Memento Mori V Noite de Poesia Nane Pereira

67 %
33 %
Information about Memento Mori V Noite de Poesia Nane Pereira
Entertainment

Published on December 20, 2008

Author: roberley

Source: slideshare.net

Description

Apresentação da Poetisa da Noite Nane Pereira, na V Noite de Poesia, realizada em Brasília-DF, no dia 23 de julho de 2008.

Memento Mori V Noite de Poesia Carpe Diem – Brasília / DF 23/07/2008 A Literatura vista com outros olhos http://www.mementomori.com.br

Nane Pereira 33 anos de idade, estudante de jornalismo e estagiária de assessoria de imprensa, escreve desde cedo, por vários motivos sempre remou para uma maré contrária ao que gosta, mas uma correnteza mais forte a trouxe de volta. Retornando, voltou a estudar e escrever. Mora em Blumenau – SC. Gosta de poesias com uma linguagem fácil, mas de forte interpretação! Tem como inspiração Lindolf Bell e Mario Quintana.

33 anos de idade, estudante de jornalismo e estagiária de assessoria de imprensa, escreve desde cedo, por vários motivos sempre remou para uma maré contrária ao que gosta, mas uma correnteza mais forte a trouxe de volta.

Retornando, voltou a estudar e escrever.

Mora em Blumenau – SC. Gosta de poesias com uma linguagem fácil, mas de forte interpretação!

Tem como inspiração Lindolf Bell e Mario Quintana.

Memento Mori Nane Pereira É A primeira Poetisa Virtual da Noite...

Encontro E ando tão louco meu bem Bebi de um veneno que seca as lágrimas e adormece os sentidos As correntes da porta de minha alma se quebraram e anjos sopram ao meu ouvido que ela quer me ver… Pobre espírito atormentado esse meu, que divaga na razão dos tempos modernos para esquecer a rejeição do útero de um mundo inadequado. Anjos sopram ao meu ouvido que ela quer me ver… Digam à morte, meninos de asas negras que me aguarde mais um pouco e beberemos juntos, o melhor dos vinhos.

E ando tão louco meu bem

Bebi de um veneno que seca as lágrimas

e adormece os sentidos

As correntes da porta de

minha alma se quebraram

e anjos sopram ao meu ouvido

que ela quer me ver…

Pobre espírito atormentado esse meu,

que divaga na razão dos tempos modernos

para esquecer a rejeição do útero

de um mundo inadequado.

Anjos sopram ao meu ouvido

que ela quer me ver…

Digam à morte, meninos de asas negras

que me aguarde mais um pouco

e beberemos juntos, o melhor dos vinhos.

O Tombo Na perda, abriu-se o terceiro olho ou definitivamente fecharam-se os dois já existentes! ela já não enxergava o bem e já não sentia mais o mal, na via láctea de seus sonhos as estrelas estavam dormentes.

Na perda,

abriu-se o terceiro olho

ou definitivamente fecharam-se

os dois já existentes!

ela já não enxergava o bem

e já não sentia mais o mal,

na via láctea de seus sonhos

as estrelas estavam dormentes.

Retrato O espelho reflete uma formiguinha de um formigueiro de gigantes incrédulos, sanguinários, de corações cardíacos. Ela exaltada diz: Ah, esse surrealismo me fascina!

O espelho

reflete uma formiguinha

de um formigueiro

de gigantes incrédulos,

sanguinários,

de corações cardíacos.

Ela exaltada diz:

Ah, esse surrealismo

me fascina!

Memento Mori V Noite de Poesia Carpe Diem – Brasília / DF 23/07/2008 A Literatura vista com outros olhos http://www.mementomori.com.br

Add a comment

Related presentations

Related pages

Carpe diem - Wikipedia, the free encyclopedia

Carpe diem is a Latin ... Over time the phrase "memento mori" also came to be ... minute epic "A Change of Seasons" on their 1995 album of the same name.
Read more

In a Station of the Metro - Wikipedia, the free encyclopedia

Additionally, some have interpreted the poem to be a Memento Mori. ... In a Station of the Metro; Ripostes; The Cantos; Other work: ABC of Reading ...
Read more

Barock - literaturwelt.com - Deutsche Literaturgeschichte ...

in memento mori: Erotik, Wollust: Tugend, Askese: Wohlstand: ... Jahrhundert v. Chr., wurde aber erst im Barock auch in Deutschland angewendet. 3. Vertreter.
Read more

Triplov

Mapa - Letras - Projeto «Sarmento Pimentel» - Poesia - Revista Triplov de Artes, Religiões e Ciências - Triplov Blog . REVISTA TRIPLOV de Artes ...
Read more