Logística Reversa de Medicamentos

40 %
60 %
Information about Logística Reversa de Medicamentos
Business & Mgmt

Published on March 19, 2014

Author: ferreiratelmo

Source: slideshare.net

Description

Apresentação sobre a logística reversa de medicamentos

FATEC – FACULDADE DE TECNOLOGIA DE JUNDIAÍ A LOGÍSTICA REVERSA E O DESCARTE DE MEDICAMENTOS PELO CONSUMIDOR FINAL

AGENDA • Introdução; • Considerações sobre Logística Reversa; • O Plano Nacional de Resíduos Sólidos; • Impactos ambientais no descarte indevido de medicamentos; • Modelo SIGRE / Espanha; • Proposta brasileira; • Iniciativas no Brasil; • Conclusões.

INTRODUÇÃO MEDICAMENTO NO CONSUMIDOR FINAL CONSUMO DESCARTE INAPROPRIADO DESCARTE APROPRIADO ARMAZENAGEM RISCOS VASO SANITÁRIO LIXO ESGOTO ÁGUA SOLO INCINERAÇÃO(*)

INTRODUÇÃO MEDICAMENTO NO CONSUMIDOR FINAL CONSUMO DESCARTE INAPROPRIADO DESCARTE APROPRIADO ARMAZENAGEM RISCOS VASO SANITÁRIO LIXO ESGOTO ÁGUA SOLO INCINERAÇÃO(*)

LOGÍSTICA REVERSA – CONSIDERAÇÕES (1/2) • Importância que vem adquirindo a Logística nas últimas décadas; • Competição  Eficiência  Novas estratégias  Logística Reversa; • Consciência Ambiental  Logística Reversa; • Dificuldades (Cadeia Logística Reversa): • Valores totais/unitários; • Volumes; • Modelo econômico.

LOGÍSTICA REVERSA – CONSIDERAÇÕES (2/2) • Pontos que fomentam a formação de Canais de Logística Reversa: •Competição Velocidade de lançamento de novos produtos; • Consciência Ambiental; • Busca de competitividade empresarial; • Regulamentação; • Relacionamento com clientes; • Controle do Ciclo de Vida de Uso de um produto; • EPR (extended product responsability) e princípio poluidor-pagador.

PNRS – LEI 12.305 / 2010 • Destinação e tratamento dos resíduos sólidos (lixo); • Lixões  Aterros Sanitários e Aterros Controlados (2014) ; • Aterros sanitários receberão só o que não puder ser reciclado (10%); • Implantação de Cadeias de Logística Reversa para produtos, materiais e resíduos  papel dos produtores e fabricantes; • Tratamento do lixo nos municípios (100% - 2014).

PNRS – LEI 12.305 / 2010 • Cadeias Logísticas Reversas. Produtos contemplados: • Agrotóxicos, seus resíduos e embalagens; • Lâmpadas, pilhas e baterias; • Pneus; • Óleos lubrificantes, seus resíduos e embalagens; • Produtos eletrônicos e componentes; • Medicamentos .  Extensão pelo Art. 17 ORIGINAL

PNRS – LEI 12.305 / 2010 • PNRS para medicamentos: • Coordenação: ANVISA; • Objetivos: • Modelagem da cadeia de logística reversa; • Responsabilidade compartilhada; • Acordo Setorial (Edital: out/2013).

Descarte de medicamentos MEDICAMENTO NO CONSUMIDOR FINAL CONSUMO DESCARTE INAPROPRIADO DESCARTE APROPRIADO ARMAZENAGEM RISCOS VASO SANITÁRIO LIXO ESGOTO ÁGUA SOLO INCINERAÇÃO(*)

Observações • Escopo do trabalho: consumidor final; • Iniciativas nos fabricantes, distribuidores e varejo para medicamentos fora da validade, danificados ou com perda de eficácia; • ANVISA alinhada a OMS: uso racional de medicamentos; • “medicamentos adequados para as condições clínicas dos pacientes, em dose apropriada e ao menor custo para si e para a comunidade”;

Por que sobram medicamentos no consumidor final? • Medicamentos receitados ou fornecidos além da quantidade exata para o tratamento do paciente; • Embalagens e disposição não condizentes com a duração do tratamento; • Não implantação do fracionamento de medicamentos pela cadeia farmacêutica; • Interrupção ou mudança de tratamento; • Distribuição aleatória de amostras-grátis; • Carência de informação da população relacionada à promoção, prevenção e cuidados básicos com sua saúde.

Consequências e riscos à saúde pública da sobra de medicamentos • Risco de exposição e intoxicação acidental com o acesso aos medicamentos em seu local de armazenagem principalmente por crianças; • Reuso indevido dos medicamentos através da auto-medicação, podendo gerar graves reações adversas; • Reuso de embalagens facilitando a pirataria e a falsificação de medicamentos; • Risco de exposição e intoxicação acidental através da exposição de pessoas, principalmente carentes, em lixões e terrenos; •Agressão ao meio ambiente por descarte indevido.

Descarte indevido: consequências • Consumo de medicamentos: população e renda per capita; •Milhares de substâncias de diferentes graus de complexidade e potencialidade de contaminação; • Medicamentos: Alta estabilidade  Bioacumulação; •Os fármacos com maior potencial de risco ambiental são: antibióticos, anti-depressivos e hormônios; • Genotoxidade: alteração no DNA (comprovação experimental); • Elevação da resistência de microorganismos nocivos; • Descarte na Zona Rural de produtos veterinários.

Modelo mais bem sucedido: Espanha / SIGRE • Pontos de coleta: farmácias (zona urbana: 3/dia e zona rural: 13 dias); • Cadeia logística reversa: coleta realizada pelos distribuidores ao repor estoques; • Farmácia: espaço físico das urnas e informações aos usuários (adesão voluntária); • Segurança: urnas lacradas; • Preocupação com novas embalagens (ecológicas); • Resíduos utilizados na produção de cimento e na produção de energia; • Eficiência: 47% (medicamentos) e 53% (embalagens) • Fator crítico de sucesso: conscientização dos usuários (jovens)

Estudo de viabilidade técnico econômica - UNICAMP • Criação de agência gestora (repasse de verbas e campanhas publicitárias); • Operadoras regionais; • Financiamento: fabricantes, distribuidores e varejo; • Farmácia como ponto de coleta; • Destinação final: indefinida (incineração, aterro industrial ou coprocessamento); • Universo de resíduos: 12,6 mil toneladas / ano; • # de farmácias: aprox. 42.100; • Implementação progressiva: 100% das farmácias em cidades com mais de 100.000 habitantes (285) até 2017 – 50% do volume de resíduos.

Iniciativas no Brasil Programa Destino Certo Rede Panvel (RS) Parceria com PUC-RS e UFRS Programa Descarte Correto De Medicamentos Eurofarma e Pão de Açúcar Programa Descarte Consciente Drogaraia

Conclusões • Projeto complexo; • Acordo setorial envolvendo todos os atores; • Comparação modelo proposto no Brasil x Sistema Sigre Espanha; • Ponto de atenção: destinação final; • Fatores críticos de sucesso: • Conscientização e educação da população quanto aos impactos do descarte de medicamentos, localização dos pontos de coleta e correta disposição dos mesmos; • Disponibilidade de pontos de coleta que devem ser de fácil acesso e caso necessário possuir pessoal qualificado a dar informações e auxiliar os consumidores; • Cadeia logística reversa sustentável, simples e eficiente; • Destino final seguro dos resíduos .

Referências BAKER, Michael; et all. Administração de Marketing. BLANSKI, Carla. Aspectos legais e ambientais do descarte de resíduos de medicamentos. CHAGAS, Claudiomiro; GRACCO, Abraão. A logística reversa de pós-consumo política nacional de resíduos sólidos derivados dos serviços de saúde. FIGUEIREDO, Márcia; et all. Armazenagem e descarte de medicamentos: uma questão de educação e saúde. KOTTLER, Phillip; KELLER, Kevin. Administração de Marketing. LEITE, Paulo Roberto Leite. Logística Reversa. Website do Ministério da saúde. Website da ABRAS (Associação Brasileira de Supermercados) Website da Anvisa Website do Sigre (Espanha)

Add a comment

Related presentations

Canvas Prints at Affordable Prices make you smile.Visit http://www.shopcanvasprint...

30 Días en Bici en Gijón organiza un recorrido por los comercios históricos de la ...

Con el fin de conocer mejor el rol que juega internet en el proceso de compra en E...

With three established projects across the country and seven more in the pipeline,...

Retailing is not a rocket science, neither it's walk-in-the-park. In this presenta...

What is research??

What is research??

April 2, 2014

Explanatory definitions of research in depth...

Related pages

Blogisticando: Logística reversa de medicamentos

O descarte aleatório de medicamentos em desuso, vencidos ou sobras atualmente é feito por grande parte das pessoas no lixo comum ou na rede pública de ...
Read more

Slide 1 - Agência Nacional de Vigilância Sanitária ...

A Anvisa e a implantação da logística reversa de resíduos de medicamentos Agência Nacional de Vigilância Sanitária Diretor Jaime César de Oliveira ...
Read more

Logística Reversa de medicamentos - Pesquisa e campanha ...

Logística Reversa de medicamentos. Análise comparativa do nível de conscientização e comportamentos dos usuários de sistemas de logística reversa de ...
Read more

Logística Reversa de Medicamentos | Baú dos Estudos 5 ...

Explicação de como ocorre a logística reversa para devolução de medicamentos vencidos e sobras, para onde vão e como funciona a cadeia ...
Read more

© 2013 – Agência Brasileira de Desenvolvimento ...

Logística Reversa, aplicada ao setor de medicamentos 12 2.1. Identificação de atores e etapas: logística direta A organização da cadeia produtiva ...
Read more

Pharm. Bras. ISSN. 1414-4794 LOGÍSTICA REVERSA

A logística reversa de medicamentos é parte de uma complexa política liderada pela Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária), com o en-
Read more

Descarte de medicamentos logística reversa - YouTube

Palestra Logística Reversa do Óleo Lubrificante Pós Consumo - Manoel Browne de Paula (Grupo Lwart) - Duration: 23:05. festieco 2,983 views
Read more

Setor de medicamentos envia propostas para a logística ...

Terminou nesta segunda-feira (7) o prazo para a entrega de propostas de acordo setorial para implantação do sistema de logística reversa de resíduos de ...
Read more

PMG&E: Logística reversa para medicamentos.

Segundo a Anvisa, a logística reversa significa utilizar o mesmo caminho que o medicamento faz até o consumidor final para que o resíduo seja ...
Read more