Plano do coordenador

50 %
50 %
Information about Plano do coordenador
Education

Published on February 4, 2014

Author: polivalentelinhares

Source: slideshare.net

EEEFM Polivalente de Linhares I Plano de Trabalho do Coordenador 2014 EEEFM POLIVALENTE LINHARES I Av. Pres. Café Filho, 546 - Novo Horizonte, Linhares - ES, 29902-400 (27) 3373-1306 | escolalinhares@sedu.es.gov.br | polium.blogspot.com.br

Uma relação de confiança envolve transparência, mas você pode ir além quando conhece as regras desse relacionamento. Sonegar informações cria situações caóticas. O segredo do nosso sucesso está na informação. Saber perguntar, orientar, acompanhar e monitorar pode produzir resultados surpreendentes. Coordenador, se você acredita que pode fazer a diferença, informe-se e faça da EEEFM Polivalente de Linhares I um espaço criativo, onde você usará seu talento e a sua sabedoria. INTRODUÇÃO Coordenar é ligar, unir e harmonizar todos os atos e todos os reforços.” (Henri Fayol) O coordenador de turno tem como atribuições básicas o acompanhamento, coordenação e controle do horário das atividades docentes a partir das orientações da supervisão e da direção, garantindo o total funcionamento da Escola. O coordenador de turno trabalha diretamente ligado aos demais serviço de apoio técnico-pedagógicos para que a Escola tenha, entre todos os seus membros, um clima disciplinar favorável, que ajude o corpo docente em ministrar suas aulas, e o corpo discente para um bom proveito de tudo o que é oferecido para sua formação . A escola deve existir tendo como fim único o educando. Apesar da divisão em segmentos, ela só é completa, quando olhada conjuntamente. Pais, funcionários, professores e alunos precisam estar juntos na busca de uma Educação humanizadora. A organização escolar necessita acontecer de forma que essas partes estejam em constante comunicação, para que não percam a visão do todo. Cada profissional deve, no seu dia-a-dia, buscar esta meta comum. Cada um, na sua função, não poderá desligar-se da visão global da escola, pois a Instituição Escolar é um sistema onde o conjunto das partes forma o todo, mas este é muito maior do que a soma de todas elas. Nesse sentido, o coordenador de turno deve ser um membro que auxilia na comunicação entre os diversos segmentos da escola, organizando os espaços e tempos de forma a facilitar o processo de ensino e aprendizagem.

OBJETIVOS A primeira coisa que um piloto deve ter é uma excelente antecipação. Ele deve saber o que vai acontecer antes que aconteça. Emerson Fittipaldi  Organizar os movimentos da Escola, tendo em vista acontecimentos não previstos, de maneira que os alunos sejam o objetivo maior;  Procurar manter a comunicação entre os diversos segmentos do ambiente escolar, de maneira que no cotidiano as atividades aconteçam de maneira planejada e engajada no processo educativo;  Realizar intervenções junto às turmas, de maneira a trabalhar juntamente com os professores e gestores, possibilitando uma maior intervenção deste setor na sua área específica;  Participar da organização das regras de convivência junto à Comunidade Escolar, construindo um ambiente propício ao processo de ensinoaprendizagem. ATIVIDADES ESPECÍFICAS DO COORDENADOR DE TURNO Grandes obras não são feitas com força, mas a perseverança. Samuel Johnson As atividades realizadas pelo Coordenador de Turno são organizadas em parceria com toda a Equipe Gestora.  Planejar suas atividades diárias de acordo com as normas estabelecidas pela Proposta Pedagógica da escola;  Fazer cumprir os horários e atividades de seu turno, controlando a frequência e a pontualidade dos servidores administrativos, docentes e discentes;  Verificar se a merenda escolar esta sendo feita dentro do cardápio e percapta previstas;

 Dar início e término às atividades do seu turno de trabalho, verificando, antes do início das mesmas, o material didático necessário, solicitado previamente pelo docente, e as condições de higiene do estabelecimento de ensino; salas de aula, sanitários e demais dependências de uso dos alunos e professores;  Verificar se os alunos apresentam-se uniformizados;  Verificar entradas tardias dos alunos e professores;  Organização dos horários e espaços da Escola anualmente (horário dos alunos e professores, refeitório, biblioteca e outros, distribuição das turmas nas salas e no pátio em filas);  Organização diária dos horários das turmas e professores garantindo o dia letivo das mesmas. providenciar, sempre que possível, imediata substituição de professor ausente ou modificação de horário, evitando a permanência de alunos em sala, sem a presença de professor;  Escriturar, de forma fidedigna, o livro de ponto, em seu turno de atuação, registrando a ausência do servidor, do docente e a reposição de aula, bem como acompanhar o cumprimento do horário de planejamento e outras atividades;  Acompanhamento dos alunos ao refeitório, no horário da merenda, buscando com que este espaço seja realmente parte da Escola e do trabalho pedagógico;  Atendimento aos alunos em caso de indisciplina, conflitos, questões saúde e encaminhando ao Supervisor/Diretor quando necessário;  Apoio ao professor em sala de aula em situações de organização e dificuldades com a turma e/ou aluno específico;  Fazer trabalho integrado com a equipe escolar, Diretor, Conselho de Escola e Pais de alunos para decisões quanto a problemas disciplinares discentes, ocorridos no seu turno;  Registrar, em fichas ou em livro próprio, as ocorrências verificadas em seu turno de trabalho, fazendo os encaminhamentos necessários;  Participar na elaboração do planejamento e demais providências relativas às atividades extra-classe;  Participar das reuniões do Conselho de Escola e Conselho de Classe e de outros órgãos colegiados;  Acompanhar e avaliar o trabalho desenvolvido pelos Auxiliares de Serviços Gerais e informar ao Diretor da Escola sobre suas observações e encaminhamentos;  Elaborar, em conjunto com o pedagogo, os horários de aulas, de recuperação, de reposição e atividades extra-classe desenvolvidas pela escola;  Manter contato permanente com o Diretor da Escola, a fim de informá-lo sobre as ocorrências mais importantes, discutindo quanto à solução das mesmas;  Dispensar os alunos das aulas por atraso ou falta dos professores ou casos de interesse do ensino;  Evitar interrupção das aulas, a não ser as autorizadas pelo Diretor ;

 Providenciar para que os painéis de avisos permaneçam em ordem;  Transmitir avisos gerais em concordância com as Direções Auxiliares;  Os Coordenadores de Turno deverão estar presentes no Estabelecimento normalmente, presidindo e supervisionando as atividades de sua competência;  Preparar bilhetes para os todos os setores;  Ajudar a resolver ou encaminhar incidentes ocorridos em sala de aula;  Prestar assessoria no uso de equipamentos de informática.  Zelar pelo patrimônio publico e recursos didático-pedagógicos;  Outras atribuições que lhe conferir;  Cumprir e fazer cumprir, no seu âmbito de ação, as disposições deste Plano, Regimento Escolar e da legislação do ensino em vigor. CONCLUSÃO Eu não me envergonho de corrigir os meus erros e mudar de opinião,porque não me envergonho de raciocinar e aprender. Alexandre Herculano O alcance dos objetivos deste plano e a melhoria do processo ensino aprendizagem não dependem somente da situação da supervisão pedagógica, mas do apoio da gestão escolar, da aceitação e esmero dos professores, do desempenho dos demais funcionários do estabelecimento, do interesse dos educando e ainda, do auxilio dos pais e responsáveis pelos alunos desta instituição. Portanto, precisamos angariar a confiança de todos como fruto do bom desempenho de nosso trabalho, para que possamos, sob um clima harmônico, proporcionar, maior intercâmbio entre escola e comunidade. Somente assim teremos êxito neste grande desafio.

Add a comment

Related presentations

Related pages

A mágia do Educar: Plano de ação do Coordenador Pedagógico

A ação do coordenador pedagógico predomina-se em um trabalho onde a participação e integração da tríade- aluno-professor-coordenador pedagógico ...
Read more

Plano do Coordenador Pedagógico - diariocoordeja.blogspot.com

Seja bem vindo ao mundo da EJA. Aqui você ficará por dentro do trabalho desenvolvido pela equipe da Família Rui Barbosa na EJA. Seu comentário será ...
Read more

COORDENADORA VERÔNICA SANTANA: Plano de ação coordenadora ...

Esse blog é destinado ao curso saberes necessários do coordenador pedagógico, sendo um portfólio da coordenadora em curso Verônica Santana.
Read more

PLANO DE COORDENADOR PEDAGÓGICO - Coordenação 2012

PLANO DE COORDENADOR PEDAGÓGICO PROJETO DE COORDENAÇÃO PEDAGÓGICA. I. Justificativa: “Não se trata ... (p ortfólio do coordenador). ...
Read more

PLANO DE TRABALHO E OBJETIVO DO COORDENADOR PEDAGÓGICO

Proposta de trabalho Coordenadora Pedagógica Coordenadora Pedagógica Objetivos: • Organizar e articular as atividades dos professores, com ...
Read more

O Plano de Trabalho do Coordenador Pedagógico

Esse blog visa tecer considerações a cerca do plano de trabalho do coordenador Pedagógico, bem como, é fruto do trabalho realizado pela disciplina de ...
Read more

O Plano de Trabalho do Coordenador Pedagógico: Previstos ...

Esse blog visa tecer considerações a cerca do plano de trabalho do coordenador Pedagógico, bem como, é fruto do trabalho realizado pela disciplina de ...
Read more

Espaço Educador em Ação: PLANO DE TRABALHO PARA ...

O Coordenador Pedagógico possui várias funções que podem ser classificadas como: - PREVENTIVA: consiste sempre em procurar a melhoria do processo ...
Read more

Plano de Ação: Os desafios do coordenador pedagógico

Os instrumentos avaliativos utilizados pela equipe educacional, se dão através do registro de observação diário, ficha de habilidades do aluno ...
Read more