Resoluo 131216122424-phpapp02

100 %
0 %
Information about Resoluo 131216122424-phpapp02
Education

Published on March 9, 2014

Author: e-for-all

Source: slideshare.net

1º Teste de Hidráulica II 2011/2012 Problema 1 Q0  g Sc H h Sc bc Q02 2g S2 Por outro lado para secção rectangular S  bh Q g Sc3 b3 h3  g c c  bc bc Q  g hc3 bc2  hc  3 Q2 g bc2 g Sc2 Sc 1 3 H c  hc   hc  hc  hc 2 2 g Sc bc 2 2 Hc  2 3 Q0 3 2 g b2 Problema 2 a)  pequeno Canais prismáticos secções abertas simples Caudal constante = Q0 Escoamentos permanentes gradualmente variados  e  invariáveis ao longo do canal 1 b) F3  h  hu  J  i h  hc  Fr  i

dh i  J       0 ou seja h  com s  2  ds 1  Fr A tender para uniforme à direita h  hu  J  i  dh 0 ds à esquerda h  0  Fr    J   dh   depende da secção e deixa de ser válido com curvatura acentuada ds 

Problem a 3 a) M – quantidade de movim ent o t ot al (0,3); s – coordenada segundo o eixo do canal (0,2);  – peso volúmico do líquido (0,1); S – secção t ransversal do escoam ent o (0,2); i – declive do canal (0,2); J – perda de carga unit ária (0,2). b) No caso de se considerar a referida sim plificação (i=J), o que im plica que a entrada de caudal ao longo do canal colect or se faça perpendicularm ente ao escoam ento nesse canal, est a est ará m ais próxim a da realidade quando ocorrem regimes de escoamento lentos em canais de declive fraco ou regimes de escoamento rápidos em canais de declive forte. Tal decorre de, nas sit uações referidas, as alt uras de escoam ent o se aproxim arem m ais das que, em cada secção do canal colect or, ocorreriam caso o caudal nessa secção se escoasse com alt ura de regim e uniform e para o declive exist ente, ou seja, para sit uações em que o declive, i, é efect ivam ente m ais próxim o da perda de carga unit ária, J. Problem a 4 a) O ressalt o será afogado quando a alt ura de escoament o na secção cont raída for menor ou igual que a alt ura de conjugada da alt ura uniform e. b) Nas condições da alínea anterior, m antendo a geomet ria do canal, o caudal e a abert ura da com port a, a redução do declive do canal, im plica que a nova alt ura de regim e uniform e, h u’ , seja superior. Considerando a figura abaixo, em que se represent a a variação da quant idade de m oviment o t ot al com a alt ura de escoament o, verifica-se que, quando a altura de escoam ent o cresce em regim e lent o a correspondent e alt ura conjugada em regime rápido decresce. ’ h1 ’ h2 Nest e cont ext o, se com o declive inicial o ressalt o se encontrava na sit uação lim it e do afogam ent o, com o aument o do declive, ao reduzir-se a alt ura conjugada da alt ura de regim e uniform e, h’ uconj, passa-se a um a sit uação em que , o que im plica um ressalt o afogado.

Add a comment

Related presentations