Learning Design

50 %
50 %
Information about Learning Design

Published on August 30, 2007

Author: lzomatos

Source: slideshare.net

Description

Learning Design: ensinando a planejar e a construir o aprendizado

Learning Design Ensinando a planejar e construir o aprendizado Luiz Augusto Matos da Silva Salvador, 2007 Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons .

Organização do estudo Motivação Trabalhos relacionados O modelo conceitual Learning Design (LD) Unidades de aprendizagem Especificação Níveis semânticos Estrutura LD x outros padrões Estado da arte e Desafios Links oficiais Fontes de pesquisa

Motivação

Trabalhos relacionados

O modelo conceitual

Learning Design (LD)

Unidades de aprendizagem

Especificação

Níveis semânticos

Estrutura

LD x outros padrões

Estado da arte e Desafios

Links oficiais

Fontes de pesquisa

Motivação A realização do processo de ensino-aprendizagem, com base na Internet, tem tido foco no conteúdo. Mesmo prevalecendo um ambiente caracterizado pela colaboração e construção do conhecimento, existe a carência de uma metodologia que considere o processo como um todo. Como expressar, em um único contexto, o planejamento, implementação e execução de um curso virtual?

A realização do processo de ensino-aprendizagem, com base na Internet, tem tido foco no conteúdo.

Mesmo prevalecendo um ambiente caracterizado pela colaboração e construção do conhecimento, existe a carência de uma metodologia que considere o processo como um todo.

Como expressar, em um único contexto, o planejamento, implementação e execução de um curso virtual?

Trabalhos relacionados Objetos de Aprendizagem São componentes educacionais construídos de forma a serem reutilizados em diferentes domínios. Educational Modelling Language (EML) Busca oferecer suporte às novas demandas da aprendizagem, por exemplo, um novo estilo de aprender, independente de tempo e lugar. Base conceitual da especificação do Learning Design.

Objetos de Aprendizagem

São componentes educacionais construídos de forma a serem reutilizados em diferentes domínios.

Educational Modelling Language (EML)

Busca oferecer suporte às novas demandas da aprendizagem, por exemplo, um novo estilo de aprender, independente de tempo e lugar. Base conceitual da especificação do Learning Design.

O modelo conceitual - Learning Design (LD) Consiste na aplicação de um modelo pedagógico em um objetivo de aprendizagem, público alvo e domínio específicos. Define sobre quais condições e que atividades devem ser executadas por alunos e professores, a fim de alcançar seus objetivos. Desenvolve uma notação abstrata e suficientemente geral para representar as estruturas comuns dos diversos modelos pedagógicos existentes.

- Learning Design (LD)

Consiste na aplicação de um modelo pedagógico em um objetivo de aprendizagem, público alvo e domínio específicos.

Define sobre quais condições e que atividades devem ser executadas por alunos e professores, a fim de alcançar seus objetivos.

Desenvolve uma notação abstrata e suficientemente geral para representar as estruturas comuns dos diversos modelos pedagógicos existentes.

O modelo conceitual - Unidades de aprendizagem ( unit of learning ) Representam as atividades e o suporte às tarefas que são executadas por diferentes pessoas (aluno, professor). Uma Unidade de Aprendizagem é vista como um curso, um workshop, uma lição, etc que pode ser instanciada e reusada várias vezes em um ambiente on-line. Não se resume apenas aos recursos ou sua catalogação, deve sempre incorporar uma metodologia.

- Unidades de aprendizagem ( unit of learning )

Representam as atividades e o suporte às tarefas que são executadas por diferentes pessoas (aluno, professor).

Uma Unidade de Aprendizagem é vista como um curso, um workshop, uma lição, etc que pode ser instanciada e reusada várias vezes em um ambiente on-line.

Não se resume apenas aos recursos ou sua catalogação, deve sempre incorporar uma metodologia.

O modelo conceitual - Especificação Fornece um arcabouço ( framework ) de elementos que usam e integram as especificações existentes, e representam o processo de ensino-aprendizagem de uma maneira formal. O LD é um padrão aberto internacional, mantido pelo IMS, que fornece um contexto pedagógico aos Objetos de Aprendizagem.

- Especificação

Fornece um arcabouço ( framework ) de elementos que usam e integram as especificações existentes, e representam o processo de ensino-aprendizagem de uma maneira formal.

O LD é um padrão aberto internacional, mantido pelo IMS, que fornece um contexto pedagógico aos Objetos de Aprendizagem.

O modelo conceitual - Especificação Requisitos específicos: Completude : descrever completamente o processo de ensino-aprendizagem em uma Unidade de Aprendizagem. Flexibilidade pedagógica : expressar o significado pedagógico e funcionalidades dos diferentes elementos de dados, sem seguir tendências de uma abordagem específica. Personalização : descrever aspectos de personalização para que o conteúdo e atividades possam ser adaptados. Compatibilidade : projetar a aprendizagem para uso e integração com outros padrões e especificações disponíveis.

- Especificação

Requisitos específicos:

Completude : descrever completamente o processo de ensino-aprendizagem em uma Unidade de Aprendizagem.

Flexibilidade pedagógica : expressar o significado pedagógico e funcionalidades dos diferentes elementos de dados, sem seguir tendências de uma abordagem específica.

Personalização : descrever aspectos de personalização para que o conteúdo e atividades possam ser adaptados.

Compatibilidade : projetar a aprendizagem para uso e integração com outros padrões e especificações disponíveis.

O modelo conceitual - Especificação Requisitos específicos (continuação) : Reusabilidade : fazer com que seja possível identificar, isolar, descontextualizar e trocar objetos de aprendizagem úteis, e para que sejam reusados em outros contextos. Formalização : fornecer uma linguagem formal para projetos de aprendizagem que possam ser processados automaticamente. Reproducibilidade : descrever o projeto de aprendizagem de forma abstrata para que possa ter sua execução repetida, em diferentes configurações e com diferentes pessoas.

- Especificação

Requisitos específicos (continuação) :

Reusabilidade : fazer com que seja possível identificar, isolar, descontextualizar e trocar objetos de aprendizagem úteis, e para que sejam reusados em outros contextos.

Formalização : fornecer uma linguagem formal para projetos de aprendizagem que possam ser processados automaticamente.

Reproducibilidade : descrever o projeto de aprendizagem de forma abstrata para que possa ter sua execução repetida, em diferentes configurações e com diferentes pessoas.

O modelo conceitual Especificação O IMS-LD trata-se de um modelo que especializa a educação através da sumarização de teorias do aprendizado, fazendo uso da tríade papel – atividade – ambiente. A especificação consiste de alguns componentes, sendo um deles o modelo conceitual para a descrição do processo de ensino-aprendizagem. Modelo conceitual do Learning Design Fonte: IMS-LD, 2003a.

Especificação

O IMS-LD trata-se de um modelo que especializa a educação através da sumarização de teorias do aprendizado, fazendo uso da tríade papel – atividade – ambiente.

A especificação consiste de alguns componentes, sendo um deles o modelo conceitual para a descrição do processo de ensino-aprendizagem.

O modelo conceitual Níveis semânticos Nível A : é o núcleo principal, contém a diversidade pedagógica e sua semântica: papéis, atividades, ambiente, método, objetivos, pré-requisitos, atividades de ensino e suporte. Nível B : adiciona ao Nível A as propriedades, condições e elementos globais (preferências, personalização, apresentação e mídias alternativas). Nível C : acrescenta a estrutura de notificação ou mensagens entre componentes e papéis, um suporte ao fluxo da aprendizagem. Modelo conceitual do LD com níveis semânticos Fonte: IMS-LD, 2003a. (adapt)

Níveis semânticos

Nível A : é o núcleo principal, contém a diversidade pedagógica e sua semântica: papéis, atividades, ambiente, método, objetivos, pré-requisitos, atividades de ensino e suporte.

Nível B : adiciona ao Nível A as propriedades, condições e elementos globais (preferências, personalização, apresentação e mídias alternativas).

Nível C : acrescenta a estrutura de notificação ou mensagens entre componentes e papéis, um suporte ao fluxo da aprendizagem.

O modelo conceitual Multi-player, Multi-recurso Coordenação Núcleo do LD Estrutura Título Objetivo de Aprendizagem Pré-requisitos Componentes Papéis Atividades Ambientes Método Play Ator Role-parts } }

Estrutura

Título

Objetivo de Aprendizagem

Pré-requisitos

Componentes

Papéis

Atividades

Ambientes

Método

Play

Ator

Role-parts

Learning Design vs. Outros padrões IMS C ontent P ackaging IMS/LOM Metadata IMS Q uestion and T est I nteroperability IMS R eusable C ompetency D efinition IMS L earner I nformation P ackage IMS Enterprise IMS S imple S equencing

IMS C ontent P ackaging

IMS/LOM Metadata

IMS Q uestion and T est I nteroperability

IMS R eusable C ompetency D efinition

IMS L earner I nformation P ackage

IMS Enterprise

IMS S imple S equencing

Ferramentas e Aplicações Editores/Players CooperCore Reload LAMS Alphanet dotLRN, etc. AVAs: Moodle (meados 2008) dotLRN LAMS

Editores/Players

CooperCore

Reload

LAMS

Alphanet

dotLRN, etc.

AVAs:

Moodle (meados 2008)

dotLRN

LAMS

Estado da Arte e Desafios O cenário atual de pesquisa No mundo: Open University of the Netherlands (OUNL) Universidad Nacional de Educación a Distancia (UNED) Projeto Implementations and Deployment of the Learning Design Specification (IDLD) No Brasil: Projeto ROODA (CETIND/UFRGS) Projeto Tidia-Ae (Escola do Futuro/USP) Centro Federal de Educação Tecnológica do Ceará UNIFACS?!?

O cenário atual de pesquisa

No mundo:

Open University of the Netherlands (OUNL)

Universidad Nacional de Educación a Distancia (UNED)

Projeto Implementations and Deployment of the Learning Design Specification (IDLD)

No Brasil:

Projeto ROODA (CETIND/UFRGS)

Projeto Tidia-Ae (Escola do Futuro/USP)

Centro Federal de Educação Tecnológica do Ceará

UNIFACS?!?

Estado da Arte e Desafios O uso dos princípios e ferramentas de ontologias e web semântica O uso de padrões de projeto de aprendizagem O desenvolvimento de um CMS para o LD O desenvolvimento de Players Como usar um conjunto integrado de ferramentas LD de uma maneira integrada em ambientes heterogêneos Adoção nativa nos principais LMSs da atualidade

O uso dos princípios e ferramentas de ontologias e web semântica

O uso de padrões de projeto de aprendizagem

O desenvolvimento de um CMS para o LD

O desenvolvimento de Players

Como usar um conjunto integrado de ferramentas LD de uma maneira integrada em ambientes heterogêneos

Adoção nativa nos principais LMSs da atualidade

Links complementares Learning Design Specification http://www.imsglobal.org/learningdesign/ DSpace at Open Universiteit Nederland http://dspace.ou.nl Research and Development of Learning Networks http://www.learningnetworks.org/ Centre for Educational Technology & Interoperability Standards http://www.cetis.ac.uk UNFOLD Project http://www.unfold-project.net

Learning Design Specification

http://www.imsglobal.org/learningdesign/

DSpace at Open Universiteit Nederland

http://dspace.ou.nl

Research and Development of Learning Networks

http://www.learningnetworks.org/

Centre for Educational Technology & Interoperability Standards

http://www.cetis.ac.uk

UNFOLD Project

http://www.unfold-project.net

Fontes de pesquisa BALBINO, Jaime. Introdução ao Learning Design. In: 2º Congresso de Educação a Distância dos Países de Língua Portuguesa, 26 jun. 2007. Disponível em: < http://www.aulavox.com/eventos_2007/_junho/congresso/programa.htm> IMS-LD. IMS Learning Design Information Model. IMS Global Learning Consortium, Inc., 2003. Disponível em: <http://www.imsglobal.org/learningdesign/ldv1p0/imsld_infov1p0.html>. Acesso em: 18 maio 2007. _____. IMS Learning Design Best Practice and Implementation Guide. IMS Global Learning Consortium, Inc., 2003. Disponível em: <http://www.imsglobal.org/learningdesign/ldv1p0/imsld_bestv1 p0.html>. Acesso em: 18 maio 2007. KOPER, R.; Olivier, B. Representing the Learning Design of Units of Learning. Educational Technology & Society, 7, 97-111. KOPER, Rob. Use of t he Semantic Web to Solve Some Basic Problems in Education: increase flexible, distributed lifelong learning, decrease teachers’ workload. Journal of Interactive Media in Education, vol. 6, 2004, p. 1-21. KOPER, Rob; MANDERVELD, Jocelyn. Educational Modelling Language: modelling reusable, interoperable, rich and personalised units of learning. British Journal of Educational Technology, vol. 35, n. 5, 2004, p. 537-552. KOPER, Rob; OLIVIER, Bill. Representing the Learning Design of Units of Learning. Educational Technology & Society, vol. 7, 2004, p. 97-111. KOPER, Rob. Introduction to IMS Learning Design. Open University of the Netherlands. Disponível em: <http://dspace.ou.nl/handle/1820/476> . Acesso em: 20 jun. 2007.

BALBINO, Jaime. Introdução ao Learning Design. In: 2º Congresso de Educação a Distância dos Países de Língua Portuguesa, 26 jun. 2007. Disponível em: < http://www.aulavox.com/eventos_2007/_junho/congresso/programa.htm>

IMS-LD. IMS Learning Design Information Model. IMS Global Learning Consortium, Inc., 2003. Disponível em: <http://www.imsglobal.org/learningdesign/ldv1p0/imsld_infov1p0.html>. Acesso em: 18 maio 2007.

_____. IMS Learning Design Best Practice and Implementation Guide. IMS Global Learning Consortium, Inc., 2003. Disponível em: <http://www.imsglobal.org/learningdesign/ldv1p0/imsld_bestv1

p0.html>. Acesso em: 18 maio 2007.

KOPER, R.; Olivier, B. Representing the Learning Design of Units of Learning. Educational Technology & Society, 7, 97-111.

KOPER, Rob. Use of t he Semantic Web to Solve Some Basic Problems in Education: increase flexible, distributed lifelong learning, decrease teachers’ workload. Journal of Interactive Media in Education, vol. 6, 2004, p. 1-21.

KOPER, Rob; MANDERVELD, Jocelyn. Educational Modelling Language: modelling reusable, interoperable, rich and personalised units of learning. British Journal of Educational Technology, vol. 35, n. 5, 2004, p. 537-552.

KOPER, Rob; OLIVIER, Bill. Representing the Learning Design of Units of Learning. Educational Technology & Society, vol. 7, 2004, p. 97-111.

KOPER, Rob. Introduction to IMS Learning Design. Open University of the Netherlands.

Disponível em: <http://dspace.ou.nl/handle/1820/476> . Acesso em: 20 jun. 2007.

Modelo conceitual do Learning Design Fonte: IMS-LD, 2003a.

Modelo conceitual do LD com níveis semânticos Fonte: IMS-LD, 2003a (adapt). Nível B Nível B Nível C Nível A Nível A Nível A Nível A Nível A

Reload LD-Player

Reload LD-Editor

Add a comment

Related presentations

Related pages

Learning Design: Curriculum and multimedia design for life ...

Learning Design, creating educational materials and courses for non-profits and businesses. Print, television, museum, and multimedia experience assures ...
Read more

Learning Designer

This is an early release of the Learning designer suite of tools. Please be aware that only part of the envisaged functionality is currently working.
Read more

Instructional design - Wikipedia, the free encyclopedia

Instructional design, or instructional systems design (ISD), is the practice of creating "instructional experiences which make the acquisition of knowledge ...
Read more

Our Standards - Learning Designs

Learning Designs: Professional learning that increases educator effectiveness and results for all students integrates theories, research, and models of ...
Read more

Learning Designs Inc. - Your Full Service Training Provider

MEET THE LEARNING DESIGNS TEAM. It all started in 1984, with a vision to hire a team of smart, creative professionals to do extraordinary things.
Read more

Learning, Design and Technology | Stanford Graduate School ...

Jessica Huang "... some of my favorite learning moments were when we taught each other."
Read more

Learning design - EduTech Wiki

Learning Design theory is a new attempt to describe the foundational elements of the educational process. It provides conceptual and technical tools to ...
Read more

Learning Design Specification | IMS Global Learning Consortium

Learning Design Specification. The IMS Learning Design specification supports the use of a wide range of pedagogies in online learning. Rather than ...
Read more

elearningdesign.de |

Sonst bleibt (fast) alles so wie es war. Schauen Sie doch mal vorbei. Stefan Beig. lernverstärker.de
Read more