profmarins 140307

50 %
50 %
Information about profmarins 140307
Entertainment

Published on November 16, 2007

Author: Cubemiddle

Source: authorstream.com

Slide1:  Luiz Marins Anthropos Consulting professor@marins.com.br www.marins.com.br Slide2:  Esta é uma palestra para “semear idéias” e fazer pensar. Não sou “dono na verdade”, nem tenho a “receita para o sucesso”. Pense nisso... O Desafio da Execução:  O Desafio da Execução O Desafio da Execução:  O Desafio da Execução As empresas têm “missão”; “crenças e valores”; “políticas”, etc. A dificuldade é transformar esses conceitos abstratos em fatos concretos ou seja “executar” a missão, as crenças e valores e as políticas; Mais difícil ainda é avaliar as pessoas e dar feedbacks com base na execução; Dar coerência ao discurso e à prática da execução é um grande desafio. O Desafio da Execução:  O Desafio da Execução Planejamentos Estratégicos assim como budgets são elaborados e a dificuldade recai em como executar com qualidade, velocidade e coerência; Os budgets são elaborados e passa-se boa parte do ano de execução justificando-se seu não cumprimento; As metas são colocadas abaixo do real potencial pelos níveis de execução e às vezes acima da realidade atingível pelos níveis estratégicos; O Desafio da Execução:  O Desafio da Execução Sem o compromisso total com a execução as empresas vivem num processo de melhoria contínua do auto-engano; O Desafio da Execução:  O Desafio da Execução As empresas de enorme sucesso são aquelas cujos executivos são voltados para a execução; Executar significa: Garantir e acompanhar que todos os pontos discutidos no planejamento sejam transformados em ações e comportamentos, funcionais, observáveis e mensuráveis; Garantir que todas as ações tenha responsáveis e prazos de execução determinados e acordados; O Desafio da Execução:  O Desafio da Execução Executar significa: Garantir que as pessoas certas estejam nos lugares certos para que as ações sejam concretizadas; Isso significa participar ativamente do recrutamento e seleção de talentos Participar ativamente no processo de formação de talentos; Participar ativamente no processo de avaliação das pessoas; Garantir que as recompensas (bônus, promoções, etc.) sejam dadas em função da execução; O Desafio da Execução:  O Desafio da Execução Executar significa: Garantir que as pessoas tenham as condições de operação (equipamentos, sistemas, etc.) adequadas para executar o que delas é esperado e cuidar para não entrar num processo de auto-engano; Garantir que as pessoas sejam responsabilizadas pela execução ou não-execução do que foi acordado; O Desafio da Execução:  O Desafio da Execução Executar significa: Garantir que as lideranças todas – da presidência aos diretores, gerentes, supervisores, estejam total e pessoalmente envolvidos e comprometidos com a execução, de facto, i.e. que acompanhem tudo o que está acontecendo e não façam da “delegação” uma desculpa para a “abdicar” da responsabilidade de participar da execução; O Desafio da Execução:  O Desafio da Execução Executar significa: Que toda a liderança, ao participar ativamente, faça, constantemente, as perguntas certas para garantir a execução: Como conseguiremos atingir essas metas? De onde virão os recursos? Quem vai fazer essa pesquisa para sabermos a posição de nossos concorrentes? Os clientes estão dispostos a pagar por isso? Como você sabe? Temos o suporte necessário? O nosso software nos dá esses dados? Qual é o cronograma? Etc... O Desafio da Execução:  O Desafio da Execução Executar significa: Não “engolir enrolado” quando uma proposta ou idéia parecer não fazer sentido completo, checando todas as possibilidades antes de decidir/autorizar; Ter a coragem de dizer várias vezes: “Eu não entendi” “Eu não sei” O Desafio da Execução:  O Desafio da Execução Executar significa, resumindo: Definir e difundir, a todo momento, o FOCO da atividade; E envolver-se em todos os passos da execução, garantindo que todos as pessoas saibam exatamente qual é e estejam comprometidas com o FOCO; Só o total conhecimento e comprometimento com o FOCO, garante a execução. Slide15:  Pense nisso... Uma sociedade em mudança:  Uma sociedade em mudança Vivemos numa sociedade espantosamente dinâmica, instável e evolutiva Correrá sérios riscos quem ficar esperando para ver o que acontece A adaptação a essa realidade será, cada vez mais, uma questão de sobrevivência Em busca de novos caminhos:  Em busca de novos caminhos O mundo mudou; O Brasil mudou; O Mercado mudou; O Cliente mudou; Os caminhos que nos trouxeram até aqui, não são do mesmo tipo e espécie dos que nos poderão conduzir daqui para a frente. Uma nova sociedade:  Uma nova sociedade A única certeza estável é a certeza de que tudo vai mudar! A Aceleração da História:  A Aceleração da História Fotografia = 112 anos Telefone = 56 anos Rádio = 35 anos Radar = 15 anos Televisão = 12 anos Transistor = 5 anos Circuito Integrado = 3 anos AT 286 = 1 ano do 486 ao Pentium = 1 mês O “passo” da mudança:  O “passo” da mudança Os próximos 5 anos mudarão mais do que os últimos 30 anos Pense no mundo em 1977 Pense no mundo em 2012 Slide21:  Pense nisso... O Sucesso hoje, não garante o sucesso amanhã :  O Sucesso hoje, não garante o sucesso amanhã É mais fácil você chegar ao topo do que manter-se no topo :  É mais fácil você chegar ao topo do que manter-se no topo Slide24:  Brahma vs. Skol Nestlé vs. Parmalat Volkswagen vs. GM e Fiat Mercedes-Benz Caminhões e Ônibus vs. Volkswagen Caminhões e Ônibus IBM vs. Dell vs. Positivo Philips vs. LG Avon vs. Natura VARIG vs. TAM e GOL Brasil vs. França na Copa de 2006... Se você já é o melhor naquilo que faz, com certeza poderia ser ainda melhor. :  Se você já é o melhor naquilo que faz, com certeza poderia ser ainda melhor. O que faz o sucesso de uma empresa é a sua capacidade de geração de caixa e não o domínio do mercado em vendas. :  O que faz o sucesso de uma empresa é a sua capacidade de geração de caixa e não o domínio do mercado em vendas. Slide27:  Pense nisso... Slide28:  Afinal, qual foi a maior mudança para as empresas? A maior mudança foi no mercado::  A maior mudança foi no mercado: O poder migrou das mãos da empresa para as mãos dos clientes O que mudou?:  O que mudou? Concorrentes Qualidade Preços A Diferença ...:  A Diferença ... A empresa tem que ser diferente! E o diferencial estará a cada dia mais na prestação de serviços Conteúdo e Continente:  Conteúdo e Continente Conteúdo Continente Slide33:  Pense nisso... Slide34:  Pense nisso... Slide35:  Revista Consumidor Moderno – no.76 – dezembro 2003 Slide36:  Revista Consumidor Moderno – no.76 – dezembro 2003 Slide37:  Revista Consumidor Moderno – no.76 – dezembro 2003 Slide38:  Revista Consumidor Moderno – no.76 – dezembro 2003 Slide39:  Revista Consumidor Moderno – no.76 – dezembro 2003 Slide40:  Revista Consumidor Moderno – no.76 – dezembro 2003 ATENDIMENTO 1o. Lugar em todas as 11 categorias e em todas as capitais pesquisadas Atendimento: a grande diferença:  Atendimento: a grande diferença Fonte: www.anthropos.com.br – 01 de novembro de 2006 – 08h14min 82,36% 3.828 votantes Atendimento: a grande diferença:  Atendimento: a grande diferença Fonte: www.anthropos.com.br – 11 de março de 2007 – 12h38min 85,7% 2.933 votantes Slide43:  Pense nisso... Slide44:  Pense nisso... O Fator União:  O Fator União Estamos em tempos de unidade na diversidade Nações (Mercosul, Comunidade Européia, NAFTA, CAFTA, ASEAN) Empresas (Joint-Ventures, parceiras, alianças estratégicas) Pessoas (Teamwork, grupos de trabalho, células de produção, etc.) Para vencer no Século XXI:  Para vencer no Século XXI É preciso compreender o poder da UNIÃO ! O Poder da União:  O Poder da União “Toda a vida (ainda das coisas que não têm vida) não é mais que uma união. Uma união de pedras é edifício: uma união de tábuas é navio: uma união de homens é exército. “E sem essa união, tudo perde o nome e mais o ser. Slide48:  “O edifício sem união é ruína: o navio sem união é naufrágio: o exército sem união é despojo. “Até o homem (cuja vida consiste na união de alma e corpo) com união é homem, sem união é cadáver. Slide49:  “Por mais alta que esteja a cabeça, se não está unida é pés. Por mais ilustre que seja o ouro, se não está unido é barro. “Nobreza e desunida, não pode ser, pois em sendo desunida, deixa de ser nobreza. É vileza. Slide50:  “Para derrubar um reino e muitos reinos onde há desunião, não são necessárias baterias; não são necessários canhões; não são necessários trabucos; não são necessárias balas, nem pólvora. Basta uma pedra: o lápis. Slide51:  “Para derrubar um reino e muitos reinos onde falta a união não são necessários exércitos, não são necessárias campanhas, não são necessárias batalhas, não são necessários cavalos, não são necessários homens, nem um homem, nem um braço, nem uma mão. Slide52:  “Nós temos muito boas mãos e o sabem muito bem os nossos competidores. “Mas se não tivermos união, nem eles haverão mister mãos para nós, nem a nós nos hão de valer as nossas.” Padre Antônio Vieira Sermão do Santíssimo Sacramento Pregado em Santa Engrácia no ano de 1662 Porque sem União ...:  Porque sem União ... “Tudo perde o nome e mais o ser.” Slide54:  Pense nisso... Slide55:  www.marins.com.br professor@marins.com.br Tel.: (15)3331-7777 – Fax: (15)3331-7778

Add a comment

Related presentations