Reino Protoctista - Protozoários e doenças

100 %
0 %
Information about Reino Protoctista - Protozoários e doenças
Education

Published on March 13, 2014

Author: heitorportella

Source: slideshare.net

Description

Revisão de Protozoários e doenças relacionadas

Protozoários -Características Gerais Alguns são unicelulares, outros são pluricelulares; Podem viver em colônias ou sozinhos; Alguns são parasitas; mas outros não; Reprodução Bipartição; São eucarióticos; Possuem sistema reprodutor, digestivo e locomotor; São heterotróficos, se alimentam tanto de matéria orgânica de cadáveres como de microrganismos vivos. -A estrutura da célula dos protozoários varia nos diferentes grupos, em certas por exemplo, a membrana é flexível e o organismo muda rapidamente de forma, alongando-se ou contraindo-se. Já em outros protozoários, como o paramécio, apresentam uma película envoltória consistente, o que define a forma da célula. -Classificação (por locomoção) 1) Rizópodes (pseudópodes) = falsos pés -Compreende os rizópodes, que são protozoários que se locomovem por meio pseudópodes. São protozoários que se locomovem por movimento amebóibe, sem estruturas de sustentação. Exemplo: Ameba (quando se instala no intestino humano provoca a amebíase ou disenteria amebiana)

2) Flagelados (Zoomastigophora) -Locomovem-se por meio de estruturas filamentosas em forma de chicote chamada flagelo -Geralmente a espécie possui um ou dois flagelos, mas existem protozoários que possuem dezenas deles. Os flagelados podem viver em meio aquático (no mar ou em água salgada), alguns têm vida livre utilizando os flagelos para locomoção e captura de alimentos por fagocitose, outros vivem fixados a um substrato (sésseis) e criam correntes líquidas com o flagelo que atraem partículas de alimento. Exemplo: Trypanosoma cruzi (causador da “Doença de Chagas”) 3) Ciliados (Ciliophora) -Dotados de filamentos mais curtos, os cílios, têm mais de um núcleo por célula, um deles maior, o macronúcleo, e um ou mais menores, os micronúcleos. Alguns ciliados vivem no tubo digestório de animais ruminantes (boi, cabras, girafas, entre outros) auxiliando na digestão da matéria vegetal e servindo eles próprios de alimento para seus hospedeiros. Exemplo: Paramécio Possui macronúcleo e micronúcleo. O macronúcleo controla as funções vegetativas do organismo (nutrição, metabolismo em geral, regeneração, etc) e o micronúcleo participa dos processos sexuais do protozoário.

4) Esporozoários (Apicomplexa) Não apresentam estruturas locomotoras; Apresentam uma estrutura celular chamada complexo apical; Todas as espécies são parasitas. Exemplos: Plasmodium (causador da malária) / Toxoplasma gondil (causador da toxoplasmose) Malária Toxoplasmose 5) Radiolários e Heliozários (Actinopoda) Reune os actinópodes (apresentam pseudópodes afiliados, os axópodes, que são sustentados por um eixo central que se projetam como raios em torno da célula). -Os radiolários são aquáticos e constituem um importante componente do plâncton. São dotados de uma cápsula central de sustentação (quitinosa). -Os heliozários vivem em água doce, são esféricos e podem ou não ter estrutura esquelética. Se diferenciam dos radiolários pelo fato de não terem cápsula central. Heliozário Radiolário

6) Foraminifera (foraminíferos) Dotados de uma carapaça externa constituída de quitina ou carbonato de cálcio; A carapaça é perfurada e é através dos furos que pseudópodes se projetam, utilizados na captura de alimento. -A maioria vive no mar. Muitos flutuam, constituindo parte importante do plâncton, outras espécies vivem sobre algas e animais ou rasteja no fundo. -A presença de alguns foraminíferos está relacionada a rochas sedimentares que contêm petróleo. Doenças DOENÇA VETOR AGENTE ECOLÓGICO HOSPEDEIRO INTERMEDIÁRIO HOSPEDEIRO DEFINITIVO Doença de Chagas Barbeiro Triatoma infestans Trypanossoma cruzi Protozoário flagelado X Ser Humano Leishmaniose Mosquito Flebótomo (maruin) Leishmania Protozoário flagelado Mosquito Flebótomo Ser Humano ou cachorro Amebíase H2O, alimentos, verduras e frutas Ameba (pseudópodes) X Ser Humano Giardíase Verduras e frutas Giardia lambia X Ser Humano Tricomaníase Relação sexual, banheiros, toalhas Tricomanas vaginalis X Ser Humano Malária Mosquito anópheles Plasmodium X Ser Humano

1) Amebíase ou disenteria amebiana -Adquirida ao ingerir cistos de entameba presentes na água ou em alimentos contaminados com fezes de pessoas doentes. No intestino, a parede do cisto se rompe liberando amebas que invadem glândulas da parede intestinal onde se alimentam de sangue e células do hospedeiro. Os sintomas são: diarreias e dor de estômago, em casos mais graves ocorre diarreia com sangue e com isso a pessoa pode se tornar anêmica. Há várias medidas de prevenir a amebíase, dentre elas destacamos: construção de instalações sanitárias adequadas, tais como privadas, esgotos e fossas sépticas; a água, caso não seja tratada, deve ser fervida antes de ser usada para beber ou para lavar alimentos que são consumidos crus, esses e outros cuidados básicos relacionados à higiene pessoal previnem a amebíase e muitas outras doenças. 2) Leishmaniose -Causada pelo protozoário flagelado chamado leishmânia. -Leishmaniose visceral (ou calazar) – é causada pela Leishmania chagasi, que ataca o baço e o fígado. Alguns sintomas são: febre contínua, falta de apetite, inchaço do fígado e do baço, lesões na pele e anemia; em alguns casos pode levar à morte. A parasitose é transmitida pela picada do mosquito Lutzomyia longipalpis, conhecido como mosquito-palha ou maruim. -Leishmaniose tegumentar (ou úlcera de bauru) – doença parasitária de pele e mucosas causada pela Leishmania brasilienses. Se manifesta na pele pela formação de feridas e úlceras com borda elevada e fundo granuloso. Se manifesta nas mucosas (cavidade nasal, faringe ou laringe), destrói tecidos e em casos mais graves pode perfurar o septo nasal produzindo lesões deformantes. A transmição da leishmaniose tegumentar ocorre pela picada de mosquitos do gênero Lutzomyia (mosquito-palha). -As principais medidas de prevenção são evitar a proliferação do mosquito e impedir sua picada. O combate ao mosquito pode ser feito com aterro de lagoas e poças d’água que servem de criadouro para as larvas e também pelo uso de inseticidas sobre as áreas atingidas pela doença. Para impedir a picada do mosquito, pode-se proteger as portas e janelas com telas e cobrir as camas com cortinados. O mosquito tem menos de 2 milímetros

3) Doença de Chagas -Transmitida pelo protozoário chamado Trypanosoma cruzi. Esse protozoário é transmitido pelo “barbeiro” ou “chupança”, sendo a espécie transmissora mais comum o Triatoma infestans. A doença é adquirida pelo contato das mucosas (dos olhos, nariz ou boca) ou por feridas na pele com fezes do inseto portador da doença. A doença pode ser transmitida pela ingestão de alimentos contaminados pelas fezes de barbeiros infestados pelo parasita. Mulheres portadoras da doença podem transmitir a doença aos filhos durante a gravidez ou na amamentação. O barbeiro adquire o parasita ao sugar o sangue de um animal contaminado (gatos, cachorros, roedores e animais silvestres). Obs: o parasita não é transmitido pela picada do barbeiro e sim pelas suas fezes que podem entrar na pele pela picada quando mexemos no rosto durante a noite (o barbeiro geralmente suga o sangue de alguém que está dormindo durante a noite). Nos primeiros estágios os sintomas são: cansaço, febre, aumento do fígado ou do baço e inchaço dos linfonodos. Depois de 2 a 4 meses esses sintomas desaparecem, somente 10 a 20 anos após a infecção é que começam a aparecer os sintomas mais graves da doença: lesões do coração e de outros órgãos como o esôfago e o intestino. -A principal maneira de combater a parasitose é a adoção de medidas preventivas como: evitar a picada do barbeiro (vetor da doença), construção de casas de alvenaria sem frestas (esses insetos se escondem em frestas das casas de barro), instalação de cortinados de filó sobre as camas e de telas de proteção em portas e janelas. 4) Malária -É transmitida pelo Plasmodium (plasmódio), há quatro espécies do gênero Plasmodium que causa a malária, todas são transmitidas pela picada de fêmeas de mosquitos do gênero Anópheles (anófeles), que são hematófagas. Os protozoários Plasmodium malariae e Plasmodium ovale são responsáveis pela forma mais branda da doença; Plasmodium falciparum causa a forma mais grave da malária; Plasmodium vivax causa uma forma intermediária de malária. Dentre essas espécies, Plasmodium ovale é a única que não ocorre no Brasil. Uma pessoa adquire a doença através da picada do mosquito contaminado pelo protozoário, na picada eles injetam uma substância anticoagulante que pode conter as formas infestantes do plasmódio, chamadas esporozoítos. Parte dos esporozoítos penetram nas céelulas hepáticas, onde se multiplicam assexuadamente enquanto a outra parte penetra nas hemáceas. A principal medida preventiva é combater a proliferação do mosquito transmissor e impedir sua picada, combate ao mosquito Sintoma recorrente é inchar o coração

pode ser feito com aterro de lagoas e poças d’água que servem de criadouro para as larvas e também pelo uso de inseticidas sobre as áreas atingidas pela doença. Telas em portas e janelas e cortinados de filó sobre as camas também são barreiras para a picada do mosquito. Biomúsica Doença de Chagas Doença de Chagas Ataca o coração O barbeiro, faz a transmissão (FEZES) Trypanosoma cruzi É quem causa a lesão!! Medida preventiva é a dedetização Sintoma recorrente é inchar o coração

Add a comment

Related presentations

Related pages

REINO PROTOCTISTA – AS ALGAS E OS PROTOZOÁRIOS

O Reino Protoctista é constituído pelas algas e protozoários, seres vivos que habitam ambientes aquáticos, ou úmidos, e com algumas espécies parasitas.
Read more

Reino Protista (Protozoários, Protozoa) - Biologia ...

Texto sobre o Reino Protista, ... Texto sobre o Reino Protista, seus representantes e tipos de protozoários e algas. Fotos, doenças que causam, ...
Read more

Biologia - Reino Protista: Protozoários - YouTube

Protozoários ou Protozoa ... Doenças de Protozoários - Duration: ... Reino Protoctista Classificação - Duration: ...
Read more

Reino Protista (Protoctista) Wiki | Fandom powered by Wikia

Os protozoários são seres unicelulares, ... causando doenças, como malária, ... Reino Protista (Protoctista) ...
Read more

Reino Protoctista - Mundo Educação

O reino Protoctista é constituído por organismos unicelulares eucariontes ... Breves informações sobre três doenças causadas por protozoários: ...
Read more

Reino Protoctista. Divisão do Reino Protoctista - Brasil ...

Características do Reino Protoctista, que reúne os protozoários e as ... Reino Protoctista. ... sobre quatro doenças causadas por protozoários: ...
Read more

REINO PROTISTA - Prof° Eliane Paczinskowski Andris

REINO PROTISTA. VÍRUS. Materias utilizados no laboratório. ... Doenças Causadas por Protozoários Doenças causadas por protozoários parasitas envolvem
Read more

Reino protoctista_Protozoários.ppt - Google Slides

... (doenças = protozooses). ... Principais grupos de protozoários ... Reino protoctista. Protozoários. 3.2 PROTOZOÁRIOS.
Read more

Reino Protista – Planeta Biologia

O reino protista é um reino ... você vai ver uma grande diversidade de protozoários, ... são unicelulares e podem causar diversas doenças.
Read more