit teste para validação de esterilização de mater - Material médico-hospitalar de consumo - Medicamentos, Hemocomponentes e Hemoderivados - Manuais De Normas E Procedimentos Impressos - Máquina De Cec - Máquina De Cardioplegia -Bomba Centrífuga - Balão Intra-aórtico - Misturador De Gases - Válvula Redutora De Gases – Teletermômetro - Válvula E Monitor De Vácuo - Monitor Para Controle De Tempo De Coagulação Ativa - Oxigenador,cjto De Tubos, Reserv De Cardioplegia

SEGURANÇA DO TRABALHO CONCEITO PROFISSIONAL ATIVIDADES A - PRESTAR ASSISTÊNCIA AO PACIENTE/CLIENTE A.1 - Realizar consultas de enfermagem A.2 - Atender pacientes/clientes em domicílio A.3 - Prescrever ações de enfermagem A.4 - Prestar assistência direta a pacientes graves A.5 - Realizar procedimentos de maior complexidade A.6 - Solicitar exames A.7 - Prescrever medicamentos A.8 - Acionar equipe multiprofissional de saúde A.9 - Registrar observações, cuidados e procedimentos prestados A.10 - Analisar a assistência prestada pela equipe de enfermagem A.11 - Monitorar evolução clínica de pacientes B - COORDENAR SERVIÇOS DE ENFERMAGEM E/OU PERFUSÃO B.1 - Padronizar normas e procedimentos de enfermagem e/ou perfusão B.2 - Monitorar processo de trabalho B.3 - Acompanhar processo seletivo de profissionais de enfermagem e/ou perfusão B.4 - Facilitar interação entre o acs e os profissionais da ubs B.5 - Desenvolver programas de educação continuada B.6 - Estabelecer metas B.7 - Definir métodos de avaliação de qualidade B.8 - Aplicar métodos para avaliação de qualidade B.9 - Selecionar materiais e equipamentos B.10 - Avaliar desempenho de pessoal subordinado e de pares C - PLANEJAR AÇÕES DE ENFERMAGEM E/OU PERFUSÃO C.1 - Levantar necessidades e problemas C.2 - Diagnosticar situação C.3 - Identificar áreas de risco C.4 - Estabelecer prioridades C.5 - Participar do planejamento das ações dos agentes comunitários de saúde C.6 - Elaborar projetos de ação C.7 - Criar estratégias de procedimentos C.8 - Avaliar resultados D - REALIZAR PROCEDIMENTO DE CIRCULAÇÃO EXTRACORPÓREA D.1 - Levantar Definir tipo de equipamento e material D.2 - Checar funcionamento dos equipamentos D.3 - Verificar estoque de hemoderivados e hemocomponentes D.4 - Calcular dosagem de medicamento e fluxo arterial D.5 - Montar conjunto de cec D.6 - Preencher equipamento com perfusato(prime ou priming) D.7 - Operar conjunto de suporte circulatório e ventilatório D.8 - Realizar exames D.9 - Administrar medicamentos D.10 - Interpretar dados hemodinâmicos e laboratoriais D.11 - Realizar proteção miocárdica(cardioplegia)

SEGURANÇA DO TRABALHO CONCEITO PROFISSIONAL D.12 D.13 D.14 D.15 D.16 - Alterar temperatura corpórea Retirar suporte circulatório e ventilatório Reinfundir volume residual do circuito Desmontar conjunto de cec Descartar material utilizado E - IMPLEMENTAR AÇÕES PARA PROMOÇÃO DA SAÚDE E.1 - Participar de trabalhos de equipes multidisciplinares E.2 - Elaborar material educativo E.3 - Orientar participação da comunidade em ações educativas E.4 - Definir estratégias de promoção da saúde para situações e grupos específicos E.5 - Participar de campanhas de combate aos agravos da saúde E.6 - Orientar equipe para controle de infecção nas unidades de saúde E.7 - Participar de programas e campanhas de saúde do trabalhador E.8 - Participar da elaboração de projetos e políticas de saúde E.9 - Avaliar ações dos agentes comunitários de saúde FF.1 F.2 F.3 F.4 F.5 AUDITORAR SERVIÇOS DE ENFERMAGEM E/OU PERFUSÃO - Analisar prontuários - Averiguar coerência do registro de enfermagem com patologia - Averiguar irregularidades relativas a assistência prestada - Confrontar situação com as informações da legislação e normas - Elaborar relatórios e documentos G - REALIZAR PESQUISAS EM ENFERMAGEM E/OU PERFUSÃO G.1 - Organizar grupos de estudos G.2 - Colaborar com entidades de ensino e pesquisa G.3 - Captar recursos para pesquisas G.4 - Coletar dados e amostras G.5 - Analisar dados G.6 - Elaborar trabalhos técnicos e científicos G.7 - Submeter resultados de pesquisa para publicação H - PROMOVER A SAÚDE DA FAMÍLIA H.1 - Definir território de atuação H.2 - Mapear área de atuação H.3 - Identificar grupos, famílias e indivíduos expostos a riscos H.4 - Organizar grupos de promoção à saúde H.5 - Atualizar informações cadastrais H.6 - Atender usuários nas ubs, nos domicílios ou espaços comunitários H.7 - Realizar ações de prevenção de agravos e curativas H.8 - Realizar busca ativa de situações locais H.9 - Notificar doenças, agravos e situações de importância local H.10 - Identificar necessidades dos usuários H.11 - Responsabilizar-se por todos os atendimentos da população adscrita H.12 - Coordenar o cuidado dos usuários H.13 - Promover a integralidade do cuidado H.14 - Participar das atividades de planejamento H.15 - Participar das avaliações da equipe

SEGURANÇA DO TRABALHO CONCEITO PROFISSIONAL H.16 H.17 H.18 H.19 H.20 H.21 - Incentivar a participação da comunidade Identificar parceiros e recursos disponíveis na comunidade Registrar as atividades nos sistemas de informação Participar das atividades de educação permanente Definir ações de acordo com prioridades locais Participar do gerenciamento de insumos Z - DEMONSTRAR COMPETÊNCIAS PESSOAIS Z.1 - Demonstrar flexibilidade Z.2 - Demonstrar organização Z.3 - Demonstrar auto-controle Z.4 - Demonstrar capacidade de adaptar-se às situações Z.5 - Demonstrar capacidade de atenção Z.6 - Demonstrar sensibilidade Z.7 - Demonstrar destreza manual Z.8 - Demonstrar capacidade de trabalhar em equipe Z.9 - Demonstrar capacidade de negociação Z.10 - Demonstrar capacidade de interpretar linguagem verbal e não verbal Z.11 - Demonstrar capacidade de liderança Z.12 - Demonstrar capacidade de saber ouvir Z.13 - Demonstrar capacidade de efetuar atendimento humanizado Z.14 - Demonstrar rapidez de raciocínio  AUXILIAR DE ENFERMAGEM DO TRABALHO / CBO 5-72.15 Desempenha tarefas similares às que realiza o auxiliar de enfermagem, em geral (5-72.10), porém atua em dependências de fábricas, indústrias ou outros estabelecimentos que justifiquem sua presença. COMPETÊNCIAS PESSOAIS 1234567- Demonstrar Demonstrar Demonstrar Demonstrar Demonstrar Demonstrar Demonstrar compreensão capacidade de atenção capacidade de efetuar atendimento humanizado capacidade de saber ouvir coordenação motora fina capacidade de persuasão empatia RECURSOS DE TRABALHO Balança – Glicosímetro - Medicamentos, soro, soluções - Maca - Foco - Epi Desfibrilador - Hampers -Suporte de soro - Bomba de infusão - Escadas para leito Carrinho de parada - Estetoscópio - Cadeiras de roda - Seringas, agulhas, scalp, abocath - Aparelho de pressão arterial - Ambu, máscaras - Autoclave - Gases, ataduras - Termômetro – Respirador - Monitores - Equipos - Éter e benzina - Aspirador Materiais descartáveis - Cubas - Colchão e boias - Estufas - Sondas, tubos, catéteres,

SEGURANÇA DO TRABALHO CONCEITO PROFISSIONAL cânulas - Cilindro de oxigênio - Biombos - Aparelho de glicemia capilar - Algodão, esparadrapo - Bandejas - Cadeiras higiênicas - Comadre, papagaio - Pranchas de madeira - Colar cervical - Roupas em geral (lençóis, toalhas, pijamas..) - Pinças e tesouras - Imobilizador para membros superiores e inferiores - Bacias para banho no leito - Álcool (pvpi) ATIVIDADES A - EFETUAR PROCEDIMENTOS DE ADMISSÃO A.1 - Apresentar-se situando paciente no ambiente A.2 - Arrolar pertences de paciente A.3 - Controlar sinais vitais A.4 - Mensurar paciente (peso, altura) A.5 - Higienizar paciente A.6 - Fornecer roupa A.7 - Colocar grades laterais no leito A.8 - Conter paciente no leito A.9 - Monitorar evolução de paciente B - PRESTAR ASSISTÊNCIA AO PACIENTE B.1 - Puncionar acesso venoso B.2 - Aspirar cânula oro-traqueal e de traqueostomia B.3 - Massagear paciente B.4 - Trocar curativos B.5 - Mudar decúbito no leito B.6 - Proteger proeminências ósseas B.7 - Aplicar bolsa de gelo e calor úmido e seco B.8 - Estimular paciente (movimentos ativos e passivos) B.9 - Proceder à inaloterapia B.10 - Estimular a função vésico-intestinal B.11 - Oferecer comadre e papagaio B.12 - Aplicar clister (lavagem intestinal) B.13 - Introduzir cateter naso-gástrico e vesical B.14 - Ajudar paciente a alimentar-se B.15 - Instalar alimentação induzida B.16 - Controlar balanço hídrico B.17 - Remover o paciente B.18 - Cuidar de corpo após morte C - ADMINISTRAR MEDICAÇÃO PRESCRITA C.1 - Verificar medicamentos recebidos C.2 - Identificar medicação a ser administrada (leito, nome e registro do paciente) C.3 - Preparar medicação prescrita C.4 - Verificar via de administração C.5 - Preparar paciente para medicação C.6 - Executar antissepsia C.7 - Acompanhar paciente na ingestão de medicamento C.8 - Acompanhar tempo de administração de soro e medicação C.9 - Administrar em separado medicamentos incompatíveis

SEGURANÇA DO TRABALHO CONCEITO PROFISSIONAL C.10 C.11 C.12 C.13 - Instalar hemoderivados Atentar para temperatura e reações de paciente em transfusões Administrar produtos quimioterápicos Calcular dosagem de medicamentos D - AUXILIAR EQUIPE TÉCNICA EM PROCEDIMENTOS ESPECÍFICOS D.1 - Auxiliar equipe em procedimentos invasivos D.2 - Auxiliar em reanimação de paciente D.3 - Aprontar paciente para exame e cirurgia D.4 - Efetuar tricotomia D.5 - Coletar material para exames D.6 - Efetuar testes e exames D.7 - Efetuar testes de glicemia D.8 - Controlar administração de vacinas D.9 - Dispensar de trabalho funcionário e tripulante doente ou acidentado D.10 - Controlar exames periódicos de funcionários E - REALIZAR INSTRUMENTAÇÃO CIRÚRGICA E.1 - Verificar suficiência de equipamento, material cirúrgico e compressas E.2 - Verificar quantidade de peças para implante E.3 - Verificar resultado e validade da esterilização E.4 - Encaminhar material para sala cirúrgica E.5 - Posicionar paciente para cirurgia E.6 - Posicionar placa de bisturi elétrico E.7 - Passar instrumentos à equipe cirúrgica E.8 - Suprir demandas da equipe E.9 - Verificar a quantidade de compressas cirúrgicas E.10 - Contar número de compressas, material e instrumental pré e pós cirurgia E.11 - Repor material na sala cirúrgica E.12 - Vedar sala cirúrgica F - PROMOVER SAÚDE MENTAL F.1 - Averiguar paciente e pertences (drogas, álcool etc.) F.2 - Prevenir tentativas de suicídio e situações de risco F.3 - Limitar espaço de circulação do paciente F.4 - Demarcar limites de comportamento F.5 - Disponibilizar pertences pessoais para paciente (preservação da identidade) F.6 - Estimular paciente na expressão de sentimentos F.7 - Conduzir paciente a atividades sociais F.8 - Implementar atividades terapêuticas prescritas F.9 - Proteger paciente durante crises F.10 - Acionar equipe de segurança G - ORGANIZAR AMBIENTE DE TRABALHO G.1 - Providenciar material de consumo G.2 - Inspecionar carrinho de parada cárdio-respiratória (pcr) G.3 - Organizar medicamentos e materiais de uso de paciente e de posto de enfermagem G.4 - Fiscalizar validade de materiais e medicamentos G.5 - Encaminhar material para exames

SEGURANÇA DO TRABALHO CONCEITO PROFISSIONAL G.6 - Arrumar camas G.7 - Arrumar rouparia H - DAR CONTINUIDADE AOS PLANTÕES H.1 - Vistoriar cada paciente H.2 - Conferir quantidade de psicotrópicos H.3 - Resolver pendências (medicamentos, curativos, exames, encaminhamentos, jejum, entre outras) H.4 - Conferir quantidade e funcionalidade de material e equipamento I - TRABALHAR COM BIOSSEGURANÇA E SEGURANÇA I.1 - Lavar mãos antes e após cada procedimento I.2 - Usar equipamento de proteção individual (epi) I.3 - Paramentar-se I.4 - Precaver-se contra efeitos adversos dos produtos I.5 - Providenciar limpeza concorrente e terminal I.6 - Desinfectar aparelhos e materiais I.7 - Esterilizar instrumental I.8 - Transportar roupas e materiais para expurgo I.9 - Acondicionar perfurocortante para descarte I.10 - Descartar material contaminado I.11 - Vistoriar instalações e trabalhadores I.12 - Vacinar-se I.13 - Seguir protocolo em caso de contaminação ou acidente J - PROMOVER A SAÚDE DA FAMÍLIA J.1 - Definir território de atuação J.2 - Mapear área de atuação J.3 - Identificar grupos, famílias e indivíduos expostos a riscos J.4 - Organizar grupos de promoção à saúde J.5 - Atualizar informações cadastrais J.6 - Atender usuários nas ubs, nos domicílios ou espaços comunitários J.7 - Realizar ações de prevenção de agravos e curativas J.8 - Realizar busca ativa de situações locais J.9 - Notificar doenças, agravos e situações de importância local J.10 - Identificar necessidades dos usuários J.11 - Responsabilizar-se por todos os atendimentos da população adescrita J.12 - Coordenar o cuidado dos usuários J.13 - Promover a integralidade do cuidado J.14 - Participar das atividades de planejamento J.15 - Participar das avaliações da equipe J.16 - Incentivar a participação da comunidade J.17 - Identificar parceiros e recursos disponíveis na comunidade J.18 - Registrar as atividades nos sistemas de informação J.19 - Participar das atividades de educação permanente J.20 - Definir ações de acordo com prioridades locais J.21 - Participar do gerenciamento de insumos

SEGURANÇA DO TRABALHO CONCEITO PROFISSIONAL Y - COMUNICAR-SE Y.1 - Orientar familiares e paciente Y.2 - Orientar família sobre doença mental Y.3 - Trocar informações técnicas Y.4 - Comunicar ao médico efeitos adversos dos medicamentos Y.5 - Chamar médico nas intercorrências Y.6 - Recomendar desembarque de pessoa doente e acidentada Y.7 - Recomendar abstenção de decisões durante surto mental Y.8 - Solicitar presença no centro cirúrgico de outros profissionais Y.9 - Ministrar palestras Y.10 - Anotar gastos da cirurgia Y.11 - Etiquetar pertences de paciente Y.12 - Etiquetar prescrição médica (leito, nome e registro do paciente) Y.13 - Marcar tipo de contaminação do hamper e lixo Y.14 - Registrar ingesta Y.15 - Interpretar testes cutâneos Y.16 - Registrar administração de medicação Y.17 - Registrar intercorrências e procedimentos realizados Y.18 - Elaborar relatório sobre paciente Y.19 - Participar de discussão de casos Y.20 - Participar em campanhas de saúde pública Z - DEMONSTRAR COMPETÊNCIAS PESSOAIS Z.1 - Demonstrar compreensão Z.2 - Demonstrar capacidade de atenção Z.3 - Demonstrar capacidade de efetuar atendimento humanizado Z.4 - Demonstrar capacidade de saber ouvir Z.5 - Demonstrar coordenação motora fina Z.6 - Demonstrar capacidade de persuasão Z.7 - Demonstrar empatia Fonte: Código Brasileiro de Ocupação – CBO

Add a comment

Related presentations

Related pages

Conceito e objetivo da segurança do trabalho - Artigos de ...

Iniciação Profissional; ... Conceito e objetivo da segurança do trabalho ... A Segurança do Trabalho corresponde ao ...
Read more

O que é Segurança do Trabalho

O Técnico de Segurança do Trabalho: Profissional formado em curso técnico e com emprego garantido por lei conforme o dimensionamento do SESMT via NR 4.
Read more

PRINCIPAIS CONCEITOS - SEGURANÇA DO TRABALHO

... Conceitos e segurança do trabalho. ... que impede o alcance do objetivo de trabalho. CONCEITO INICIAL ACIDENTE Um acidente é um evento indesejável ...
Read more

Que é Segurança do Trabalho - ÁREA SEG

Onde atua o profissional de Segurança do Trabalho? O profissional de Segurança do Trabalho tem uma área de atuação bastante ampla.
Read more

Engenharia Elétrica | Segurança do Trabalho | Consultoria ...

A Conceito Engenharia Elétrica e Segurança do Trabalho têm sólida experiência profissional em Engenharia Elétrica e Segurança do Trabalho.
Read more

TÉCNICO EM SEGURANÇA DO TRABALHO, conceitos básicos.

Técnico em Segurança do Trabalho. O Técnico em segurança do Trabalho é o profissional que cuida da ... Acidente do Trabalho. Conceito ...
Read more

Conceito Saúde - facebook.com

Conceito Saúde, Manaus, Brazil. 684 ... o jornal sobre saúde e segurança do trabalho que está dando o que falar, ... a realizar a sua atividade ...
Read more

Conceito Saúde - facebook.com

Conceito Saúde, Manaus, Brazil. 684 likes · 1 talking about this. Curta nossa página e fique por dentro das novidades sobre a Fisioterapia do Trabalho e...
Read more