Relato de experiencia Diversidade Cultural - 2014

43 %
57 %
Information about Relato de experiencia Diversidade Cultural - 2014
Education

Published on February 18, 2014

Author: hiarleoliveira

Source: slideshare.net

Description

Trata-se de um relato de experiência a cerca da Diversidade Cultural, possível em decorrência do Projeto Interdisciplinar: A escola e a diversidade cultural, submetido a experiência em uma escola da rede pública estadual na cidade de Boa Vista - RR.

UNIVERSIDADE FEDERAL DE RORAIMA PRÓ-REITORIA DE ENSINO E GRADUAÇÃO PROGRAMA INSTITUCIONAL DE INICIAÇÃO À DOCÊNCIA - PIBID PROJETO INTERDISCIPLINAR: A ESCOLA E A DIVERSIDADE CULTURAL Bolsista do Supervisora PIBID: do Hiarle PIBID: de Eunice Oliveira Sales Coordenador do Projeto Interdisciplinar: fabioalmeidadecarvalho@yahoo.com.br Souza/ Lima/ Fábio hiarle_ld@hotmail.com eunicesl_8@hotmail.com Almeida de Carvalho/

Relato de Experiência: Diversidade Cultural em sala de aula

https://www.google.com.br/search?espv=210&es_sm=122&biw=1280&bih=675&tbm=isch&q=diversi dade+cultural+no+mundo&revid=2032503547 “ A etnologia vem demonstrando – particularmente no Brasil, à luz dos complexos processos de resistência cultural indígena – quanto é inútil perseguir a busca de critérios de autenticidade cultural, na medida em que a cultura não é nada mais que uma dinâmica em constate reelaboração.” (GALLOIS, 2000, p. 123).

Contextualização Histórica • Relatório Merrian (1928), surge oficialmente os conceito Intercultural e Multicultural (fomentar uma educação indígena); • Um vazio de 1945 a 65 e o retorno com o Relatório Kennedy (1969); • Legislação que determina a Inclusão da temática “História e Cultura AfroBrasileira e Indígena” no currículo oficial da rede de ensino fundamental e médio, públicos ou privados: Nº 11.645 de 10 de março de 2008 altera a Lei Nº 9.394 de 20 de dezembro de 1996, modificada pela Lei Nº 10.639 de 09 de janeiro de 2003; • Em 21 de maio, é comemorado em mais de 100 países o Dia Mundial da Diversidade Cultural para o Diálogo e o Desenvolvimento. A data foi criada pela Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (Unesco) em 2001, mesmo ano em que foi feita a Declaração Universal da Unesco sobre a Diversidade Cultural.

Contextualização Histórica • No Brasil, o Ministério da Cultura (1985) criou no dia 7 de abril de 2004, por meio do Decreto n.º 5.036, a Secretaria da Identidade e da Diversidade Cultural (SID) com o objetivo de promover e proteger a diversidade das expressões culturais. Em 2007 foi lançado, no âmbito da SID, o Programa Identidade e Diversidade Cultural – Brasil Plural, para garantir o acesso dos grupos e redes de agentes culturais, responsáveis pela diversidade das expressões culturais brasileiras, aos recursos públicos para o desenvolvimento de suas ações.

Conceito de Cultura “O significado mais simples desse termo afirma que cultura abrange todas as realizações materiais e os aspectos espirituais de um povo. Ou seja, em outras palavras, cultura é tudo aquilo produzido pela humanidade, seja no plano concreto ou no plano imaterial, desde artefatos e objetos até ideais e crenças. Cultura é todo complexo de conhecimentos e toda habilidade humana empregada socialmente. Além disso, é também todo comportamento aprendido, de modo independente da questão” (SILVA, K. Vanderlei. Cultura. Termo In: SILVA, K. Vanderlei. Dicionário de Conceitos Históricos. 2.ed.reimpressão. São Paulo: Contexto, 2009).

Objetivos: • Para direcionar o estudo da temática estabeleram-se os seguintes objetivos: Incluir a temática indígena na escola; Explorar o potencial, as riquezas e os problemas gerados pela convivência de múltiplas culturas em sala de aula; Discutir a diversidade cultural, valorizando a cultura indígena.

Justificativa Oficialmente, Roraima é o Estado da federação brasileira com maior percentual de população indígena, aproximadamente 20% do total da população são índios: macuxi, wapichana, taurepang, wai-wai, ingaricó, patamona, ye´kuana, yanomami e sapará, entre outros. Tendo em vista este “caldeirão de culturas” presentes em Roraima, não poderíamos negligenciar a situação de convivência intercultural que nem sempre é tranquila, sendo marcada, em sua grande maioria, pela contradição, ou seja, ora conflituosa, ora razoavelmente tolerante, ora acolhedora e piedosa, ora paternalista, isto é, sempre assimétrica e desigual. Podemos constatar que a discussão sobre a diversidade cultural brasileira e roraimense se restringe, ao âmbito da escola indígena – ao passo que, nas escolas da cidade, ela é silenciada; do mesmo modo, a discussão também não se coloca como tema importante no processo de formação dos cursos de graduação. Não obstante essa estratégia de recusa da realidade, a diversidade cultural de Roraima se manifesta plenamente na realidade da escola. Tanto é que o reconhecimento desse estado de coisas criou condições para a sanção da Lei 11.465/08, que instituiu a obrigatoriedade da inclusão da temática indígena e afrodescendente no currículo da escola nacional.

Metodologia • Os procedimentos metodológicos adotados foram: Pesquisa de campo na Escola Estadual Ana Libória acerca da temática indígena nos livros didáticos que esta instituição utiliza, os Planos de ensino dos professores, Projeto Político Pedagógico da escola; Leitura e discussão de textos e vídeos em sala de aula; Síntese acerca da “Temática Indígena”, como por exemplo, uma peça de teatro: “O dia a dia do índio”; Seminários: “Colonização do Rio Branco, A Influência do branco na cultura Indígena, Linguagem e Lendas, Plantas Medicinais, Culinária e Artesanato”; aulas expositivasdialogadas, realização de exercícios, exposição em painel para a comunidade escolar e palestras.

Resultados • Os resultados obtidos permitem afirmar: • a) que o conteúdo dos livros didáticos continua mantendo a exclusão dos povos indígenas, uma vez que estes aparecem como se fizessem parte de um passado distante e estivessem fadados ao desaparecimento. Os índios foram excluídos ao longo do processo de colonização e de modernização da nação brasileira; • b) permitem afirmar ainda que, apesar de haver uma Lei que obriga à inclusão da temática indígena e afro-brasileira nos currículos das escolas brasileiras, boa parte dos professores a desconhece (e pior, desconhece a história dos povos indígenas); em razão disso, a implantação efetiva da Lei fica quase inviabilizada • c) apesar disso, a escola, os professores e a comunidade escolar estão se conscientizando cada vez mais da necessidade de contribuir para valorizar a cultura e os saberes desses povos que tanto contribuíram para a construção da cultura brasileira • d) a experiência que obtive enquanto pibidiana do sub-projeto “A escola e a Diversidade Cultural” contribuiu para propiciar uma maior aproximação entre universidade/escola e está propiciando, aos licenciandos, tanto a oportunidade de aprofundar estudos sobre a riqueza da diversidade cultural brasileira, quanto entrar em contato com a forma que essa realidade se apresenta nessa escola e nas suas salas de aula.

Referências • ALVES, Alexandre. Conexões com a História/ Alexandre Alves, Letícia Fagundes de Oliveira. 1. Ed. São Paulo: Moderna, 2010. • CHIAVENATO, Julio José. As lutas do povo brasileiro. Do descobrimento a Canudos In: Coleção Polêmica, 15ª edição, São Paulo: Moderna, 1988. • COELI, Regina. Primeiros contatos entre nativos e europeus – século XVI, 2008. • FARAGE, Nádia. As Muralhas dos Sertões: os povos indígenas no Rio Branco e a colonização. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 1991. • FUNARI, Pedro Paulo. A Temática Indígena na Escola: subsídios para os professores/Pedro Paulo Funari, Ana Piñon. São Paulo: Contexto, 2011.

Referências • FREITAS, Helena Costa Lopes de. O trabalho como principio articulador na Prática de ensino e nos estágios. In: Coleção Magistério: Formação e Trabalho Pedagógico. 3ª edição, Campinas: Papirus, 2004. • GALLOIS, Dominique Tilkin. De arredio a isolado: Perspectivas de autonomia para os povos indígenas recém-contactados. In: GRUPIONI, Luís Donisete Benzi (org). Índios no Brasil. 4. ed. São Paulo: Global: Brasília: MEC, 2000. • LUDKE, Menga; ANDRE, Marli. Pesquisa em educação: Abordagens qualitativas. São Paulo: EPU, 1986. • PEREGALLI. A América que os europeus encontraram. In: Discutindo a História 27ª edição, São Paulo: Atual, 1994. • RIBEIRO, Berta G. O índio na cultura brasileira. Rio de Janeiro: Editora Revan Ltda, 1987.

Referências • VIEIRA, Jaci Guilherme; GOMES FILHO, Gregorio Ferreira. Forte São Joaquim: do Marco da Ocupação Portuguesa do Vale do Rio Branco às Batalhas da Memória – Século XVIII ao XX. In: TEXTOS&DEBATES, Boa Vista, N.20, P. 101-119, Jan/Jun.2013. • VIEIRA. Jaci Guilherme. Missionários, Fazendeiros e índios em Roraima: a disputa pela Terra. Boa Vista: Editora da UFRR, 2007. • Educação Salvador Ba Disponível em: < http://www.educacao.salvador.ba.gov.br/site/documentos/espacovirtual/espacolegislacao/G%C3%8ANERO%20SEXO%20RA%C3%87A%20COR/lei%20n%C 2%BA%2011.645-2008.pdf >. Acesso em: 03 novembro 2013. • Disponível em <http://www2.cultura.gov.br/site/2010/05/21/diainternacional-da-diversidade-cultural/>Acesso em: 03 novembro 2013.

Referências •Diversidade Humana. Disponível em: <http://www.ghente.org/ciencia/diversidade/>. Acesso em: 03 novembro 2013. •Diversidade Cultural. Disponível em: http://www.ghente.org/ciencia/diversidade/div_cultural.htm>. Acesso em: 03 novembro 2013. •Celia Leticia Gouvêa Collet. INTERCULTURALIDADE E EDUCAÇÃO ESCOLAR •INDÍGENA: UM BREVE HISTÓRICO Disponível em: <http://indigena.unemat.br/publicacoes/cadernos2/015_CeliaLeticia_Intercul turalidadeEEducacaoEscolarIndigena.pdf>. Acesso em: 08 novembro 2013. •Shelton H. Davis. Dossiê Diversidade Cultural e Direitos dos Povos Indígenas. Disponível em: < http://www.scielo.br/pdf/mana/v14n2/a14v14n2.pdf>. Acesso em: 08 novembro 2013.

Add a comment

Related presentations

Related pages

Relato de experiencia Diversidade Cultural - 2014 - Education

universidade federal de roraima centro de cià ncias humanas coordenaà à o de histà ria disciplina: està gio supervisionado iv universidade federal de ...
Read more

Pibid Música Unasp - diversidade cultural, acesso à arte e ...

... diversidade cultural, ... 15 a 17 de outubro de 2014 Pibid Música Unasp - diversidade cultural, ... um relato de experiência Rafael Beling ...
Read more

EDUCAR PARA DIVERSIDADE: RELATO DE UMA EXPERIÊNCIA DO

EDUCAR PARA DIVERSIDADE: RELATO DE UMA EXPERIÊNCIA DO ... 30 de julho a 01 de agosto de 2014 ... diversidade cultural religiosa do Brasil, ...
Read more

EMEI Nelson Mandela: Relato de Experiência - Projeto "O ...

... 17 de abril de 2014. Relato de Experiência ... , a diversidade cultural das famílias, as relações homoafetivas, a melanina, ...
Read more

“PLURALIDADE CULTURAL: DIVERSIDADE E CIDADANIA” – RELATO ...

“PLURALIDADE CULTURAL: DIVERSIDADE E CIDADANIA” ... No semestre 2014.1 o referido Subprojeto atuou na E.E.E.F. Antenor ... Diante deste relato, ...
Read more

Informática na Educação: Relato de experiência - O Jogo da ...

... tolerância, respeito a diversidade cultural e solidariedade; Relato. ... de 28 a 30 de abril de 2014. ... Relato de experiência ...
Read more

RELATO DE EXPERIÊNCIA GRUPOS SENID IV 2016 by wagner corbo ...

RELATO DE EXPERIÊNCIA GRUPOS SENID IV 2016. No description by wagner corbo on 24 April 2016 Tweet. Comments (0) ... (anuncios), diversidade (racial); ...
Read more

RELATO DE VIVÊNCIAS E EXPERIÊNCIAS NA REALIDADE DO SUS ...

RELATO DE VIVÊNCIAS E ... VER VIVER SUS UNESC 2014: UM RELATO DE EXPERIÊNCIA DO ... mediante a diversidade cultural apresentada ...
Read more

RELATO DE EXPERIÊNCIA - researchgate.net

... Identificar a aplicação da Teoria da Diversidade e Universalidade do Cuidado Cultural de Madeleine Leininger, ... mai./ago. 2014
Read more