Panorama Da BíBlia Modulo 1 Bloco De Notas

0 %
100 %
Information about Panorama Da BíBlia Modulo 1 Bloco De Notas

Published on January 27, 2008

Author: fogotv

Source: slideshare.net

Description

Igreja Batista Ágape - Escola Bíblica Dominical 1

Panorama da Bíblia Modulo 1 ESCOLA BÍBLICA DOMINICAL | FUNDAMENTOS DA EDUCAÇÃO CRISTà 1 ESCOLA BÍBLICA DOMINICAL | FUNDAMENTOS DA EDUCAÇÃO CRISTà 1 TEMA: A Bíblia: Um livro maravilhoso (1) AULA 1 OBJETIVO(S) Reconhecer a veracidade e a importância da Bíblia como palavra de Deus aos homens. INTRODUÇÃO A Bíblia é um livro singular. Trata-se de um dos livros mais antigos do mundo e, no entanto, ainda é o bestseller mundial por excelência. É produto do mundo oriental antigo; moldou, porém, o mundo ocidental moderno. É o livro mais traduzido, mais citado, mais publicado e que mais influência tem exercido em toda a história da humanidade. A Bíblia é composta de planos. Planos para quem? — Para nação de Israel; — Para conceder perdão e vida eterna para a humanidade; — Para VOCÊ! DESENVOLVIMENTO 1. Qual o significado da palavra Bíblia? A palavra Bíblia (Livro) entrou para as línguas modernas por intermédio do francês, passando primeiro pelo latim biblia, com origem no grego biblos. Originalmente era o nome que se dava à casca de um papiro do século XI a.C. Por volta do século II d.C., os cristãos usavam a palavra para designar seus escritos sagrados. 2. Quando foi impressa a primeira Bíblia? Por volta de 1456 publicaram o primeiro livro impresso: a chamada Bíblia de 42 linhas, obra de 642 páginas, com tiragem de duzentos exemplares. Tinha esse nome porque cada uma das duas colunas em suas páginas tinha 42 linhas. Saiu sem data nem local ou nome dos impressores. Era, oficialmente, a Bíblia de Fust. Mas, fazendo justiça ao seu verdadeiro autor, foi apelidada de “Bíblia de Gutenberg”. Johann Fust e Peter Schöffer, que viria a se tornar seu genro, publicaram um ano depois o primeiro livro com indicação de data, local de edição e impressores, o Saltério latino, uma versão dos salmos do Antigo Testamento (Super Interessante 09/1989). 3. Manuscritos 3.1 O Antigo Testamento em Hebraico Este relato tem início muitos séculos antes de Cristo. Escribas, sacerdotes, profetas, reis e poetas do povo hebreu mantiveram registros de sua história, do relacionamento de Deus com eles, de suas visões inspiradas e esperanças. Como tais registros constituíam uma parte muito importante da vida deles, eles foram copiados e recopiados muitas vezes. De geração em geração, tais registros foram usados por eles nos templos, em suas sinagogas e residências. Com o passar do tempo, estes registros sagrados foram reunidos em três coleções conhecidas como “A Lei”, “Os Profetas”, e “As Escrituras”. Estas três coleções, especialmente a Página 1

Panorama da Bíblia Modulo 1 terceira, não foram fixadas e encerradas antes do Concílio Judaico de Jamnia (por volta de 95 d.C.). A Lei continha os primeiros cinco livros da nossa Bíblia. Os Profetas incluíam não apenas Isaías, Jeremias, Ezequiel e os Doze Profetas Menores, como também Josué, Juízes, I e II Samuel, e I e II Reis. Os livros do Antigo Testamento foram escritos em longos pergaminhos fabricados com pele fina de cabra, e foram copiados por escribas com extremo cuidado. Geralmente cada um destes livros era escrito A Bíblia: Um livro maravilhoso (1) 1 AULA 1

ESCOLA BÍBLICA DOMINICAL | FUNDAMENTOS DA EDUCAÇÃO CRISTÃ 1 ESCOLA BÍBLICA DOMINICAL | FUNDAMENTOS DA EDUCAÇÃO CRISTÃ 1 em um pergaminho separado, com eventual exceção à Lei, que freqüentemente era copiada em dois grandes pergaminhos. O texto era em hebraico, escrito da direita para a esquerda. (Apenas alguns capítulos encontram- se escritos em dialeto aramaico). O trecho mais antigo do Antigo Testamento em Hebraico hoje conhecido, é um pergaminho de Isaías. Este pergaminho provavelmente foi escrito durante o segundo século a.C., e pode ser muito semelhante ao pergaminho utilizado por Jesus na Sinagoga em Nazaré. Ele foi descoberto em 1947, assim como outros que foram descobertos posteriormente, dentro de uma caverna próxima ao Mar Morto. As Escrituras incluíam o grande livro de poesia, os Salmos, e também Provérbios, Jó, Ester, Cantares de Salomão, Rute, Lamentações, Eclesiastes, Daniel, Esdras, Neemias, e I e II Crônicas. 3.2 O Antigo Testamento em Grego Na Palestina falava-se, quase que exclusivamente, a língua grega, mas muito antes do tempo de Cristo existiram comunidades israelitas em muitas regiões do mundo antigo. Devido às conquistas de Alexandre e seus sucessores, o grego havia se transformado na língua mais amplamente utilizada da época. E sucedeu que, no terceiro século a.C., as Escrituras Hebraicas foram traduzidas para língua grega, a fim de que fossem utilizadas em um número maior de comunidades. Esta tradução grega é denominada “Septuaginta” (Setenta). A Septuaginta contém sete livros que não fazem parte da coleção hebraica; eles não estavam incluídos quando o cânon do Antigo Testamento (ou lista oficial) foi estabelecido por exegetas israelitas ao final do primeiro século d.C. A igreja primitiva geralmente incluía tais livros em sua Bíblia. Eles são chamados “Apócrifos” ou “Deuterocanon”, e encontram-se presentes nas Bíblias de algumas religiões. Este Antigo Testamento em Grego foi utilizado em sinagogas de todas as regiões do Mediterrâneo, e foi, portanto de grande utilidade para os primeiros discípulos de Jesus em seus esforços para ganhar convertidos a Ele. Durante os primeiros séculos da era cristã houve ainda outras traduções judaicas para o grego, tais como a versão de Áquila, e a de Símaco. E, como a língua grega era compreendida em todas aquelas regiões, os escritores do Novo Testamento escreveram em grego. Página 2

Panorama da Bíblia Modulo 1 3.3 O Novo Testamento em Grego Os primeiros manuscritos do Novo Testamento que chegaram até nós são algumas das cartas do Apóstolo Paulo escritas à pessoas ou pequenos grupos de pessoas em diversas cidades e povoados que haviam crido no Evangelho que ele lhes pregara. Estes grupos foram o início da igreja cristã. Eles receberam estas cartas, deram a elas grande valor, e preservaram-nas com todo cuidado. Logo depois, grupos de convertidos vizinhos desejaram ter cópias, e foi assim que as cartas de Paulo começaram a circular. A necessidade de ensinar novos convertidos e o desejo de relatar o testemunho dos primeiros discípulos em relação à vida e aos ensinamentos do nosso Senhor, também levaram à escrita dos Evangelhos. Eles constituem uma fonte inestimável de informações sobre Jesus e seus ensinamentos. Estes manuscritos passaram a ser muito solicitados à medida em que as igrejas cresciam e se espalhavam. Outras cartas, exortações, sermões, e manuscritos cristãos semelhantes, também passaram a circular. O mais antigo fragmento do Novo Testamento, hoje conhecido, é um pequeno pedaço de papiro escrito no início do segundo século d.C., e contém algumas palavras de João 18:31-33, e no verso, palavras dos versículos 37 e 38. Nos últimos cem anos descobriu-se uma quantidade considerável de papiros con- tendo o Novo Testamento e o texto em grego do Antigo Testamento. Estes manuscritos daqueles primeiros tempos revelam muito aos estudiosos sobre a vida na época em que o Novo Testamento foi escrito, e sobre os primeiros textos da Bíblia. A Bíblia: Um livro maravilhoso (1) 2 AULA 1

ESCOLA BÍBLICA DOMINICAL | FUNDAMENTOS DA EDUCAÇÃO CRISTÃ 1 ESCOLA BÍBLICA DOMINICAL | FUNDAMENTOS DA EDUCAÇÃO CRISTÃ 1 TEMA: A Bíblia: Um livro maravilhoso (2) AULA 2 OBJETIVO(S) Fazer um breve histórico dos manuscritos bíblicos e da três categorias genéricas de traduções da Bíblia. INTRODUÇÃO Além dos livros que compõem o nosso atual Novo Testamento, havia outros que circularam nos primeiros séculos da era cristã, como as Cartas de Clemente, o Evangelho de Pedro, o Pastor de Hermas, e o Didache (ou Ensinamento dos Doze). Durante muitos anos, embora os evangelhos e as cartas de Paulo fossem aceitos de forma geral, não foi feita nenhuma tentativa de determinar quais dos muitos manuscritos eram realmente autorizados. Entretanto, gradualmente o julgamento das igrejas, orientado pelo Espírito de Deus, reuniu a coleção das escrituras que constituíam um relato mais fiel de Jesus, Sua vida, Sua autoridade e Sua influência. No quarto século registrou-se um comum acordo entre os concílios das igrejas, e o Novo Testamento foi constituído. DESENVOLVIMENTO 1. Outros Manuscritos Página 3

Panorama da Bíblia Modulo 1 Os dois manuscritos mais antigos da Bíblia em grego podem ter sido escritos naquela ocasião - o grande Codex Sinaiticus e o Codex Vaticanus. Estes dois inestimáveis manuscritos contêm quase a totalidade da Bíblia em grego. Ao todo temos aproximadamente vinte manuscritos do Novo Testamento escritos nos primeiros cinco séculos. Quando o imperador Teodósio proclamou e impôs o cristianismo como única religião oficial no Império Romano, no final do quarto século, surgiu uma demanda nova e mais ampla por boas cópias de livros do Novo Testamento. É possível que o grande historiador Eusébio de Cesaréia tenha conseguido demonstrar ao imperador o quão danificados e usados já estavam os livros dos cristãos, porque o imperador encomendou cinqüenta cópias grandes para as igrejas de Constantinopla. É provável que esta tenha sido a primeira vez em que o Antigo e o Novo Testamentos foram apresentados em um único volume, agora denominado Bíblia. 2. Quais foram e são as traduções da Bíblia? Há três categorias genéricas de traduções da Bíblia: antigas, as medievais e a modernas. a) Antigas traduções da Bíblia: As traduções mais antigas continham trechos do Antigo Testamento e às vezes também do Novo. Apareceram antes do período dos concílios da igreja (cerca de 350 d.C.). Antes do Concílio de Nicéia (325 d.C.) surgiram traduções do Novo Testamento para aramaico e para o latim. b) Traduções medievais da Bíblia: As traduções da Bíblia produzidas durante a Idade Média em geral continham o Antigo como o Novo Testamento. Foram concluídas entre 350 e 1400 d.C. Durante esse período as traduções eram dominadas pela Vulgata latina de Jerônimo (tradução feita por volta de 340-420 d.C.). Foi dela que surgiu a tradução da Bíblia para o inglês, feita por Wycliffe. A Bíblia continuou a ser traduzida para outras línguas durante esse período. c) Traduções modernas: As traduções modernas surgiram a partir de Wycliffe (pai da primeira Bíblia completa em inglês) e A Bíblia: Um livro maravilhoso (2) 3 AULA 2

ESCOLA BÍBLICA DOMINICAL | FUNDAMENTOS DA EDUCAÇÃO CRISTÃ 1 ESCOLA BÍBLICA DOMINICAL | FUNDAMENTOS DA EDUCAÇÃO CRISTÃ 1 de seus sucessores. As traduções eram feitas diretamente das línguas originais, em vez de usar a Vulgata latina como fonte. Desde essa época surgiram muitas outras traduções total ou parcial do Antigo e às vezes do Novo Testamento. A tradução chamada Septuaginta foi feita em grego, em Alexandria, no Egito, iniciando-se entre 280-250 a.C., e serviu de fundo às traduções para o latim e para outras línguas. 3. O Dia da Bíblia O Dia da Bíblia surgiu em 1549, quando um Bispo chamado Cranmer, que vivia na Página 4

Panorama da Bíblia Modulo 1 Grã-Bretanha, incluiu no livro de orações do rei Eduardo VI, um dia especial para que a população intercedesse em favor da leitura do Livro Sagrado. A data escolhida foi o Segundo Domingo do Advento (o Advento é celebrado nos quatro domingos que antecedem o Natal). Foi assim que o segundo domingo de dezembro se tornou o Dia da Bíblia. Hoje, um dia dedicado às Escrituras Sagradas é comemorado em cerca de 60 países. Em alguns desses países, a data é celebrada no segundo domingo de setembro, numa referência ao trabalho do tradutor Jerônimo, na Vulgata, conhecida tradução da Bíblia para o latim. No Brasil, o Dia da Bíblia começou a ser celebrado pelos primeiros missionários evangélicos que, oriundos da Europa e Estados Unidos, a partir de 1850, aqui vieram semear a Palavra de Deus. Durante o período do Império, a liberdade religiosa aos cultos protestantes era muito restrita, o que impedia manifestações públicas dos evangélicos. Por volta de 1880, esta liberdade foi crescendo e o movimento evangélico, juntamente com o Dia da Bíblia, se popularizando. Pouco a pouco, as diversas denominações evangélicas institucionalizaram a tradição do Dia da Bíblia, que ganhou ainda mais força com a fundação da Sociedade Bíblica do Brasil, em junho de 1948. Em dezembro deste mesmo ano, houve uma das primeiras manifestações públicas do Dia da Bíblia, em São Paulo, no Monumento do Ipiranga. Hoje, as comemorações do segundo domingo de dezembro mobilizam, todos os anos, milhares de cristãos em todo Brasil. Em alguns estados e em vários municípios, o Dia da Bíblia é data oficial. Fonte: Sociedade Bíblica do Brasil A Bíblia: Um livro maravilhoso (2) 4 AULA 2

ESCOLA BÍBLICA DOMINICAL | FUNDAMENTOS DA EDUCAÇÃO CRISTÃ 1 ESCOLA BÍBLICA DOMINICAL | FUNDAMENTOS DA EDUCAÇÃO CRISTÃ 1 TEMA: Leitura da Bíblia AULA 3 OBJETIVO(S) Enfatizar a importância da leitura sistemática da Bíblia, como princípio para o crescimento espiritual. INTRODUÇÃO “...60% dos membros das próprias igrejas jamais leram completamente o Novo Testamento, sem falar na Bíblia toda.” (Matéria publicada na revista: “A BÍBLIA NO BRASIL” nº 181 – outubro a dezembro de 1998 – ano 50, pag. 10, editada pela Sociedade Bíblica do Brasil.) Todas as pessoas deveriam ter o hábito salutar de ler a Bíblia inteira. E não é difícil. Basta que se leia vinte e três capítulos por semana: três em cada dia da semana e cinco no domingo. Um capítulo de novela de televisão gasta em média, quarenta minutos, incluindo os comerciais. Seis Página 5

Panorama da Bíblia Modulo 1 capítulos de novela por semana somam 4 horas. Multiplicando 4 por 52 semanas do ano, temos 208 horas. Com esse tempo, uma pessoa que leia razoavelmente poderia ler a Bíblia inteira duas vezes por ano. Quantas pessoas se desculpam dizendo que não têm tempo de ler a Bíblia, mas têm tempo para ver novelas. Basta fazer uma troca. A leitura da Bíblia é infinitamente mais importante. DESENVOLVIMENTO 1. Como ler a Bíblia em um ano? No anexo a esta apostila você terá um calendário para a leitura da Bíblia em um ano, onde você poderá ler a Bíblia na seqüência dos livros. Há outros tipos de calendários também, como por exemplo: — Leitura Bíblica em ordem cronológica. — Leitura do simultânea do Novo e Velho Testamento. Em todos estes cronogramas você lerá em média de 3 a 4 capítulos por dia. “Ler a Bíblia toda pode se tornar um vício. Não obstante, é o que alguns chamam de “vício positivo”, um hábito que otimiza a vida, molda o espírito à imagem de Deus e gera, no interior do ser humano, uma fome pelas coisas espirituais. Desenvolver o hábito da leitura sistemática da Bíblia sempre fará com que você volte muitas e muitas vezes ao alimento contido nessas maravilhosas palavras de vida.” Frances Blankenbaker 2. Dicas para uma boa leitura — Leia a Bíblia se possível pelas manhãs, para evitar o cansaço do final do dia. Lembre-se que um carro precisa de combustível quando vai sair e não quando vai ficar na garagem guardado. — Ore sempre antes de iniciar a leitura da Bíblia e peça ao Espírito Santo lhe revelar toda a verdade. “E conhecereis a verdade e a verdade vos libertará” (João 8:32). — Leia a Bíblia todos os dias. — Siga um cronograma de leitura. Não use a Bíblia apenas para consultas ou ‘tirar’ palavras ou frases bonitas para aquele dia. A Bíblia foi feita para lhe consolar mas também para lhe disciplinar. — Procure a melhor tradução para a sua idade e compreensão. Caso tenha alguma dúvida procure o seu pastor ou o seu professor da escola dominical. — Tenha sempre às mãos caneta para fazer suas anotações. — Adquira um caderno para anotar suas idéias, pedidos de orações, estudos, etc. Lietura da Bíblia 5 AULA 3

ESCOLA BÍBLICA DOMINICAL | FUNDAMENTOS DA EDUCAÇÃO CRISTà 1 ESCOLA BÍBLICA DOMINICAL | FUNDAMENTOS DA EDUCAÇÃO CRISTà 1 — Aprenda a orar a palavra. Você pode ler em voz alta um texto da Bíblia na primeira pessoa e tornar Página 6

Panorama da Bíblia Modulo 1 aquela leitura em uma oração. Por exemplo: “Caiam mil ao meu lado, e dez mil, à minha direta, eu não serei atingido” (Salmo 91:3). — E mesmo que não seja possível cumprir todos os pontos acima, leia a Bíblia todos os dias. O nosso Pai deseja Ter comunhão conosco todos os dias. Saiba também que Ele sempre tem uma palavra para você. 3. Representação gráfica dos livros da Bíblia: Antigo Testamento Lietura da Bíblia 6 AULA 3

ESCOLA BÍBLICA DOMINICAL | FUNDAMENTOS DA EDUCAÇÃO CRISTÃ 1 ESCOLA BÍBLICA DOMINICAL | FUNDAMENTOS DA EDUCAÇÃO CRISTÃ 1 TEMA: Panorama geral do Antigo e do Novo Testamento AULA 4 OBJETIVO (S) Fazer uma apresentação sintética dos livros do Antigo e do Novo Testamento. INTRODUÇÃO O Antigo Testamento é uma história e uma PROMESSA. Cada parte do Antigo Testamento menciona essa promessa. Já o Novo Testamento registra como a PROMESSAde Deus tornou-se realidade. Aqueles que viram a promessa se realizar descreveram com exatidão e detalhes como tudo aconteceu. Esses cristãos escreveram muitas coisas importantes sobre o que as promessas de Deus significam para todas a pessoas. 1. Antigo Testamento 1.1 Livros da Lei Os Livros da Lei são os cinco primeiros livros do Antigo Testamento. Esses livros contêm a história do princípio do mundo e da criação da nação que Deus escolheu para si. Os Livros da Lei também são conhecidos como “Pentateuco” que significa “cinco livros”. 1.2 Livros Históricos Deus levou sua nação para uma nova terra natal. Ele a ajudou a derrotar os inimigos e a escolher reis para governá-la. Às vezes, o povo se lembrava de Deus e de suas leis. Mas, na maioria das vezes, as pessoas faziam o que bem entendiam e se envolviam em dificuldades. A nação se dividiu ao meio. As duas partes acabaram sendo levadas para o exílio por seus inimigos. Então, o povo ficou só com a promessa de Deus de que Ele iria restaurar a nação e enviar o maior Rei de todos os tempos. 1.3 Livros Poéticos Esses livros nos falam sobre a grandeza de Deus e a beleza de tudo o que Ele criou. Também nos apresentam bons conselhos sobre como viver a vida que agrada a Deus. Muitas dessas poesias prometem coisas maravilhosas, que acontecerão quando Deus enviar um grande novo líder para seu povo. 1.4 Livros dos Profetas Maiores e dos Profetas Menores Deus falava com seu povo, enviando-lhe comunicados por meio de mensageiros especiais chamados profetas. Muitas vezes, a mensagem era um aviso para obedecer às leis de Deus, caso contrário, o castigo Página 7

Panorama da Bíblia Modulo 1 viria. A maioria desses profetas eram enviados durante o tempo de grandes crises nacionais, quando os hebreus estavam sob ataque cruel de inimigos. Mais tarde, no tempo em que o povo era escravo em terra estrangeira, os profetas entregaram a promessa de Deus referente à vinda de um Rei e o estabelecimento de um futuro maravilhoso para a nação. 2. O Novo Testamento O Novo Testamento registra como a PROMESSA de Deus tornou-se realidade. Aqueles que viram a promessa se realizar descreveram com exatidão e detalhes como tudo aconteceu. Esses cristãos escreveram muitas coisas importantes sobre o que as promessas de Deus significam para todas a pessoas. Panorama geral do Antigo e do Novo Testamento 7 AULA 4

ESCOLA BÍBLICA DOMINICAL | FUNDAMENTOS DA EDUCAÇÃO CRISTÃ 1 ESCOLA BÍBLICA DOMINICAL | FUNDAMENTOS DA EDUCAÇÃO CRISTÃ 1 2.1 Os Evangelhos Os escritores dos Evangelhos relatam como se realizou a promessa de Deus concernente à vinda de um novo Rei. Eles nos falam sobre o nascimento especial de Jesus, o Filho de Deus. Contam-nos acerca da vida de Jesus e do quanto Ele tinha prazer em ajudar as pessoas e ensiná-las a respeito do Pai. Também nos relatam como Jesus cumpriu as palavras dos profetas quando morreu na cruz do Calvário. A parte mais empolgante dos Evangelhos é justamente o último evento. Nele, ficamos sabendo que Jesus voltou à vida. Hoje, Ele está no céu, à direita do Pai, esperando pelo momento de voltar à Terra outra vez. 2.2 Livro Histórico A morte de Jesus teria sido o fim da história e o fim da promessa, mas foi apenas o começo. Ele ressuscitou dentre os mortos e mandou seus discípulos anunciarem as Boas Novas em todo mundo. O livro de Atos nos conta como as pessoas ouviam as Boas Novas e criam. Esses cristãos começaram a espalhar essas Boas Novas através do mundo inteiro. 2.3 Cartas de Paulo Paulo foi uma pessoa que outrora tinha tentado matar os seguidores de Jesus, mas depois tornou-se um dos mais bem conhecidos servos de Cristo. Ele ia a muitos países, dando início a novas igrejas onde quer que as pessoas ouvissem e cressem na mensagem do Evangelho. Quando Paulo partia, deixando um grupo de cristãos formado, freqüentemente lhe escrevia cartas. Nelas havia explicações a respeito do que deveriam crer e de como deveriam agir. Paulo também escreveu cartas para pessoas cristãs, individualmente. 2.4 Cartas Gerais Outros seguidores de Jesus também escreveram cartas que davam às novas igrejas ajuda de que precisavam. Essas cartas forneceram mais informações acerca de Jesus. Também ensinaram como ser um bom exemplo da fé cristã. Ser crente não era fácil, e essas cartas encorajavam os novos crentes. 2.5 Livro Profético No livro de Apocalipse, um dos discípulos de Jesus registra o que Deus lhe mostrou a respeito do futuro. Algum dia Jesus voltará, e todo o mundo saberá que Ele realmente é o Rei Página 8

Panorama da Bíblia Modulo 1 do reis! Panorama geral do Antigo e do Novo Testamento 8 AULA 4

ESCOLA BÍBLICA DOMINICAL | FUNDAMENTOS DA EDUCAÇÃO CRISTà 1 ESCOLA BÍBLICA DOMINICAL | FUNDAMENTOS DA EDUCAÇÃO CRISTà 1 TEMA: Estudando os livros da Lei: Gênesis e Êxodo AULA 5 OBJETIVO(S) Descrever, de forma resumida os principais tópicos de Gênesis e Êxodo. INTRODUÇÃO Moisés foi o homem que Deus usou para escrever Gênesis e Êxodo. Nesta aula veremos de uma forma resumida os principais tópicos desses dois importantes livros. 1. Gênesis 1.1 AUTOR: Lucas 24:27 e João 5:46 informaram-nos que Moisés escreveu parte do Antigo Testamento. Guiado pelo Espírito Santo de Deus, Moisés escreveu os cinco primeiros livros da Bíblia. 1.2 TÍTULO: “Gênesis” significa “começos”, “princípio”. Gênesis nos fala acerca do começo de tudo, exceto de Deus. Deus sempre existiu. Gênesis nos conta a respeito do começo: — Do mundo (Gênesis 1.1-25); — Das pessoas (Gênesis 1.26-2:25); — Do pecado no mundo (Gênesis 3.1-7); — Da promessa de salvação feita por Deus (Gênesis 3.8-24); — Da convivência em família (Gênesis 4.1-15); — Da civilização (Gênesis 4.16-9:29); — Das nações e idiomas do mundo (Gênesis 10,11); — Do povo hebreu, a nação de Israel (Gênesis 12-50). 1.3 PERSONAGENS PRINCIPAIS: Adão, Eva, Noé, Abraão, Isaque, Jacó e José. 1.4 ESBOÇO: — A criação do mundo (Gênesis 1,2); — O pecado no mundo (Gênesis 3,4). — Noé e o dilúvio (Gênesis 5-9); — O início das nações e dos idiomas (Gênesis 10,11); — A família de Abraão: o povo de Deus na terra dada por Deus (Gênesis 12-38); — José: o povo de Deus vai para o Egito (Gênesis 39-50). 1.5 LOCAL DE AÇÃO: Da criação até a morte de José (+ ou - de 2.315 anos), de 4004 a 1689 a.C) 1.6 PRINCIPAIS EVENTOS: a) A Criação, o Dilúvio, o Começo das Nações e dos Idiomas (Cap. 1-11). Os primeiros onze capítulos de Gênesis falam sobre o começo do mundo, das pessoas, das nações e dos idiomas. Esses capítulos preparam o cenário para o que Deus planeja fazer através de uma nação – a nação de Israel. No capítulo 12, você lerá sobre essa parte do plano de Deus. b) O Povo de Deus na Terra dada por Deus (Cap.12-38). Deus dá início a uma grande nação – a nação de Israel. O plano de Deus é que, através dessa nação, todas as pessoas da terra sejam abençoadas. Deus dá uma terra a seu povo. É nessa terra e através desse povo que Deus, centenas de anos mais tarde, cumprirá sua promessa de enviar um Salvador. Estudando os livros da Lei: Gênesis e Êxodo 9 AULA 5

Página 9

Panorama da Bíblia Modulo 1 ESCOLA BÍBLICA DOMINICAL | FUNDAMENTOS DA EDUCAÇÃO CRISTà 1 ESCOLA BÍBLICA DOMINICAL | FUNDAMENTOS DA EDUCAÇÃO CRISTà 1 c) O Povo de Deus vai para o Egito (Cap. 37-50). Deus continua a formar a grande nação conforme prometera. José, o filho favorito de Jacó, é a principal pessoa nessa seção. Primeiro José, e depois toda a família de Jacó vão para o Egito. No Egito, Deus transforma a família de Israel (o novo nome de Jacó) na grande nação de Israel. 2. Êxodo 2.1 AUTOR: Moisés 2.2 TÍTULO: “Êxodo” vem de uma palavra grega que significa “saída”. Esse livro narra a maneira como Deus libertou seu povo da escravidão e o tirou do Egito. 2.3 PERSONAGENS PRINCIPAIS: Moisés e Arão. As famílias de Israel estão se tornando uma nação. 2.4 ESBOÇO: — A escravidão do povo de Deus (Êxodo 1); — A chamada de Moisés para ser o líder do povo de Deus (Êxodo 2-4); — O desafio de convencer Faraó a libertar o povo de Deus (Êxodo 5-11); — A Páscoa para o povo de Deus – um tipo de Jesus como nosso Salvador (Êxodo 12,13); — A saída do povo de Deus da terra do Egito (Êxodo 14-19); — A outorga da Lei para o povo de Deus (Êxodo 20-24); — A construção do Tabernáculo feita pelo povo de Deus (Êxodo 25-40). 2.5 LOCAL DE AÇÃO: Cerca de 216 anos (1706 a 1490 antes de Cristo). Inicia com um povo escravizado habitando na presença da idolatria egípcia e termina com um povo redimido habitando na presença de Deus. 2.6 PRINCIPAIS EVENTOS: a) O povo de Deus é Liberto da Escravidão (Cap. 1-13). Muitos anos se passaram. Jacó (Israel) e seus filhos morreram. Mas seus descendentes (os filhos dos filhos dos filhos) ainda vivem no Egito. Um novo Faraó sobe ao poder e escraviza o povo de Israel. O povo clama a Deus, que lhe responde. Deus escolhe Moisés para tirar seu povo do Egito. b) O povo de Deus sai do Egito (Cap. 13-18). Deus conduz seu povo ao deserto do Sinai. Deus vai adiante deles, de dia numa coluna de nuvem e de noite numa coluna de fogo. Deus protege o seu povo das perseguições de Faraó. c) O povo de Deus acampa-se no Monte Sinai (Cap. 19-40). Deus dá aos israelitas os Dez Mandamentos e muitas outras leis, pelas quais devem viver. O povo promete obedecer a Deus. Deus dá instruções para a construção do Tabernáculo. Estudando os livros da Lei: Gênesis e Êxodo 10 AULA 5

ESCOLA BÍBLICA DOMINICAL | FUNDAMENTOS DA EDUCAÇÃO CRISTÃ 1 ESCOLA BÍBLICA DOMINICAL | FUNDAMENTOS DA EDUCAÇÃO CRISTÃ 1 TEMA: Estudando os livros da Lei: Levítico, Números e Deuteronômio AULA 6 OBJETIVO(S) Descrever, de forma resumida os principais tópicos de Levítico, Números e Deuteronômio. Página 10

Panorama da Bíblia Modulo 1 INTRODUÇÃO Os livros de Levítico, Números e Deuteronômio trazem de forma bastante enfática, através das Leis, o relacionamento de Deus com o povo de Israel. Nesses livros podemos observar que Deus, através do sacrifício de animais, promovia a expiação do seu povo. 1. Levítico 1.1 AUTOR: Moisés. 1.2 TÍTULO: O termo “Levítico” é derivado de “levita”. Os levitas eram pessoas escolhidas por Deus para serem sacerdotes e trabalharem no Tabernáculo. Levítico é conhecido como “Livro da Expiação” (expiação significa que Deus faz com que as pessoas se tornem amigas dEle). Levítico é um livro figurativo de Deus, designado a ajudar os israelitas a aprenderem acerca do perdão dos pecados, o perdão que Deus dá aos homens. Cada figura aponta para Jesus Cristo. 1.3 PERSONAGENS PRINCIPAIS: As pessoas que faziam ofertas (o povo de Deus) e as pessoas que sacrificavam as ofertas (os sacerdotes). 1.4 LOCAL DE AÇÃO: Abrange o período de menos de um ano da jornada de Israel no Sinai. 1.5 ESBOÇO: — Leis referentes às ofertas (Levítico 1-7); — Leis referentes ao sacerdócio (Levítico 8-10); — Leis referentes à alimentação, saúde e vida cotidiana (Levítico 11-22); — Leis referentes às festas (dias santos) (Levítico 23-25); — Leis referentes às recompensas, punições e outras regulamentações (Levítico 26-27). 1.6 E PRINCIPAIS EVENTOS: a) O que representam as festas? A Páscoa A crucificação As Primícias A ressurreição de Cristo O Pentecostes O derramamento de Espírito Santo As trombetas O arrebatamento dos vivos e a ressurreição dos santos mortos Os tabernáculos A nossa morada na presença de Senhor Estudando os livros da Lei: Levítico, Números e Deuteronômio 11 AULA 6

ESCOLA BÍBLICA DOMINICAL | FUNDAMENTOS DA EDUCAÇÃO CRISTÃ 1 ESCOLA BÍBLICA DOMINICAL | FUNDAMENTOS DA EDUCAÇÃO CRISTÃ 1 b) E as leis? O que elas informam a respeito do Salvador? Ofertas e sacrifícios Lembram-nos do sacrifício de Jesus. Holocausto (Levítico 1:3) Jesus ofereceu-se a si mesmo como uma pessoa perfeita a Deus. Oferta de manjares (ou cereais, Levítico 2:1) Jesus foi a oferta perfeita a Deus: de cheiro suave, agradável a Deus. Sacrifício pacífico (Levítico 3:1) A morte de Jesus trouxe paz entre Deus e os homens. Oferta pelo pecado (Levítico 4:2) Jesus morreu pelos pecados de todas as pessoas. Morreu em nosso lugar. Sacrifício de restituição (Levítico 5:1-4) Jesus morreu por nossos pecados para que possamos viver. 2. Números 2.1 AUTOR: Moisés 2.2 TÍTULO: Números recebe esse nome por causa de dois recenseamentos: um no capítulo 1 e outro no capítulo 26. Números é o “Livro das Peregrinações no Deserto” ou o “Livro das Murmurações”. O livro relata as peregrinações do povo de Israel no deserto entre o monte Sinai e a fronteira de Canaã (Canaã é a terra prometida por Deus a seu povo). Página 11

Panorama da Bíblia Modulo 1 2.3 PERSONAGENS PRINCIPAIS: Moisés, Arão, Josué, Calebe, Miriã e os sacerdotes. 2.4 ESBOÇO: — A preparação para a viagem (Números 1-10); — As peregrinações no deserto (Números 10-20); — A viagem para Canaã (Números 21-36). 2.5 LOCAL DE AÇÃO: Cerca de 40 anos de jornada do povo no deserto (de 1490 a 1451 a.C.) 2.6 PRINCIPAIS EVENTOS: a) A preparação para a Viagem (Cap.1-10). O povo de Israel está no deserto do Sinai. A Lei já foi dada e o Tabernáculo está pronto. Deus está preparando a nação de Israel para o trabalho. Deus leva o povo a mudar o acampamento para Cades- Barnéia. b) As Peregrinações no Deserto (Cap.10-20). O povo de Israel não crê que Deus lhe dará a Terra Prometida (Canaã). Por essa razão, tem de ficar peregrinando no deserto por quarenta anos. c) A Viagem para Canaã (Cap.21-36). O povo de Israel viaja de Cades-Barnéia para as campinas de Moabe. Falta bem pouco para o povo atravessar o rio Jordão e entrar na Terra Prometida (Canaã). 3. Deuteronômio 3.1 AUTOR: Moisés Estudando os livros da Lei: Levítico, Números e Deuteronômio 12 AULA 6

ESCOLA BÍBLICA DOMINICAL | FUNDAMENTOS DA EDUCAÇÃO CRISTà 1 ESCOLA BÍBLICA DOMINICAL | FUNDAMENTOS DA EDUCAÇÃO CRISTà 1 3.2 TÍTULO: “Deuteronômio” significa “segunda lei”. Nesse livro, a Lei é dada outra vez. Moisés fez isso para que os israelitas não se esquecessem do que Deus fez por eles. Era dever do povo de Israel servir a Deus quando chegasse à Terra Prometida (Canaã). 3.3 PERSONAGENS PRINCIPAIS: Moisés e Josué. 3.4 ESBOÇO: — Primeiro discurso de Moisés para o povo de Israel: relembrando os fatos (Deuteronômio 1-4); — Segundo discurso de Moisés para o povo de Israel: restabelecendo deveres (Deuteronômio 526); — Terceiro discurso de Moisés para o povo de Israel: tendo cuidado de cumprir os deveres (Deuteronômio 27-33); — A morte de Moisés (Deuteronômio 34). 3.5 LOCAL DE AÇÃO: Dois meses na planície de Moabe, 1451 a.C. 3.6 PRINCIPAIS EVENTOS: a) O primeiro discurso de Moisés (Cap. 1-4). O livro de Deuteronômio é dividido em três discursos de Moisés e um relato da sua morte. O primeiro discurso de Moisés – relembrando os fatos. Moisés faz os israelitas relembrarem a fidelidade de Deus, fidelidade essa exibida durante toda a viagem que fizeram desde que saíram do Egito. b) O segundo discurso de Moisés (Cap. 5-26). O Segundo discurso de Moisés – restabelecendo deveres. Moisés faz uma retrospectiva das leis do Senhor e adverte o povo para não irritar a Deus, desobedecendo-lhe. Página 12

Panorama da Bíblia Modulo 1 c) O terceiro discurso de Moisés (Cap. 27-33). O Terceiro discurso de Moisés – tendo cuidado de cumprir os deveres. Moisés rememora a aliança feita entre Deus e o povo. Garante que os israelitas terão a proteção de Deus. d) A morte de Moisés ( Cap.34). Deus permite que Moisés veja Canaã do topo do monte Nebo. Diz Deus: “Esta é a terra de que jurei a Abraão, Isaque e Jacó”. Moisés morre com a idade de 120 anos e é sepultado em Moabe. O povo de Israel fica muito triste Estudando os livros da Lei: Levítico, Números e Deuteronômio 13 AULA 6

ESCOLA BÍBLICA DOMINICAL | FUNDAMENTOS DA EDUCAÇÃO CRISTà 1 ESCOLA BÍBLICA DOMINICAL | FUNDAMENTOS DA EDUCAÇÃO CRISTà 1 TEMA: Estudando os livros Históricos: Josué, Juízes e Rute AULA 7 OBJETIVO(S) Identificar, no relacionamento de Deus com seu povo, o grande plano de Deus em abençoá-los através do cumprimento de sua promessa. INTRODUÇÃO Josué, Juízes e Ruth são livros que demonstram o poder e a justiça de Deus no tratamento com o seu povo. No livro de Josué Deus cumpre a promessa dada a Abraão, Isaque e Jacó. Em Juízes Ele revela sua justiça, amor e misericórdia no livramento contra os inimigos. O Livro de Rute nos revela a recompensa de Deus para aqueles que O adoram, em detrimento de outros deuses. 1. Josué 1.1 AUTOR: Josué, o líder que fez o povo de Israel entrar na Terra Prometida. 1.2 TÍTULO: O livro leva o nome de “Josué”, que significa: “a salvação do Senhor”. Josué foi o líder escolhido por Deus para assumir o lugar de Moisés, depois de sua morte. 1.3 PERSONAGENS PRINCIPAIS: Josué e Raabe. 1.4 LOCAL DE AÇÃO: Desde a morte de Moisés até a morte de Josué (de 1451 a 1427 a.C). 1.5 ESBOÇO: — A mobilização do exército (Josué 1-2); — O avanço (Josué 3-5); — A queda de Jericó (Josué 6); — A campanha de Ai (Josué 7-8); — A campanha no Sul (Josué 9); — A campanha na região central (Josué 10); — A campanha no Norte (Josué 11); — Os reis derrotados (Josué 12); — A divisão da terra (Josué 13-22); — A despedida e morte de Josué (Josué 23-24). 1.6 PRINCIPAIS EVENTOS: a) A Conquista da Terra (Cap. 1-12). Josué assume o comando do povo e prepara o exército para as batalhas a serem travadas. Cruzam o rio Jordão e conquistam as cidades de Canaã. Canaã é a terra que Deus prometeu a Abraão, Isaque e Jacó. b) A Divisão da Terra (Cap.13-22). Página 13

Panorama da Bíblia Modulo 1 Josué divide a terra conquistada em Canaã entre as tribos de Israel. Os integrantes da tribo de Levi, um dos filhos de Jacó, foram escolhidos para servir como sacerdotes e trabalhadores no Tabernáculo. c) A Despedida e Morte de Josué (Cap.23,24). Josué reúne os israelitas para lembrá-los de fatos acontecidos desde que saíram do Egito. Ele lhes fala sobre a bondade de Deus e o dever que cada um tem de obedecer suas leis. Com a idade de 110 anos Estudando os livros históricos: Josué, Juízes e Rute 14 AULA 7

ESCOLA BÍBLICA DOMINICAL | FUNDAMENTOS DA EDUCAÇÃO CRISTà 1 ESCOLA BÍBLICA DOMINICAL | FUNDAMENTOS DA EDUCAÇÃO CRISTà 1 Josué morre na terra que recebeu para sua família. 2. Juizes 2.1 AUTOR: Não sabemos quem foi o escritor do livro de Juizes. Segundo a tradição judaica foi Samuel. 2.2 TÍTULO: No livro de Josué, vimos um povo obediente a Deus ao tomar posse da Terra Prometida. Tratava-se de pessoas que confiavam em Deus e em seu poder. Aqui, no livro de Juizes, vamos ver um povo que não obedece a Deus. A nação adora ídolos e, cada vez que peca, é vencida por exércitos inimigos. Não confia em Deus. O título significa “juizes, governadores e salvadores”. Os juizes eram líderes especialmente escolhidos por Deus para libertar os israelitas e depois governar com justiça sobre a nação de Israel. 2.3 PERSONAGENS PRINCIPAIS: Os juizes. Os juizes mais importantes foram Débora, Gideão, Sansão e Samuel (no livro de I Samuel). 2.4 ESBOÇO: — Os israelitas não conquistam toda a terra de Canaã (Juízes 1,2); — Deus envia juizes (Juízes 3-16): — Otniel e Eúde (Juízes 3); — Débora (Juízes 4,5); — Gideão (Juízes 6-8); — A maldade de Abimeleque (Juízes 9); — Jefté (Juízes 10-12); — Sansão (Juízes 1-16). — Os israelitas não obedecem às leis de Deus (Juízes 17-21). 2.5 LOCAL DE AÇÃO: Da morte de Josué a magistratura de Samuel – Cerca de 1050 –1000 a.C. 2.6 PRINCIPAIS EVENTOS: a) Os israelitas não conquistam toda a Terra de Canaã (Cap.1,2). Depois da morte de Josué, os israelitas têm que terminar o trabalho que Deus lhes incumbira de fazer. Deus havia ordenado que o povo de Israel expulsasse de Canaã as nações ímpias. É para os israelitas tomarem posse da terra e destruírem os altares onde os povos de Canaã adoram ídolos. (Deus está julgando os povos de Canaã por causa da grande pecaminosidade deles). b) Deus envia Juizes (Cap.3-16). Os inimigos do povo de Israel tornam a vida muito difícil para os israelitas. Quando os israelitas clamam pela ajuda de Deus, Ele mostra que é misericordioso. Envia poderosos líderes (juízes) para ajudálos e governá-los. Mas logo que o juiz morre, os israelitas desobedecem a Deus novamente. Isso acontece muitas vezes. Página 14

Panorama da Bíblia Modulo 1 Os israelitas desobedecem a Deus Deus permite que Deus envia juizes para ajudar os os inimigos de Israel dificultem israelitas a vida dos israelitas. Os israelitas suplicam a Deus que os ajude Estudando os livros históricos: Josué, Juízes e Rute 15 AULA 7

ESCOLA BÍBLICA DOMINICAL | FUNDAMENTOS DA EDUCAÇÃO CRISTà 1 ESCOLA BÍBLICA DOMINICAL | FUNDAMENTOS DA EDUCAÇÃO CRISTà 1 c) Os israelitas não obedecem às Leis de Deus (Cap.17-21). Os israelitas teimam em desobedecer a Deus. Juizes 21:25 nos diz: “Naqueles dias, não havia rei em Israel, porém cada um fazia o que parecia reto aos seus olhos.” 3. Rute 3.1 AUTOR: Não sabemos quem foi o escritor do livro de Rute. Segundo a tradição judaica foi Samuel. 3.2 TÍTULO: O livro de Rute conta uma história que aconteceu no tempo dos juizes. É a respeito de Rute, natural do país de Moabe. Rute servia o Deus de Israel e não adorava os ídolos de Moabe, como seria de se esperar. 3.3 PERSONAGENS PRINCIPAIS: Rute, Noemi e Boaz. 3.4 ESBOÇO: — O marido de Rute, Malom, israelita, morre em Moabe (Rute 1); — Rute decide ir para Israel com a mãe de Malom, Noemi (Rute 1:1-18); — Rute cuida de Noemi (Rute 1:19-2:23); — Rute deseja que Boaz se case com ela (Rute 3:1-18); — Rute casa-se com Boaz e tem um filho (Rute 4:1-22). 3.5 LOCAL DE AÇÃO: Período de 10 anos, provavelmente na época de Gideão. Século X a.C. 3.6 PRINCIPAIS EVENTOS: A História de Rute Rute é fiel a Deus numa época em que a maioria das pessoas não têm fé em Deus. Deus recompensa Rute, dando-lhe um esposo (Boaz) e um filho (Obede). Assim, ela se torna a bisavó de Davi e um dos Estudando os livros históricos: Josué, Juízes e Rute 16 AULA 7

ESCOLA BÍBLICA DOMINICAL | FUNDAMENTOS DA EDUCAÇÃO CRISTà 1 ESCOLA BÍBLICA DOMINICAL | FUNDAMENTOS DA EDUCAÇÃO CRISTà 1 TEMA: Estudando os livros Históricos: 1º Samuel e 2º Samuel AULA 8 OBJETIVO (S) — Identificar, no Velho Testamento a consagração e o chamado de Samuel como Página 15

Panorama da Bíblia Modulo 1 profeta de Deus, que teve fundamental importância na orientação espiritual dos israelitas; — Reconhecer em Saul, um rei concedido por Deus como resultado da vontade dos homens; — Reconhecer em Davi, um rei segundo o coração de Deus. INTRODUÇÃO Samuel foi consagrado a Deus desde o ventre de sua mãe, Ana. Deus lhe dá crescimento em estatura e também espiritual. Samuel torna-se um exemplar profeta de Deus, fiel, obediente, de caráter refinado. Foi um instrumento de Deus na orientação espiritual do povo israelita, usado também para ungir Saul (o primeiro rei) e Davi (um rei segundo o coração de Deus). 1. 1º Samuel 1.1 AUTOR: Não sabemos quem foi o escritor do livro de I Samuel. 1.2 TÍTULO: O livro de I Samuel descreve a transição do governo em Israel, de juizes para reis. Quando este livro foi escrito, constituía um só volume com II Samuel. Provavelmente, o livro foi dividido para que ficasse fácil adequá-lo aos rolos. Na antiguidade, o rolo era a forma pela qual os livros – escritos em papiros – eram guardados.O nome “Samuel” significa “pedido a Deus”. Samuel nasceu em resposta à oração que sua mãe, Ana, fez por um filho. 1.3 PERSONAGENS PRINCIPAIS: Ana (mãe de Samuel), Eli, Samuel, Saul e Davi. 1.4 ESBOÇO: — Samuel – o último dos juizes (1º Samuel 1-8); — Saul – o primeiro rei de Israel (1º Samuel 9-15); — Davi – outro rei é escolhido (1º Samuel 16-31). 1.5 LOCAL DE AÇÃO: Do nascimento de Samuel até a morte de Saul (1171 a 1056 a.C.) 1.6 PRINCIPAIS EVENTOS: a) Samuel – O último dos Juízes (Cap.1-8) Samuel foi o último juiz. Os israelitas pedem um rei, assim como o têm todas as nações ao redor. Samuel fica triste com isso. Ele ora a Deus, que lhe diz: “Não é a você que têm rejeitado; antes, é a mim que me rejeitaram. Que eles tenham um rei, mas adverte-os das coisas ruins que acontecerão”. Samuel faz exatamente como Deus diz. b) Saul – O primeiro rei de Israel (Cap. 9-15) Deus escolhe Samuel, o último juiz de Israel, para ungir os dois primeiros reis de Israel. O primeiro rei é Saul. Samuel unge Saul derramando um pouco de óleo sobre sua cabeça. Isso evidencia que Saul foi escolhido por Deus para ser o próprio líder de Israel. c) Davi – Outro Rei é escolhido (Cap. 16-31) Estudando os livros Históricos: 1º Samuel e 2º Samuel 17 AULA 8

ESCOLA BÍBLICA DOMINICAL | FUNDAMENTOS DA EDUCAÇÃO CRISTÃ 1 ESCOLA BÍBLICA DOMINICAL | FUNDAMENTOS DA EDUCAÇÃO CRISTÃ 1 Deus manda Samuel ungir um jovem pastor, Davi, para ser o rei de Israel. Samuel obedece a Deus. Davi não é aclamado rei, senão depois da morte do rei Saul. Página 16

Panorama da Bíblia Modulo 1 2. 2º Samuel 2.1 AUTOR: Não sabemos quem foi o escritor do livro de II Samuel. 2.2 TÍTULO: O livro de II Samuel descreve os eventos ocorridos no reinado de Davi, primeiramente quando reinou sobre Judá e depois sobre toda a nação de Israel. Quando esse livro foi escrito, constituía um só volume com II Samuel. 2.3 PERSONAGENS PRINCIPAIS: Davi, Isbosete,Abner, Mefibosete, Urias, Bate-Seba, Natã, Joabe, Amnom e Absalão. 2.4 ESBOÇO: — A ascensão de Davi – rei e soberano (II Samuel 1-10); — A queda de Davi – pecados e problemas (II Samuel 11-20); — Os últimos dias de Davi – distúrbios na família e no reino de Davi (II Samuel 21-24). 2.5 LOCAL DE AÇÃO: Desde da morte de Saul até a compra do local do templo (+ 37 anos). Fins do século X a.C. 2.6 PRINCIPAIS EVENTOS: a) A Ascensão de Davi – Rei e Soberano (Cap.1-10) Davi é constituído rei, primeiramente de Judá (as duas tribos do Sul) e mais tarde de todo o Israel (todas as 12 tribos). Por sete anos reina sobre Judá, e por mais outros 33, reina sobre todo o Israel. Com a ajuda de Deus, Davi vence os inimigos de Israel. b) A queda de Davi – Pecados e Problemas (Cap.11-20) Davi peca e Deus tem de puni-lo. Deus perdoa Davi quando este confessa seu pecado e o abandona (2º Samuel 12:13,14). Davi não educa bem seus filhos, que se tornam egoístas e desobedientes. Eles tramam contra Davi e lhe causam muitas tristezas e dificuldades. c) Os últimos dias de Davi (Cap.21-24) Os quatro últimos capítulos de II Samuel apresentam certas coisas que Davi fez e disse no fim de sua vida. Contudo, a morte de Davi não é registrada, senão no início do livro seguinte – 1º Reis. Estudando os livros Históricos: 1º Samuel e 2º Samuel 18 AULA 8

ESCOLA BÍBLICA DOMINICAL | FUNDAMENTOS DA EDUCAÇÃO CRISTÃ 1 ESCOLA BÍBLICA DOMINICAL | FUNDAMENTOS DA EDUCAÇÃO CRISTÃ 1 TEMA: Estudando os livros Históricos: 1º Reis e 2º Reis AULA 9 OBJETIVO (S) Identificar a grandeza de Deus em usar seus servos profetas e reis; Reconhecer que aqueles que andam dentro dos preceitos de Deus realizam seus ministérios de forma ampla e vitoriosa. INTRODUÇÃO Esses dois livros, 1º e 2º Reis, mostram a ação de Deus através de homens que Ele mesmo chama e capacita. Alguns, por desconhecerem o Deus verdadeiro adoraram outros deuses e foram derrotados levando os reinos de Israel e Judá ao pecado da idolatria. Outros buscaram ao Senhor, andaram nos seus preceitos, restauraram templos e foram vitoriosos. 1. 1º Reis Página 17

Panorama da Bíblia Modulo 1 1.1 AUTOR: Anônimo. 1.2 TÍTULO: Os dois livros de Reis formavam originalmente um único volume. Primeiro Reis cobre um período de mais de 100 anos: do final do reinado de Davi ao final do reinado de Acazias. Na primeira metade do livro, Israel forma um só reino. Na Segunda metade, Israel é dividido em dois reinos com soberanias distintas. 1.3 PERSONAGENS PRINCIPAIS: Davi, Salomão, Roboão, Natã, Jeroboão, Acabe, Jezabel, Elias e Eliseu. 1.4 ESBOÇO: — O reinado de Salomão (1º Reis 1-10); — A morte de Salomão e a divisão do reino (1º Reis 1-16); — O rei Acabe e sua esposa Jezabel introduzem em Israel o culto a Baal (1º Reis 16); — O profeta e Elias derrota os profetas de Baal (1º Reis 17,18); — Acabe comete muitas maldades (1º Reis 19-22) 1.5 LOCAL DE AÇÃO: Desde a morte de Davi até o reinado de Jorão. De 1015 a 827 a.C. 1.5 PRINCIPAIS EVENTOS: a) O Reinado de Salomão (Cap.1-8) Antes de Davi morrer ele escolhe seu filho Salomão para ser rei em seu lugar. Salomão pede a Deus sabedoria e entendimento para julgar bem as questões do povo de Israel. Deus dá a Salomão sabedoria, riquezas e fama. Os dez primeiros capítulos deste livro nos contam das grandes bênçãos de Deus concedidas a Salomão. b) A Divisão do Reino (Cap. 11-16) Salomão desvia-se de Deus e adora ídolos. Deus diz a Salomão que Ele tirará a maior parte do reino do seu filho e dará a outra pessoa. Depois da morte de Salomão, seu filho Roboão torna-se rei de Judá. Mas Jeroboão, um dos servos de destaque de Salomão, torna-se rei de Israel. Estudando os livros Históricos: 1º Reis e 2º Reis 19 AULA 9

ESCOLA BÍBLICA DOMINICAL | FUNDAMENTOS DA EDUCAÇÃO CRISTÃ 1 ESCOLA BÍBLICA DOMINICAL | FUNDAMENTOS DA EDUCAÇÃO CRISTÃ 1 c) O Reinado do Ímpio Rei Acabe (Cap.17-22) O restante do livro de I Reis concentra-se no reinado do ímpio Acabe, rei de Israel. Ele e sua esposa, Jezabel levam o povo de Israel a adorar o falso deus Baal. O Senhor usa o profeta Elias para mostrar que só Ele é o único Deus verdadeiro. Mas Acabe e Jezabel persistem em seus maus caminhos. 2. 2º Reis 2.1 AUTOR: Não sabemos quem foi o escritor do livro de 2º Reis. 2.2 TÍTULO: Os dois livros de Reis formavam originalmente um único volume. Segundo Reis cobre um período de mais de 200 anos: do ministério de Eliseu no reinado de Acazias, rei de Israel e Jeorão, rei de Judá, até a queda desse mesmo reino. 2.3 PERSONAGENS PRINCIPAIS: Em Israel, eliseu, Jeú e Jeroboão II; em Judá, Joás, Acaz, Ezequias, Isaías, Manassés e Josias. Página 18

Panorama da Bíblia Modulo 1 2.4 ESBOÇO: — O ministério de Elias (1º Reis 17-22; 2º Reis 1,2) — O ministério de Eliseu (2º Reis 1 – 9:13) — Os últimos dias de Israel (2º Reis 10 – 17) — Os últimos dias de Judá (2º Reis 18 – 25) 2.5 LOCAL DE AÇÃO: Dos reis Jeorão (Judá) e Acazias (Israel), ao cativeiro (896 a 588 a.C.). 2.6 PRINCIPAIS EVENTOS: a) Os Ministérios de Elias e Eliseu (Cap. 1-9). Esses capítulos nos mostram como Deus usou dois profetas, Elias e Eliseu, para ajudar o povo e entregar-lhe suas mensagens. b) Os últimos dias de Israel (Cap. 10-17) Deus fala aos israelitas do Reino do Norte que, se eles obedecerem, Deus os abençoará na terra que lhes deu. Mas, se desobedecerem, Ele os enviará para fora dessa terra (I Reis 9:6-9). Deus os avisa muitas e muitas vezes, mas eles não ouvem. As dez tribos do Norte (Israel) são as primeiras a serem enviadas para fora da terra. c) Os últimos dias de Judá (Cap. 18-25) Deus continua mostrando misericórdia para o povo de Judá. Existem alguns reis bons e outros maus. Deus avisa às pessoas sobre o que acontecerá se continuarem a desobedecer-lhe. Mas ninguém ouve. E assim, o povo de Judá também é enviado para fora da terra que Deus lhe deu. Estudando os livros Históricos: 1º Reis e 2º Reis 20 AULA 9

ESCOLA BÍBLICA DOMINICAL | FUNDAMENTOS DA EDUCAÇÃO CRISTà 1 ESCOLA BÍBLICA DOMINICAL | FUNDAMENTOS DA EDUCAÇÃO CRISTà 1 TEMA: Estudando os livros Históricos: 1º e 2º Crônicas AULA 10 OBJETIVO(S) Reconhecer que em Deus, somos vencedores e que andar nos seus preceitos, assim como Davi andou, nos leva a vitórias contra os inimigos. INTRODUÇÃO 1º e 2º Crônicas relatam vitórias e derrotas dos reis de Israel e Judá. Vitórias daqueles que adoraram a Deus e andaram nas suas leis e derrota daqueles que desprezaram os seus ensinamentos. DESENVOLVIMENTO 1. 1º Crônicas 2.1 AUTOR: Provavelmente escrito por Esdras. 2.2 TÍTULO: A palavra “crônica” significa “registro de fatos comuns”. Primeiro Crônicas faz uma lista das famílias e pessoas importantes desde Adão até o cativeiro. E também apresenta detalhes sobre a vida de Davi. 2.3 PERSONAGENS PRINCIPAIS: Adão, Abraão, Jacó, Saul e Davi. 2.5 ESBOÇO: — Lista de famílias e pessoas importantes (1º Crônicas 1-9) — O reinado de Davi (1º Crônicas 10-29) Página 19

Panorama da Bíblia Modulo 1 — A morte de Saul (1º Crônicas 10) — A ascensão de Davi ao trono (1º Crônicas 11,12) — A arca da aliança (1º Crônicas 13-16) — A promessa de Deus e a oração de Davi(1º Crônicas 17) — As vitórias de Davi (1º Crônicas 18-20) — O recenseamento feito por Davi (1º Crônicas 21) — Preparativos para a construção do templo (1º Crônicas 22-27) — Os últimos dias e morte de Davi (1º Crônicas 28,29) 2.5 LOCAL DE AÇÃO: Desde a morte de Saul até o decreto de Ciro (de 1056 a 536 a.C.). 2.6 PRINCIPAIS EVENTOS: Outra perspectiva da História Judaica Os livros de Crônicas nos apresentam outra perspectiva da história judaica registrada de II Samuel a II Reis. O escritor lembra aos judeus o relacionamento especial que eles têm com Deus. Em geral, breves relatos encontrados em I Crônicas podem ter mais detalhes em II Samuel. Estudando os livros Históricos: 1º e 2º Crônicas 21 AULA 10

ESCOLA BÍBLICA DOMINICAL | FUNDAMENTOS DA EDUCAÇÃO CRISTà 1 ESCOLA BÍBLICA DOMINICAL | FUNDAMENTOS DA EDUCAÇÃO CRISTà 1 2.2º Crônicas 2.1 AUTOR: Provavelmente escrito por Esdras. 2.2 TÍTULO: II Crônicas nos conta história de Salomão e dos reis de Judá. 2.3 PERSONAGENS PRINCIPAIS: Salomão e os reis de Judá. 2.4 ESBOÇO: — O reinado de Salomão (1–9) — Os reis de Judá (10-36) 2.5 LOCAL DE AÇÃO: Desde a morte de Saul até o decreto de Ciro (de 1056 a 536 a.c.). 2.6 PRINCIPAIS EVENTOS: Continuando a História de Salomão e dos Reis de Judá Segundo Crônicas repete muitas das histórias constantes nos livros de Reis. Concentra-se nos reis na família de Davi, ou seja, em Salomão e nos reis de Judá. Se desejar conhecer a história dos reis de Israel ( Reino do Norte), você terá de ler os dois livros de Reis. Estudando os livros Históricos: 1º e 2º Crônicas 22 AULA 10

ESCOLA BÍBLICA DOMINICAL | FUNDAMENTOS DA EDUCAÇÃO CRISTÃ 1 ESCOLA BÍBLICA DOMINICAL | FUNDAMENTOS DA EDUCAÇÃO CRISTÃ 1 TEMA: Estudando os livros Históricos: Esdras, Neemias e Ester AULA 11 OBJETIVO (S) Reconhecer a ação de Deus na vida de homens e mulheres que o buscam com um coração sin- cero. INTRODUÇÃO Página 20

Panorama da Bíblia Modulo 1 Esses livros, Esdras, Neemias e Ester mostram claramente a fidelidade de Deus para com o seu povo, tanto na libertação como também na restauração física e espiritual. DESENVOLVIMENTO 1. Esdras 1.1 AUTOR: Provavelmente escrito por Esdras. 1.2 TÍTULO: O título “Esdras”é o nome da principal personagem desse livro. Esdras era um homem piedoso, que tinha plena confiança no Senhor. 1.3 PERSONAGENS PRINCIPAIS: Zorobabel e Esdras. 1.4 ESBOÇO: — Regresso a Jerusalém sob a liderança de Zorobabel (Esdras 1-6) — O decreto do rei da Pérsia (Esdras 1) — O recenseamento do povo (Esdras 2) — A reconstrução do templo (Esdras 3-6) — Regresso a Jerusalém sob a liderança de Esdras (Esdras 7-10) — O regresso a Jerusalém (Esdras 7,8) — Lidando com os pecados do povo (Esdras 9,10) 1.5 LOCAL DE AÇÃO: Da volta da Babilônia ao estabelecimento na Palestina (536 a 457 a.C.). 1.6 PRINCIPAIS EVENTOS: O Regresso do povo de Deus à terra Prometida O livro de Esdras começa onde o livro de II Crônicas termina. No livro de Esdras vemos a promessa de Deus realizando-se. Os judeus voltam à Terra Prometida depois de ficarem por setenta anos cativos na Babilônia. 2. Neemias 2.1 AUTOR: Neemias 2.2 TÍTULO: Neemias significa o conforto de Jeová (Deus). O livro recebe o nome da principal personagem do livro: Neemias. Neemias era copeiro de Artaxerxes I rei da Pérsia. Esse era um cargo de grande responsabilidade. Significava que Neemias gozava da mais plena confiança do rei. Neemias era uma pessoa devotada a Deus e à sua obra. Tratava-se de um homem de oração, que dava a Deus todo o crédito pelo trabalho que fazia. Estudando os livros Históricos: Esdras, Neemias e Ester 23 AULA 11

ESCOLA BÍBLICA DOMINICAL | FUNDAMENTOS DA EDUCAÇÃO CRISTà 1 ESCOLA BÍBLICA DOMINICAL | FUNDAMENTOS DA EDUCAÇÃO CRISTà 1 2.3 PERSONAGENS PRINCIPAIS: Neemias 2.4 ESBOÇO: — A reconstrução dos muros de Jerusalém (Neemias 1-7) — A renovação da aliança com Deus (Neemias 8-10) — A reforma da nação (Neemias 11-13) 2.5 LOCAL DE AÇÃO: Desde a viagem de Neemias a Jerusalém até a restauração do culto no templo (de 446 a 434 a.C.). 2.6 PRINCIPAIS EVENTOS: O povo de Deus se estabelece na terra prometida O povo de Deus volta da Babilônia para Jerusalém em três grupos distintos. O livro de Esdras lida com os dois primeiros grupos. O primeiro grupo reconstrói o templo. O segundo grupo volta com Esdras, que ensina as leis de Deus. O livro de Neemias trata do terceiro grupo, o qual reconstrói os muros de Jerusalém. 3. Ester Página 21

Panorama da Bíblia Modulo 1 3.1 AUTOR: Desconhecido. Provavelmente Mordecai. Alguns acham que foi Esdras. 3.2 TÍTULO: O livro recebe o nome de sua personagem principal: Ester. Registra a origem da Festa de Purim, celebrada todos os anos pelos judeus para lembrar como Deus salvou o povo judeu do extermínio. 3.3 PERSONAGENS PRINCIPAIS: Vasti, Ester, Mordequeu, Hamã e Assuero. 3.4 ESBOÇO: — A rejeição de Vasti (Ester 1) — A coroação de Ester (Ester 2) — A conspiração de Hamã (Ester 3,4) — A coragem de Ester (Ester 5) — O livramento dos judeus (Ester 6-10) 3.5 LOCAL DE AÇÃO: Entre os capítulos 6 e 7 de Esdras, antes dele partir para Jerusalém (460-400 a.C.). 3.6 PRINCIPAIS EVENTOS: Deus salva seu povo A história de Ester aconteceu em algum tempo entre os capítulos 6 e 7 de Esdras. Ocorreu em algum Estudando os livros Históricos: Esdras, Neemias e Ester 24 AULA 11

ESCOLA BÍBLICA DOMINICAL | FUNDAMENTOS DA EDUCAÇÃO CRISTà 1 ESCOLA BÍBLICA DOMINICAL | FUNDAMENTOS DA EDUCAÇÃO CRISTà 1 TEMA: Estudando os livros Poéticos: Jó, Salmos, Provérbios, Eclesiastes e Cantares de Salomão AULA 12 OBJETIVO (S) Obter uma visão geral dos livros poéticos; Reconhecer que Deus usa sua palavra para nos ensinar os verdadeiros princípios de vida. INTRODUÇÃO Sabemos que toda palavra de Deus é inspirada pelo Espírito Santo. Em cada livro Deus nos fala e traz ensinamentos eternos. No livro de Jó Deus prova o seu servo e derrota a Satanás. Em Salmos o louvor e a adoração são os temas centrais. Provérbios e Eclesiastes revelam-nos verdadeiros princípios de vida e valores morais e em Cantares de Salomão o Espírito Santo descreve o relacionamento do Noivo (Jesus Cristo) como sua noiva (a Igreja). DESENVOLVIMENTO 1. Jó 1.1 AUTOR: Desconhecido. Talvez Eliú. 1.2 TÍTULO: O nome Jó significa ‘perseguido’ (em hebraico) ou ‘arrependimento’ (em árabe). O nome do livro vem de sua personagem principal: Jó. 1.3 PERSONAGENS PRINCIPAIS: Jó, sua família e seus amigos (Elifaz, Bildade, Zofar, Eliú). 1.4 ESBOÇO: — As calamidades de Jó ( Jô 1-2) — Os amigos de Jó (Jó 3-37) — O diálogo de Jó com Deus ( Jó 38-42) — O livramento de Jó (Jô 42) 1.5 DATA: Incerta 1.6 PRINCIPAIS EVENTOS: O homem de Deus é provado Jó foi um homem piedoso que provavelmente viveu a leste da terra de Canaã, em um lugar chamado Uz. Jó é uma pessoa que realmente existiu, e os eventos narrados em seu livro são, com efeitos reais. É Página 22

Panorama da Bíblia Modulo 1 provável que os fatos se deram mais ou menos na época de Abraão. 2. Salmos 2.1 AUTOR: O livro de Salmos foi escrito por vários homens. Não sabemos que são os autores de todos os Salmos. 2.2 TÍTULO: O título ‘salmos’ significa ‘livro de louvores’. Na verdade, Salmos é um livro composto por 150 cânticos de louvor a Deus. É uma coleção definitiva de diversos grupos de salmos que, ao longo dos Estudando os livros Poéticos: Jó, Salmos, Provérbios, Eclesiastes e 25 AULA 12 Cantares de Salomão

ESCOLA BÍBLICA DOMINICAL | FUNDAMENTOS DA EDUCAÇÃO CRISTà 1 ESCOLA BÍBLICA DOMINICAL | FUNDAMENTOS DA EDUCAÇÃO CRISTà 1 anos, foram colecionados para o uso no culto e adoração a Deus. O livro de Salmos era o livro de oração e louvor que o povo de Deus passou a usar depois da reconstrução o templo em Jerusalém. Os judeus também o empregavam quando cultuavam a Deus nas sinagogas. 2.3 ESBOÇO: O livro de Salmos está dividido em cinco livros ou coleções de salmos: 1. Davi (1-41) 2. Davi / filhos de Coré ( 42-72) 3. Asafe (73-89) 4. Desconhecido (90-106) 5. Davi / desconhecido (107-150) 2.4 DATA: Quase todo foi escrito entre os séculos X a V a.C. 2.5 PRINCIPAIS EVENTOS: O hinário do Povo de Deus Há muitos tipos de cânticos no livro de Salmos. Alguns são alegres, outros tristes. Alguns falam de grandes problemas, outros descrevem maravilhosos acontecimentos. Mas todos os Salmos são contados a Deus, o que evidencia que o povo de Deus pode contar a ele todos os tipos de assuntos. Nosso Deus é um Deus que se importa e ouve 3. Provérbios 3.1 AUTOR: Salomão e Outros 3.2 TÍTULO: O livro de Provérbios também pode ser chamado de Livro da Sabedoria. Provérbio é uma máxima de caráter sábio que nos ajuda a escolher o que é melhor para nossa vida. 3.3 ESBOÇO: Máximas pelas quais pautar o viver cotidiano (Provérbios 1-31). O livro de Provérbios contém máximas de cunho sábio para serem lidas e praticadas. Os provérbios lidam com muitos problemas e situações diferentes e, em sua quase totalidade, são muito curtos e fáceis de decorar. Eles não estão organizados de forma que todas as máximas de determinado assunto estejam relacionadas em um tópico. Na verdade, quase que cada versículo aborda uma idéia nova e importante. 3.4 Data: Cerca de 970-700 a.C. 4. Eclesiastes 4.1 AUTOR: Salomão 4.2 TÍTULO: O termo ‘eclesiastes’ quer dizer ‘assembléia’ ou ‘pregador. O título pode ter o seguinte sentido: “O pregador que dirige a palavra à assembléia”. 4.3 ESBOÇO: — A futilidade do prazer e da sabedoria humana (1-2) — A felicidade terrestre, seus obstáculos e meios de progresso (3-5) Página 23

Panorama da Bíblia Modulo 1 — A verdadeira sabedoria e prática (6:1-8:15) Estudando os livros Poéticos: Jó, Salmos, Provérbios, Eclesiastes e 26 AULA 12 Cantares de Salomão

ESCOLA BÍBLICA DOMINICAL | FUNDAMENTOS DA EDUCAÇÃO CRISTà 1 ESCOLA BÍBLICA DOMINICAL | FUNDAMENTOS DA EDUCAÇÃO CRISTà 1 — A relação entre a verdadeira sabedoria e a vida do homem (8:16-10:20) — Conclusão (11:1-12-14) 4.4 Data: Cerca de 935 a.C. 4.5 PRINCIPAIS EVENTOS: Deus dá significado à vida O livro de Eclesiastes fala a respeito do significado da vida. Por que Deus faz as pessoas viverem na terra? Até que ponto é bom ter poder ou dinheiro? Como devemos nos comportar? O escritor desse livro responde a essas questões. 5. Cantares de Salomão 5.1 AUTOR: Salomão 5.2 TÍTULO: O título “Cantares de Salomão” também pode significar “Cântico dos cânticos”. Isso quer dizer que é o melhor de todos os cânticos. 5.3 ESBOÇO: — A noiva nos jardins de Salomão (1-2:7) — As recordações da noiva (2:8-3:5) — As núpcias (3:6-5:1) — No palácio (5:2-8:4) — O lar da esposa (8:5-14) 5.4 Data: Cerca de 960 a.C. 5.5 SUMÁRIO O livro de Cantares de Salomão é um excelente e belo cântico de amor de Salomão. Trata-se de uma poesia, uma descrição cheia de figuras e símbolos. Fala da intimidade de um casal: o esposo e esposa. Retrata o amor verdadeiro como aquele tipo de amor que faz com que estejamos dispostos a desistir de tudo em favor de quem amamos. Estudando os livros Poéticos: Jó, Salmos, Provérbios, Eclesiastes e 27 AULA 12 Cantares de Salomão

ESCOLA BÍBLICA DOMINICAL | FUNDAMENTOS DA EDUCAÇÃO CRISTÃ 1 ESCOLA BÍBLICA DOMINICAL | FUNDAMENTOS DA EDUCAÇÃO CRISTÃ 1 TEMA: Estudando os Profetas Maiores: Isaías, Jeremias, Lamentações, Ezequiel e Daniel AULA 13 OBJETIVO (S) Identificar, através dos profetas menores, a vontade de Deus para o seu povo, que deve sem reservas, deixar completamente a idolatria para adorar o Deus real e verdadeiro. INTRODUÇÃO Esses profetas foram verdadeiros heróis da fé. Foram fiéis a Deus em todas as suas revelações. Tinham um único alvo: proferir os oráculos divinos, levando os homens ao arrependimento, revelando para eles a graça e a misericórdia divina para aqueles que com coração sincero voltam-se para o Criador. DESENVOLVIMENTO Página 24

Panorama da Bíblia Modulo 1 1. Isaías 1.1 AUTOR: Profeta Isaías 1.2 TÍTULO: “Isaías” significa “Jeová (Deus) é salvação”. Essa palavra hebraica nos proporciona um ótimo sumário do livro. 1.3 ESBOÇO: — Mensagens de Deus trazendo julgamento (1-39) — Mensagens de Deus trazendo conforto (40-66) 1.4 Data: Cerca de 700-680 a.C. 1.5 PRINCIPAIS EVENTOS: a) Mensagens de Deus trazendo julgamento Isaías viveu na época em que o Reino do Norte (Israel) foi levado cativo pelos assírios. O profeta vê que Deus está protegendo Judá, o reino do Sul, do povo assírio. Mas ele sabe que chegará o dia em que Judá cairá diante dos babilônios. Ele escreve as palavras de Deus acerca desses eventos e também a respeito da vinda do Salvador. b) Mensagens de Deus trazendo conforto Isaías fala sobre a promessa que Deus fez de trazer de volta seu povo para a terra da Palestina e também fala sobre a vinda do Salvador. Tudo isso faz parte do plano de Deus. Pois é a terra da Palestina e através do povo de Deus, os judeus, que o Salvador prometido nascerá. Isaías também anuncia a futura glória de Israel. 2. Jeremias 2.1 AUTOR: Profeta Jeremias 2.2 TÍTULO: “Jeremias” significa “Jeová (Deus) estabelece ou envia”. Estudando os Profetas Maiores: Isaías, Jeremias, Lamentações, Ezequiel 28 AULA 13 e Daniel

ESCOLA BÍBLICA DOMINICAL | FUNDAMENTOS DA EDUCAÇÃO CRISTà 1 ESCOLA BÍBLICA DOMINICAL | FUNDAMENTOS DA EDUCAÇÃO CRISTà 1 2.3 ESBOÇO: — Antes da queda de Jerusalém (1-38) — Depois da queda de Jerusalém (39-52) 2.4 DATA: Cerca de 585-580 a.C. 2.5 PRINCIPAIS EVENTOS: A vinda do julgamento de Deus Jeremias profetiza para a nação de Judá durante seus tempos mais difíceis. O povo adora ídolos e vive de

Add a comment

Related presentations

Related pages

CENTRO DE TREINAMENTO REFORMADO - ipcac.org.br

mães da Bíblia. Vamos aprender com elas. 1. ... Av. Araucárias 1.135 bloco A apt 105 ... NOTAS SOCIAIS ANIVERSÁRIOS DA SEMANA TOTAL
Read more

Pr Eliel A Soares: NOTA DE FALECIMENTO - Pr. Sóstenes ...

... Módulo 77 - Bloco "E" - Brasília - DF. ... Fragmentos dos Livros da Bíblia; ... Bíblia (1) Biblias de Apostolo ...
Read more

Bloco (1) by Juliano Vasconcellos - issuu

O Bloco é o livro do Curso de Arquitetura e Urbanismo da Universidade Feevale. ... Title: Bloco (1), Author: Juliano Vasconcellos, ...
Read more

A Farsa de Trigueirinho Do Esoterismo e Da Falsa Nova Era

A GRANDE FARSA DE INEXISTENTE FRATERNIDADE BRANCA E A FARSA E CHARLATINICE DA CHAMA VIOLETA ... Bloco 6) Relatório de ... em 1 de abril de 1976 Vax 11/780 ...
Read more

Ideias para enriquecer o Culto Jovem - docplayer.com.br

... dicas criativas sobre o que fazer em cada bloco da ... 1. Lendo antes passagens da Bíblia ... 1 Panorama Geral da EBD 2 ...
Read more

Módulo I -Universidade para Todos-2012 - scribd.com

... harmoniza a noite da Liberdade. 5.1. ... Abro a Bíblia: ... deseja expor, ou sua interpretação real por meio da representação. COUTINHO, A. Notas ...
Read more