Origem do cristianismo

0 %
100 %
Information about Origem do cristianismo
Education

Published on March 14, 2014

Author: msantosibg

Source: slideshare.net

ORIGEM DO CRISTIANISMO Igreja é uma realidade histórica e, portanto passível de ser estudada sob o ponto de vista da objetividade científica.

ORIGEM DO CRISTIANISMO O que começa com cristo não é a salvação, mas a revelação do plano salvífico que engloba todos os tempos, todos os lugares e todas as pessoas.

A história da igreja na verdade é a história do povo de deus em seus multiformes aspectos de registro e narração. ORIGEM DO CRISTIANISMO

O Jesus Histórico Promoveu uma nova leitura dos textos evangélicos e questionou a imagem tradicional de Jesus, submetida de forma metódica ao exame da ciência histórica, ou seja, à pesquisa histórico - critica.

O Jesus Histórico •Bruno Bauer (1809-1882) - Jesus não é um personagem histórico, mas uma criação mítica dos evangelistas •H. S. Reimarus (1694-1768) - deve-se distinguir entre o que Jesus realmente fez e ensinou, e o que os apóstolos narraram em seus escritos

O Jesus Histórico • Harnack (1851-1930) - os evangelhos não são propriamente uma obra histórica, mas livros postos a serviço da evangelização • Hoje ninguém mais põe seriamente em dúvida a existência histórica de jesus e a possibilidade de reconstituir um núcleo substancialmente sólido de sua atividade.

Fontes Históricas Fontes ou documentos criticamente válidos para a reconstituição do ambiente de Jesus

Fontes Históricas Textos de alguns historiadores e geógrafos •(Estrabão de Amasea- ponto, 60 a.C.-21 dc; •Plínio, o velho, 23-79 dc. •Flávio Josefo, 27/28-95 dc.)

Fontes Históricas • Textos de qumran e de nag-hamadi (egito) • Descobertas arqueológicas (escavações na palestina)

Fontes Históricas A fonte mais antiga - Romanos 1:3-4 "Acerca de seu Filho, que, como homem era descendente de Davi, e que mediante o Espírito de santidade foi declarado Filho de Deus com poder, pela sua ressurreição dentre os mortos: Jesus Cristo, nosso Senhor."

Os Evangelhos São testemunho e proclamação da fé, e não mera reportagem de ciência histórica — narrativas com teor querigmático, não relatos históricos; não são história, mas não podem prescindir dela.

O Contexto Judaico do Século I •Atividade Pública de Jesus Galiléia – região fértil, densamente povoada e marcada por movimentos insurrecionais.

O Contexto Judaico do Século I Atividade Pública de Jesus Judéia montanhosa e semi-árida, e aí se encontrava a capital religiosa de todo o mundo judeu, Jerusalém.

A nação judaica e seu povo encontravam sua força de coesão em torno de dois pólos ou instituições: a lei e o templo

GRUPOS DENTRO DO JUDAÍSMO Sumo Sacerdote Autoridade supremada nação judaica

GRUPOS DENTRO DO JUDAÍSMO SADUCEUS: Aristocracia sacerdotal e leiga de Jerusalém. Adesão à lei escrita da Bíblia (interpretação literal da lei) e a rejeição de todo messianismo. abertos à colaboração com o poder político, para conservar o controle da instituição do templo e de seus recursos financeiros.

GRUPOS DENTRO DO JUDAÍSMO ESSÊNIOS: Sacerdotes e leigos dissidentes. Viviam numa espécie de organização comunitária às margens do mar Morto. observância da lei e à espera da libertação final dos “filhos da luz”. “Sacerdotes que obedeciam à fé” (Atos 6,7)

GRUPOS DENTRO DO JUDAÍSMO FARISEUS: A interpretação e observância da lei, baseadas numa tradição oral que tendia a aplicar a Torah escrita às novas situações. Organizados em forma de confrarias. Os mestres ou escribas promoviam a interpretação e atualização da Escritura. Controlavam de fato a formação e a vida religiosa do povo por meio da rede capilar das sinagogas e escolas anexas.

GRUPOS DENTRO DO JUDAÍSMO ZELOTAS-BANDIDOS-SICÁRIOS: Grupos mais politizados. se empenhavam numa ação militante pela independência nacional com uma ideologia de cunho teocrático e nacionalista. Parecem ser a ala extrema dos fariseus, reivindicando o respeito à lei por todos os meios e opondo-se a toda forma de autoridade não procedente diretamente da lei. .

GRUPOS DENTRO DO JUDAÍSMO SAMARITANOS Reivindicavam o direito de possuir um templo sobre o monte Gerizim, e só aceitavam o Pentateuco e a autoridade de Moisés.

Identidade Histórica de Jesus •Jesus (joshu’a, ou abreviado jeshu) •Ambiente histórico-cultural da palestina judaica do século i.

Identidade Histórica de Jesus • Nazaré era uma pequena aldeia • Baixa Galiléia era muito povoada e em grande parte urbanizada.

Identidade Histórica de Jesus • O ano exato do nascimento de Jesus é desconhecido • O ano preciso da morte de Jesus não pode ser estabelecido. Os cálculos aproximativos vão de 27 a 34.

Identidade Histórica de Jesus Possuía a cultura básica normal dos jovens de um lugarejo da Galiléia, Havia uma escola de leitura da torah, ao lado da sinagoga

Identidade Histórica de Jesus • Pode-se supor que ele falava aramaico • O “carpinteiro”(mc 6,31) e “filho do carpinteiro”(mt 13,55) - jesus era conhecido por sua profissão de artesão da madeira • Não pertencia à categoria dos mais pobres de seu meio

Identidade Histórica de Jesus O quadro geográfico de sua atividade tem dois pólos: Cafarnaum, na Galiléia, e Jerusalém, na Judéia

Identidade Histórica de Jesus • Ele vive uma missão que vai muito além da vocação de um profeta; fala com surpreendente autoridade e exige de seus discípulos um seguimento radical. • “Abbà” e “reino de deus” - o resumo mais expressivo de sua vida e do sentido dela. • Em suas palavras e atos existia uma tendência inegável á formação e ao crescimento de uma comunidade religiosa.

Identidade Histórica de Jesus • Jesus não pregou uma piedade individual • Jesus não foi um revolucionário político • Sua preocupação sempre foi profundamente religiosa, embora tivesse fortes implicações políticas e sociais.

RESSUREIÇÃO DE JESUS • A ressurreição de Jesus não pode ser objeto de investigação histórico-científica • Trata-se de um acontecimento real mas meta- histórico, porque foi percebido em seus efeitos e, sem ser histórico, toca a história enquanto contribui para modificar os acontecimentos deste mundo.

30 ISTO É APENAS O COMEÇO

Add a comment

Related presentations

Related pages

Cristianismo – Wikipédia, a enciclopédia livre

Cristianismo (do grego Xριστός, "Christós", messias, ungido, do heb. ... (ekklesia), palavra de origem grega que significa "assembleia", ...
Read more

Civilizações da Antiguidade/Origens e difusão do Cristianismo

Origem [editar | editar código-fonte] A origem primordial do Cristianismo está na Palestina, em Belém, local onde nasceu Jesus Cristo, um judeu de ...
Read more

Origem Do Cristianismo - Scribd

Origem Do Cristianismo - Free download as PDF File (.pdf), Text File (.txt) or read online for free.
Read more

Origem do Cristianismo - A História - YouTube

Os ideais cristãos, livres do contato com o judaísmo, tornam-se sempre mais universais. Vencera a missão de Paulo que não negava a ...
Read more

História do cristianismo – Wikipédia, a enciclopédia livre

A história do cristianismo é o estudo da religião baseada nos ensinamentos de Jesus de Nazar ... Tais visões deram origem a algumas teologias da ...
Read more

Origem do Cristianismo (Em Portugues do Brasil): Karl ...

Origem do Cristianismo (Em Portugues do Brasil) [Karl Kautsky] on Amazon.com. *FREE* shipping on qualifying offers. Com introducao, notas e apendice do ...
Read more

a origem do cristianismo - roma pt2 - YouTube

Want to watch this again later? Sign in to add this video to a playlist. otimo dvd feito pelo rubens
Read more

Origem do cristianismo - Ensaios - Resumos - Trabalhos

Origem do cristianismo. Igreja católica. Perseguições. Arte paleocristiano. Imagens sagradas. Islã. Corán. Peregrinações. Cruzadas
Read more

Cristianismo - História do Cristianismo - História do mundo

Cristianismo, origem do cristianismo, ideologia do cristianismo, história do cristianismo, cristianismo idade media.
Read more

A Origem do Cristianismo (Em Portuguese do Brasil ...

Karl Kautsky - A Origem do Cristianismo (Em Portuguese do Brasil) jetzt kaufen. Kundrezensionen und 0.0 Sterne. …
Read more