São Paulo Companhia de Dança reflete sobre as relações humanas em nova temporada

50 %
50 %
Information about São Paulo Companhia de Dança reflete sobre as relações humanas em nova...

Published on June 2, 2017

Author: JulianaRavelli

Source: slideshare.net

1. %HermesFileInfo:C-6:20170602: C6 Caderno 2 SEXTA-FEIRA, 2 DE JUNHO DE 2017 O ESTADO DE S. PAULO VEJA TAMBÉM A Lista de Schindler SCHINDLER’SLIST.(EUA,1993).DIR.DESTE- VENSPIELBERG,COMLIAMNEESON. A história real do empresário alemão Oskar Schindler que, ao compreen- der a tortura nazista nos campos de prisioneiros, salvou a vida de 1.200 judeus criando um esquema para em- pregá-los em sua fábrica. TCCULT,12H15.REPRISE,P&B.,215MIN. ANIMAÇÃO Toy Story Woody vive orgulhoso por ser o brinquedo preferido de seu dono. Quando o garoto ganha o astronauta Buzz Lightyear, brinquedo mais moderno, Woody se vê ameaçado. TC FUN, 20H25. REP., COL., 90 MIN. Psicólogo decepcionado com a vida tenta o suicídio, mas é im- pedido por um homem desco- nhecido, um mendigo, o “Mes- tre”. Uma amizade peculiar surge entre os dois, e logo a dupla passa a tentar salvar pes- soas ao apresentarem um novo caminho para se viver. Última Parada – 174 NOMEORIGINAL.(BRASIL,2008).DIR.DE BRUNOBARRETO,COMMICHELGOMES,CRIS VIANNA,MARCELOMELLO. Baseado em fatos reais. Em 2000, Sandro do Nascimento, sobreviven- te da chacina da Candelária, seques- tra um ônibus no Rio, mantendo mulher sob a mira do seu revólver. CANALBRASIL,15h30.REP.,COL.,110MIN. ‘IntrigaInternacional’ oferecediversão emestadopuro Coreografia de Marcia Haydée será mostrada em abril de 2018, quando a artista faz 81 anos e a SPCD, uma década Sob o tema Pássaro de Fogo, a companhia paulista recebe peças como ‘Primavera Fria’, de Clébio Oliveira ‘Nina Simone: Live Montreux’ BIS/0h30 Programa ‘Bring It!’ Lifetime/22h Alemanha vai ver versão bem brasileira de ‘Dom Quixote’ SPCD abre temporada com 4 estreias Juliana Ravelli ESPECIAL PARA O ESTADO Asrelações–comooutro,consi- go mesmo, com o espaço, com diferentesartesouatécomopú- blico – são o elo entre os nove trabalhos,quatrodelesestreias, que a São Paulo Companhia de Dança (SPCD) apresenta a par- tir desta quinta-feira (1.º) no Teatro Sérgio Cardoso. E que momentomaispropício,noBra- sil e no mundo, para se pensar em relações e no que elas são capazes ou não de construir. Inês Bogéa, diretora artísti- ca da companhia, escolheu o Pássaro de Fogo como tema da temporada. A ave fantástica simboliza o renascimento e a superação.Oduocontemporâ- neo foi coreografado pelo ale- mão Marco Goecke em 2010, quando o balé O Pássaro de Fo- go, de Michel Fokine (1880- 1942),completou100anos.Na trama original, o príncipe Ivan recebeajudadaaveparaderro- tar o feiticeiro Kaschei. O duo, que estreia com a SPCD, tem música de Stra- vinski(1882-1971)efoiremonta- do por Giovanni Di Palma. A obradocoreógrafoalemãotrata do encontro entre o Pássaro de FogoeoPríncipe.Pore-mailao Estado,Goeckecontaquesem- pre está em busca de criar algo grandioso a partir do simples e que enxerga mais semelhanças do que diferenças entre os per- sonagens. “Nós todos somos príncipesenóstodossomospás- saros. A coisa mais bonita é co- mo os dois se encontram.” Pássaro de Fogo, terceiro tra- balho de Goecke no repertório daSPCD,estánasegundasema- nadatemporada,entreosdias8 e 11. Também compõem o pro- grama a estreia 14’20’’ e Indigo Rose, ambos do checo Jirí Ky- lián, e Suíte para Dois Pianos, do alemão Uwe Scholz. Em 14’20’’ – remontado pela bailarina Ni- naBotkay–,Kyliánusaotempo (realemetafórico)parafalarso- brecomeço, meioefim dorela- cionamento de um casal. “Tem a questão da passagem do tem- po e do olhar sobre si mesmo para se relacionar com o ou- tro”, afirma Inês. Intensidade. Nesta primeira semana, há duas novidades. Suíte de Raymonda é uma de- las. Guivalde de Almeida criou a versão para o terceiro ato do balé de 1898, criado por Marius Petipa (1818- 1910).Otrecho vibrantemos- tra a festa de casamento de Raymonda com o cavaleiro Jean de Brienne. Primavera Fria, de Clébio Oliveira, é ou- tra estreia. Completam a noi- te Ngali, de Jomar Mesquita, e Pivô, de Fabiano Lima. Clébiovive em Berlim desde 2008 e já havia criado para a SPCD o elogiado duo Céu Cin- zento.EmPrimaveraFria, usa a ciência e a psicanálise para re- fletir sobre como o corpo se comporta quando ocorre uma ruptura com o ser amado. Tre- zebailarinosdançamapeçade 25 minutos. Por meio de con- versas e pesquisas com o elen- co, o coreógrafo constrói uma obra que conecta pessoas. “Éimportantequeosbailari- nos entendam a ideia, de onde estou partindo. Porque mes- mocomcadaumdentrodasua subjetividade, é uma viagem coletiva.Foiumaespéciedere- flexãoeaprendizado.Começa- mos a trazer nossos fantasmas àtonaefoimuitointeressante. O que se vê em cena não é um punhado de movimentos, mas os bailarinos por inteiro”, ga- ranteClébio.Maisumavez,ele usa trilha especialmente com- posta pelo artista experimen- tal italiano Matresanch (pseu- dônimo de Matteo Nicolai). “Mesmo que o público não saiba todas as relações que es- tão na cena, vai descobrir ou- tras que também não sei. Tem umabuscadediálogo,paraque não sejam várias obras em se- quência,masquetenhamsigni- ficado.Equeatemporadatam- bém funcione como espaço de reflexão e percepção”, afirma Inês. “A dança, neste momen- to, é uma arte fundamental de percepção do humano.” A temporada termina com o marco doromantismo La Sylp- hide, apresentado entre os dias 16 e 25. O argentino Mario Ga- lizzi fez a adaptação para a SPCD em 2014, partindo da obra que o dinamarquês Au- gust Bournonville (1805-1879) recriou em 1836. La Sylphide trouxeparaobalédoisgrandes símbolos:assapatilhasdepon- ta e o tutu (a longa saia de tu- le). No enredo, um triângulo amoroso. Um camponês pres- tesacasarseapaixonaporuma criatura mágica. Ele acredita que uma bruxa é capaz de aju- dá-lo a viver o amor impossí- vel. Mas é tudo ilusão, e o cam- ponêsterminaarruinado.Uma lembrança de que, na verdade, nada acontece por mágica. DRAMA ‘Melhores Amigos’ Jake se muda de casa e, no no- vo bairro, faz uma grande ami- zade com Tony. No entanto, ao mesmo tempo, as suas famí- lias começam a travar uma in- tensa discussão. Delicado dra- ma familiar. ITUNES, 2017, 85 MIN. AÇÃO ‘Profissão de Risco’ Johnny Depp é George, um tra- ficante de cocaína que surge do nada e se torna um dos maio- res chefes do tráfico nos EUA. NETFLIX,2001,123MIN. FANTASIA ‘Os Irmãos Grimm’ Os Grimm são charlatões que fingem proteger cidades de criaturas mágicas. Esta vida, porém, se volta contra os dois quando um dos povoados está realmente amaldiçoado. TELECINEPLAY,2005,112MIN Matheus Mans ‘Anota Aí – Os 10 Mais’ Multishow/18h30 Foi com a São Paulo Compa- nhia de Dança que, em 2015, Marcia Haydée realizou um de seus grandes desejos: coreo- grafarsuaprimeiraobraparao Brasil,OSonhodeDomQuixote. Em abril de 2018, como parte das comemorações de dez anosdaSPCD,obaléseráapre- sentadonaAlemanha,paísque adotou e consagrou Marcia. AcompanhiadançaráemBa- den-Baden e Ludwigshafen, acompanhada pela sinfônica Deutsche Staatsphilharmo- nie Rheinland-Pfalz. “O mais bacana é que faremos com or- questra nessas duas cidades e com a presença da Marcia, queestámuitofeliz.Seráreal- menteespecialmostraranos- sa versão de Dom Quixote, que é muito brasileira”, informa Inês Bogéa, diretora artística daSPCD.Em Ludwigshafen,a companhia sobe ao palco no dia 18 de abril, quando Marcia completará 81 anos. O Sonho é a reinvenção de Marcia para o tradicional balé DomQuixote, baseado no livro de Miguel de Cervantes. Mas os alemães verão um trabalho com a cara do Brasil. No cená- rio, são usadas reproduções de até 8 metros de altura dos 21 desenhos que Candido Por- tinari (1903-1962) desenvol- veu inspirado na obra de Mi- gueldeCervantes.Hátambém os poemas que Carlos Drum- mond de Andrade (1902- 1987) escreveu influenciado pelas ilustrações e as músicas que o violonista clássico Nor- berto Macedo (1939-2011) fez para cada poema. Baden-Baden e Ludwigsha- fen já tinham recebido a SPCDem2011e2013,respecti- vamente.Aindaem2018,atur- nê internacional da compa- nhia passará por Lyon e Cré- teil (França), Fürth (Alema- nha) e Luxemburgo./ J.R. Ubiratan Brasil Intriga Internacional NORTHBYNORTHWEST.(EUA,1959).DIR.DE ALFREDHITCHCOCK,COMCARYGRANT,EVA MARYSAINT,JAMESMASON. Publicitário é confundido com espião e vira alvo de uma caçada humana. Ja- mes Stewart queria o papel que Cary Grant cria genialmente. Novamente, Hitchcockcontacommaestriaahistó- riadasagrurasdohomemerrado,aque- lequeestánolocalerradoenomomen- to errado. Ação, humor, suspense e grandes cenas – o ataque do avião na estradadesertaemplenodia(odiretor queriaevitaroclichêdeseusaraescuri- dão da noite), o desfecho no Monte Rushmore, entre as caras esculpidas dos presidentes dos EUA, a simulação de sexo entre Grant e a bela Eva Marie Saint, na cena final. Não bastasse isso, atrilhasonoradeBernardHerrmanne aaberturaplásticadeSaulBasssãosim- plesmente geniais. Em sua habitual aparição, Hitch surge de forma cômi- ca, quando as portas de um ônibus se fecham na sua cara. Um clássico que jamais perde o vigor. TCM, 14H15. REPRISE, COLORIDO, 131 MIN. Filmes na TV Streaming Na web. Acompanhe a cobertura cultural do ‘Caderno 2’ na internet ‘Caçadores de Relíquias’ History/23h35 Ação. Pendurados no Monte Rushmore: Eva Marie Saint e Cary Grant DVD ‘Suíte de Raymonda’. Paula Alves e Diego De Paula SÃO PAULO CIA. DE DANÇA Teatro Sérgio Cardoso. Rua Rui Barbosa, 153, tel. 3288-0136. 5ª e sáb., 21h; 6ª, 21h30; dom., 18h. R$ 20 a R$ 40. Até 25/6. Crianças Dança Sensibilidade. No primeiro programa, de quinta, dia 1º, até domingo, 4, estão somente obras de coreógrafos brasileiros estadao.com.br/cultura Controle na mão FOTOS WILIAN AGUIAR O VENDEDOR DE SONHOS Direção: Jay- me Monjardim Elenco: Dan Stulbach R$ 29,90 WARNER HOME VIDEO/REUTERS

Add a comment