Neo panteismo

75 %
25 %
Information about Neo panteismo

Published on March 9, 2014

Author: fernandohenning58

Source: slideshare.net

NEO- PANTEÍSMO Erick Alves Fernando Henning João Paulo Furtado Luiz Augusto Kuczman

ÉPOCAS DE SURGIMENTO E PREDOMÍNIO.  Embora possuam representantes em todos os períodos históricos, popularizam-se ou surgem a partir do século XVIII.

BASE LITERÁRIA Seus textos são em geral filosóficos, embora possuam mais força doutrinária, não incorrendo porém em dogmas arbitrários.  MITOLOGIA  Acredita-se em geral no Monismo, um substância única que permeia todo o Universo num Ser único. São em geral reencarnacionistas e evolutivas. A desatribuição de qualidades do Ser supremo por vezes as confunde com o Ateísmo. 

SÍMBOLOS Diversos símbolos e mitos de diversas outras religiões são resgatados e reinterpretados, também não há representação específica do Ser Supremo mas pode haver de outros seres elevados.  RITUAIS  Em geral baseados no uso de "energias" da natureza. Não mais têm influência nos processos civis, sendo restritos a curas, proteção contra ameaças físicas e extrafísicas 

EXEMPLOS Espiritismo Kardecista*, Racionalismo Cristão, Neo-Gnosticismo, Teosofia, Wicca, "Esotéricas", etc.

 Origem  No século 19 um fenômeno agitou a Europa: “as mesas girantes”. Nos salões elegantes, após os saraus, as mesas eram alvo de curiosidade e de extensas reportagens, pois moviamse, erguiam-se no ar e respondiam a questões mediante batidas no chão .

O fenômeno chamou a atenção de um pesquisador sério : Hippolyte Leon Denizard Rivail. Rivail, pedagogo francês, fluente em diversos idiomas, autor de livros didáticos e adepto de rigoroso método de investigação científica, não aceitou de imediato os fenômenos das mesas girantes, mas estudou-os atentamente, observou que uma força inteligente as movia e investigou a natureza dessa força, que se identificou como: os “Espíritos dos homens” que haviam morrido. Rivail fez centenas de perguntas aos Espíritos, analisou as respostas, comparou-as e codificou-as, tudo submetendo ao crivo da razão, não aceitando e não divulgando nada que não passasse por esse crivo. Assim nasceu O Livro dos Espíritos. O professor Rivail imortalizou-se adotando o pseudônimo de Allan Kardec. A Doutrina codificada por ele tem caráter científico, religioso e filosófico

Segundo a visão espírita, os fenômenos mediúnicos são registrados em diversos lugares e épocas da História, desde a Antiguidade, sob diversas formas. Como exemplo dessa visão de realidade religiosa, refere-se: • A prática ancestral de culto aos antepassados • Na cultura da Grécia Antiga, a crença em que as almas dos mortos habitavam o submundo e que era possível entrar em contacto com eles • Os povos Celtas acreditavam que os espíritos regressavam ao mundo dos vivos em certas ocasiões • Os xamãs dos povos "primitivos" da Ásia e Oceania, também afirmam ter o dom de comunicação com o além.

Fundamentos gerais O espiritismo, apesar das diversas variações, de um modo geral fundamenta-se nos seguintes pontos: Crença num mundo dos espíritos; Possibilidade de os vivos entrarem em contacto com o espírito dos mortos; Essa comunicação é realizada com o auxílio de pessoas com determinadas capacidades - os médiuns, como por exemplo a chamada "escrita automática" (psicografia).

Não encontramos no espiritismo uma doutrina específica sobre a natureza de Deus e dos espíritos, mas um sincretismo bastante superficial, em que se justapõe elementos orientais (lei do Karma) e elementos Cristãos (lei da caridade)

LIVROS DA CODIFICAÇÃO

“O espiritismo não vem procurar os perfeitos, mas os que se esforçam em o ser, pondo em prática os ensinos dos espíritos. O verdadeiro espírita não é alcançou a meta, mas o que seriamente quer atingi-la. Sejam quais forem os seus antecedentes, será bom espírita desde que reconheça suas imperfeições e seja sincero e perseverante na proposta de se emendar.” Allan Kardec

Add a comment

Related presentations

Related pages

Pantheism - Wikipedia

Pantheism; Perennial philosophy; Pietism; Romanticism; Spiritualism; Theosophy; ... Neo-Vedanta; Proto-Indo-Iranian religion; Tantra; Yoga; Yogacara; Other ...
Read more

Caio Fábio: o herético neo-panteísta - YouTube

Vídeo que registra documentalmente fala gravada de Caio Fábio, que outrora foi o maior reverendo presbiteriano do Brasil, defendendo o neo ...
Read more

What does neo-pantheism mean? - Definitions.net

Definition of neo-pantheism in the Definitions.net dictionary. Meaning of neo-pantheism. What does neo-pantheism mean? Information and translations of neo ...
Read more

O Ateísmo - ExtraBitefight - Forum - Bitefight Portugal

Neo Panteísmo: São em geral reencarnacionistas e evolutivas. Por vezes, confunde-se com o ateísmo. Símbolos. Panteísmo: Usam totens e alguns outros ...
Read more

Pantheism - definition of pantheism by The Free Dictionary

Define pantheism. pantheism synonyms, ... panteismo. panteísmo. ... Why the Materialist Neo-Darwinian Conception of Nature Is Almost Certainly False.
Read more

pantheism - Wiktionary

neo-pantheism; Derived terms . Derived terms. pantheist; pantheistic; pantheistical; pantheistically; Related terms . ... Italian: panteismo ...
Read more

Translation of neo-pantheism - definitions.net

How to say neo-pantheism in other languages? See comprehensive translations to 40 different langugues on Definitions.net!
Read more

O que é o panteísmo - YouTube

Vídeo que explica o significado da palavra panteísmo e alguns de seus conceitos
Read more

Pantheism Panteismo - mb-soft.com

Pantheism Panteismo General Information Informazioni generali. Pantheism is the belief that everything is divine, that God is not separate from but totally ...
Read more

Panteísmo - Public Encyclopedia Services Home Page

Varios artículos sobre Panteísmo. informativos sobre importantes cristiana, protestante, católica, ortodoxa y la Iglesia las pa
Read more