Pósitron ( Alarmes automotivos )

50 %
50 %
Information about Pósitron ( Alarmes automotivos )

Published on January 5, 2017

Author: akerman22

Source: slideshare.net

1. © Reservados todos os direitos incluídos os de patentes, assim como, os de uso, cópia e reprodução, em favor de PST Indústria Eletrônica da Amazônia Ltda. 09.2006 Pós-Vendas 1

2. © Reservados todos os direitos incluídos os de patentes, assim como, os de uso, cópia e reprodução, em favor de PST Indústria Eletrônica da Amazônia Ltda. 09.2006 Pós-Vendas 2 TREINAMENTO TÉCNICOTREINAMENTO TÉCNICO PILOTOS PÓSITRONPILOTOS PÓSITRON SEJAM BEM-VINDOSSEJAM BEM-VINDOS

3. © Reservados todos os direitos incluídos os de patentes, assim como, os de uso, cópia e reprodução, em favor de PST Indústria Eletrônica da Amazônia Ltda. 09.2006 Pós-Vendas 3 OBRIGADO POR DEIXAR SEUOBRIGADO POR DEIXAR SEU CELULAR NO MODO SILENCIOSOCELULAR NO MODO SILENCIOSO OU NO VIBRA-CALLOU NO VIBRA-CALL

4. © Reservados todos os direitos incluídos os de patentes, assim como, os de uso, cópia e reprodução, em favor de PST Indústria Eletrônica da Amazônia Ltda. 09.2006 Pós-Vendas 4 • Líder de mercado no segmento de acessórios automotivos • 3ª maior fabricante de alarmes do mundo • Unidades: Manaus, Campinas (PST e Pósitron Rastreadores) e Buenos Aires • Exporta para a América Latina e Estados Unidos • Faz parte do grupo Stoneridge, um dos maiores players em eletrônica embarcada com presença predominante na Europa e Américas • Maior fornecedor de acessórios genuínos (GM e Fiat) • 850 colaboradores Empresa de classe mundial voltada para projetos e manufatura de produtos de eletrônica embarcada, com o objetivo de oferecer segurança, comodidade e conforto para as pessoas. Anos à frente PST ELETRÔNICA Anos à frente

5. © Reservados todos os direitos incluídos os de patentes, assim como, os de uso, cópia e reprodução, em favor de PST Indústria Eletrônica da Amazônia Ltda. 09.2006 Pós-Vendas 5 2.006 2.005 2.004 2.003 2.002 1.999 1.998 1.997 1.996 1.990 1.988 Mais de 7.265.800 produtos fabricados PST ELETRÔNICA Linha do Tempo Inauguração da Pósitron Rastreadores e lançamento do Rastreador Pósitron bivolt (veículos leves e pesados) Lançamento do Rastreador para automóveis Pósitron Lançamento linha de Alarmes Cyber PST ultrapassa a marca de 3 milhões de alarmes produzidos PST é eleita pela revista Exame uma das 100 melhores empresas para se trabalhar Expansão do mercado brasileiro e internacional Abertura da filial PST em Buenos Aires Parceria com o grupo Stoneridge (50%) Expansão para Manaus, com nova fábrica Primeiro alarme Fundação da companhia: Campinas

6. © Reservados todos os direitos incluídos os de patentes, assim como, os de uso, cópia e reprodução, em favor de PST Indústria Eletrônica da Amazônia Ltda. 09.2006 Pós-Vendas 6 Competência Reconhecida • Prêmio Interação da DaimlerChrysler - categoria Melhor Fornecedor Eletroeletrônico, do Mercedes-Benz: 2.001, 2.002, 2.004 e 2.005 • Mérito Lojista: 1997, 1999, 2000, 2001, 2002, 2003, 2004, 2005 e 2006 • Certificações: PST ELETRÔNICA Certificações e prêmios

7. © Reservados todos os direitos incluídos os de patentes, assim como, os de uso, cópia e reprodução, em favor de PST Indústria Eletrônica da Amazônia Ltda. 09.2006 Pós-Vendas 7 • 10.000 m2 • Administração • Diretoria • Vendas e Serviços • Engenharia/ Desenvolvimento: Projetos, Protótipos, • Ferramentaria, Testes, Injecão Plástica. • Montagem Final de painéis de instrumentos para OEM. Unidade de Campinas – Cidade Universitária Unidade de Manaus – Distrito Industrial Engenharia PST Eletrônica • 22.000 m2 • 5.000 m² de área construída – em expansão • Logística, Manufatura e distribuição • Produtos acabado para aftermarket e OES • Semi-acabados: painéis de instrumentos para OEM PST ELETRÔNICA Unidades

8. © Reservados todos os direitos incluídos os de patentes, assim como, os de uso, cópia e reprodução, em favor de PST Indústria Eletrônica da Amazônia Ltda. 09.2006 Pós-Vendas 8 PST ELETRÔNICA Marcas

9. © Reservados todos os direitos incluídos os de patentes, assim como, os de uso, cópia e reprodução, em favor de PST Indústria Eletrônica da Amazônia Ltda. 09.2006 Pós-Vendas 9 Argentina TIER II OEM e OES PST ELETRÔNICA Principais Clientes

10. © Reservados todos os direitos incluídos os de patentes, assim como, os de uso, cópia e reprodução, em favor de PST Indústria Eletrônica da Amazônia Ltda. 09.2006 Pós-Vendas 10 PST ELETRÔNICA Linha de Produtos - Aftermarket Alarmes Automotivos CYBER PX – CYBER FX - EXACT • Menor módulo do mercado • Os únicos alarmes com ringtones • Tecnologia FlexCode ® •Funções exclusivas de conforto e segurança (até 15 funções) Alarme para Caminhões • Compatível com automóveis e caminhões 12V e 24V • Acompanha bateria back-up

11. © Reservados todos os direitos incluídos os de patentes, assim como, os de uso, cópia e reprodução, em favor de PST Indústria Eletrônica da Amazônia Ltda. 09.2006 Pós-Vendas 11 PST ELETRÔNICA Linha de Produtos - Aftermarket • Acionado por afastamento (controle de presença) • O mais resistente a água • Proteção contra interferências eletromagnéticas Alarmes para motocicleta Pósitron Link • Possibilita a personalização de toques musicais para a sirene do alarme. • Possui uma variedade de mais de 30 ringtones diferentes.

12. © Reservados todos os direitos incluídos os de patentes, assim como, os de uso, cópia e reprodução, em favor de PST Indústria Eletrônica da Amazônia Ltda. 09.2006 Pós-Vendas 12 PST ELETRÔNICA Linha de Produtos - Aftermarket Vidros Elétricos • Único com plástico de engenharia (mais leve, menos ruído) • Mais fácil e seguro para instalar • Alta durabilidade e segurança (anti-esmagamento) • Molduras e interruptores originais Travas Elétricas • Universais e dedicadas – mais de 50 modelos • Resistente a água e poeira (conector selado) • Chicote protegido com espaguete • Instalação fácil e rápida

13. © Reservados todos os direitos incluídos os de patentes, assim como, os de uso, cópia e reprodução, em favor de PST Indústria Eletrônica da Amazônia Ltda. 09.2006 Pós-Vendas 13 PST ELETRÔNICA Linha de Produtos - Aftermarket Rastreadores Bloqueadores • Bloqueio e desbloqueio do veículo à distância • Acionado com um simples telefonema (ligação gratuita, Central de Atendimento 24h) • Único com alarme integrado • Controle total do veículo via Internet e celular •Tecnologia GSM/GPRS

14. © Reservados todos os direitos incluídos os de patentes, assim como, os de uso, cópia e reprodução, em favor de PST Indústria Eletrônica da Amazônia Ltda. 09.2006 Pós-Vendas 14 Antenas & Acessórios Módulos de vidro • Funções inteligentes para o vidro elétrico do veículo; • Possibilita acionar (abrir ou fechar) os vidros através do controle remoto do alarme. PST ELETRÔNICA Linha de Produtos - Aftermarket • Antena eletrônica de pára-brisas AM/ FM • Design arrojado e compacto • Alto desempenho • Fácil instalação

15. © Reservados todos os direitos incluídos os de patentes, assim como, os de uso, cópia e reprodução, em favor de PST Indústria Eletrônica da Amazônia Ltda. 09.2006 Pós-Vendas 15 PST ELETRÔNICA Produtos & Clientes – P&A e OEM FIAT REUNAULT • Alarme automotivo • Travas Elétricas GM • Alarme automotivo • Travas Elétricas • Vidros Elétricos PEUGEOT • Alarmes automotivos • Travas Elétricas • Travas porta-malas • Alarme automotivo • Travas Elétricas BRASIL E ARGENTINA BRASIL E ARGENTINA BRASIL BRASIL E ARGENTINA

16. © Reservados todos os direitos incluídos os de patentes, assim como, os de uso, cópia e reprodução, em favor de PST Indústria Eletrônica da Amazônia Ltda. 09.2006 Pós-Vendas 16 TOYOTA VW ARGENTINA • Alarmes •Travas Elétricas • Alarme automotivo PST ELETRÔNICA Produtos & Clientes – P&A e OEM BRASIL E ARGENTINA DAIMLERCHRYSLER • Alarme para caminhões • Painéis de Instrumentos Originais DAIMLERCHRYSLER

17. © Reservados todos os direitos incluídos os de patentes, assim como, os de uso, cópia e reprodução, em favor de PST Indústria Eletrônica da Amazônia Ltda. 09.2006 Pós-Vendas 17 PST ELETRÔNICA Produtos – Exportação Alarmes Automotivos CYBER PX – CYBER FX – CYBER EX • Menor módulo do mercado • Os únicos alarmes com ringtones • Funções exclusivas de conforto e segurança Alarmes para motos • Acionado por afastamento • Resistente a água • Proteção contra interferências eletromagnéticas

18. © Reservados todos os direitos incluídos os de patentes, assim como, os de uso, cópia e reprodução, em favor de PST Indústria Eletrônica da Amazônia Ltda. 09.2006 Pós-Vendas 18 PST ELETRÔNICA Produtos – Exportação Vidros Elétricos • Único com plástico de engenharia • Facilidade na instalação • Alta durabilidade Travas Elétricas • Universais e dedicadas – mais de 50 modelos • Resistente a água e poeira • Alta durabilidade

19. © Reservados todos os direitos incluídos os de patentes, assim como, os de uso, cópia e reprodução, em favor de PST Indústria Eletrônica da Amazônia Ltda. 09.2006 Pós-Vendas 19 CONCEITOS DE ELETRICIDADECONCEITOS DE ELETRICIDADE Pergunta ao instaladorPergunta ao instalador O que você sabe sobre: • Tensão; • Corrente elétrica; • Resistência elétrica; • Potencia elétrica.

20. © Reservados todos os direitos incluídos os de patentes, assim como, os de uso, cópia e reprodução, em favor de PST Indústria Eletrônica da Amazônia Ltda. 09.2006 Pós-Vendas 20 CONCEITOS DE ELETRICIDADECONCEITOS DE ELETRICIDADE Voltagem ou TensãoVoltagem ou Tensão A tensão elétrica pode ser definida como a diferença de potencial (d.d.p.) entre dois pontos podendo esta ser contínua ou alternada. A sua unidade de medida é o VOLT representada pela letra “V” e só pode ser medida com um voltímetro, ligado em paralelo com a fonte ou equipamento a ser medido.

21. © Reservados todos os direitos incluídos os de patentes, assim como, os de uso, cópia e reprodução, em favor de PST Indústria Eletrônica da Amazônia Ltda. 09.2006 Pós-Vendas 21 CONCEITOS DE ELETRICIDADECONCEITOS DE ELETRICIDADE Voltagem ou Tensão (alternada)Voltagem ou Tensão (alternada) A tensão alternada é aquela que encontramos nas tomadas de estabelecimentos comerciais e residências (110 ou 220 volts). Não possui polaridade fixa, ou seja, a polaridade muda entre positivo e negativo, várias vezes por segundo (freqüência). São poucos os pontos do veículo onde poderemos encontrá-la. + -

22. © Reservados todos os direitos incluídos os de patentes, assim como, os de uso, cópia e reprodução, em favor de PST Indústria Eletrônica da Amazônia Ltda. 09.2006 Pós-Vendas 22 CONCEITOS DE ELETRICIDADECONCEITOS DE ELETRICIDADE Voltagem ou Tensão (contínua)Voltagem ou Tensão (contínua) A tensão contínua é muito comum em pilhas e baterias. Possui polaridade fixa, ou seja, um cabo será sempre negativo enquanto o outro será sempre positivo. Praticamente todos os circuitos e acessórios de um veículo são alimentados com tensão contínua. + -

23. © Reservados todos os direitos incluídos os de patentes, assim como, os de uso, cópia e reprodução, em favor de PST Indústria Eletrônica da Amazônia Ltda. 09.2006 Pós-Vendas 23 CONCEITOS DE ELETRICIDADECONCEITOS DE ELETRICIDADE Corrente elétrica ou AmpèreCorrente elétrica ou Ampère A corrente elétrica pode ser definida como a quantidade de cargas elétricas que circulam por um condutor em um certo espaço de tempo. A sua unidade de medida é o AMPÈRE e só pode ser medida com um amperímetro, ligado em série com o equipamento a ser medido.

24. © Reservados todos os direitos incluídos os de patentes, assim como, os de uso, cópia e reprodução, em favor de PST Indústria Eletrônica da Amazônia Ltda. 09.2006 Pós-Vendas 24 CONCEITOS DE ELETRICIDADECONCEITOS DE ELETRICIDADE ResistênciaResistência A resistência elétrica pode ser definida como a oposição à passagem da corrente elétrica, ou seja, maior ou menor facilidade de serem percorridos pela corrente elétrica. A sua unidade de medida é o OHM representado pela letra grega Ω (OMEGA). As resistências podem ser medidas com um ohmímetro, ligado em paralelo com o componente, desde que este não esteja energizado.

25. © Reservados todos os direitos incluídos os de patentes, assim como, os de uso, cópia e reprodução, em favor de PST Indústria Eletrônica da Amazônia Ltda. 09.2006 Pós-Vendas 25 FONTE ALIMENTADORA BATERIA 12V FONTE ALIMENTADORA CAIXA D’ÁGUA C A N O S F I O S I N T E R R U P T O R FLUXO: CORRENTE ELÉTRICA TORNEIRA FLUXO: CORRENTE DE ÁGUA CONCEITOS DE ELETRICIDADECONCEITOS DE ELETRICIDADE Analogia das grandezas elétricasAnalogia das grandezas elétricas LAMPADA

26. © Reservados todos os direitos incluídos os de patentes, assim como, os de uso, cópia e reprodução, em favor de PST Indústria Eletrônica da Amazônia Ltda. 09.2006 Pós-Vendas 26 CONCEITOS DE ELETRICIDADECONCEITOS DE ELETRICIDADE Analogia de resistênciaAnalogia de resistência CANO MAIS FINO

27. © Reservados todos os direitos incluídos os de patentes, assim como, os de uso, cópia e reprodução, em favor de PST Indústria Eletrônica da Amazônia Ltda. 09.2006 Pós-Vendas 27 CONCEITOS DE ELETRICIDADECONCEITOS DE ELETRICIDADE Múltiplos e submúltiplosMúltiplos e submúltiplos AUMENTA DIMINUI 0, 0 2 0

28. © Reservados todos os direitos incluídos os de patentes, assim como, os de uso, cópia e reprodução, em favor de PST Indústria Eletrônica da Amazônia Ltda. 09.2006 Pós-Vendas 28 CONCEITOS DE ELETRICIDADECONCEITOS DE ELETRICIDADE Analogia dosAnalogia dos múltiplos e submúltiplosmúltiplos e submúltiplos 1 Litro = 1000mL 1 Ampère = 1000mA 200mL = 0,2 Litro 200mA = 0,2 Ampere

29. © Reservados todos os direitos incluídos os de patentes, assim como, os de uso, cópia e reprodução, em favor de PST Indústria Eletrônica da Amazônia Ltda. 09.2006 Pós-Vendas 29 V R I V = VOLTAGEM OU TENSÃO I = CORRENTE OU AMPERAGEMR = RESISTÊNCIA CONCEITOS DE ELETRICIDADECONCEITOS DE ELETRICIDADE Lei de OHMLei de OHM V R I V R I R IX V

30. © Reservados todos os direitos incluídos os de patentes, assim como, os de uso, cópia e reprodução, em favor de PST Indústria Eletrônica da Amazônia Ltda. 09.2006 Pós-Vendas 30 P V I P = POTÊNCIA OU WATTAGEM I = CORRENTE OU AMPERAGEMV = TENSÃO OU VOLTAGEM CONCEITOS DE ELETRICIDADECONCEITOS DE ELETRICIDADE Lei de OHMLei de OHM P V I P V I V IX P

31. © Reservados todos os direitos incluídos os de patentes, assim como, os de uso, cópia e reprodução, em favor de PST Indústria Eletrônica da Amazônia Ltda. 09.2006 Pós-Vendas 31 UM CERTO VEÍCULO POSSUI LAMPADAS DE SETA DE 21W NAS SEGUINTES QUANTIDADES: 2 NA DIANTEIRA, 4 NA TRASEIRA E 2 LATERAIS DE 5W, TOTALIZANDO 136W. NO MANUAL TEMOS A INFORMAÇÃO DE QUE A PROTEÇÃO DESTE CIRCUITO É FEITA POR UM FUSIVEL DE 15 AMPERES. VOCE ACHA QUE O ALARME SUPORTARIA??? LEI DE OHMLEI DE OHM Pergunta ao instaladorPergunta ao instalador

32. © Reservados todos os direitos incluídos os de patentes, assim como, os de uso, cópia e reprodução, em favor de PST Indústria Eletrônica da Amazônia Ltda. 09.2006 Pós-Vendas 32 P V CONCEITOS DE ELETRICIDADECONCEITOS DE ELETRICIDADE Lei de OHMLei de OHM P VI 136W 12V 11,33A COMO O CIRCUITO DE SETAS É PROTEGIDO POR UM FUSÍVEL DE 15AMPERES, NÃO TEREMOS PROBLEMAS. MAS, SE ESTE VEÍCULO TIVER MAIS UMA LAMPADA POR LATERAL, TEREMOS UM TOTAL DE 178 WATTS (14,83A) E ESTAREMOS MUITO PRÓXIMO DO LIMITE MÁXIMO, PODENDO QUEIMAR O FUSIVEL OU CONTATOS DO RELE.

33. © Reservados todos os direitos incluídos os de patentes, assim como, os de uso, cópia e reprodução, em favor de PST Indústria Eletrônica da Amazônia Ltda. 09.2006 Pós-Vendas 33 Uma instalação mal feita compromete a segurança do veículo e de todo o sistema. Instale um fusível próximo da bateria para evitar problemas futuros. A passagem dos fios para o interior do veículo sem proteções ou passa-fio de borracha, também comprometem a instalação e podem provocar infiltrações e sérios danos ao veículo. CONCEITOS DE ELETRICIDADECONCEITOS DE ELETRICIDADE Para que entender todos estes assuntos?Para que entender todos estes assuntos?

34. © Reservados todos os direitos incluídos os de patentes, assim como, os de uso, cópia e reprodução, em favor de PST Indústria Eletrônica da Amazônia Ltda. 09.2006 Pós-Vendas 34 CONCEITOS DE ELETRICIDADECONCEITOS DE ELETRICIDADE Analogia de potência (bitola de fios mal dimensionada)Analogia de potência (bitola de fios mal dimensionada)

35. © Reservados todos os direitos incluídos os de patentes, assim como, os de uso, cópia e reprodução, em favor de PST Indústria Eletrônica da Amazônia Ltda. 09.2006 Pós-Vendas 35 COMPR. 450A288A171A102A80A40A21,2A15,6A12A10A½ m 225A144A85,4A51A40A26,7A14,1A7,8A6A5A1 m 112,9 A 71,1A42,7A25,3A16A10,7A5,6A4A3,2A2,6A2,5 m 56,5A36,6A21,3A12,6A8A5,3A2,8A2A1,6A1,3A5 m 28,2A17,8A10,7A6,3A4A2,7A1,4A1A0,8A0,7A10 m 25mm16mm10mm6mm4mm2,5mm1,5mm1,0mm0,75mm0,5mm BITOLA CORRENTE MÁXIMA ADMISSÍVEL EM 12 VOLTS CONCEITOS DE ELETRICIDADECONCEITOS DE ELETRICIDADE Tabela de aplicação de fios (bitola XTabela de aplicação de fios (bitola X corrente)corrente)

36. © Reservados todos os direitos incluídos os de patentes, assim como, os de uso, cópia e reprodução, em favor de PST Indústria Eletrônica da Amazônia Ltda. 09.2006 Pós-Vendas 36 A bitola dos fios não devem sofrer alteração no seu trajeto (emendas) e devem obedecer os critérios de dimensionamento para não comprometer a segurança e eficiência do sistema. Obtenha informações sobre o consumo de cada equipamento a ser instalado para o correto dimensionamento dos fios. Lembre-se de que a corrente passa pelo positivo e negativo, sendo assim, a bitola utilizada para um, deverá ser a mesma para o outro. CONCEITOS DE ELETRICIDADECONCEITOS DE ELETRICIDADE Erros de instalaçãoErros de instalação

37. © Reservados todos os direitos incluídos os de patentes, assim como, os de uso, cópia e reprodução, em favor de PST Indústria Eletrônica da Amazônia Ltda. 09.2006 Pós-Vendas 37 Boa 12,5V a 12,7V 75 a 100% de carga Regular 12,1V a 12,3V 25 a 50% de carga Ruim abaixo de 12,1V 25 a 0% de carga Em seguida, ligue o motor e verifique se a bateria está sendo recarregada. Os valores encontrados deverão estar entre: Mínimo 13,5V Máximo 15,0V Lembre-se: A tensão da bateria não deve chegar a 10,8 volts ou seja menos que 20% da tensão nominal. CONCEITOS DE ELETRICIDADECONCEITOS DE ELETRICIDADE Condição da bateria e circuito de cargaCondição da bateria e circuito de carga Com auxilio de um multímetro verifique a tensão da bateria

38. © Reservados todos os direitos incluídos os de patentes, assim como, os de uso, cópia e reprodução, em favor de PST Indústria Eletrônica da Amazônia Ltda. 09.2006 Pós-Vendas 38 CONCEITOS DE ELETRICIDADECONCEITOS DE ELETRICIDADE Calculando grandezas elétricasCalculando grandezas elétricas Exemplo: Bateria do veículo = 12 volts/ 40Ah Consumo total dos acessórios (desligados) = 20mA Tempo de descarga Capacidade nominal da bateria Consumo do acessório (amperagem medida) = ___________________ 40Ah 0,02A Tempo de descarga (em horas) = ________ 2000h 24h Tempo de descarga (em dias) = ________ = 2000 horas = 83 dias Considerando carga completa da bateria / / / /

39. © Reservados todos os direitos incluídos os de patentes, assim como, os de uso, cópia e reprodução, em favor de PST Indústria Eletrônica da Amazônia Ltda. 09.2006 Pós-Vendas 39 CONCEITOS DE ELETRICIDADECONCEITOS DE ELETRICIDADE MultímetrosMultímetros DCV ACV DCA

40. © Reservados todos os direitos incluídos os de patentes, assim como, os de uso, cópia e reprodução, em favor de PST Indústria Eletrônica da Amazônia Ltda. 09.2006 Pós-Vendas 40 CONCEITOS DE ELETRICIDADECONCEITOS DE ELETRICIDADE Medindo Tensão AlternadaMedindo Tensão Alternada Em caso de dúvidas do valor da tensão da tomada das residências, utilize um multímetro na maior escala (750V). 110 ou 220 Volts ? Se o display indicar aproximadamente 126 Volts, a tensão da tomada é de “110 Volts”. Neste caso, a escala pode ser diminuída para 200 para obter um valor mais preciso do valor da tensão. Se o display indicar aproximadamente 227 Volts, a tensão da tomada é de “220 Volts”.

41. © Reservados todos os direitos incluídos os de patentes, assim como, os de uso, cópia e reprodução, em favor de PST Indústria Eletrônica da Amazônia Ltda. 09.2006 Pós-Vendas 41 CONCEITOS DE ELETRICIDADECONCEITOS DE ELETRICIDADE Medindo tensão contínuaMedindo tensão contínua Selecione a escala de tensão contínua com um valor acima do que será medido Conecte as ponteiras em paralelo com o componente a ser testado

42. © Reservados todos os direitos incluídos os de patentes, assim como, os de uso, cópia e reprodução, em favor de PST Indústria Eletrônica da Amazônia Ltda. 09.2006 Pós-Vendas 42 CONCEITOS DE ELETRICIDADECONCEITOS DE ELETRICIDADE Medindo corrente contínuaMedindo corrente contínua Selecione a escala de corrente contínua com um valor acima do que será medido Conecte as ponteiras em série com o componente a ser testado

43. © Reservados todos os direitos incluídos os de patentes, assim como, os de uso, cópia e reprodução, em favor de PST Indústria Eletrônica da Amazônia Ltda. 09.2006 Pós-Vendas 43 CONCEITOS DE ELETRICIDADECONCEITOS DE ELETRICIDADE Medindo resistênciasMedindo resistências Selecione a escala de resistências Conecte as ponteiras em paralelo com o componente a ser testado (desenergizado)

44. © Reservados todos os direitos incluídos os de patentes, assim como, os de uso, cópia e reprodução, em favor de PST Indústria Eletrônica da Amazônia Ltda. 09.2006 Pós-Vendas 44 CONCEITOS DE ELETRICIDADECONCEITOS DE ELETRICIDADE Medindo resistênciasMedindo resistências Caso a eletroválvula não possua identificação do valor da voltagem, utilize um multímetro selecionando na menor escala de resistência (200 Ω), conforme exemplo a seguir: Se o display indicar aproximadamente15 Ω (resistência interna da bobina), a eletroválvula é de 12 Volts. Se o display indicar aproximadamente 40 Ω (resistência interna da bobina), a eletroválvula é de 24 Volts. Conclusão: O valor da resistência interna da eletroválvula de 24 Volts é sempre maior que a eletroválvula de 12 Volts.

45. © Reservados todos os direitos incluídos os de patentes, assim como, os de uso, cópia e reprodução, em favor de PST Indústria Eletrônica da Amazônia Ltda. 09.2006 Pós-Vendas 45 CONCEITOS DE ELETRICIDADECONCEITOS DE ELETRICIDADE Medindo Diodo (continuidade)Medindo Diodo (continuidade) + -+- Para certificar que o diodo está em perfeitas condições de uso, utilize um multímetro selecionando a escala de diodo (continuidade), conforme exemplo a seguir: Observação: Conecte as ponteiras em paralelo com o componente a ser testado (desenergizado). Polarizado reversamente, o diodo não poderá indicar nenhum valor. Polarizado diretamente, o diodo indicará um valor aproximado de 580Ω. Diodo 1N4001 até 1N4007

46. © Reservados todos os direitos incluídos os de patentes, assim como, os de uso, cópia e reprodução, em favor de PST Indústria Eletrônica da Amazônia Ltda. 09.2006 Pós-Vendas 46 CONCEITOS DE ELETRICIDADECONCEITOS DE ELETRICIDADE Tabela de valores de resistoresTabela de valores de resistores

47. © Reservados todos os direitos incluídos os de patentes, assim como, os de uso, cópia e reprodução, em favor de PST Indústria Eletrônica da Amazônia Ltda. 09.2006 Pós-Vendas 47 CONCEITOS DE ELETRICIDADECONCEITOS DE ELETRICIDADE Circuito com resistorCircuito com resistor RESISTOR

48. © Reservados todos os direitos incluídos os de patentes, assim como, os de uso, cópia e reprodução, em favor de PST Indústria Eletrônica da Amazônia Ltda. 09.2006 Pós-Vendas 48 EXEMPLO DE TRAVAMENTO VIA ALARMEEXEMPLO DE TRAVAMENTO VIA ALARME Utilização de resistorUtilização de resistor Chrysler PT Cruiser 2005 em diante

49. © Reservados todos os direitos incluídos os de patentes, assim como, os de uso, cópia e reprodução, em favor de PST Indústria Eletrônica da Amazônia Ltda. 09.2006 Pós-Vendas 49 EXEMPLO DE TRAVAMENTO VIA ALARMEEXEMPLO DE TRAVAMENTO VIA ALARME Utilização de resistoresUtilização de resistores Chrysler Stratus 1997 em diante +12 Volts

50. © Reservados todos os direitos incluídos os de patentes, assim como, os de uso, cópia e reprodução, em favor de PST Indústria Eletrônica da Amazônia Ltda. 09.2006 Pós-Vendas 50 EXEMPLO DE TRAVAMENTO VIA ALARMEEXEMPLO DE TRAVAMENTO VIA ALARME Utilização de resistor e diodoUtilização de resistor e diodo Pólo 2003 em diante VD/PR = LEVANTADOR DE VIDROS

51. © Reservados todos os direitos incluídos os de patentes, assim como, os de uso, cópia e reprodução, em favor de PST Indústria Eletrônica da Amazônia Ltda. 09.2006 Pós-Vendas 51 EXEMPLO DE TRAVAMENTO VIA ALARMEEXEMPLO DE TRAVAMENTO VIA ALARME Utilização de resistoresUtilização de resistores Chrysler Caravan 1999 em diante +12 Volts

52. © Reservados todos os direitos incluídos os de patentes, assim como, os de uso, cópia e reprodução, em favor de PST Indústria Eletrônica da Amazônia Ltda. 09.2006 Pós-Vendas 52 CONCEITOS DE ELETRICIDADECONCEITOS DE ELETRICIDADE DiodosDiodos Diodo é um componente eletrônico muito utilizado na aplicação de acessórios e, dependendo da sua polaridade, permite ou não a passagem da corrente elétrica. + -+ -

53. © Reservados todos os direitos incluídos os de patentes, assim como, os de uso, cópia e reprodução, em favor de PST Indústria Eletrônica da Amazônia Ltda. 09.2006 Pós-Vendas 53 CONCEITOS DE ELETRICIDADECONCEITOS DE ELETRICIDADE Circuito com diodoCircuito com diodo DIODODIODO

54. © Reservados todos os direitos incluídos os de patentes, assim como, os de uso, cópia e reprodução, em favor de PST Indústria Eletrônica da Amazônia Ltda. 09.2006 Pós-Vendas 54 EXEMPLO DE INTERRUPTORES DE PORTAEXEMPLO DE INTERRUPTORES DE PORTA Utilização de diodos para as demais portas (Linha Fiat)Utilização de diodos para as demais portas (Linha Fiat) BCM 5 4 3 2 ALARME Conector do alarme original fio – VD (interruptor de porta) Diodo T.D . T.E . D.D . D.E. Saída temporizada para lâmpada +-

55. © Reservados todos os direitos incluídos os de patentes, assim como, os de uso, cópia e reprodução, em favor de PST Indústria Eletrônica da Amazônia Ltda. 09.2006 Pós-Vendas 55 EXEMPLO DE INTERRUPTORES DE PORTAEXEMPLO DE INTERRUPTORES DE PORTA Utilização de diodo em caso de disparo involuntárioUtilização de diodo em caso de disparo involuntário ALARME fio – VD (P-) BCM Ford Ranger 2006 em diante Saída temporizada para lâmpada Diodo + -

56. © Reservados todos os direitos incluídos os de patentes, assim como, os de uso, cópia e reprodução, em favor de PST Indústria Eletrônica da Amazônia Ltda. 09.2006 Pós-Vendas 56 EXEMPLO DE SUBIDA DE VIDROSEXEMPLO DE SUBIDA DE VIDROS ACIDENTALACIDENTAL Utilização de diodo para alarmes que não possuemUtilização de diodo para alarmes que não possuem saída dedicada para acionamento dos vidros elétricossaída dedicada para acionamento dos vidros elétricos ALARM E fio – VM/AM (Sinal Trava) VM/AM – TRAVA VM/PR – DESTRAVA Central de vidro Central de trava

57. © Reservados todos os direitos incluídos os de patentes, assim como, os de uso, cópia e reprodução, em favor de PST Indústria Eletrônica da Amazônia Ltda. 09.2006 Pós-Vendas 57 ALARM E fio – VM/AM (Sinal trava) Central de vidro Central de trava Diodo + - EXEMPLO DE SUBIDA DE VIDROSEXEMPLO DE SUBIDA DE VIDROS Utilização de diodo para alarmes que não possuemUtilização de diodo para alarmes que não possuem saída dedicada para acionamento dos vidros elétricossaída dedicada para acionamento dos vidros elétricos VM/AM – TRAVA VM/PR – DESTRAVA

58. © Reservados todos os direitos incluídos os de patentes, assim como, os de uso, cópia e reprodução, em favor de PST Indústria Eletrônica da Amazônia Ltda. 09.2006 Pós-Vendas 58 ALARM E fio – VM/AM (Sinal trava) Central de vidro Central de trava Diodo + - EXEMPLO DE SUBIDA DE VIDROSEXEMPLO DE SUBIDA DE VIDROS Utilização de diodo para alarmes que não possuemUtilização de diodo para alarmes que não possuem saída dedicada para acionamento dos vidros elétricossaída dedicada para acionamento dos vidros elétricos VM/AM – TRAVA VM/PR – DESTRAVA

59. © Reservados todos os direitos incluídos os de patentes, assim como, os de uso, cópia e reprodução, em favor de PST Indústria Eletrônica da Amazônia Ltda. 09.2006 Pós-Vendas 59 ELETRICIDADE AUTOMOTIVAELETRICIDADE AUTOMOTIVA ConceitosConceitos

60. © Reservados todos os direitos incluídos os de patentes, assim como, os de uso, cópia e reprodução, em favor de PST Indústria Eletrônica da Amazônia Ltda. 09.2006 Pós-Vendas 60 ELETRICIDADE AUTOMOTIVAELETRICIDADE AUTOMOTIVA Circuito de carga e partidaCircuito de carga e partida

61. © Reservados todos os direitos incluídos os de patentes, assim como, os de uso, cópia e reprodução, em favor de PST Indústria Eletrônica da Amazônia Ltda. 09.2006 Pós-Vendas 61 ELETRICIDADE AUTOMOTIVAELETRICIDADE AUTOMOTIVA Circuito de setasCircuito de setas

62. © Reservados todos os direitos incluídos os de patentes, assim como, os de uso, cópia e reprodução, em favor de PST Indústria Eletrônica da Amazônia Ltda. 09.2006 Pós-Vendas 62 ELETRICIDADE AUTOMOTIVAELETRICIDADE AUTOMOTIVA Diagrama elétrico convencionalDiagrama elétrico convencional

63. © Reservados todos os direitos incluídos os de patentes, assim como, os de uso, cópia e reprodução, em favor de PST Indústria Eletrônica da Amazônia Ltda. 09.2006 Pós-Vendas 63 ELETRICIDADE AUTOMOTIVAELETRICIDADE AUTOMOTIVA Diagrama elétrico multiplex (rede C.A.N.)Diagrama elétrico multiplex (rede C.A.N.)

64. © Reservados todos os direitos incluídos os de patentes, assim como, os de uso, cópia e reprodução, em favor de PST Indústria Eletrônica da Amazônia Ltda. 09.2006 Pós-Vendas 64 São dispositivos que tem como função básica, comutar correntes elevadas (terminais 87 e 30), através de uma corrente mais baixa em uma bobina (terminais 85 e 86). AXILIAR de 4 pinos: ao alimentar os pinos 85 e 86 (não importando a polaridade), os contatos dos pinos 30 e 87 fecham-se, alimentando o acessório ou circuito em que fora instalado. Obs.: O pino 30 não tem relação alguma com a linha 30, sendo apenas uma indicação de referência. ELETRICIDADE AUTOMOTIVAELETRICIDADE AUTOMOTIVA Relés auxiliaresRelés auxiliares

65. © Reservados todos os direitos incluídos os de patentes, assim como, os de uso, cópia e reprodução, em favor de PST Indústria Eletrônica da Amazônia Ltda. 09.2006 Pós-Vendas 65 Exemplo: Um relé 12V/20A A tensão está relacionado a bobina do rele. Então, se aplicarmos 12Volts nos terminais 85 e 86, a bobina imantará acionando automaticamente sua chave magnética (30 e 87). Neste caso, jamais alimente este relé com 24 Volts, pois iremos danificá-lo. A corrente elétrica (A) está relacionado aos terminais 30 e 87 do rele (chave magnética/contatos) ou seja, quanto esta chave suporta em Ampères, quando uma carga for ligada em sua saída. ELETRICIDADE AUTOMOTIVAELETRICIDADE AUTOMOTIVA Relés auxiliaresRelés auxiliares 85 86 30 87 Devemos tomar alguns cuidados na aplicação de reles, tais como: tensão (V) de trabalho e capacidade de corrente elétrica (A).

66. © Reservados todos os direitos incluídos os de patentes, assim como, os de uso, cópia e reprodução, em favor de PST Indústria Eletrônica da Amazônia Ltda. 09.2006 Pós-Vendas 66 Bateria Bateria 12V Pino 85 Pino 30 (c) Relé de 4 Pinos = 12V / 20A Pino 87 (na) Pino 86 85/86 – contatos bobina 30 – contato comum 87 – contato normal aberto Saída +12Vcc ELETRICIDADE AUTOMOTIVAELETRICIDADE AUTOMOTIVA Funcionamento do relé de 4 pinosFuncionamento do relé de 4 pinos Sinal massa/Terra do volante

67. © Reservados todos os direitos incluídos os de patentes, assim como, os de uso, cópia e reprodução, em favor de PST Indústria Eletrônica da Amazônia Ltda. 09.2006 Pós-Vendas 67 Bateria 12VBateria 12V Pino 85 Pino 30 (c) Relé de 4 Pinos = 24V / 20A Pino 87 (na) Pino 86 85/86 – contatos bobina 30 – contato comum 87 – contato normal aberto Sinal + 24V Pós - chave ELETRICIDADE AUTOMOTIVAELETRICIDADE AUTOMOTIVA Funcionamento do relé de 4 pinosFuncionamento do relé de 4 pinos Saída + 12V p/ fio – AZ do alarme Saída + 12Vcc do conversor + 24V

68. © Reservados todos os direitos incluídos os de patentes, assim como, os de uso, cópia e reprodução, em favor de PST Indústria Eletrônica da Amazônia Ltda. 09.2006 Pós-Vendas 68 Pino 85 Pino 30 (c) Relé de 4 Pinos – 30A Pino 87 (na) Pino 86 Bateria 12V Saída auxiliar negativa do alarme (200mA) Bateria 12V 85/86 – contatos bobina 30 – contato comum 87 – contato normal aberto Saída +12Vcc para acionamento (solenoide) do porta–malas ELETRICIDADE AUTOMOTIVAELETRICIDADE AUTOMOTIVA Funcionamento do relé de 4 pinosFuncionamento do relé de 4 pinos AUXILIAR

69. © Reservados todos os direitos incluídos os de patentes, assim como, os de uso, cópia e reprodução, em favor de PST Indústria Eletrônica da Amazônia Ltda. 09.2006 Pós-Vendas 69 ELETRICIDADE AUTOMOTIVAELETRICIDADE AUTOMOTIVA Relés auxiliaresRelés auxiliares AXILIAR de 5 pinos – contatos N.A e N.F: Este tipo de rele é muito utilizado quando necessitamos de acionamentos invertidos, ou seja, o acessório funciona enquanto não houver alimentação nos pinos 85 e 86, ocorrendo o inverso quando estes pinos recebem alimentação. Quando testamos este relé deveremos encontrar continuidade nos pinos “87a” e “30” e não encontrar continuidade entre os pinos “87” e “30”.

70. © Reservados todos os direitos incluídos os de patentes, assim como, os de uso, cópia e reprodução, em favor de PST Indústria Eletrônica da Amazônia Ltda. 09.2006 Pós-Vendas 70 ELETRICIDADE AUTOMOTIVAELETRICIDADE AUTOMOTIVA Funcionamento do relé de 5 pinosFuncionamento do relé de 5 pinos 30 87(n.a) 85 86 Bateria Relé 5 Pinos (12V/20A) 85/86 – contatos bobina 30 – contato comum 87 – contato normal aberto 87A – contato normal fechado 87a (n.f) Bateria Fio-CZ/AZ Linha 50 Motor de Partida Chave de ignição

71. © Reservados todos os direitos incluídos os de patentes, assim como, os de uso, cópia e reprodução, em favor de PST Indústria Eletrônica da Amazônia Ltda. 09.2006 Pós-Vendas 71 ELETRICIDADE AUTOMOTIVAELETRICIDADE AUTOMOTIVA Funcionamento do relé de 5 pinosFuncionamento do relé de 5 pinos 30 87(n.a) 85 86 Bateria Relé 5 Pinos (12V/20A) 85/86 – contatos bobina 30 – contato comum 87 – contato normal aberto 87A – contato normal fechado Bateria Fio-CZ/AZ Linha 50 Motor de Partida Chave de ignição 87a (n.f)

72. © Reservados todos os direitos incluídos os de patentes, assim como, os de uso, cópia e reprodução, em favor de PST Indústria Eletrônica da Amazônia Ltda. 09.2006 Pós-Vendas 72 Devido a grande evolução tecnológica dos veículos, os fabricantes aconselham que se utilize relés que possuam supressão a ruídos (transientes) provocados pela bobina do mesmo. Estes ruidos podem danificar circuitos eletrônicos tais como: computadores de bordo, módulos eletrônicos de conforto, de injeção e outros. ELETRICIDADE AUTOMOTIVAELETRICIDADE AUTOMOTIVA Relés auxiliares com supressorRelés auxiliares com supressor

73. © Reservados todos os direitos incluídos os de patentes, assim como, os de uso, cópia e reprodução, em favor de PST Indústria Eletrônica da Amazônia Ltda. 09.2006 Pós-Vendas 73 TRAVAS ELÉTRICAS M. CARTO (4TRAVAS ELÉTRICAS M. CARTO (4 FIOS)FIOS) Diagrama internoDiagrama interno

74. © Reservados todos os direitos incluídos os de patentes, assim como, os de uso, cópia e reprodução, em favor de PST Indústria Eletrônica da Amazônia Ltda. 09.2006 Pós-Vendas 74 Bateria TRAVAS ELÉTRICAS M. CARTO (4TRAVAS ELÉTRICAS M. CARTO (4 FIOS)FIOS) TravamentoTravamento MMMM M

75. © Reservados todos os direitos incluídos os de patentes, assim como, os de uso, cópia e reprodução, em favor de PST Indústria Eletrônica da Amazônia Ltda. 09.2006 Pós-Vendas 75 M Bateria TRAVAS ELÉTRICAS M. CARTO (4TRAVAS ELÉTRICAS M. CARTO (4 FIOS)FIOS) DestravamentoDestravamento MMM M

76. © Reservados todos os direitos incluídos os de patentes, assim como, os de uso, cópia e reprodução, em favor de PST Indústria Eletrônica da Amazônia Ltda. 09.2006 Pós-Vendas 76 REPRESEN- TAÇÃO DO BLOCO TEMPORIZA- DOR “TRAVA" VM/AMVM/PR BR AM REPRESEN- TAÇÃO DO BLOCO TEMPORIZA -DOR “DESTRAVA ” MOTOR RELÉ TRAVARELÉ DESTRAVA TRAVAS ELÉTRICAS DE 5 FIOSTRAVAS ELÉTRICAS DE 5 FIOS Diagrama interno de uma TR110/TR115Diagrama interno de uma TR110/TR115

77. © Reservados todos os direitos incluídos os de patentes, assim como, os de uso, cópia e reprodução, em favor de PST Indústria Eletrônica da Amazônia Ltda. 09.2006 Pós-Vendas 77 MMMM Bateria TRAVAS ELÉTRICAS DE 5 FIOSTRAVAS ELÉTRICAS DE 5 FIOS Travamento/destravamento (manual ou via alarme)Travamento/destravamento (manual ou via alarme)

78. © Reservados todos os direitos incluídos os de patentes, assim como, os de uso, cópia e reprodução, em favor de PST Indústria Eletrônica da Amazônia Ltda. 09.2006 Pós-Vendas 78 TRAVAS ELÉTRICAS DE 3 FIOSTRAVAS ELÉTRICAS DE 3 FIOS Diagrama interno de uma TR113Diagrama interno de uma TR113

79. © Reservados todos os direitos incluídos os de patentes, assim como, os de uso, cópia e reprodução, em favor de PST Indústria Eletrônica da Amazônia Ltda. 09.2006 Pós-Vendas 79 MMMM Bateria TRAVAS ELÉTRICAS DE 3 FIOSTRAVAS ELÉTRICAS DE 3 FIOS Travamento/destravamento (manual)Travamento/destravamento (manual)

80. © Reservados todos os direitos incluídos os de patentes, assim como, os de uso, cópia e reprodução, em favor de PST Indústria Eletrônica da Amazônia Ltda. 09.2006 Pós-Vendas 80 Podemos substituir o módulo de trava elétrica TR110/TR115 pelo módulo TR113, ou vice-versa??? TRAVAS ELÉTRICASTRAVAS ELÉTRICAS Pergunta ao instaladorPergunta ao instalador

81. © Reservados todos os direitos incluídos os de patentes, assim como, os de uso, cópia e reprodução, em favor de PST Indústria Eletrônica da Amazônia Ltda. 09.2006 Pós-Vendas 81 Acionamento de travas elétricas via alarme: Acionamento de trava tipo “Carto”– veículos onde as travas elétricas travam e destravam com pulso negativo ou positivo, utilize uma TR111. Ex: Ka, Escort etc... Travas elétricas com interruptor no descansa braço ou console – veículos onde as travas elétricas travam e destravam pelo interruptor no descansa braço fazendo reversão de corrente, utilize uma TR111. Ex: S- 10, Ranger etc... MÓDULO TR 111MÓDULO TR 111 AplicaçãoAplicação

82. © Reservados todos os direitos incluídos os de patentes, assim como, os de uso, cópia e reprodução, em favor de PST Indústria Eletrônica da Amazônia Ltda. 09.2006 Pós-Vendas 82 (87) (30) (30) (87a) (87a) (85) (85) (86) TRAVAS ELÉTRICASTRAVAS ELÉTRICAS Diagrama interno do módulo TR111Diagrama interno do módulo TR111

83. © Reservados todos os direitos incluídos os de patentes, assim como, os de uso, cópia e reprodução, em favor de PST Indústria Eletrônica da Amazônia Ltda. 09.2006 Pós-Vendas 83 *Terra (31) +(30) Interruptor Trava/Destrava * Polaridade do sinal ao pressionar interruptor Ligar VM/BR + (30) + (30) VM/BR AZ = NÃO USAR VM = + (30) CZ/AZ Terra Terra CZ/VD PR/VD PR/AM VM/PR VM/AM VM/AM VM/PR Motor Porta Passageiro EXEMPLO DE TRAVAMENTO VIA ALARMEEXEMPLO DE TRAVAMENTO VIA ALARME Acionamento de travas com interruptorAcionamento de travas com interruptor Motor Porta Motorista

84. © Reservados todos os direitos incluídos os de patentes, assim como, os de uso, cópia e reprodução, em favor de PST Indústria Eletrônica da Amazônia Ltda. 09.2006 Pós-Vendas 84 Motor Porta Passageiro Motor Porta Motorista Terra +12Vcc +12Vcc Terra EXEMPLO DE TRAVAMENTO VIA ALARMEEXEMPLO DE TRAVAMENTO VIA ALARME Acionamento de travas M.CartoAcionamento de travas M.Carto CZ/VD NÃO USAR CZ/A Z * Polaridade do sinal ao pressionar interruptor Ligar VM/BR + (30) + (30) Terra Terra PR/VD – NÃO USAR PR/AM AZ = NÃO USAR VM = + (30) VM/PR VM/AM

85. © Reservados todos os direitos incluídos os de patentes, assim como, os de uso, cópia e reprodução, em favor de PST Indústria Eletrônica da Amazônia Ltda. 09.2006 Pós-Vendas 85 VIDROS ELÉTRICOSVIDROS ELÉTRICOS Conceito de funcionamento (sistema simples)Conceito de funcionamento (sistema simples) MMMMM Fusíve l

86. © Reservados todos os direitos incluídos os de patentes, assim como, os de uso, cópia e reprodução, em favor de PST Indústria Eletrônica da Amazônia Ltda. 09.2006 Pós-Vendas 86 VIDROS ELÉTRICOSVIDROS ELÉTRICOS InstalaçãoInstalação

87. © Reservados todos os direitos incluídos os de patentes, assim como, os de uso, cópia e reprodução, em favor de PST Indústria Eletrônica da Amazônia Ltda. 09.2006 Pós-Vendas 87 Interruptor SOBE VIDROS ELÉTRICOSVIDROS ELÉTRICOS Funcionamento interno do móduloFuncionamento interno do módulo

88. © Reservados todos os direitos incluídos os de patentes, assim como, os de uso, cópia e reprodução, em favor de PST Indústria Eletrônica da Amazônia Ltda. 09.2006 Pós-Vendas 88 SW422 para cada 2 portas ou SW222 para cada 1 porta • Automatiza a subida e descida dos vidros elétricos inclusive pelos demais interruptores; • Desce os vidros ao acionar a saída auxiliar do controle remoto do alarme; • Uma das principais vantagens dos novos módulos é a de agilizar a instalação, pois seu chicote pode ser instalado na saída do conjunto de interruptores da porta do motorista ou no console, automatizando todo os vidros, inclusive quando pressionamos o(s) interruptor(es) do(s) passageiro(s). SW422 para 4 portas ou SW222 para cada 2 portas • Automatiza somente a subida dos vidros elétricos. VIDROS ELÉTRICOSVIDROS ELÉTRICOS Características dos módulos SW422 eCaracterísticas dos módulos SW422 e SW222SW222

89. © Reservados todos os direitos incluídos os de patentes, assim como, os de uso, cópia e reprodução, em favor de PST Indústria Eletrônica da Amazônia Ltda. 09.2006 Pós-Vendas 89 Desce Desce * Alimentação do interruptor do vidro elétrico Motor do Vidro Elétrico esquerdo com central eletrônica original InterruptorInterruptor Sobe Sobe M M Motor do Vidro Elétrico direito com central eletrônica original VIDROS ELÉTRICOSVIDROS ELÉTRICOS Conceito de funcionamento (sistema automatizado)Conceito de funcionamento (sistema automatizado)

90. © Reservados todos os direitos incluídos os de patentes, assim como, os de uso, cópia e reprodução, em favor de PST Indústria Eletrônica da Amazônia Ltda. 09.2006 Pós-Vendas 90 Acionamento dos vidros elétricos automatizados via alarme : Para fechamento dos vidros ao acionar o alarme, utilizar uma TR111 para cada 2 vidros ou duas para 4 vidros. Para abertura dos vidros ao acionar o botão auxiliar, utilizar uma TR111 para cada 2 vidros ou duas para 4 vidros. VIDROS ELÉTRICOSVIDROS ELÉTRICOS Aplicação do módulo TR111Aplicação do módulo TR111

91. © Reservados todos os direitos incluídos os de patentes, assim como, os de uso, cópia e reprodução, em favor de PST Indústria Eletrônica da Amazônia Ltda. 09.2006 Pós-Vendas 91 Central de Vidro Original Central de Vidro Original Desce Desce Ligar ao fio VD/PR do alarme (levantador de vidros) * Alimentação do interruptor do vidro elétrico Motor Vidro Elétrico Esq. InterruptorInterruptor Motor Vidro Elétrico Dir. Sobe Sobe CZ/AZ CZ/VD PR/VD PR/AM AZ = + (15) VM = + (30) * Polaridade do sinal ao pressionar interruptor Ligar VM/BR + (30) + (30) VM/BR Terra Terra VIDROS ELÉTRICOSVIDROS ELÉTRICOS Funcionamento interno (sistema automatizado)Funcionamento interno (sistema automatizado)

92. © Reservados todos os direitos incluídos os de patentes, assim como, os de uso, cópia e reprodução, em favor de PST Indústria Eletrônica da Amazônia Ltda. 09.2006 Pós-Vendas 92 Podemos instalar um módulo SW422 ou SW222 em veículos com vidros elétricos automatizados??? O módulo TR111 poderá ser aplicado para qualquer sistema de vidros elétricos??? VIDROS ELÉTRICOSVIDROS ELÉTRICOS Pergunta ao instaladorPergunta ao instalador

93. © Reservados todos os direitos incluídos os de patentes, assim como, os de uso, cópia e reprodução, em favor de PST Indústria Eletrônica da Amazônia Ltda. 09.2006 Pós-Vendas 93 MÓDULO SW 270MÓDULO SW 270 Veículos com alarme e vidros elétricos de fábricaVeículos com alarme e vidros elétricos de fábrica Este módulo utilizava um sinal “+” do alarme original e injetava um sinal “-” temporizado de 15 seg. no módulo central de vidros elétricos do VECTRA, fechando todas as janelas. Era necessário fazer algumas adaptações caso o alarme original do veículo não tivesse uma saída “+”.

94. © Reservados todos os direitos incluídos os de patentes, assim como, os de uso, cópia e reprodução, em favor de PST Indústria Eletrônica da Amazônia Ltda. 09.2006 Pós-Vendas 94 MÓDULO SW 272MÓDULO SW 272 Veículos com alarme e vidros elétricos de fábricaVeículos com alarme e vidros elétricos de fábrica SW 272 SW 270 com acionamento por “+” ou “-” e saída temporizada “-” (que não tínhamos na época). SW 270 com acionamento por “+” ou “-” e saída temporizada “+” (que não tínhamos na época).

95. © Reservados todos os direitos incluídos os de patentes, assim como, os de uso, cópia e reprodução, em favor de PST Indústria Eletrônica da Amazônia Ltda. 09.2006 Pós-Vendas 95 MÓDULO SW 272MÓDULO SW 272 Diagrama de instalaçãoDiagrama de instalação SW 272 Saída temporizada de 15 seg. Alimentação negativa (terra/massa) Bloqueio da subida por ignição Bloqueio da subida por sinal destrava “+” Acionamento do SW 272 por sinal “+” Acionamento do SW 272 por sinal “-” +12V (apenas quando a entrada “-”,CZ/PR ou as saídas “+” BR, forem utilizadas)

96. © Reservados todos os direitos incluídos os de patentes, assim como, os de uso, cópia e reprodução, em favor de PST Indústria Eletrônica da Amazônia Ltda. 09.2006 Pós-Vendas 96 MÓDULO SW 272MÓDULO SW 272 Saídas configuráveisSaídas configuráveis SW 272 BR – Saída configurável (“+” ou “-”) BR – Saída configurável (“+” ou “-”) BR – Saída configurável (“+” ou “-”) BR – Saída configurável (“+” ou “-”) Estas saídas estão preparadas para efetuar o acionamento dos vidros no fio sobe de cada interruptor.

97. © Reservados todos os direitos incluídos os de patentes, assim como, os de uso, cópia e reprodução, em favor de PST Indústria Eletrônica da Amazônia Ltda. 09.2006 Pós-Vendas 97 MÓDULO SW 272MÓDULO SW 272 AplicaçãoAplicação

98. © Reservados todos os direitos incluídos os de patentes, assim como, os de uso, cópia e reprodução, em favor de PST Indústria Eletrônica da Amazônia Ltda. 09.2006 Pós-Vendas 98 MÓDULO SW 272MÓDULO SW 272 Saídas configuráveisSaídas configuráveis Omega Nacional, Corsa, Zafira, Meriva, Focus (c/alarme original) etc... Observação: Para esses modelos de veículo, não ligue o fio *AM do módulo SW272 para subida dos vidros. Utilize apenas os fios *BR da saída temporizada, conforme diagrama ao lado.

99. © Reservados todos os direitos incluídos os de patentes, assim como, os de uso, cópia e reprodução, em favor de PST Indústria Eletrônica da Amazônia Ltda. 09.2006 Pós-Vendas 99 Golf, Passat 98 >, Bora, New Beatle, Audi, Vectra, Polo 2001> (c/alarme original) etc... MÓDULO SW 272MÓDULO SW 272 AplicaçãoAplicação Observação: Para o veículo Pólo, não ligue o fio *AM do módulo SW272 para subida dos vidros. Utilize apenas um dos fios *BR da saída temporizada, ligando o mesmo no sinal de subida dos vidros pela fechadura dentro de porta.

100. © Reservados todos os direitos incluídos os de patentes, assim como, os de uso, cópia e reprodução, em favor de PST Indústria Eletrônica da Amazônia Ltda. 09.2006 Pós-Vendas 100 Podemos substituir o módulo de vidro elétrico SW272 pelo módulo TR111, ou vice-versa??? MÓDULO TR 111MÓDULO TR 111 Pergunta ao instaladorPergunta ao instalador

101. © Reservados todos os direitos incluídos os de patentes, assim como, os de uso, cópia e reprodução, em favor de PST Indústria Eletrônica da Amazônia Ltda. 09.2006 Pós-Vendas 101 OBRIGADO PELA SUA PARTICIPAÇÃO

Add a comment