Preparação para a vinda do senhor

50 %
50 %
Information about Preparação para a vinda do senhor

Published on March 20, 2017

Author: SilvioDutra4

Source: slideshare.net

1. 2 E93 Everard,George –1828-1901 Preparação para a Vinda do Senhor / GeorgeEverard Tradução, adaptação e ediçãoporSilvio Dutra – Rio de Janeiro, 2017. 19p.; 14 x 21cm Título original: Preparedness for the Lord”s Coming 1. Teologia. 2. Vida Cristã 2. Graça 3. Fé. 4. Alves, Silvio Dutra I. Título CDD 230

2. 3 "E agora, filhinhos, permanecei nele; para que, quando ele se manifestar, tenhamos confiança, e não fiquemos confundidos diante dele na sua vinda." ( 1 João 2:28) "Amados, agora somos filhos de Deus, e ainda não é manifesto o que havemos de ser. Mas sabemos que, quando ele se manifestar, seremos semelhantes a ele; porque assim como é, o veremos. E todo o que nele tem esta esperança, purifica- se a si mesmo, assim como ele é puro." (1 João 3: 2-3) Éparte da verdadeira sabedoria olhar para a frente e, na medida do possível, preparar-se para o que pode acontecer. O viajante que parte em uma viagem longa faz provisão para suas emergências. O marinheiro, marcando no céu os primeiros sinais de uma tempestade ameaçadora, toma as velas e tem o navio em prontidão para enfrentá-la. O edificador sábio cava fundo e estabelece o fundamento de sua casa sobre a rocha - porque ele pensa no dia em que as

3. 4 inundações se levantarão e os ventos baterão contra ela. O rei antes de ir para a batalha senta-se primeiro e considera se ele pode com dez mil, encontrar-se com o que vem contra ele com vinte mil. É, portanto, claramente nossa sabedoria antecipar e com razão se preparar para a grande crise na história do mundo, para a qual todas as coisas estão rapidamente se apressando. Pois é impossível conceber que o estado presente continuará além do limite que lhe foi imposto por aquele que ainda está com o mundo por causa daqueles a quem Ele está chamando para Si. Não há um Justo Juiz no Céu? E contudo a iniquidade prospera e a opressão governa. Não é este mundo formado para manifestar a glória de seu Criador - e ainda está gemendo sob os males que são perpetrados todos os dias. Não são aqueles que se esforçam pacientemente e fielmente para servir ao Senhor, muitas vezes desprezados e negligenciados - enquanto aqueles que

4. 5 vivem em desprezo aberto de Sua autoridade estão entre os heróis mais importantes do mundo? Portanto, nem a razão humana nos assegura que tudo isso só é permitido por algum tempo - e então virá o dia em que o Senhor manifestará abertamente Sua glória e tirará o opróbrio do Seu povo? E vale a pena notar que todo o trabalho que tem sido levado a cabo por apóstolos, evangelistas, pastores, mestres - sim, pela instrumentalidade do menor de Seus servos, está na expectativa de Sua segunda vinda. Como quando Ele veio pela primeira vez, enviou João Batista para preparar o caminho diante dele; assim agora, e desde que Ele ascendeu ao Pai, tem enviado Seus mensageiros, para que, quando Ele aparecer em seguida, possa ser encontrada reunida de todas as terras, uma Igreja gloriosa apta para a herança dos santos na luz. Todo sermão que é pregado, Cada lição que é dada a um grupo de pequeninos,

5. 6 Cada palavra de conselho espiritual falada aos fracos, Todo livro ou tratado enviado para advertir o pecador, ou para a instrução e nutrição do povo do Senhor, Olha para o tempo em que o grande Pastor aparecerá, e quando o que semeia e o que colhe, se regozijarão juntos. E foi a lembrança disso que levou o apóstolo João a exortar com tanta ternura àqueles a quem escreveu sua epístola, para se unirem firmemente a Cristo. Ele queria que eles permanecessem nEle, para que tanto aquele que lhes ministrara como aqueles que tivessem recebido as suas palavras, pudessem ter confiança juntamente quando o Senhor aparecesse. "E agora, filhinhos, permanecei nele; para que, quando ele se manifestar, tenhamos confiança, e não fiquemos confundidos diante dele na sua vinda." Os crentes são tratados como "crianças pequenas". É um termo de carinho. Muitas

6. 7 vezes estava nos lábios de Cristo, e mostrava quão ternamente Ele amava aqueles que o seguiam. E o apóstolo compartilhou o espírito de seu Mestre. Aqueles queridos a Cristo, também lhe eram muito queridos. Ele também marca a simplicidade, a confiança, a humildade - que deve caracterizar o discípulo de Cristo. "Quem não receber o reino de Deus como uma criança, não entrará nele". Ele também fala de sua impotência. Uma criança pequena necessita de cuidado perpétuo: assim que o cristão necessita continuamente confiar no cuidado vigilante e na mão sustentadora de um Salvador fiel. Daí vem o chamado: "Permanecei Nele". Nenhum outro meio de segurança, nenhuma outra esperança de vitória, nenhuma outra fonte de força - pode ser descoberta mais do que isso. Permanecer em Cristo é a vida eterna - é a bem-aventurança garantida quando Ele vier. "Vinde a mim!" "Permanecei em Mim!" "Siga- me!" A substância de todo o dever e de toda

7. 8 a marcha segura é contida nestas três direções - e não devem ser separadas uma da outra. Venha para Cristo! Com todo o seu cansaço, com todo o seu pecado, com todo o seu temor venha a Ele. Este é o primeiro passo. Vinde a Mim: Ó palavra preciosa! Jesus, Eu venho a Ti; A Ti, meu Salvador, Amigo e Senhor, Eu venho, eu corro, eu fujo. Siga Cristo! Caminhe sempre como Ele andou! Caminhe após Ele em santidade, em abnegação, em amor, em comunhão com o Pai! Sem seguir a Cristo, sua religião é apenas um nome vazio. Ele disse: "Se alguém me quiser servir, siga-me, e onde eu estiver, ali estará também o meu servo". Não se esqueça do passo intermediário - Permanecer em Cristo! É tão necessário como chegar a Ele em primeiro lugar. Sem isso também não pode haver nenhuma

8. 9 possibilidade para seus seguidores em Seus passos. Permaneça nele como o único fundamento da sua aceitação. Nunca tentem acrescentar méritos, dignidades, graças a si mesmos, e à perfeita satisfação que Ele fez pelos seus pecados, e àquela gloriosa justiça em que poderão comparecer diante de Deus. Você está perfeitamente justificado em Cristo no momento em que realmente crê nele; e você deve manter firme a mesma confiança firme até o fim. Permanecei nele como a Fonte de toda graça e santidade. Corte o ramo do caule da videira, e o que pode suceder senão murchar e morrer? Que fruto, que cachos poderá dar? Mesmo assim, sem a contínua fé em Cristo, sem se apoiar continuamente na Sua graça - é impossível crescer em santidade e exibir os frutos do Espírito em sua vida. Permaneça nele como a sua força em cada trabalho de amor. Se você se mantém próximo a Ele na comunhão do Espírito, Ele fará abundar toda a graça para você, para

9. 10 que você sempre tenha toda a suficiência em todas as coisas, e abunde em toda boa obra. Ele abrirá seu coração para que você ame as almas pelas quais Ele morreu para salvar. Ele abrirá seus lábios para falar aos outros uma palavra na ocasião oportuna. Ele abrirá sua mão generosamente para ofertar para a Sua causa. O que se entende por permanecer em Jesus, pode ser ilustrado pelo exemplo de alguém que ultimamente foi chamado para seu descanso, e que por um período de sessenta e quatro anos se esforçou fielmente para servi-lo. No início da vida, James Rock ficou muito impressionado com um sermão sobre a eficácia purificadora do precioso sangue de Cristo; e sob o abrigo desse sangue, ele viveu e morreu. Sobre o mesmo período de sua vida adiantada, uma manhã em seu caminho para a escola achou um anel de ouro. Levando-o para casa, ele notou gravado no interior a seguinte inscrição: "A providência de Deus é nossa herança". Essas palavras também, como as palavras do texto acima referido, se tornaram para ele uma estrela guia. E assim ele aprendeu a confiar

10. 11 tanto no sangue que limpa do pecado - quanto no cuidado providencial de um Pai. Em meio às muitas tentações e perigos que o cercaram quando era um jovem em Londres, ele foi impedido de fazer naufrágio de sua fé. Um espírito de oração era para ele uma grande salvaguarda. Durante os últimos quinze anos de sua peregrinação, ele estava totalmente cego. Uma manhã ele se levantou com uma grande dor na cabeça e calor nos olhos. A parte da Escritura para aquela manhã foi: "Eu sou o Senhor teu Deus, que te ensina a lutar, e que te guia pelo caminho que deves seguir". "Tu me guiarás com o teu conselho, e depois me receberás na glória." Doce e preciosa promessa! Eram os últimos versos que ele deveria ler. A partir daquele momento sua visão falhou e ele não podia mais ler o livro que ele amava, mas suas esperanças nunca o abandonaram. Muitas vezes sinto-me profundamente comovido com o modo como ele falava aos jovens de sua própria experiência, ao

11. 12 mesmo tempo em que tentava persuadi-los a seguir a Cristo. Com um semblante iluminado com benevolência agradável, ele dizia: "Eu não posso olhar para cima como você pode para o céu, e contemplar a luz do sol de dia ou da lua e das estrelas de noite, mas", disse ele, batendo em seu peito, "brilha aqui uma luz ainda mais brilhante - a luz do amor de Deus na face de Jesus Cristo". Vou acrescentar algumas palavras escritas por ele no ano de 1858: "Faz agora cinquenta e cinco ou cinquenta e seis anos atrás que ouvi o primeiro sermão que fez uma profunda impressão em minha mente: “Você não foi redimido com coisas corruptíveis mas com o precioso sangue de Cristo." Isto parece estar posto no alicerce de toda a minha experiência espiritual, até os dias de hoje. Bendito seja Deus, que nunca me deixou, mas é hoje ainda mais doce do que quando eu ouvi, e vou, receber a coroa do meu regozijo por toda a eternidade ... Que o Espírito de Deus me permita ter uma evidência mais brilhante de que o poder de Cristo repousa sobre mim,

12. 13 pois é o único que me preservou toda a minha vida.” "E aqui está a minha confiança para o tempo vindouro, através do qual tenho o privilégio de dizer que Deus é o meu Pai celestial, que proveu para as minhas necessidades espirituais e temporais ao dar o seu Filho querido para morrer pela minha alma e salvá-la, que assim se tornou meu Salvador e Redentor, e Ele me deu Seu Espírito Santo para revelar tanto o Pai como o Filho a mim, que com Ele é um só Jeová, que juntos na eterna aliança de amor, em compromisso para salvar minha alma imortal. Pois pela graça somos salvos por meio da fé, e isso não é de nós mesmos, é o dom gratuito de Deus - imerecido. Eu me sinto neste momento, muito mais dependente da providência e da graça de Deus do que quando ouvi o sermão de que falei. Por mais que eu possa exercer a fé simples nele, mais conforto eu gozo na minha alma, tomando as promessas claras de Deus tal como elas são, e acreditando que elas significam o que elas afirmam ser.

13. 14 Isto eu acho que é a única maneira de extinguir os dardos de fogo do maligno, e suprimir pensamentos incrédulos ou duvidosos, desejos corruptos ou sentimentos de raiva. Estas preciosas promessas usadas na fé e na oração são as armas da minha guerra cristã e espero que continuem a ser, através da ajuda divina, até ao fim dos meus dias; quando, isto for Sua santa vontade. Embora eu seja um pobre pecador e absolutamente nada - espero cantar: Vitória! Vitória pelo sangue do Cordeiro!" Como este servo fiel de Cristo, permanece sempre Nele, e então esperará alegremente o dia de Seu retorno. Que esperança abençoada será para você! Ele vem como o Noivo de Sua Igreja, para aperfeiçoar sua felicidade em Sua própria presença para sempre. A esposa não antecipa ansiosamente o retorno de seu marido após uma longa viagem; andando de um lado para o outro ao longo da costa, para ver o primeiro vislumbre do navio que o trará de volta a ela? E por que o cristão fiel, que dia após dia trabalhou para Cristo, orou por Sua

14. 15 Igreja e resistiu às tentações do mundo, da carne e do Diabo - por que não acolherá com prazer o Senhor quando voltar? Ele deve ter confiança e não se envergonhar. É verdade que ele muitas vezes falhou em seu serviço, ele pode detectar pecados não numerados em sua caminhada diária, mas não há condenação, pois tudo foi confessado e perdoado. Ele não se envergonhará, porque Jesus não se envergonhará de confessar Seu nome diante do Pai. Também não se envergonhará daquilo que tentou fazer em favor das almas, pois verá que sua obra não foi em vão no Senhor. Mas ninguém se envergonhará naquele dia? Sim, verdadeiramente, porque então todas as tribos da terra se lamentarão, e muitos que dormem no pó da terra, acordarão para a vergonha e o desprezo eterno. Como se envergonhará o homem, que tem desprezado a Palavra de Deus, e por suas objeções infiéis fez cair a muitos!

15. 16 Como será envergonhado, quem tem sido muitas vezes exortado a fugir para Cristo, e que ainda escolheu o caminho do pecador! Como se envergonhará aquele que confiou em sua própria justiça e nunca se vestiu com a de Cristo? Como se envergonhará, aquele que professou o nome de Cristo - e ainda assim tem sido um Balaão ou Judas - um sepulcro caiado cheio de ossos dos homens mortos! Leitor, seja fiel, seja honesto consigo mesmo. O que você é, o que você tem sido, qual foi o seu curso desde o início e o que é agora - certamente se tornará manifesto daqui em diante. Você ousa contemplá-lo? Quais seriam os seus sentimentos se, na presença de uma grande congregação, o ministro se levantasse e lesse toda a história de sua vida como ela é conhecida por Deus e por sua própria consciência - não escondendo nada, não excetuando nada, revelando os seus pensamentos e motivos mais secretos? Você poderia sem medo passar por uma tal provação?

16. 17 Se não, o que será quando a sua vida for revelada no tribunal solene do Grande Dia? Não é mais sábio deixar que a história seja contada ao seu Juiz agora, enquanto Ele espera ser seu Advogado - para que Ele possa tomar a sua parte quando Ele aparecer e declarar que Ele pregou seus pecados na Sua cruz e os tirou todos? Deixe o peregrino cristão pacientemente demorar um pouco, confiando ainda, observando ainda, trabalhando ainda, sofrendo ainda - e as sombras da noite fugirão, e o Rei virá em Sua beleza! "35 Estejam cingidos os vossos lombos e acesas as vossas candeias; 36 e sede semelhantes a homens que esperam o seu senhor, quando houver de voltar das bodas, para que, quando vier e bater, logo possam abrir-lhe. 37 Bem-aventurados aqueles servos, aos quais o senhor, quando vier, achar vigiando! Em verdade vos digo que se cingirá, e os fará

17. 18 reclinar-se à mesa e, chegando-se, os servirá." (Lucas 12: 35-37). Seja paciente! A vida é muito breve, Ela passa rapidamente; E se ela provar uma cena problemática Sob um céu estrelado, Isto é senão como a noite sombreada, Que traz uma manhã de radiação brilhante. Seja esperançoso! A fé alegre trará Uma alegria viva para ti, E fará da sua vida um hino de louvor, Livre da dúvida e da murmuração; Enquanto, como um raio de sol, você vai abençoar E trazer para outros a felicidade. Seja sincero! Uma alma imortal

18. 19 Deve ser um trabalhador verdadeiro; Empregar seus talentos para o seu Deus, E sempre manter em vista A cena de julgamento - o último grande dia, Quando o céu e a terra passarem. Esteja sempre em oração! Peça, e você terá Força igual ao seu dia, A oração agarra a Mão que guia o mundo; Oh faça isto enquanto permanece aqui; Peça em grande escala, e seu Deus será Um generoso doador para ti. Esteja pronto! Muitos caem ao redor: Nossos entes queridos desaparecem, Nós não sabemos quando nossa chamada pode vir, Nem deveríamos esperar com medo.

19. 20 Se estivermos prontos, podemos descansar calmamente, Vivendo ou morrendo, somos abençoados.

Add a comment

Related presentations