Inovação: O Desenvolvimento da Ideia no Ambiente Corporativo

50 %
50 %
Information about Inovação: O Desenvolvimento da Ideia no Ambiente Corporativo
Technology

Published on February 27, 2014

Author: GilvanNunes2

Source: slideshare.net

Description

PAPER: É impresionante o quanto o surgimento de uma simples ideia pode trazer de vantagens competitivas para as empresas. Este trabalho apresenta breves considerações sobre o processo de formação da ideia, do nível de consciência e do conhecimento no âmbito corporativo.

Universidade Tiradentes Curso: MBA Gestão de Projetos Linha de Pesquisa: Empreendedorismo Área: Inovação Gilvan Nunes da Cruz Inovação: O desenvolvimento da ideia no ambiente corporativo RESUMO: É impresionante o quanto o surgimento de uma simples ideia pode trazer de vantagens competitivas para as empresas. A primeira parte deste trabalho apresenta breves considerações sobre o processo de formação da ideia, do nível de consciência e do conhecimento. Na segunda parte é abordado o fator de nascimento das ideias nas corporações, apresentados algumas ideias de grande repercussão e sucesso em âmbito mundial. Por último, discute-se o a importãncia de investimento em inovação, o uso de técnicas de gestão e coloca a ideiação como ativo de grande importância para as empresas. ABSTRACT: It is impressive how much the appearance of a simple idea can bring competitive advantage for companies. The first part of this paper presents a brief look at the process of formation of the idea, the level of awareness and knowledge. In the second part addresses the factor of birth of ideas in corporations, presented some ideas of great impact and success worldwide. Finally, we discuss the the importance of investment in innovation, the use of management techniques and puts ideiação as assets of major importance for companies. PALAVRAS-CHAVES: Consciência, Conhecimento, Ideia, Inovação, Vantagem competitiva, Investimento. KEY WORDS: Awareness, Knowledge, Ideas, Innovation, Competitive Advantage, Investment. “Pensar é o trabalho mais díficil que existe, e esta é provavelmente a razão porque tão poucos se dedicam a ele” Henry Ford. Aracaju-Sergipe 2014

Inovação: O desenvolvimento da ideia no ambiente corporativo É fascinante notar que há 2.300 anos o notável filósofo Sócrates depois de visitar o santuário de delfos, trouxe para a cultura ateniense uma frase que ele havia encontrado no pôrtico de entrada, desde a magna grécia, gnothi seauton, ou seja, conhece-e a ti mesmo. Ao apresentar esta máxima que não era dele, era dos antigos gregos, ele estabeleceu a maiêutica, a doutrina do parto, porque a palavra maiêutica significa parto, o parto das ideias, ele era filho de uma parteira, e quando sua mãe o levou para ver um parto, ele deslumbrou-se, era isso que ele desejava, arrancar o conhecimento que está dentro de nós, para que através do “parto” adiquiramos sabedoria, o conhecimento vem do mundo das ideias, o EIDOS, que está em germem dentro de nós. Para fazer que o conhecimento venha para fora, é necessário que tenhamos a coragem de viajarmos para dentro de nós mesmos. Outro notável cientista, eminente meste de Zurique, Carl Gustav Jung, psiquiatra, neurologista, autor da psicologia analitica, convida-nos a viajarmos para dentro, para fazer que o conhecimento venha para fora, chamando o inconsiente profundo a vir habitar a nossa consciência, “a grande viagem”, a viajem que realmente é desafiadora, viajem para dentro, para dentro de nós mesmos, onde é preciso a instropecção, pois viajar para “fora” é fácil. Todos aqueles que definiram a consciência tiveram imensa dificuldade em situá-la dentro dos canones da melhor psicologia. A consciência durante muitos anos, foi considerada como conhecimento, antes um individuo considerado como pessoa que tinha cultura, um acadêmico, médico, advogado, era uma pessoa de consciencia. A moderna psicologia conseguiu demosntrar que o conhecimento, é uma aquisição intelectual, a consciência é uma conquista ético-moral, é, a outra asa, a qual ao lado do conhecimento, leva o individuo à sabedoria, ao grande voo, a integração, do que o próprio Jung, chamava o estado luminoso, a palavra é derivada do termo latino LUMEN, luz. A Ideia surge do ambiente interno, da interação entre as pessoas, no ambiente corporativo e acadêmico, por exemplo, podemos dizer que a ideia vem dos

colaboradores, vendedores, pessoal de marketing (empresas maiores) pessoal da produção, manutenção e do ambiente externo das empresas, ouvindo o cliente, Sac, congressos, reuniões, treinamentos, DAS PESSOAS, baseadas no conhecimento científico ou não. O tema inovação, o aumento do empreendedorimos no Brasil, o movimento de Startup´s, as novas formas de gestão e produção do conhecimento, entre outras tendências e ferramentas de gestão, temas que ainda não constitui realidade na maioria das empresas brasileiras, mas, vem ganhando destaque na mídia e em várias discussões nas esferas públicas e privadas, nos meios acadêmicos e empresariais, são fatores positivos ao país, são considerados ferramentas estratégicas, que trazem vantagens competitivas para empresas e instituições de qualquer porte em qualquer setor, com significativo retorno para a sociedade na forma de novos produtos, empregos, alternativas de renda, geração de riqueza e melhoria da qualidade de vida das pessoas. Muitas das grandes empresas nasceram de pequenas ideias, da criatividade, de um insignht, muitas vezes a primeira fagulha para uma inovação pode surgir em uma viagem, ou simplesmente numa mesa de restaurante durante um almoço descontraído, durante teste de um produto que não deu certo, pelo insucesso de um negócio, etc. A Apple apostou na venda dos computadores pessoais, criou a indústria do PC e o famoso Mac, lançado em 1984. Akio Morita, da Sony, lançou o walkman em 1979, depois de perceber que os jovens gostavam de ouvir música onde quer que estivessem. Em 1970, Spencer Silver, da 3M, inventou o Post-it, só nove anos depois Arthur Fry reconheceu sua utilidade, transformando o Post-it numa máquina de fazer dinheiro. Em 1950, Frank McNamara estava num restaurante quando percebeu que não tinha dinheiro para pagar a conta, ele teve, então, a idéia de criar o Diners Club Card, o primeiro cartão de crédito do mundo. Ray Kroc gostava tanto dos hambúrgueres, das batatas fritas e dos milk shakes vendidos por Mac e Dick McDonald, na Califórnia, que decidiu abrir seu próprio restaurante, em 1955. A McDonald’s Corporation criou um vasto mercado global para o negócio de fast food.

Desta busca por novos negócios, nasceu outros conceitos de empreendedorismo, nasceu o conceito de Startup, Para o especialista GITAHY: Startup é um modelo de empresa jovem em fase de construção de seus projetos, que esta vinculada fortemente à pesquisa, investigação e desenvolvimento de ideias inovadoras, um grupo de pessoas à procura de um modelo de negócios repetível e escalável, trabalhando em condições de extrema incerteza. As inovações tecnológicas estão entre as principais fontes de vantagens competitivas, para a criação de ambientes inovativos nas empresas, porém, são necessários investimentos, para que as ideias possam ser transformadas em produtos, e estes sejam lançados no mercado o mais rápido possível, porém a inovação em si, é uma atividade complexa, envolve riscos, é composta de várias etapas, onde participam diversos agentes com diferentes papéis. Tais etapas vão desde a percepção de um problema (ideação) ou oportunidade, seja técnica ou mercadológica, até a aceitação comercial do produto, serviço ou processo que incorpore as soluções encontradas, e que principlamente tenham impacto no desempenho econômico da empresa inovadora, ou seja, gere vendas e lucros. Desse modo, concluímos que mesmo com certas vantagens competitivas, não podemos dizer que as empresas que investem em inovação habitam num mar de segurança e refletem pleno sucesso nos seus empreendimentos. São necessários investimentos em cenários de incertezas, a falta de percepção da importância da administração desses novos modelos de negócios por parte dos empreendedores podem trazer prejuizos e fracasso ao negócio. Existe grandes diferenças entre startups e empresas tradicionais, principalmente em suas fases iniciais. As empresas tradicionais, executam um plano de negócios, estudam sua viabilidade e depois colocam-no em prática, enquanto que, as Startups, existe uma busca constante da perfeição, através da tentativa e erro, utilizam outras abordagens como: o Business Model Canvas, Design Thinking, movimento da qualidade total, novas formas de gestão e produção do conhecimento, entre outras tendências e

ferramentas de gestão. A ideação é um ativo intangível de grande valor para as empresas em geral. Ainda concluo, que este trabalho servirá como base de conhecimento para pesquisas futuras, que possam qualificar e quantificar o quanto a “ideia” e o conceito de Startup contribuí para geração de novos produtos, serviços e processos, apontar quais fatores são mais importantes para uma startup de sucesso segundo os futuros colegas empresários, assim contribuindo para o sucesso do meu curso e dos trabalhos em grupo. REFERÊNCIAS Incentivos e bloqueios à criatividade em startup, Disponível em: http://repositorio.uniceub.br/bitstream/235/3944/1/20915640.pdf Acessado em 19/12/2013. http://www.folhavitoria.com.br/economia/blogs/gestaoeresultados/2012/08/26/36ideias-e-inovacoes-que-mudaram-o-mundo Acessado em 22/12/2013 RIES, E. A startup enxuta: como os empreendedores atuais utilizam a inovação contínua para criar empresas extremamente bem-sucedidas. São Paulo. Lua de Papel, 2012. GITAHY, Y. O que é uma startup? Empreendedor Online – Empreendedorismo na Internet e negócios online, 2011 . http://www.empreendedoronline.net.br/o-que-euma-startup Acessado em 20/12/2013 Startup e inovação: inovando na forma de pensar e decretando o fim das velhas ideias – http://mic.imed.edu.br/2013/wpcontent/plugins/SubmissaoMIC/files/523f7579a6b3d.pdf Acessado em 22/12/2013. DORNELAS, José Carlos Assis. Transformando ideias em negócios. 2ª Ed. Rio de Janeiro TORRES, Joaquim. O que é uma startup. http://www.guiadastartup.com.br/o-que-euma-startup/

Add a comment

Related presentations

Related pages

INOVAÇÃO: O DESENVOLVIMENTO DA IDEIA NO AMBIENTE CORPORATIVO

p. 3 INOVAÇÃO: O DESENVOLVIMENTO DA IDEIA NO AMBIENTE CORPORATIVO INTRODUÇÃO de visitar o santuário de Delfos, trouxe para a cultura ateniense uma ...
Read more

Inovação – Wikipédia, a enciclopédia livre

Para que se crie um ambiente corporativo propício à ... são excelentes no desenvolvimento das ... o pai da inovação como ...
Read more

Inovação aberta – Wikipédia, a enciclopédia livre

Valores da Inovação tradicional Valores da Inovação aberta; Pesquisa e Desenvolvimento: Inovações ancoradas nos departamentos de P&D: Conexão e ...
Read more

Techoje - Transformando o ambiente organizacional com a ...

Mudança na cultura organizacional com a adoção de meios para a valorização da inovação no ambiente da ... Relação com o Desenvolvimento ...
Read more

O motor da inovação é a competição | Ideia de Marketing

... inovação está tão na moda no mundo corporativo com a ... Gestão da Inovação: segue o link ... da Pós ADM- FGV e colunista no Ideia.
Read more

A Inovação para a Sustentabilidade II :: Ideia Sustentável

... e incorporar a ideia da ... No ambiente de negócios ... à inovação sustentável. No entanto, os chineses estão ...
Read more

Inovação, Processo Criativo e Empreendedorismo - Rumo ...

... Giórgio de Jesus da ... se tornar criativo está no que se faz com o ... e não haverá campo no qual a inovação não possa ...
Read more

Joseph Schumpeter: O Profeta da Inovação

... questões prementes no atual ambiente corporativo, como o ... os agentes da inovação e, portanto ... que desenvolvimento econômico e ...
Read more

EMPREENDEDORISMO E INOVAÇÃO - IBES - Instituto Baiano de ...

A ideia de inovação é concebida como uma ... e desenvolvimento da atividade empreendedora no ... conhecimento da inovação é o grau de ...
Read more

A revista do desenvolvimento sustentável corporativo ...

O indicador da linha de ... o seu perfil de atuação no mercado. Ter uma grande ideia não ... ao meio ambiente Desenvolvimento ...
Read more