PASSEIO FILOSÓFICO com o TAGD e o TIG 2014

100 %
0 %
Information about PASSEIO FILOSÓFICO com o TAGD e o TIG 2014
Education

Published on July 23, 2014

Author: biblioblogue

Source: authorstream.com

PASSEIO FILOSÓFICO : PASSEIO FILOSÓFICO Consiste num Diálogo Filosófico “em andamento” que proporciona aos alunos uma abordagem ao mesmo tempo tranquila e dinâmica a algumas ideias e reflexões que vão surgindo ao longo do passeio. (Adaptado de: http://clubefilosoficodoporto.wordpress.com/2012/11/07/caminhada-filosofica-em-foz-coa ) Escola Secundária Dr. Jorge Augusto Correia 2013/2014 Turmas: TAGD/TCM1/TCM2/TIG Professora: Susana Ferreira Passeio Filosófico… início!!!!: Passeio Filosófico… início!!!! Escola Secundária Dr. Jorge Augusto Correia 2013/2014 Turmas: TAGD/TCM1/TCM2/TIG Professora: Susana Ferreira E juntou-se o João ao grupo!!!: E juntou-se o João ao grupo!!! Escola Secundária Dr. Jorge Augusto Correia 2013/2014 Turmas: TAGD/TCM1/TCM2/TIG Professora: Susana Ferreira - “Não vemos as coisas como elas são, mas como nós somos.” Anaïs Nin   : - “Não vemos as coisas como elas são, mas como nós somos.” Anaïs Nin   Escola Secundária Dr. Jorge Augusto Correia 2013/2014 Turmas: TAGD/TCM1/TCM2/TIG Professora: Susana Ferreira Conceito: Amizade O contexto escolhido é o jardim em frente à nossa escola! Durante o período de aulas, convivemos com várias pessoas e todas elas são diferentes. A forma como vemos essas pessoas, a opinião que temos delas passa pela forma como eu os vejo. Bruno Andrade: Devemos seguir as nossas visões ou devemos pedir uma segunda opinião? Tiago Viegas: Tudo depende das situações e das pessoas, contudo, é sempre positivo ouvir uma terceira opinião. “Quando não somos capazes de mudar uma situação, deparamo-nos diante do desafio de mudarmo-nos a nós mesmos.” Viktor Frankl : “Quando não somos capazes de mudar uma situação, deparamo-nos diante do desafio de mudarmo-nos a nós mesmos .” Viktor Frankl Escola Secundária Dr. Jorge Augusto Correia 2013/2014 Turmas: TAGD/TCM1/TCM2/TIG Professora :Susana Ferreira Conceito : Vida O contexto escolhido para a frase é o Tribunal; aqui a sentença pode ser a prisão. Esse momento, essa decisão não conseguimos alterar, por isso teremos de nos adaptar. Nuno: Pensas tu, David, que temos sempre de nos adaptar? David: Nem sempre, só nos devemos adaptar àquilo que nos possa fazer bem! "Saio da vida para entrar na História." Getúlio Vargas : "Saio da vida para entrar na História." Getúlio Vargas  Escola Secundária Dr. Jorge Augusto Correia 2013/2014 Turmas: TAGD/TCM1/TCM2/TIG Professora: Susana Ferreira Conceito : Sentido da vida Escolhi este busto de António Cabreira. Devemos fazer algo da nossa vida para, quando já cá não estivermos, podermos ser lembrados. Tiago Viegas: Achas que a tua vida tem algum sentido? Queres lutar, num futuro próximo, a nível pessoal e profissional? Bruno Andrade: Claro! “O mundo tornou-se perigoso, porque os homens aprenderam a dominar a natureza antes de se dominarem a si mesmos.” Albert Schweitzer : “O mundo tornou-se perigoso, porque os homens aprenderam a dominar a natureza antes de se dominarem a si mesmos.” Albert Schweitzer Escola Secundária Dr. Jorge Augusto Correia 2013/2014 Turmas: TAGD/TCM1/TCM2/TIG Professora: Susana Ferreira Conceito: Natureza é vida O Homem não domina a natureza porque o Homem não consegue dominar, por exemplo, uma catástrofe natural. Fábio Fernandes: O Homem não domina a natureza, o Homem destrói a natureza. Flávio: Concordo plenamente. “Quando um deles é priorizado e os demais são totalmente esquecidos, surge alguma espécie de desequilíbrio, ou, no mínimo, a hipótese de que algo não está correto, não está bem”. Machado de Assis: “Quando um deles é priorizado e os demais são totalmente esquecidos, surge alguma espécie de desequilíbrio, ou, no mínimo, a hipótese de que algo não está correto, não está bem”. Machado de Assis Conceito : Obsessão O contexto tem a ver com o facto de uma pessoa obcecada ser uma pessoa agrilhoada. Quando uma pessoa está enamorada e vive só para essa prioridade, tende a esquecer os amigos. Isto torna o indivíduo obsessivo, desequilibrado, doente. Escola Secundária Dr. Jorge Augusto Correia 2013/2014 Turmas: TAGD/TCM1/TCM2/TIG Professora: Susana Ferreira "Todos nós nascemos originais e morremos cópias. “ Carl J. Jung  : " Todos nós nascemos originais e morremos cópias. “ Carl J. Jung  Escola Secundária Dr. Jorge Augusto Correia 2013/2014 Turmas: TAGD/TCM1/TCM2/TIG Professora: Susana Ferreira Conceito : Originalidade Todos nós nascemos. Eu sou único, tal como os outros indivíduos que nascem, mas morremos moldados pela sociedade. Cláudio: Achas que és muito influenciado, no sentido de te tornares uma cópia? Gonçalo: Sim, sou influenciado. "Desaprender para aprender. Deletar para escrever em cima. Houve um tempo em que eu pensava que, para isso, seria preciso nascer de novo, mas hoje sei que dá para renascer várias vezes nesta mesma vida. Basta desaprender o receio de mudar." Martha Medeiros : "Desaprender para aprender. Deletar para escrever em cima. Houve um tempo em que eu pensava que, para isso, seria preciso nascer de novo, mas hoje sei que dá para renascer várias vezes nesta mesma vida. Basta desaprender o receio de mudar." Martha Medeiros Escola Secundária Dr. Jorge Augusto Correia 2013/2014 Turmas: TAGD/TCM1/TCM2/TIG Professora: Susana Ferreira Conceito : Pensamento Este muro enorme pode ser representativo de muitos pensamentos. Há pessoas que pensam de determinada maneira e não abdicam dela. É, contudo, desejável que as pessoas saiam de pensamentos tautológicos, que representam hábitos instalados. Jonathan: E tu Fábio, assumes frequentemente que podes mudar de pensamentos? Fábio: Sim, desde que argumentem e me convençam. "O tempo é a imagem móvel da eternidade." Platão: "O tempo é a imagem móvel da eternidade." Platão Escola Secundária Dr. Jorge Augusto Correia 2013/2014 Turmas: TAGD/TCM1/TCM2/TIG Professora :Susana Ferreira Conceito : O tempo A eternidade é todo o tempo – desde o começo até ao infinito. O tempo é simplesmente a passagem por essa eternidade. Escolhi este local porque o castelo é antigo, é de outro tempo; eu estou aqui no presente e haverá um futuro, com outros castelos. Flávio: Fala-me desses futuros castelos. Pedro: Vão ser estruturas tão grandes, proporcionais à imaginação dos homens. “O que existe é o que vemos e tocamos. O que vemos e não tocamos não existe.” George Berkeley : “O que existe é o que vemos e tocamos. O que vemos e não tocamos não existe.” George Berkeley Escola Secundária Dr. Jorge Augusto Correia 2013/2014 Turmas: TAGD/TCM1/TCM2/TIG Professora: Susana Ferreira Conceito : Incerteza do conhecimento Eu não acredito só no que toco e vejo. Há coisas que não vejo com os meus olhos (visão) e mesmo assim existem para mim – Deus. Cláudio: Se acreditas em Deus, o que é que ele fez para que acredites nele? Bruno: Acredito que ele existe e isso é fruto da minha educação. “Sentei-me então numa pedra à beira do caminho, porque estava cansado e não entendia o que tinha sucedido. Porque precisava de pensar. E compreendi que tinha começado a ver aquilo que antes não podia ver, e que era isso o que me perturbava.” Paulo Geraldo : “Sentei-me então numa pedra à beira do caminho, porque estava cansado e não entendia o que tinha sucedido. Porque precisava de pensar. E compreendi que tinha começado a ver aquilo que antes não podia ver, e que era isso o que me perturbava.” Paulo Geraldo Escola Secundária Dr. Jorge Augusto Correia 2013/2014 Turmas: TAGD/TCM1/TCM2/TIG Professora: Susana Ferreira Conceito : Reflexão do sentimento Remete para coisas já passadas, vividas e que são agora alvo de reflexão. A reflexão ajuda-me a não errar de novo. Gonçalo: No teu passado, tens alguma coisa de que te arrependas? Nuno: Não me arrependo de nada, a não ser de tudo aquilo que não fiz. Em cada um de nós há um segredo, uma paisagem interior com planícies invioláveis, vales de silêncio e paraísos secretos." A. de Saint-Exupéry   : Em cada um de nós há um segredo, uma paisagem interior com planícies invioláveis, vales de silêncio e paraísos secretos." A. de Saint-Exupéry   Escola Secundária Dr. Jorge Augusto Correia 2013/2014 Turmas: TAGD/TCM1/TCM2/TIG Professora: Susana Ferreira Conceito : Segredo Em cada pessoa habitam segredos, mistérios. Bruno: Então, tu tens segredos? Iliyan: Sim, tenho. “Há então um delírio, um entusiasmo, um bocadinho do céu. Mas depois... Seria, pois, necessário estar sempre a começar, para poder sempre sentir?” – Eça de Queirós: “Há então um delírio, um entusiasmo, um bocadinho do céu. Mas depois... Seria, pois, necessário estar sempre a começar, para poder sempre sentir?” – Eça de Queirós Conceito : Saudade Há sempre felicidade ao saborear um gelado, porque nunca sabemos o sabor dele. Depois, passado um tempo, vamos querer ter essa felicidade novamente e vamos querer repetir o mesmo momento. Escola Secundária Dr. Jorge Augusto Correia 2013/2014 Turmas: TAGD/TCM1/TCM2/TIG Professora Susana Ferreira “Saio da vida para entrar na História.” Getúlio Vargas: “Saio da vida para entrar na História.” Getúlio Vargas Conceito: Memória Uma pessoa que fica na história dos tavirenses! A sua visão, sabedoria e generosidade ao serviço do bem comum – uma escola para todos! Escola Secundária Dr. Jorge Augusto Correia 2013/2014 Turmas: TAGD/TCM1/TCM2/TIG Professora: Susana Ferreira CENTRO DE CIÊNCIA VIVA: CENTRO DE CIÊNCIA VIVA Escola Secundária Dr. Jorge Augusto Correia 2013/2014 Turmas: TAGD/TCM1/TCM2/TIG Professora :Susana Ferreira Os Cientistas!!! Equipas: Azul, Vermelha e Verde! PowerPoint Presentation: Escola Secundária Dr. Jorge Augusto Correia 2013/2014 Turmas: TAGD/TCM1/TCM2/TIG Professora: Susana Ferreira PowerPoint Presentation: Escola Secundária Dr. Jorge Augusto Correia 2013/2014 Turmas: TAGD/TCM1/TCM2/TIG Professora: Susana Ferreira Experiência Realizámos uma experiência com o intuito de perceber qual dos balões se enchia, através de uma reação química. O balão branco continha apenas água, o balão amarelo continha fermento e água e o balão laranja continha água , fermento e açúcar. Resultado : O balão que encheu mais foi o balão laranja, pois era o único que continha açúcar, fermento e água. Na mistura destes 3 ingredientes, o fermento utiliza o açúcar como forma de alimento e, ao fazê-lo, liberta CO2, enchendo, assim, o balão. PowerPoint Presentation: Escola Secundária Dr. Jorge Augusto Correia 2013/2014 Turmas: TAGD/TCM1/TCM2/TIG Professora: Susana Ferreira PowerPoint Presentation: Escola Secundária Dr. Jorge Augusto Correia 2013/2014 Turmas: TAGD/TCM1/TCM2/TIG Professora Susana Ferreira PowerPoint Presentation: Escola Secundária Dr. Jorge Augusto Correia 2013/2014 Turmas: TAGD/TCM1/TCM2/TIG Professora: Susana Ferreira Opinião de Fábio Fernandes sobre o “Passeio Filosófico”: Achei o passeio filosófico importante para melhorar a nossa capacidade de pensar. Opinião de Iliyan sobre o “Passeio filosófico”: Eu achei o passeio filosófico muito bom, porque deu-me a oportunidade de aprender coisas novas e visitar sítios ao longo do mesmo. Opinião de Bruno Ribeiro sobre o “Passeio filosófico”: Eu achei o passeio filosófico muito bom, importante e inovador, nunca tinha tido uma experiência destas, por isso gostei imenso; deu-me a oportunidade de aprender várias coisas novas nos locais que visitámos, ao longo do passeio. Também tivemos a oportunidade de nos exprimir e falar sobre as frases que nos foram entregues no início do passeio. Por fim, acho que este tipo de atividades deveria ser mais frequente, porque é algo diferente e inovador e mais atrativo para os alunos. PowerPoint Presentation: Escola Secundária Dr. Jorge Augusto Correia 2013/2014 Turmas: TAGD/TCM1/TCM2/TIG Professora :Susana Ferreira Ficha Técnica Agradecimentos Ciência Viva Biblioteca Álvaro de Campos Núcleo Museológico Islâmico Level Up Turmas TAGD TIG Disciplina: Área de Integração

Add a comment

Related presentations

Related pages

BiblioBlogue ESJAC - Tavira: Julho 2014

BiblioBlogue ESJAC - Tavira: Julho 2014
Read more

BiblioBlogue ESJAC - Tavira: FILOSOFIA

O passeio filosófico do 12º TAGD Passeio filosófico com o TAGD e o TIG, 2014 TCM1 e 2 em passeio filosófico: ...
Read more

TCM1 e TCM2 em Passeio Filosófico - Education

TCM1 e TCM2 em Passeio Filosófico; System is processing data Please download to view Download 1
Read more

BiblioBlogue ESJAC - Tavira: Julho 2014

BiblioBlogue ESJAC - Tavira: Julho 2014
Read more