«O E-Portfolio em area de projecto 8ºAno»

67 %
33 %
Information about «O E-Portfolio em area de projecto 8ºAno»

Published on October 28, 2007

Author: DMagalhaes

Source: slideshare.net

 

“ Um portfolio é uma colecção de trabalhos que o aluno recolheu, seleccionou, organizou, sobre os quais reflectiu, e demonstrou conhecimento e evolução ao longo do tempo. ” (Barrett, Using Electronic Portfolios for Classroom Assessment, 2006)

O que é um portfolio? O termo portfolio tem a sua origem no meio artístico, referindo-se a uma colecção de produções que de alguma forma reflectem ou traduzem um percurso . Actualmente, este conceito extravasou o mundo das artes e tem muitas aplicações.

Portfolio Colecção de produções

Em educação, os portfolios assumem frequentemente duas vertentes: a de aprendizagem e a de avaliação - sem perder de vista que um portfolio de aprendizagem também é de avaliação, pois o que se pretende é avaliar as aprendizagens efectuadas pelos alunos, não só em termos de produtos mas também de processo. O portfolio na escola

O portfolio na escola Portfolio de aprendizagem colecção significativa dos trabalhos que o aluno vai produzindo e que ilustra os seus esforços, os seus progressos e as suas realizações em diferentes domínios.

“ Um portfolio, qualquer que seja o seu formato ou suporte, deve reunir os trabalhos realizados e/ou seleccionados pelos alunos durante um determinado período de tempo. (…) Todos os documentos devem ser acompanhados (...) de uma reflexão acerca da sua importância, o que permite também compreender o seu processo de construção. ” (Silvério, Portfolios na disciplina de Ciências Naturais no 3.º ciclo do ensino básico. Um estudo de investigação-acção . 2006)

Que objectivos para o portfolio? Um grande objectivo: Proporcionar um enquadramento ao trabalho que permite documentar a progressão da aprendizagem.

Que objectivos para o portfolio? Esse objectivo pode ser desdobrado noutros: Identificar aprendizagens Documentar aprendizagens Ajudar na estruturação da aprendizagem Identificar o que ainda há para aprender Desenvolver estratégias de aprendizagem Partilhar: tornar conhecido o que é aprendido, para que os outros possam usar Aprender com os outros…

Esse objectivo pode ser desdobrado noutros:

Identificar aprendizagens

Documentar aprendizagens

Ajudar na estruturação da aprendizagem

Identificar o que ainda há para aprender

Desenvolver estratégias de aprendizagem

Partilhar: tornar conhecido o que é aprendido, para que os outros possam usar

Aprender com os outros…

O que incluir num portfolio? Registos, esquemas, resumos Fichas de trabalho, de leitura, de pesquisa Registos de fontes de informação consultadas Reflexões sobre o trabalho desenvolvido Planos de trabalho futuro, reformulações de trabalhos anteriores Registos áudio e vídeo Planos de trabalho futuro, reformulações de trabalhos anteriores

Registos, esquemas, resumos

Fichas de trabalho, de leitura, de pesquisa

Registos de fontes de informação consultadas

Reflexões sobre o trabalho desenvolvido

Planos de trabalho futuro, reformulações de

trabalhos anteriores

Registos áudio e vídeo

Planos de trabalho futuro, reformulações de

trabalhos anteriores

O que incluir num portfolio? Listas de actividades Comentários pessoais Comentários de outros alunos, dos encarregados de educação Comentários dos professores Contributos oriundos de outras áreas curriculares Balanços de actividades realizadas Autoavaliações…

Listas de actividades

Comentários pessoais

Comentários de outros alunos, dos

encarregados de educação

Comentários dos professores

Contributos oriundos de outras áreas

curriculares

Balanços de actividades realizadas

Autoavaliações…

Qual o papel do professor? Estabelecer com o aluno (novos) objectivos. Definir com o aluno o percurso da aprendizagem. Monitorizar a escolha dos produtos mais relevantes. Apoiar o aluno na sua reflexão sobre o trabalho que está a ser desenvolvido. Avaliar o processo e o produto.

Estabelecer com o aluno (novos) objectivos.

Definir com o aluno o percurso da aprendizagem.

Monitorizar a escolha dos produtos mais relevantes.

Apoiar o aluno na sua reflexão sobre o trabalho que está a ser desenvolvido.

Avaliar o processo e o produto.

O que é um e-portfolio? E-portfolio é mais do que uma nova expressão do portfolio de formato tradicional para o formato digital. • Arquivar • Relacionar/ Pensar • Contar uma história • Colaborar • Publicar • Recolher • Seleccionar • Reflectir • Projectar • Comemorar Mais-valias proporcionadas pelas e-tecnologias: O processo de realização de um Portfolio tradicional inclui:

Um e-portfolio “ usa tecnologias electrónicas como base, permitindo que estudantes e professores recolham, e organizem materiais de diversos tipos de suporte (áudio, vídeo, gráficos, texto) e usem links de hipertexto para organizar o material, relacionando evidências para atingir resultados, objectivos ou critérios.” (Barrett, The Reflect Iniciative. White Paper. Reseaching Electronic Portfolios and Learner Engagement. 2005)

O carácter dinâmico de um e-portfolio faz dele um documento em constante reformulação, aperfeiçoamento e um instrumento reflexivo em constante evolução. O aluno tem um papel activo na construção do seu percurso educativo. Aspectos a realçar na construção de um e-portfolio

O carácter dinâmico de um e-portfolio faz dele um documento em constante reformulação, aperfeiçoamento e um instrumento reflexivo em constante evolução.

O aluno tem um papel activo na construção do seu percurso educativo.

O processo de ensino / aprendizagem modifica, permitindo o conhecimento do aluno como um todo, para além dos conteúdos específicos de uma disciplina. Há lugar a manifestações de interesses pessoais, questões de opinião, análise de situações problemáticas, não relacionadas directamente com os temas abordados nas aulas.

O processo de ensino / aprendizagem modifica, permitindo o conhecimento do aluno como um todo, para além dos conteúdos específicos de uma disciplina. Há lugar a manifestações de interesses pessoais, questões de opinião, análise de situações problemáticas, não relacionadas directamente com os temas abordados nas aulas.

A construção do e-portfolio potencia: A autonomia – pela possibilidade de realização de escolhas e tomadas de decisões que o mesmo faculta. A criatividade – pela escolha de formas de organização do e-portfolio. A auto-avaliação – pela permanente avaliação pessoal do seu percurso.

A construção do e-portfolio potencia:

A autonomia – pela possibilidade de realização de escolhas e tomadas de decisões que o mesmo faculta.

A criatividade – pela escolha de formas de organização do e-portfolio.

A auto-avaliação – pela permanente avaliação pessoal do seu percurso.

Fomato / suporte para o e-portfolio Várias possibilidades Site Plataforma Blog … Obrigatoriamente: o suporte informático

Várias possibilidades

Site

Plataforma

Blog



Obrigatoriamente:

o suporte informático

O e-portfolio no Blog Etapas: Criação do blog - «página central ou principal», onde o aluno expõe os seus interesses, comenta, transmite opiniões… Criação de «páginas anexas» (blogs ligados ao principal), cada uma delas correspondendo a uma área curricular onde se incluirá o trabalho específico dessa área.

Etapas:

Criação do blog - «página central ou principal», onde o aluno expõe os seus interesses, comenta, transmite opiniões…

Criação de «páginas anexas» (blogs ligados ao principal), cada uma delas correspondendo a uma área curricular onde se incluirá o trabalho específico dessa área.

Construção do e-portfolio no blog O processo é semelhante ao da construção do portfolio. O suporte é que marca a diferença… Estrutura Hiperligação 3: - blog das Actividades de Educação Física do aluno Hiperligação 4: - blog das Actividades de… Hiperligação 2: - blog das Actividades de História do aluno Hiperligação 1: - blog das Actividades de Português do aluno BLOG do ALUNO

Estrutura - secções 1. Quem sou eu? – identificação informal do aluno, área pessoal para manifestação de gostos e interesses (leituras, músicas, filmes / qualidades e defeitos / comentários sobre a escola / links de sites preferidos com pequena descrição e justificação da escolha…); poderá também incluir um texto do Encarregado de Educação falando sobre o Educando…

1. Quem sou eu?

– identificação informal do aluno, área pessoal para manifestação de gostos e interesses (leituras, músicas, filmes / qualidades e defeitos / comentários sobre a escola / links de sites preferidos com pequena descrição e justificação da escolha…); poderá também incluir um texto do Encarregado de Educação falando sobre o Educando…

Estrutura - secções 2. Este ano, gostaria de… - A preencher no início do ano. Pretende-se que o aluno reflicta sobre «ele e a escola». - Conjunto de «Boas intenções» Por ex.: « 10 objectivos que gostaria de alcançar este ano lectivo »… Estas «boas intenções» poderão incidir sobre áreas do conhecimento ( « gostaria de aprender mais sobre este assunto» ), sobre intenções («este ano vou fazer sempre os trabalhos de casa» ), sobre mudanças de comportamento ( «não vou perturbar as aulas» ),…

2. Este ano, gostaria de…

- A preencher no início do ano. Pretende-se que o aluno reflicta sobre «ele e a escola».

- Conjunto de «Boas intenções»

Por ex.: « 10 objectivos que gostaria de alcançar este ano lectivo »…

Estas «boas intenções» poderão incidir sobre áreas do conhecimento ( « gostaria de aprender mais sobre este assunto» ), sobre intenções («este ano vou fazer sempre os trabalhos de casa» ), sobre mudanças de comportamento ( «não vou perturbar as aulas» ),…

Estrutura - secções 3. O meu Diário de Aprendizagem - Espaço exclusivo do aluno. - Reflexão sobre as aprendizagens. - Destaque de temas sobre os quais gostaria de aprender mais. - Ideias / conceitos que corrigiu / alterou durante a aprendizagem.

3. O meu Diário de Aprendizagem

- Espaço exclusivo do aluno.

- Reflexão sobre as aprendizagens.

- Destaque de temas sobre os quais gostaria de aprender mais.

- Ideias / conceitos que corrigiu / alterou durante a aprendizagem.

Estrutura - secções 4. Os meus trabalhos - Envio / inserção de ficheiros em diversos formatos - Trabalhos arquivados segundo categorias e disciplinas (Páginas em hiperligação) - Diversas versões do mesmo trabalho, acompanhadas de uma reflexão sobre a sua relevância - Comentários de outros alunos, dos Encarregados de Educação, de outros professores… - Comentários e sugestões de reformulações pelo professor

4. Os meus trabalhos

- Envio / inserção de ficheiros em diversos formatos

- Trabalhos arquivados segundo categorias e disciplinas (Páginas em hiperligação)

- Diversas versões do mesmo trabalho, acompanhadas de uma reflexão sobre a sua relevância

- Comentários de outros alunos, dos Encarregados de Educação, de outros professores…

- Comentários e sugestões de reformulações pelo professor

Estrutura - secções 5. A minha avaliação - Reflexão sobre o trabalho realizado - Comentários, sugestões, propostas de correcções / reformulações - Avaliação final: - do próprio - dos colegas - do Encarregado de Educação - do(s) professor(es) … (Poderão sempre ser incluídas outras secções)

5. A minha avaliação

- Reflexão sobre o trabalho realizado

- Comentários, sugestões, propostas de correcções / reformulações

- Avaliação final:

- do próprio

- dos colegas

- do Encarregado de Educação

- do(s) professor(es)



(Poderão sempre ser incluídas outras secções)

Gestão do e-portfolio De forma global: Reflectindo, no início do ano lectivo , sobre o que “gostaria de aprender” (saberes e competências a adquirir e a desenvolver), apresentando propostas concretas nesse sentido. Reflectindo, no final do ano lectivo , tendo por base o trabalho realizado e devidamente certificado no seu portfolio, sobre o que aprendeu e sobre as competências que adquiriu. Reflectindo, ao longo do ano lectivo , através da construção voluntária do seu Diário de Aprendizagem. (Poderão ser definidos momentos obrigatórios para esta reflexão.)

De forma global:

Reflectindo, no início do ano lectivo , sobre o que “gostaria de aprender” (saberes e competências a adquirir e a desenvolver), apresentando propostas concretas nesse sentido.

Reflectindo, no final do ano lectivo , tendo por base o trabalho realizado e devidamente certificado no seu portfolio, sobre o que aprendeu e sobre as competências que adquiriu.

Reflectindo, ao longo do ano lectivo , através da construção voluntária do seu Diário de Aprendizagem. (Poderão ser definidos momentos obrigatórios para esta reflexão.)

Projecto a desenvolver nas aulas de Área de Projecto 8º Ano Professora Diana Magalhães – Outubro 2007

Add a comment

Related presentations

Related pages

«O E-Portfolio em area de projecto 8ºAno ...

“ Um portfolio é uma colecção de trabalhos que o aluno recolheu, seleccionou, organizou, sobre os quais reflectiu, e demonstrou conhecimento e ...
Read more

aprendo com

sábado, 17 de janeiro de 2009. «O E-Portfolio em area de projecto 8ºAno» View SlideShare presentation or Upload your own. (tags: eportfolio portfolio)
Read more

faseactualdotrabalhodeprojecto-2.ºperíod - aprendtic

«O E-Portfolio em area de projecto 8ºAno ... Objectivos < xml="true" ns="urn:schemas-microsoft-com:office:office" prefix="o" namespace="">
Read more

ÁREA PROJECTO ESPHC

Distinção entre Dossier e portfolio O ... · O portefólio é um documento de avaliação em constante reformulação. · O ... ÁREA de PROJECTO 8ºAno ...
Read more

1 RePe Centro de Competência TIC da ESE - Santarém E ...

... o aluno o enc. de educação os professores a sociedade em geral conheçam: o ... em geral Área de Projecto 8ºano ... E Portfolio s e ...
Read more

mafalda,: (R)Evolução dos Transportes! - Os primeiros ...

este blogue é o espaço criado para desenvolver o meu E-Portfolio em área de projecto. ... Projecto de Fisico-Química ''WebQuest 8ºano'' Os ...
Read more

mafalda,

este blogue é o espaço criado para desenvolver o meu E-Portfolio em área de projecto. ... em que o risco para a saúde ... 8ºano'' Incineração. - O ...
Read more