Roteiro 2 mediunidade e médium

50 %
50 %
Information about Roteiro 2 mediunidade e médium
Internet

Published on September 29, 2014

Author: brunofilho7169

Source: slideshare.net

Description

ROTEIRO 2: MEDIUNIDADE E MÉDIUM

CCEENNTTRROO DDEE TTRRAABBAALLHHOOSS EESSPPÍÍRRIITTAA AANNAA LLUUZZ BANCO DE AULAS ROTEIRO 2 MEDIUNIDADE E MÉDIUM

1804-1869

Módulo V Comunicabilidade dos Espíritos Roteiro 1 – Influência dos Espíritos em nossos pensamentos e atos, e nos acontecimentos da vida; Roteiro 2 – Mediunidade e médium; Roteiro 3 – Mediunidade com Jesus. View slide

MEDIUNIDADE E MÉDIUM View slide

CCoonntteeúúddoo BBáássiiccoo

Digamos de início, que a mediunidade é inerente a uma condição (disposição) orgânica, de que todos os seres podem ser dotado, como da de ver, de ouvir, de falar. [...] A mediunidade é dada (conferida) sem distinção, a fim de que os Espíritos possam levar (trazer) a luz a todas as camadas, a todas as classes da sociedade, ao pobre como ao rico: Aos virtuosos, para os fortalecer no bem; e aos viciosos para os corrigir [...] A mediunidade não implica necessariamente as relações habituais com os Espíritos superiores.

É simplesmente uma aptidão para servir de instrumento, mais ou menos dócil, aos Espíritos, em geral. O bom médium, não é, portanto, aquele que tem facilidade de comunicação, mas o que é simpático aos bons Espíritos e só por eles assistido. Allan Kardec: O Evangelho Segundo Espiritismo – Cap. 24 – Questão 12. Toda pessoa que sente a influência dos Espíritos, em qualquer grau de intensidade, é médium. Essa faculdade é inerente ao homem.

Por isso mesmo não constitui privilégio e são raras as pessoas que não a possuam pelo menos em estado rudimentar. Pode-se dizer, pois, que todos são mais ou menos médiuns. Usualmente, porém, essa qualidade se aplica somente aos que possuem uma faculdade mediúnica bem caracterizada, que se traduz por efeitos patentes de certa intensidade, o que depende de uma organização mais ou menos sensitiva. Allan Kardec. O livro dos médiuns. Segunda parte. Cap. 14 – OS MÉDIUNS – Questão 159.

SSuubbssííddiiooss

Digamos de início, que a mediunidade é inerente a uma condição (disposição) orgânica, de que todos os seres podem ser dotado, como da de ver, de ouvir, de falar. Não há nenhuma de que o homem, em consequência do seu livre-arbítrio, não possa abusar. Ora, se Deus não tivesse concedido a palavra, por exemplo, senão aos que são incapazes de dizer coisas más, haveria mais mudos do que falantes. Deus outorgou as faculdades ao homem, dando-lhe a liberdade de usá-las como quiser, mas pune sempre aqueles que delas abusam.

Se o poder de comunicar-se com os Espíritos só fosse dado aos mais dignos, qual aquele que ousaria pretende-lo? E onde estaria o limite da dignidade e da indignidade? A mediunidade é dada (conferida) sem distinção, a fim de que os Espíritos possam levar (trazer) a luz a todas as camadas, a todas as classes da sociedade, ao pobre como ao rico: Aos virtuosos, para os fortalecer no bem; e aos viciosos para os corrigir. Estes últimos não são os doentes que precisam de médico?

Por que Deus, que não quer a morte do pecador, o privaria do socorro que pode tirá-lo da lama? Os Bons Espíritos vêm assim em seu auxílio, e seus conselhos, que ele recebe diretamente, são de natureza a impressioná-lo mais vivamente, do que se os recebesse de maneira indireta. Deus, na sua bondade, poupa-lhe a pena de ir procurar a luz à distância, e a mete (a coloca) nas mãos. Não será ele bem mais culpado, se não atentar para ela, isto é, se não a quiser ver?

Poderia recusar-se com a sua ignorância, quando ele mesmo escreveu com suas mãos, viu com os próprios olhos, ouviu com os seus ouvidos e pronunciou com a sua própria boca a sua condenação? Se ele não aproveitar, então será punido com a perda ou a perversão da sua faculdade, de que os maus Espíritos se apoderação, para o obsedar e enganar, sem prejuízo das aflições comuns com que Deus castiga os servos indignos e os corações endurecidos pelo orgulho e o egoísmo. A mediunidade não implica necessariamente as relações habituais com os Espíritos superiores.

É simplesmente uma aptidão para servir de instrumento, mais ou menos dócil, aos Espíritos, em geral (1). • Segundo Emmanuel, a [...] mediunidade é aquela luz que seria derramada sobre toda carne e prometida pelo Divino Mestre aos tempos do Consolador, atualmente em curso na terra. [...] Sendo luz que brilha na carne, a mediunidade é atributo do Espírito, patrimônio da alma imortal, elemento renovador da posição moral da criatura terrena, enriquecendo todos os seus valores no capítulo da virtude e da inteligência, sempre que se encontre ligada aos princípios evangélicos na sua trajetória pela face do mundo (7).

Mediunidade [é ainda Emmanuel quem o diz] é talento do céu, para o serviço de renovação do mundo. Lâmpada, que nos cabe acender, aproveitando o óleo da humildade, é indispensável nutrir com ela a sublime luz do amor, a irradiar-se em caridade e compreensão, para todos os que nos cercam (8). Por outro lado, toda pessoa que sente a influência dos Espíritos, em qualquer grau de intensidade, é médium. Essa faculdade é inerente ao homem.

Por isso mesmo não constitui privilégio e são raras as pessoas que não a possuam pelo menos em estado rudimentar. Pode-se dizer, pois, que todos são mais ou menos médiuns. Usualmente, porém, essa qualidade se aplica somente aos que possuem uma faculdade mediúnica bem caracterizada, que se traduz por efeitos patentes de certa intensidade, o que depende de uma organização mais ou menos sensitiva (3). O que é ser médium? O médium é o indivíduo que serve de traço de união aos Espíritos, para que estes possam comunicar-se facilmente com os homens:

Espíritos materializados. Por conseguinte, sem médium, não há comunicações tangíveis, mentais, escritas, físicas, de qualquer natureza que seja (4). Nota-se, entretanto, que o [...] bom médium não é, portanto, aquele que tem facilidade de comunicação, mas o que é simpático aos Bons Espíritos e só por eles é assistido. É neste sentido, unicamente, que a excelência das qualidades morais é de importância absoluta para a mediunidade (2). Qual a verdadeira definição da mediunidade?

A missão mediúnica se tem os seus percalços e as suas lutas dolorosas, é uma das mais belas oportunidades de progresso e de redenção concedidas por Deus aos seus filhos misérrimos (6). Assim é que os [...] grandes Instrutores da Espiritualidade utilizam-se dos médiuns para a transmissão de mensagens edificantes, enriquecendo o Mundo com novas revelações, conselhos e exortações que favorecem a definitiva integração a programas emancipadores. Tudo isso pode o mediunismo conseguir se o pensamento de Nosso Senhor, repleto de fraternidade e sabedoria, for a bússola de todas as realizações.

OO ppeerriissppíírriittoo ddoo mmééddiiuumm ssee eexxppaannddee O perispírito do Espírito comunicante também se expande O Espírito transmite sua vontade ao médium Uma atmosfera fluídico perispiritual comum é formada

O PROCESSO DE COMUNICAÇÃO MEDIÚNICO O Espírito comunicante transmite seu pensamento ao perispírito do médium, o qual após ser captado, é encaminhado ao seu cérebro.

RReeffeerrêênncciiaa BBiibblliiooggrrááffiiccaa

1. KARDEC, Allan. O Evangelho Segundo Espiritismo. Tradução de J. Herculano Pires. 70ª ed. Brás – São Paulo – LAKE 2013 – Cap. XXIV – Não Por a Candeia Debaixo do Alqueire - Item: Os Sãos Não Precisam de Médico - Questão 12 - Pág. 284-285. 2. _______. Pág. 285 3. _______. O livro dos Médiuns. Tradução de J. Herculano Pires. 27ª ed. Brás - São Paulo: LAKE, Fevereiro de 2013. Segunda Parte - Cap. XIV – OS MÉDIUNS - Questão 159 - Pág. 140. 4. ______. Cap. XXII – Da Mediunidade dos Animais - Questão 236 - Pág. 213.

5. PERALVA, Martins. Estudando a Mediunidade. 24ª ed. Rio de Janeiro: FEB 2005 – Cap. 29 - Pág. 159. 6. XAVIER, Francisco Cândido. O Consolador. Pelo Espírito Emmanuel – 26ª ed. Rio de Janeiro: FEB 2004 – Terceira Parte – Religião - 5. MEDIUNIDADE – Item: Desenvolvimento - Questão 382 - Pág. 213. 7. _______. Pág. 213-214 6. _______. Dicionário da Alma. Por Diversos Espíritos – Verbete: Mediunidade - 5ª ed. Rio de Janeiro: FEB 2004 – Pág. 255.

Add a comment

Related presentations

Online rank tracker!

Online rank tracker!

October 20, 2014

Rank tracker is a tool that helps everyone to find the traffic which a particular ...

Facebook y sus avances

Facebook y sus avances

November 11, 2014

facebook y sus avances

Preguntas Investigación

Preguntas Investigación

November 11, 2014

es una presentación de preguntas interesantes

Cartes interactives, frises chronologiques, diaporamas, carte Google Streetview in...

Related pages

Roteiro 2 - Mediunidade e médium - ESDE Monteiro Lobato ...

Disponibilizar material do curso de ESDE, Doutrina Espírita, Espiritismo, Allan Kardec. Estudo Sistematizado da Doutrina Espírita.
Read more

Roteiro 6 - Educação e Desenvolvimento Do Médium

Mediunidade Módulo II Roteiro 6 ... "sp&rita. 2 preciso que primeiro ocorra uma certa ... mediunidade pro'acional, o médium aprende a se
Read more

Slide 1 - Grupo Espírita Caminho da Luz - New Jersey

... Mecanismos da Mediunidade Roteiro 2 ... o médium é envolvido em ... Estudo e Prática da Mediunidade Prática III Atividade 2 Condições de ...
Read more

Roteiro 2 - as Manifestações Mediúnicas de Efeitos ...

Roteiro 2 - as Manifestações Mediúnicas de Efeitos Intelectuais. Enviar Sign in Join. Books Audiobooks Comics Sheet Music. Scribd Selects Books.
Read more

MÓDULO V- Comunicabilidade dos Espíritos

Roteiro 2 - Mediunidade e médium; ... MÓDULO V Comunicabilidade dos Espíritos Hoje veremos: Roteiro 3 - Mediunidade com Jesus. Módulo V ...
Read more

Estudos Espíritas - ESDE - Mód. Compl. IV - Rot. 2

Roteiro 2 . Mediunidade nas crianças . ... Favorecer o conhecimento das características do médium e da sua influência nas ... 2. Mediunidade ...
Read more

Roteiro 3 - Mediunidade com Jesus - ESDE - Centro ...

Roteiro 2 - Mediunidade e médium. Roteiro 3 - Mediunidade com Jesus. Módulo 6 - Reencarnação. Roteiro 1 - Fundamentos e finalidades da reencarnação.
Read more

Roteiro 5 - A Faculdade Mediúnica. Conceito e ...

Roteiro 5 - A Faculdade Mediúnica. ... Conceito e Classificação Da Mediunidade. Upload Sign in Join. Books Audiobooks Comics Sheet Music. Editors' Picks ...
Read more