advertisement

Jornal Raios de Luz_Marco

0 %
100 %
advertisement
Information about Jornal Raios de Luz_Marco

Published on March 8, 2014

Author: JMVSobreiro

Source: slideshare.net

Description

De novo trazemos até vós o Jornal da JMV Sobreiro "Raios de Luz". Nesta edição podem encontrar algumas notícias sobre o grupo, a Paróquia de Mafra e a Igreja, bem como algumas reflexões sobre o tempo litúrgico que iniciamos.
advertisement

Juventude Mariana Vicentina - SOBREIRO Raios de Luz ANO 3 * NÚMERO 11 * Março 2014 * 1 jmv ENCONTRO SUB 16 DA JUVENTUDE MARIANA VICENTINA Centro local de SOBREIRA FORMOSA - 28, 01, 02 e 03 de Março

JORNAL Raios de Luz EDITORIAL A Quaresma é um tempo litúrgico que brota de história que se fez narrativa e chegou até nós. Como tempo litúrgico, procura trazer até nós esse manancial de vida que nos precedeu, desafiandonos a levar essa riqueza para a nossa vida. Os quarenta dias, ou quarenta anos, surgem na Sagrada Escritura como um tempo de provação pelas escolhas de vida do povo, do seu afastamento da Lei, mas ao mesmo tempo como oportunidade de regressar ao amor de Deus e à fidelidade, à aliança. Jesus, nos quarenta dias de deserto, também foi confrontado: fidelidade ou infidelidade a Deus. Todos conhecemos a Sua escolha. Na nossa vida atual também somos confrontados e postos à prova. Qual é a nossa resposta? Os quarenta dias litúrgicos são muito importantes como momentos fortes de celebração, mas não nos podemos esquecer que representam toda a nossa vida e o nosso caminhar permanente para Deus. A vida do crente, de facto, está sempre em tensão entre a revelação de Deus e a resposta da fé. Na constituição dogmática sobre a revelação divina, Dei Verbum isto é muito claro: Em virtude desta reve- lação, Deus invisível (cfr. Col. 1,15; 1 Tim. 1,17), na riqueza do seu amor fala aos homens como amigos (cfr. Ex. 33, 11; Jo. 15,1415) e convive com eles (cfr. Bar. 3,38), para os convidar e admitir à comunhão com Ele” (DV 2). Mas, esta revelação de Deus, que nos é oferecida de forma gratuita, exige sempre uma resposta. A obediência da fé e a exigência da conversão: “A Deus que revela é devida a «obediência da fé» (Rom. 16,26; cfr. Rom. 1,5; 2 Cor. 10, 5-6) (DV 5). A resposta da fé, no entanto, não é uma adesão solitária, nem realizada de uma só vez. Exige um caminhar constante que pressupõe a abertura à graça divina que nos abre o coração a Deus (DV 5). 2 Março 2014 No tempo litúrgico da Quaresma somos convocados, precisamente, como assembleia do povo de Deus, a fazer o caminho da obediência à vontade de Deus: na quarta-feira de Cinzas somos chamados à conversão do coração (Jl 2, 12s); no I Domingo, Jesus é posto à prova: a minha vontade ou a vontade de Deus? Esta prova continua hoje a ecoar na nossa vida. Qual o caminho a seguir? Jesus aponta-nos a resposta da palavra de Deus e da oração (Mt 4, 1-11); no II Domingo encontramo-nos com Abraão que se deixa conduzir por Deus, confiando até ao limite no Seu amor, na Sua verdade, na Sua vontade. No Evangelho, S. Mateus deixa muito claro qual o caminho a seguir: «Este é o meu Filho, o meu Eleito: escutai-O» (Mt 17, 5); no III Domingo, quando tudo parece sem sentido, é oferecida uma nova oportunidade; Deus não desiste de nós, continua a oferecer-nos a sua graça para que possamos saciar a nossa sede (Jo 4, 5-42); no IV Domingo, descobrimos que, por muito mal tenhamos feito, o amor de Jesus é que nos guia. De nós espera a resposta da fé: «Eu creio, Senhor!» (Jo 9, 1-41); no V Domingo, mais uma vez somos confrontados com a pergunta de Jesus: Crês nisto?» - Ela respon- deu-lhe: «Sim, ó Senhor; eu creio que Tu és o Cristo, o Filho de Deus que havia de vir ao mundo.» (Jo 11, 1-45). O desafio do tempo litúrgico da Quaresma, como podemos observar, é o da resposta da Fé que nos impele a caminhar e a viver a vida sempre com os olhos e o coração postos na “vontade de Deus”, que nos convida à conversão do coração que nos conduz ao Seu amor e nos compromete enviando-nos ao serviço, à prática do amor aos irmãos, não apenas durante quarenta dias da nossa vida em cada ano, mas em todos os anos da nossa vida. José Pedro Costa, Assessor JMV Sobreiro www.gjcsraiosdeluz.blogspot.com

Nº_11* Ano_3 Juventude mariana vicentina - sobreiro PAPA FRANCISCO CRIOU 19 NOVOS CARDEAIS Foi uma celebração inédita em mais de vinte séculos de história da Igreja e repleta de emoção, não só pela criação dos novos Príncipes da Igreja, mas também pela presença de dois Sucessores de Pedro: O Sumo Pontífice Reinante, que guia a barca da Igreja pelo mar agitado do mundo e o Emérito, que sustenta a Igreja com a sua oração e meditação no recolhimento de um Mosteiro. Fonte: L’Osservatore Romano Na manhã de 22 de Fevereiro, Festa da Cátedra de São Pedro, o Papa criou 19 Cardeais na Basílica vaticana. Aos pés do altar, tomou lugar Bento XVI, que foi recebido na Basílica com um longo aplauso e assistiu a toda a cerimónia com a humilde discrição que lhe é característica. O próprio Papa Francisco, ao entrar na Basílica antes de começar a celebração, aproximou-se do Sumo Pontífice emérito, que retirou o solidéu em sinal de respeito para com o actual Vigário de Cristo, e abraçou-o. BÉLGICA APROVOU A EUTANÁSIA PARA CRIANÇAS No mês passado, foi aprovada na Bélgica a possibilidade da eutanásia também para crianças. A grande maioria dos belgas manifestou-se a favor do alargamento da lei da eutanásia a menores de idade. Ainda assim, a proposta mereceu a firme oposição da Igreja Católica e de outros líderes religiosos. Quatro dias depois da aprovação da lei, o Papa dirigiu-se à Academia Pontifícia para a Vida, dizendo: «Uma sociedade é verdadeiramente acolhedora em relação à vida quando reconhece que esta é preciosa mesmo na velhice, na situação de incapacidade, na doença grave e mesmo quando está a morrer; quando ensina que a chamada à realização humana não exclui o sofrimento, mais ainda, (quando) ensina a ver na pessoa doente e sofredora um dom para toda a comunidade». Fonte: News.va João Cadete, Vogal Comunicação e Informação www.gjcsraiosdeluz.blogspot.com 3

JORNAL Raios de Luz Março 2014 PAPA ESCREVE ÀS FAMÍLIAS DE TODO O MUNDO No dia 25 de Fevereiro, foi tornada pública uma Carta do Papa às famílias do mundo inteiro, para lhes falar do próximo Sínodo extraordinário dos Bispos que terá por tema “Os desafios pastorais sobre a família no contexto da evangelização”. Mais uma vez, Francisco pede orações para que «a Igreja realize através dos acontecimentos, um verdadeiro caminho de discernimento e adopte os meios pastorais adequados para ajudarem as famílias a enfrentar os desafios actuais com a luz e a força que provêm do Evangelho». Na carta, o Papa sublinha que por causa do Menino Jesus, um casal jovem de pais (São José e Maria) e duas pessoas idosas (Simeão e Ana) se reuniram. Jesus faz, portanto, com que te inesgotável daquele amor que vence todo o isolamento, toda a solidão, toda a tristeza». E o Papa conclui, pedindo que todas as famílias rezem também por ele, «para que possa servir o povo de Deus na verdade e na caridade». Fonte: Radio Vaticana «as gerações se encontrem e unam! Ele é a fon- João Cadete, Vogal Comunicação e Informação CARIDADE NA JMV SOBREIRO No passado mês de Dezembro, o Grupo de Jovens do Sobreiro fez oito cabazes com bens essenciais para serem distribuídos com a ajuda do Centro Social e Paroquial a oito famílias carenciadas das diferentes terras do Concelho de Mafra. ção do que mais necessitavam nessa altura. Assim, para além de bens alimentares, foram entregues produtos de higiene, principalmente para bebés, visto que muitas destas famílias têm crianças pequenas em suas casas. Com o dinheiro que conseguimos obter através da venda de broas, durante os meses de Outubro e Novembro, estes cabazes foram elaborados a partir de um lista que cada família forneceu ao Centro Social e Paroquial, com a indica- não esqueceu o seu espírito Vicentino, procu- Mais uma vez, o Grupo de Jovens do Sobreiro rando assim, ajudar os mais necessitados naquela época de Natal. Ana Rita Costa, Vogal Caridade e Tesoureira 4 www.gjcsraiosdeluz.blogspot.com

Nº_11 * Ano_3 Juventude mariana vicentina - sobreiro ADMISSÕES E PASSAGENS DE ETAPA A JMV Sobreiro celebrou no passado dia 8 de Dezembro a Solenidade da Imaculada Conceição, tal como toda a Igreja de Portugal, e celebrou também a admissão de seis novos elementos na Juventude Mariana Vicentina deste Centro Local, bem como a passagem de etapa de dois elementos que já se encontravam no grupo. a presença da Irmã Alzira - também ela assessora da JMV Sul - e do Diácono Pedro Oliveira. O Conselho Regional da JMV fez-se representar através da Vogal Mariana (Mafalda Guia) e do Vogal de Comunicação e Informação (António Clemente). Também o grupo da Achada, nossos "pais” – porque nos conduziram ao movimento - e vizinhos na JMV se fez presente para connosco comemorar este dia. As comemorações iniciaram-se no dia anterior, 07 de Dezembro, véspera da Imaculada Conceição, com a oração de Vésperas da Solenidade seguida da recitação do Terço do Rosário. Os jovens mais novos, que fizeram a sua admissão, participaram também na oração das Vésperas e recitação do Terço. O dia 08 começou bem cedo com a oração de Laudes, pelas 08h30 na capela da Igreja do Sobreiro. Mais uma vez, todos juntos, cantámos os louvores da Virgem Imaculada, enaltecendoA por ter sido eleita da parte do Senhor para ser a Mãe do Redentor e ter sido concebida sem a mácula do pecado original. Pelas 09h30 deu-se início à celebração da Santa Missa, pelo Padre Luís Barros - Prior da Paróquia de Mafra - e concelebrada pelo Padre Joaquim Leitão, assessor da Juventude Mariana Vicentina na região Sul. Contámos também com No momento a seguir à homilia, os seis jovens que se prepararam para serem admitidos na JMV aproximaram-se do altar para assim fazerem o seu compromisso e receber o lenço (insígnia da JMV) das mãos da Irmã Alzira e do Padre Joaquim Leitão. De seguida, também os dois jovens que já faziam parte do grupo fizeram a sua passagem de etapa, recebendo os estatutos do movimento e o Bilhete de Identidade da JMV. www.gjcsraiosdeluz.blogspot.com (continua na página seguinte) 5

JORNAL Raios de Luz Março 2014 JMV SOBREIRO A CRESCER A seguir à Comunhão, aquando do cântico de acção de graças, foi rezada uma oração excerto da oração do Papa Bento XVI à Imaculada Conceição em 2011 - na qual se exaltou o "Sim" de Nossa Senhora, pedindo que também cada um de nós seja capaz de dizer sim ao Senhor. Queremos agradecer a todos aqueles que se juntaram a nós neste dia, não só fisicamente como em oração, bem como pedir a Nossa Senhora, Virgem Santa e Imaculada, que nos ampare nesta caminhada que é a JMV. Para além das admissões, uma vez que se tinham feito recentemente eleições dentro do grupo e novas pessoas tinham assumido cargos, dois elementos que foram muito importantes no grupo ao longo destes últimos quatro anos foram homenageadas, e mais uma vez queremos agradecer o seu trabalho em prol do grupo: obrigada Eliana Gomes e Ricardo Paulo! Para finalizar a comemoração, foi partilhado um bolo com todos os presentes, ao som do hino da JMV. Após as fotografias "da praxe", os novos elementos da JMV Sobreiro foram "baptizados" ao jeito que é usual no grupo. «Somos Jovens, somos grito, somos gente!» Vânia Lopes, Secretária 6 www.gjcsraiosdeluz.blogspot.com

Nº_11 * Ano_3 Juventude mariana vicentina - sobreiro JMV ACHADA E JMV SOBREIRO COM OS IDOSOS No passado Domingo, dia 16 de Fevereiro a JMV Achada e a JMV Sobreiro uniram-se para levar a efeito o "Encontro do Idoso" por ocasião do Dia Mundial do Doente, no Salão Polivalente do Sobreiro. Esta actividade foi proposta pelo sector da Caridade da JMV Achada ao grupo do Sobreiro e desde logo nos disponibilizamos para colaborar com os nossos amigos, de forma a organizar um momento de convívio para os mais velhos destas duas comunidades. Foram cerca de 40 pessoas que se juntaram a estes dois grupos para passar uma tarde diferente, com muita música, animação, danças e convívio. Apesar de haver uma grande diferença de idades entre os jovens e os idosos que se juntaram a nós, com o "à vontade" de alguns elementos da JMV Achada, depressa se 'quebrou o gelo' que existia entre os presentes, e assim começou a dança. Os idosos e os jovens juntaram-se aos pares e jogaram ao tradicional Jogo da Cadeira. Foi um momento de muita animação, partilha e também de algum exercício físico. Seguiu-se um lanche convívio preparado pelos jovens destas duas comunidades e um momento para os mais velhos poderem contar histórias da sua juventude e testemunhar como, no seu tempo de juventude, também eles se dedicavam a obras de caridade. A JMV Sobreiro agradece desde já o convite feito pelo grupo da Achada e a cedência do Salão por parte da Liga dos Amigos do Sobreiro. Ricardo Paulo, Sector Comunicação e Informação www.gjcsraiosdeluz.blogspot.com 7

JORNAL Raios de Luz março 2014 CELEBRAÇÃO DOS BEATOS FRANCISCO E JACINTA No passado dia 20 de Fevereiro a Igreja celebrou a Memória Litúrgica dos Beatos Francisco e Jacinta Marto, Pastorinhos de Fátima e as duas primeiras crianças não mártires beatificadas na história da Igreja. Alguns elementos da JMV Sobreiro estiveram presentes neste Terço que terminou com uma procissão até à Basílica de Nossa Senhora do Rosário, dentro da qual estão sepultados os beatos Francisco e Jacinta. Após um momento de oração, enquanto o coro entoava a Ladainha aos Pastorinhos Francisco e Jacinta, os peregrinos puderam ir junto dos túmulos destas duas crianças para rezar. No dia 20, a data do falecimento da Jacinta e por sua vez o dia litúrgico destes dois beatos, foi novamente recitado o Terço na Capelinha das Aparições, seguido de Missa na Basílica da Santíssima Trindade. No Santuário de Fátima esta celebração teve um carácter muito especial e festivo uma vez que estas duas crianças foram os protagonistas da Mensagem que Nossa Senhora veio trazer à Humanidade em 1917 e souberam, nas suas curtas vidas, serem verdadeiros adoradores e reparadores dos Corações de Jesus e de Maria, tão ofendidos pelos pecados dos Homens. Na noite de 19, véspera litúrgica desta celebração, foi recitado o Terço na Capelinha das Aparições, tendo como textos de meditação em cada mistério as Memórias da Irmã Lúcia. Durante o Terço, pode meditar-se de como estas duas pequenas crianças amavam tanto Nosso Senhor e em tudo procuravam reparar e consolar o Coração de Jesus e o Imaculado Coração de Maria. Por cá, a JMV Sobreiro não quis deixar passar o dia em branco e esteve presente na Missa das 18h00 na Basílica de Mafra, na qual colaborou nas leituras e no canto desta celebração, tendo de seguida conduzido o Terço na Capela do Sobreiro, no qual os presentes foram convidados a meditar sobre o testemunho de vida destas duas crianças. Também nós confiamos o trabalho destes dias aos Beatos Francisco e Jacinta, oferecendo os sacrifícios feitos em reparação dos pecados cometidos contra o Imaculado Coração de Maria. Mafalda Jacinto, Vogal Mariana 8 www.gjcsraiosdeluz.blogspot.com

Nº_11* Ano_3 Juventude mariana vicentina - sobreiro ENCONTRO SUB 16 DA JMV SUL No dia 28 de Fevereiro, sexta-feira, quatro elementos do Grupo de Jovens do Sobreiro, bem como mais dezassete adolescentes da Catequese, partiram para Sobreira Formosa, no Concelho de Proença-a-Nova, distrito de Castelo Branco. Após uma longa viagem com alguns obstáculos, chegámos à pequena vila por volta da meia-noite e meia, ainda a tempo de ouvir algumas informações iniciais e fazer uma oração, antes dos jovens se deitarem e os animadores se reunirem para prepararem a formação do dia seguinte. Na parte da tarde deste mesmo dia, foi visualizada uma pequena encenação, em que nos foram apresentados vários títulos de Nossa Senhora. Portanto, os jovens foram convidados a reflectir sobre o significado da palavra devoção e a necessidade que surgiu ao longo dos tempos de criar diferentes imagens de Nossa Senhora. Nesta parte da tarde, foi ainda discutida a importância da “Mãe da Terra”, em contraste com a “Mãe do Céu” (Maria) e que é importante cultivar a relação que cada um de nós tem com as nossas mães. Por fim, cada comunidade preparou uma pequena apresentação, de forma a representar uma imagem de Nossa Senhora, como por exemplo, Nossa Senhora de Lourdes, Nossa Senhora de Fátima, ou ainda, Nossa Senhora Desatadora de Nós. Após um dia cheio de momentos de formação e pequenos momentos de convívio, procedeu-se ao ensaio dos cânticos para a Celebração Mariana, que se realizou mais tarde neste dia, e para a Missa do dia seguinte. Sábado de manhã, após o pequeno-almoço, foi altura de formar as comunidades. Após receberem cartões com o nome de outro jovem, cada um teve que procurar esse jovem e encontrar o seu próprio cartão. Assim, os animadores procuraram a sua comunidade já formada, tendo iniciado o tempo de formação. No período da manhã, o tema incidiu sobre a oração da “AvéMaria”. Esta foi dividida em várias partes, tendo sido analisada e reflectida pelos jovens, de forma a que estes pudessem compreender melhor o significado de cada frase desta oração. Assim, posteriormente ao jantar em comunidades, dirigimo-nos para a igreja da vila Sobreira Formosa, onde se realizou a Celebração Mariana do encontro e onde tivemos a oportunidade de observar um pouco da história da Juventude (continua) Mariana Vicentina. www.gjcsraiosdeluz.blogspot.com 9

JORNAL Raios de Luz ENCONTRO SUB 16: Março 2014 «Maria, em Ti os passos ganham sentido» Neste dia, procurou-se ensinar aos jovens a parte mais importante da história da Juventude Mariana Vicentina, falando um pouco do papel de Nossa Senhora das Graças, Catarina de Labouré, a criação da Companhia das Filhas da Caridade e da Medalha Milagrosa. Os jovens foram ainda convidados a reconstruir a Medalha Milagrosa, meditando nos símbolos que constituem a mesma. «Este sub-16 a meu ver correu bem! Apesar do mau tempo e das condições da escola, o staff soube dar a volta à situação. As atividades basearam se em Maria, nossa Mãe. Falámos também da Medalha Milagrosa e do seu simbolismo. Fizemos uma viagem no tempo sobre a história de Santa Catarina de Labouré e a origem da Juventude Mariana Vicentina. Testemunho da Telma Silvério Terminou o dia com o arraial de Carnaval, já característico dos Sub-16, em que o grupo do Sobreiro se vestiu de prisioneiros, mas de Cristo, como indicado pelas bolas que se amarravam aos pés de cada um. O encontro terminou na segunda de manhã, com despedidas e partidas, mais um encontro Sub16 da JMV, mais uma oportunidade dos jovens aprofundarem a sua fé e conhecerem uma pouco do carisma deste movimento que é a Juventude Mariana Vicentina. Tendo terminado o tempo de formação e de umas últimas fotografias em comunidade, seguiu-se o almoço, após o qual todos nos dirigimos novamente à igreja da terra, onde se realizou a Missa deste Domingo, transmitida em directo no Facebook da JMV, para todos aqueles que não puderam estar presentes neste encontro. Devido ao tempo chuvoso, a actividade da tarde consistiu num jogo de questões, sobre cultura cristã, histórica de Portugal e geral, mais uma vez, por comunidades. «Este foi o meu terceiro Sub-16. Dos três encontros, este foi o melhor e foi o que mais gostei. Talvez porque o tema não podia ser melhor – Maria, em ti os passos ganham um sentido – e também porque, como sempre fazemos novas amizades e conhecemos novas realidades. A minha comunidade tinha gente de todos os cantos, o que foi muito bom pois deu para conhecer novas formas de vida e novas pessoas. Uma coisa que este Sub-16 me mostrou foi que querer ser JMV foi a melhor escolha de sempre.» Testemunho da Inês Bento Ana Rita Costa, Vogal Caridade e Tesoureira 10 www.gjcsraiosdeluz.blogspot.com

Nº_11* Ano_3 Juventude mariana vicentina - sobreiro CALENDÁRIO SANTORAL MARÇO: São João de Deus No dia 8 deste Mês, lembramos a vida de João Cidade, que depois de viver uma longa jornada distante de Deus, aventurou-se ao Evangelho e hoje, é aclamado como São João de Deus, o patrono dos hospitais. João nasceu em Évora em 1495. Com oito anos fugiu de casa e foi para Espanha. Começou João as suas histórias, cuidando do rebanho, depois com os estudos tornouse administrador, mas encantado pelo militarismo, tornou-se soldado e combateu na célebre batalha de Pávia, onde saiu vitorioso ao lado de Carlos V. Numa dada altura da sua vida, João decidiu ir morar em Granada e lá abriu um pequeno negócio de livros, sendo que, ao mesmo tempo, passou a ouvir o grande santo pregador João de Ávila, que no Espírito Santo suscitou a conversão radical de João. Resultante do encontro com Cristo, começou a sua maior aventura que consistiu em construir com Cristo uma história de santidade. 1. São Rosendo 2. Beata Inês de Praga 3. São Marino 4. São Casimiro 5. São José de Cruz 6. São Olegário 7. Santa Perpétua 8. São João de Deus 9. Santa Francisca Romana 10. São Simplício 11. Santa Madalena de Palma 12. São Inocêncio 13. São Sabino 14. Santa Matilde 15. São Clemente 16. São Ciríaco 17. São Patrício 18. São Cirilo 19. São José 20. Santa Eufémia 21. São Nicolau de Flue 22. São Zacarias 23. São Turíbio Renunciou a si mesmo, assumiu a cruz e colocou-se radicalmente nos caminhos de Jesus, tendo ajudado por diversas vezes a distribuir os bens aos pobres. Acabou lançado num hospital de loucos. 24. Santa Catarina da Suécia Como tudo concorre para o bem dos que amam a Deus, tornou-se providencial o tempo que João passou a sofrer naquele hospital, pois diante do tratamento desumano que davam aos pobres e doentes mentais, o Senhor suscitou no coração de João o carisma para lidar com os doentes na caridade e gratuidade. 27. São João Damasceno 25. V Domingo da Quaresma 26. São Bráulio 28. São Sisto III 29. São Quirino 30. São João Clímaco 31. Santa Cornélia Desta forma, São João, experimentando a vida na Providência, passou a acolher numa casa alugada, indigentes e doentes, tendo-se entregue ao cuidado exclusivo num hospital fundado por ele em Granada (Espanha) e assistido por um grupo de companheiros que, mais tarde, constituíram a Ordem Hospitalar de São João de Deus. Partiu para o céu em 1550. Tiago Almeida, Presidente JMV Sobreiro www.gjcsraiosdeluz.blogspot.com 11

JORNAL Raios de Luz Março 2014 CANTAR E REZAR HINO DOS PASTORINHOS ORAÇÃO PELA EUROPA Lembrando a Memória Litúrgica a 20 de Fevereiro Mãe da Esperança, caminhai connosco. Caminhai com os povos para a solidariedade e o amor; caminhai com os jovens protagonistas da paz e da reconstrução. Mãe, de vós precisam todas as nações, mas sobretudo a Europa, que, de Leste a Oeste, não pode encontrar a sua verdadeira identidade sem redescobrir as suas raízes cristãs. Cantemos, alegres, a uma só voz: Francisco e Jacinta rogai por nós Salve, salve, Pastorinhos Nosso encanto e alegria Salve, salve, Pastorinhos Predilectos de Maria A Senhora do Rosário Pela vossa intercessão Abençoe o Santo Padre E nos leve à conversão Beato João Paulo II, Papa A PALAVRA DE CADA DOMINGO I Domingo da Quaresma (09 de Março) I Leitura: Gen 2, 7-9; 3, 1-7 II Leitura: Rom 5, 12-19 Evangelho: Mt 4, 1-11 Vossos olhos inocentes Contemplaram a Senhora Dos Seus filhos peregrinos Carinhosa protectora Sacrifício e oração Foi a vossa vinda inteira Ao convite maternal Da Senhora da Azinheira II Domingo da Quaresma (16 de Março) I Leitura: Gen 12, 1-4 II Leitura: 2Tim 1, 8-10 Evangelho: Mt 17, 1-9 IV Domingo da Quaresma (30 de Março) III Domingo da Quaresma (23 de Março) I Leitura: 1 Sam 16, 1b. 6-7. 10-13a; II Leitura: Ef 5, 8-14 Evangelho: Jo 9, 1-41 I Leitura: Ex 17, 3-7 II Leitura: Rom 5, 1-2. 5-8 Evangelho: Jo 4, 5-42 12 Marco Batalha, Vogal Liturgia www.gjcsraiosdeluz.blogspot.com

Nº_11* Ano_3 Juventude mariana vicentina - sobreiro UMA AJUDINHA - TRUQUES AMIGO AGRICULTOR A dica desta edição é uma ajuda eficaz naquelas nódoas difíceis e que por vezes inutilizam as peças de roupa que mais gostamos. Para remover manchas de caneta: Esfregue rapidamente com uma mistura de leite com vinagre, repetindo o procedimento por algumas vezes. As manchas de café podem ser eliminadas: se lavar a roupa manchada com água morna e glicerina. SEJA SAUDÁVEL Os produtos apícolas, como mel, própolis, geleia real, são uma boa ajuda para combater gripes, viroses e infeções. Nos campos: Fazer as últimas sementeiras de batata de sequeiro. As incorporações de matéria orgânica também se tornam indispensáveis. Instalar viveiros de arroz em terras convenientemente preparadas. Nas hortas: Fazer a sementeira, de ervilhas, favas, feijão de trepar, cenouras, nabos, rabanetes, pepinos, abóboras e lentilhas. Se o tempo aquecer, já se pode semear, no fim do mês, melões e melancias, que se tapam, durante a noite, por causa das geadas. Plantar beterrabas e cebolas. Nos jardins: Semear ageratos, assembleias, açafates-de-ouro, ásteres, cóleos, boas-noites, chagas, cravos túnicos, cravos dobrados, esporas, papoulas, perpétuas. Plantar amarílis, anémonas, begónias, dálias, ranúnculos e trevo de quatro folhas. A Geleia Real diminui o cansaço físico e mental, melhora o apetite, fortalece o sistema imunológico e reduz os níveis de colesterol. O Mel e o Propólis contém substâncias que agem como antibióticos naturais, auxilia também, no tratamento de problemas pulmonares e da garganta. Só não deve ser fervido para não perder propriedades. EM PORTUGUÊS CORRECTO Estava paralizado ou paralisado de medo? O correto é: Estava paralisado de medo. (de paralisia) Mafalda Jacinto, Vogal Mariana www.gjcsraiosdeluz.blogspot.com 13

JORNAL Raios de Luz março 2014 PARAR, RIR & PENSAR ANEDOTAS: - Está lá? É da TAP? - É sim. Faz favor de dizer. - Podia informar-me quanto tempo demora um avião de Lisboa a Nova Iorque? - Um minuto - diz o empregado, preparando-se para consultar o horário. - Muito obrigado. Nunca pensei que fosse tão rápido. Um homem está a jantar num restaurante mas, a comida é tão má que ele não aguenta: - Garçon, por favor, eu não consigo comer esta comida. Chame-me o gerente. - Não adianta. Ele também não vai conseguir comer. Palavras cruzadas: Horizontais: 3. Águas passadas não os movem;5. Quem bebe e canta o seu espanta;6. Está guardado para quem o há-de comer;7. A cavalo dado não se olha a ele;10. Quem os tem de vidro não deve atirar pedras aos do vizinho;12. O gato tem sete; 13. A mostarda chegou ao dele;15. A vindima é até ao lavar deles;17. Faz a tua a tua seara onde ela canta;18. Por morrer uma não acaba a Primavera; 19. Pô-lo à frente dos bois;21. Confirma a regra;25. As do mundo eram sete;27. Quem brinca com ele, queima-se;29. É assim o dia na loja quando o patrão está fora;30. Por ela morre o peixe. Verticais: 1. Pior que o soneto;2. À noite são todos pardos;4. É melhor do que mal acompanhado; 8. Quem semeia ventos, colhe-as; 9. Não há fome que não dê nela;11. Para bom entendedor, meia basta; 14. Tarde ou nunca se endireita quem assim nasce; 16. Não é com ele que se apanham moscas; 20. Eles são para as ocasiões; 22. Vozes de burro não chegam aí; 23. Grão a grão enche a galinha; 24. Em terra de cegos, quem o tem é rei; 26. É fogo que arde sem se ver; 28. Quem não o quer ser, não lhe veste a pele. Eliana Gomes, Sector Mariano 14 www.gjcsraiosdeluz.blogspot.com

Nº_11* Ano_3 Juventude mariana vicentina - sobreiro COM ÁGUA NA BOCA Macarrão gratinado Ingredientes: − 200 g de macarrão cortado − sal − óleo − 1 fatia grossa de fiambre (200 g) − 40 g de margarina − 2 colheres de sopa de farinha − 3 dl de leite − pimenta e noz moscada − 1 dl de Creme Culinário − 40 g e queijo parmesão ralado Confecção: Coza o macarrão em água temperada com sal e um fio de óleo. Quando estiver al dente, escorra, misture com o fiambre cortado em cubinhos e coloque num tabuleiro que possa ir ao forno e à mesa. Derreta a margarina num tachinho, polvilhe com a farinha e mexa até absorver toda a gordura. Regue com o leite e mexa com uma vara de arames até dissolver a farinha por completo. Deixe engrossar, mexendo de vez em quando. Tempere com sal, pimenta e noz moscada. Junte o Creme Culinário, misture bem e deite sobre a massa. Polvilhe com o queijo parmesão ralado e leve a gratinar em forno quente. CONSELHOS DE CULINÁRIA - Ovo fresco ou não? Antes de cozinhar o ovo, mergulhe-o num copo largo cheio de água. Se permanecer no fundo, o ovo está fresco. Se ele boiar, deve ser descartado, pois é sinal que se estragou. - O sentido certo da carne Para dividir uma peça de carne de boi em pedaços ou bifes, corte-a com uma faca bem afiada no sentido perpendicular ao das fibras. Assim, ela manter-se-á macia depois de cozida. Vânia Lopes, Secretária www.gjcsraiosdeluz.blogspot.com 15

Nº_11 Ano_3 Juventude mariana vicentina - sobreiro PARA MEDITAR: Quaresma, o tempo para a conversão No passada quarta-feira a Igreja iniciou o Tempo Quaresmal, um dos quatro tempos fortes do calendário litúrgico cristão. Tal como o Advento tem como missão dispor os corações dos homens para acolher o nascimento de Jesus, assim a Quaresma tem como missão ser um tempo de conversão, de penitência e mudança de vida para que, purificados do pecado, possamos acolher a vida nova que Cristo nos traz pela Sua Ressurreição. O dia inaugural deste tempo litúrgico é a Quarta Feira de Cinzas, dia de Jejum e Abstinência, em que o Homem é convidado a tomar consciência da sua pequenez e da sua condição para, a partir daí, começar a caminhada de conversão e penitência própria do tempo da Quaresma. Este tempo, simbolicamente, tem a duração de 46 dias: 6 Domingos e 40 dias feriais, recordando os 40 anos do povo de Deus no deserto a caminho da Terra Prometida e os 40 dias de Jesus no deserto antes do início da Sua vida pública, onde jejuou e foi tentado pelo Demónio. Como propósitos para o crescimento e conversão dos fiéis, a Santa Igreja aponta 3 áreas de crescimento, três preceitos em que devemos 16 trabalhar durante o tempo Quaresmal: o Jejum, a Oração e a Esmola. O Jejum não diz respeito apenas à contenção na comida e na bebida mas é, acima de tudo, um exercício de auto-domínio, em que somos convidados a tomar as rédeas de nós mesmos e vencer as tentações e inclinações que tantas vezes nos dominam. A Oração deve tornar-se mais intensa neste tempo, sobretudo por ser o apoio de cada homem na sua jornada. A relação com o Bom Deus torna-se um auxílio e um conforto na luta que somos chamados a travar. Finalmente, a Esmola tem a missão de nos tornar atentos ao nosso próximo, não apenas do ponto de vista material mas, sobretudo, do ponto de vista humano, para podermos ir ao encontro daqueles que mais sofrem e dos mais esquecidos. Iniciado assim este tempo santo, também o Santo Padre, na sua mensagem para a Quaresma, nos propõe uma meditação sobre a pobreza e as suas diversas formas. Possa esta e outras propostas ajudar-nos neste tempo que a Igreja nos propõe. www.gjcsraiosdeluz.blogspot.com Vasco Jacinto, Vogal de Formação

Add a comment

Related pages

Jornal Raios de Luz_Marco - Documents - docslide.com.br

De novo trazemos até vós o Jornal da JMV Sobreiro "Raios de Luz". Nesta edição podem encontrar algumas notícias sobre o grupo, a Paróquia de Mafra e ...
Read more

Jornal "Raios de Luz" Novembro - Documents

Jornal Raios de Luz_Marco De novo trazemos até vós o Jornal da JMV Sobreiro "Raios de Luz". Nesta edição podem encontrar algumas notícias sobre o ...
Read more

Oásis de Luz | Jornal Mundo Espírita

Dir-se-ia que a construção fora atingida em segundos por fulgurante cascata de raios luminescentes. ... Jornal Mundo Espírita OnLine ...
Read more

ELEVAÇÃO ESPIRITUAL: LIVRO MÃOS DE LUZ

JORNAL NACIONAL DA UMBANDA (3) LIVROS (92) LIVROS SOBRE 2012 (2) MEIMEI (5) ... 24/06 Xangô – Orixá da Justiça dos raios e equilíbrio.
Read more

Trabalhadores da Luz: Março 2015

páginas. início; os arcturianos; tratamento energÉtico com os arcturianos; Áudios meditaÇÕes online
Read more