advertisement

Livro de daniel cap 5

60 %
40 %
advertisement
Information about Livro de daniel cap 5
Spiritual

Published on March 5, 2014

Author: maranata68

Source: slideshare.net

Description

Capitulo 5 do livro do Profeta Daniel, comentado verso a verso.
advertisement

Belsazar 5:1 O REI Belsazar deu um grande banquete a mil dos seus senhores, e bebeu vinho na presença dos mil. Belsazar – em acadiano Bel-sarra-usur, significa `Bel proteja o rei`. Belsazar era o filho de Nabonido, em acadiano Nabunaid, o último rei do Império Neobabilônico. Ele ficou como co-regente na babilônia enquanto seu pai, Nabonido residia em Tema, na Arábia Ocidental.

Assassinado por Neriglissar, genro 1.Nabopolassar Assassinado por conspiradores, que colocaram Nabonido no trono 2.Nabucodonosor 4.Neriglissar, genro 3.Evilmerodaque, filho Os registros históricos dizem que Nabucodonosor tinha uma filha que casada com Nabonido e deu a luz a Belzasar. (Pr.M.Finley, RMD,p. 62) filha Filha (as) 6. Nabonido, genro 7.Belsazar Viveu mais quatro anos, foi substituído pelo seu filho 5.LabashiMarduque

Belsazar não se encontrava numa situação adequada para comemorar, pois as forças do império medo-persa mantinham a cidade cercada. Sipar, a poucos quilômetros ao norte, caíra nas mãos do inimigo. O Pai de Belsazar, já havia sido capturado.

5:2 Havendo Belsazar provado o vinho,mandou trazer os vasos mandou trazer os vasos de ouro e de prata, que Nabucodonosor, seu pai, tinha tirado do templo que estava em Jerusalém, para que bebessem neles o rei, os seus príncipes, as suas mulheres e concubinas.

5:2 Havendo Belsazar provado o vinho,mandou trazer os vasos mandou trazer os vasos de ouro e de prata, que Nabucodonosor, seu pai, tinha tirado do templo que estava em Jerusalém, para que bebessem neles o rei, os seus príncipes, as suas mulheres e concubinas.

5:2 Havendo Belsazar provado o vinho, mandou trazer os vasos de ouro e de prata, que Nabucodonosor, seu pai tinha tirado pai, do templo que estava em Jerusalém, para que bebessem neles o rei, os seus príncipes, as suas mulheres e concubinas. No antigo testamento a palavra pai, não significa necessariamente pai consangüíneo. Pode significar avô, antepassado. Pode também indicar relação de caráter, antes que relação consangüínea. Jesus foi identificado como filho de Davi.

5:3 Então trouxeram os vasos de ouro, que foram tirados do templo da casa de Deus, que estava em Jerusalém, e beberam neles o rei, os seus príncipes, as suas mulheres e concubinas.

5:4 Beberam o vinho, e deram louvores aos deuses de ouro, de prata, de bronze, de ferro, de madeira, e de pedra.

5:5 Na mesma hora apareceram uns dedos de mão de homem, e escreviam, defronte do castiçal, na caiadura da parede do palácio real; e o rei via a parte da mão que estava escrevendo. A resposta do Céu a blasfêmia do rei foi imediata. A Mão de justiça de Deus sequer esperou pelo nascer do sol. A festa que começara com gargalhadas e muita farra terminou com lamentos.

5:6 Mudou-se então o semblante do rei e os seus pensamentos Mudou-se então o semblante do rei, o turbaram; as juntas dos seus lombos se relaxaram, e os seus joelhos batiam um no outro.

5:7 E gritou o rei com força, que se introduzissem os astrólogos, os caldeus e os adivinhadores; e falou o rei, dizendo aos sábios de Babilônia: Qualquer que ler este escrito, e me declarar a sua interpretação,será vestido de púrpura e trará uma cadeia de será vestido de púrpura, ouro ao pescoço e, no reino, será o terceiro governante. a púrpura pura real antiga era de cor avermelhada, purpurina escura, mais próxima do carmesim. A púrpura era a cor símbolo da realeza da antiguidade.

5:7 E gritou o rei com força, que se introduzissem os astrólogos, os caldeus e os adivinhadores; e falou o rei, dizendo aos sábios de Babilônia: Qualquer que ler este escrito, e me declarar a sua interpretação, será vestido de púrpura, e trará umacadeia dede ouro pescoço cadeia ouro ao ao pescoço e, no reino, será o terceiro governante. O costume de honrar os servidores públicos favoritos da coroa, pela concessão de cadeias de ouro, ornamentos, colares, já existia no Egito muitos séculos antes. O costume era comum entre as nações antigas.

5:7 E gritou o rei com força, que se introduzissem os astrólogos, os caldeus e os adivinhadores; e falou o rei, dizendo aos sábios de Babilônia: Qualquer que ler este escrito, e me declarar a sua interpretação, será vestido de púrpura, e trará uma cadeia de ouro ao pescoço e, no reino, será o terceiro governante será o terceiro governante. Se Belsazar era co-regente com seu pai Nabonido que estava em outras terras, ele era o segundo do reino, por isso ele não poderia oferecer outra posição no reino senão a de “terceiro governador”.

5:8 Então entraram todos os sábios do rei;mas não puderam ler mas não puderam ler o escrito, nem fazer saber ao rei a sua interpretação. Mais uma vez os astrólogos e sábios foram incapazes de atuar. As palavras de Isaías descrevem bem o dilema que enfrentavam: Levantem-se, pois, agora, os que dissecam os céus e fitam os astros, os que em cada lua nova te predizem o que há de vir sobre ti. Eis que serão como restolho (Isaías 47: 13 e 14).

5:9 Então o rei Belsazar perturbou-se muito, e mudou-se-lhe o perturbou-se semblante; e os seus senhores estavam sobressaltados. Belzasar atemorizou-se e a sua consciência foi despertada. O temor e a desconfiança que sempre se seguiram ao curso do culpado, apoderaram-se dele. Quando Deus faz os homens temerem, estes não podem esconder a intensidade do seu terror. Sobressalto apoderou-se dos grandes homens do reino. O seu blasfemo desrespeito pelas coisas sagradas foi mudado num momento. Um temor frenético superou todo o autodomínio.

A rainha, 5:10 A rainha por causa das palavras do rei e dos seus senhores, entrou na casa do banquete, e respondeu, dizendo: Ó rei, vive para sempre! Não te perturbem os teus pensamentos, nem se mude o teu semblante. Sua identidade é incerta. Não era uma das esposas de Belsazar, porque ele e suas esposas já estavam no banquete. Os estudiosos estão divididos sobre a mãe de Belsazar ou sua avó, a esposa de Nabucodonosor.

5:11 Há no teu reino um homem, no qual há o espírito dos deuses santos; e nos dias de teu pai se achou nele luz, e inteligência, e sabedoria, como a sabedoria dos deuses e teu como a sabedoria dos deuses; pai, o rei Nabucodonosor, sim, teu pai, o rei, o constituiu mestre dos magos, dos astrólogos, dos caldeus e dos adivinhadores; 5:12 Porquanto se achou neste Daniel um espírito excelente, e conhecimento, e entendimento, interpretando sonhos e explicando enigmas, e resolvendo dúvidas, ao qual o rei pôs o nome de Beltessazar. Chame-se, pois, agora Daniel, e ele dará a interpretação. Antes de persuadir o rei a chamar Daniel, ela fez elogios ao idoso profeta. Suas palavras fazem lembrar a confissão de Nabucodonosor no cap 4 de Daniel. Isto mostra a intimidade no conhecimento dos fatos ocorridos com Nabucodonosor .

5:13 Então Daniel foi introduzido à presença do rei. Falou o rei, dizendo a Daniel: És tu aquele Daniel, um dos filhos dos cativos de Judá, que o rei, meu pai, trouxe de Judá? 5:14 Tenho ouvido dizer a teu respeito que o espírito dos deuses está em ti, e que em ti se acham a luz, e o entendimento e a excelente sabedoria. 5:15 Agora mesmo foram introduzidos à minha presença os sábios e os astrólogos, para lerem este escrito, e me fazerem saber a sua interpretação; mas não puderam dar a interpretação destas palavras.

5:16 Eu, porém, tenho ouvido dizer de ti que podes dar Se puderes ler interpretação e resolver dúvidas. Agora, se puderes ler este escrito, e fazer-me saber a sua interpretação, serás vestido de púrpura, e terás cadeia de ouro ao pescoço e no reino serás o terceiro governante. Com relutância o rei reconheceu Daniel, cativo judeu, como alguém que tinha “o espírito dos deuses”. Ele informa a Daniel a situação e faz um elogio, mas, não estava convencido dos talentos de Daniel, “Se puderes ler esta escritura?”

5:17 Então respondeu Daniel, e disse na presença do rei: As tuas dádivas fiquem contigo e dá os teus prêmios a tuas dádivas fiquem contigo, outro; contudo lerei ao rei o escrito, e far-lhe-ei saber a interpretação. Daniel sentia que aceitar qualquer honra de Belsazar não somente seria inútil, mas poderia mesmo ser nocivo e perigoso, devido as circunstancias da situação e política que o governo estava levando, e dificilmente seria uma influencia salutar sobre o rei e ser um instrumento de Deus para promover a liberdade de seu povo do exílio.

deu a Nabucodonosor, teu pai 5:18 Ó rei! Deus, o Altíssimo, deu a Nabucodonosor, teu pai, o reino, e a grandeza, e a glória, e a majestade. Novamente aqui a força de expressão, avô seria o correto no português. 5:19 E por causa da grandeza, que lhe deu, todos os povos, nações e línguas tremiam e temiam diante dele; a quem queria matava, e a quem queria conservava em vida; e a quem queria engrandecia, e a quem queria abatia. 5:20 Mas quando o seu coração se exaltou, e o seu espírito se endureceu em soberba, foi derrubado do seu trono real, e passou dele a sua glória.

5:21 E foi tirado dentre os filhos dos homens, e o seu coração foi feito semelhante ao dos animais, e a sua morada foi com os jumentos monteses; fizeram-no comer a erva como os bois, e do orvalho do céu foi molhado o seu corpo, até que conheceu que Deus, o Altíssimo, tem domínio sobre o reino dos homens, e a quem quer constitui sobre ele. Antes de interpretar as escrituras, Daniel queria que o rei conhecesse a razão para a tragédia iminente. Recapitulando a história de Nabucodonosor, Daniel lembrou a o rei Belsazar, quem era o Deus altíssimo, que havia concedido a Nabucodonosor, e também a Belsazar, a autoridade para governar Babilônia. Ele lembrou que ao final da loucura de Nabucodonosor, o rei reconheceu que “o Altíssimo, tem domínio sobre o reino dos homens, e a quem quer constitui sobre ele.”

5:22 E tu, Belsazar, que és seu filho,não humilhaste o teu não humilhaste o teu coração, ainda que soubeste tudo isto. coração Embora Belsazar conhecesse o que acontecera ao seu avô, ele deixou de aprender pela experiência de Nabucodonosor. Seu avô tinha sido orgulhoso, mas se arrependera e se tornara filho de Deus. Belsazar, por outro lado, escolheu desafiar a lei e a autoridade de Deus e recusou humilhar-se. Seu pecado, então, era grande, e o juízo, iminente.

E te levantaste contra o Senhor do 5:23 E te levantaste contra o Senhor do Céu Céu, pois foram trazidos à tua presença os vasos da casa Dele, e tu, os teus senhores, as tuas mulheres e as tuas concubinas, bebestes vinho neles; além disso, deste louvores aos deuses de prata, de ouro, de bronze, de ferro, de madeira e de pedra, que não vêem, não ouvem, nem sabem; mas a Deus, em cuja mão está a tua vida, e de quem são todos os teus caminhos, a ele não glorificaste. Daniel explicou que, ao mandar Belsazar apanhar os utensílios sagrados que foram trazidos do templo em Jerusalém, para serem usados naquela festa maligna, ele desafiara o Deus Todo Poderoso.

5:24 Então Dele foi enviada aquela parte da mão que escreveu mão, este escrito. Naquele momento de orgias banais, Belsazar louvava seus deuses e bebia nos vasos consagrados a Deus, trazidos do Templo de Jerusalém, então da parte de Deus, veio o vigilante para escrever na parede a sentença fatal.

5:25 Este, pois, é o escrito que se escreveu: MENE, MENE, Este, pois, é o escrito TEQUEL, UFARSIM. Anagrama bíblico: Daniel lê a mensagem simples: “Contado, contado, pesado e dividido”.

MENE 5:26 Esta é a interpretação daquilo: MENE: Contou Deus o teu reino, e o acabou. MENE – no aramaico significa „numerado‟ ou „contado‟. Por iluminação divina, Daniel deu a esta palavra a interpretação : “Deus contou o teu reino, e deu cabo dele”.

5:27 TEQUEL Pesado foste na balança, e foste achado em falta. TEQUEL: A vida e as ações de Belsazar foram colocadas em um prato de balança, por assim dizer, e a Lei de Deus, no outro prato. O lado de Belsazar, infelizmente, foi achado em falta.

achado em falta 5:27 TEQUEL: Pesado foste na balança, e foste achado em falta. Estas terríveis palavras de destruição „achado em falta‟ condenam todos os que, como Belsazar, negligenciam as suas oportunidades dadas por Deus. No juízo investigativo agora em andamento,...as pessoas serão pesadas na balança para ver se seu caráter moral e estado espiritual correspondem aos benefícios e bênçãos que Deus lhes conferiu. SDA Commentary, vol 4, p. 805.

achado em falta 5:27 TEQUEL: Pesado foste na balança, e foste achado em falta. “O sábio é aquele que teme a Deus, enquanto o tolo não tem o temor de Deus em seu coração. Negligencia a Deus por amor ao conforto e ao prazer, ou O desafia abertamente. Assim, tolice e maldade são expressões quase sinônimas. SDA Commentary, vol 4, p. 385.

achado em falta 5:27 TEQUEL: Pesado foste na balança, e foste achado em falta. Se a nossa vida, como a de Belsazar, fosse colocado em uma balança (nossa vida em um prato e a lei de Deus no outro), teríamos um resultado melhor?

5:28 PERES Dividido foi o teu reino, e dado aos medos e aos PERES: persas. PERES – significa „quebrado‟ ou „dividido‟ e se for usado a forma plural UFARSIM (V. 25), deve ser traduzia por „pedaços‟. A interpretação pode ser também: „o teu reino foi quebrado em pedaços‟. Aqui também temos um jogo de palavras, porque as consoantes da palavra „dividido‟ são as mesmas do nome aramaico para Persa ou Pérsia.

5:29 Então mandou Belsazar que vestissem a Daniel de púrpura, e que lhe pusessem uma cadeia de ouro ao pescoço, e proclamassem a respeito dele que havia de ser o terceiro no governo do seu reino. O rei cumpriu promessa que fizera a Daniel, ainda que este claramente tenha indicado que não estava interessado nas honrarias prometidas. Por causa da condição bêbado de Belsazar não deve ter sido possível deter a sua vontade.

5:30 Naquela noite foi morto Belsazar, rei dos caldeus.

Historiadores, como Heródoto e Xenofonte declaram que os Babilônios estavam participando de uma grande festa quando os exércitos da Medo-Persa atacaram a cidade, e pegos totalmente de surpresas, foram incapazes de defender a cidade. As forças de Ciro entrarão em Babilônia sem qualquer batalha.

Enquanto a festa continuava, tropas persas estavam rio acima, desviando o curso do rio Eufrates. O rio fluía por baixo dos portões maciços e entrava na cidade, e os persas cavaram canais que redirecionou o rio para seu velho leito, ficando mais baixo, permitindo que os medos persas entrassem por baixo dos portões e entrassem na Babilônia.

5:31 E Dario, o medo ocupou o reino, sendo da idade de medo, sessenta e dois anos.

Add a comment

Related presentations

How to do Voodoo

How to do Voodoo

November 11, 2014

How to do Voodoo Are you working too hard and not getting the results?? Well,...

LA VERDAD SOBRE LA MUERTE

LA VERDAD SOBRE LA MUERTE

October 24, 2014

Donde van las personas despues de muerto?

Son simples cuestiones que, aunque puedan resultar a priori inocentes, albergan in...

"The souls of the just are in the hand of God, and no torment shall touch them. " ...

Boletín de 02/11/2014

Boletín de 02/11/2014

November 1, 2014

Boletín de 02/11/2014

Omms News 10-07-2014

Omms News 10-07-2014

November 4, 2014

Omms News 10-07-2014

Related pages

Daniel – Capítulo 5 - Biblia online Nova Versão Internacional

5 Mas, de repente ... Daniel, a quem o rei dera o nome de Beltessazar, ... Selecione o livro e a versão. Versão: Nova Versão Internacional. Livros: Daniel.
Read more

O Livro de Daniel: Capítulo 5 - YouTube

A SOBERANIA NO LIVRO DE DANIEL 5 ... LIVRO BÍBLICO DE DANIEL COMPLETO- NARRADO POR CID MOREIRA - Duration: ... Daniel Cap 3 - Duration: ...
Read more

Daniel 1 - Bíblia Online - acf

... Daniel, Hananias, Misael e ... 5; 6; 7; 8; 9; 10; 11; 12; Bíblias Publicidade. Velho Testamento. Gênesis; Êxodo; Levítico; Números; Deuteronômio ...
Read more

Daniel capítulo 5 - YouTube

Estudo analítico do capítulo 5 do livro de Daniel. Dr Jefferson Netto
Read more

Daniel 5 - Bíblia - bibliaon.com

Daniel 5 na Bíblia: Certa vez o rei Belsazar deu um grande banquete para mil dos seus nobres, ... Versículos do livro de DANIEL capítulo 5 na Bíblia ...
Read more

O Livro de Daniel - estudosdabiblia.net

Lição 1 - O livro de Daniel . Parte I: Eventos Históricos, Daniel 1 - 6 ... Daniel 5 Lição 7 - A prova da cova dos leões, Daniel 6 . Parte II: ...
Read more

DANIEL CAPITULO 5. EL DEDO DE DIOS. SECCIÓN I

... y la caída Babilon ia literal que estamos tratando en el capitulo de Daniel 5. ... La Felicidad de un Hombre y los celos de otros.22.Cap (1) Las ...
Read more

Daniel – Capítulo 5 - Biblia online João F. Almeida Atualizada

5 Na mesma hora apareceram uns dedos de mão de homem, ... 12 porquanto se achou neste Daniel um espírito excelente, ... Selecione o livro e a versão.
Read more

Daniel 6 - Bíblia - bibliaon.com

Daniel 6 na Bíblia: Dario achou por bem nomear cento e vinte sátrapas para governar todo o reino,... Versículos do livro de DANIEL capítulo 6 na ...
Read more