Informações complementares sobre o Império Romano - Professor Menezes

50 %
50 %
Information about Informações complementares sobre o Império Romano - Professor Menezes

Published on February 14, 2014

Author: luiz-menezes

Source: slideshare.net

INFORMAÇÕES COMPLEMENTARES SOBRE O IMPÉRIO ROMANO Professor Menezes

(Pequenos observações sobre o livro “Imperadores e Reis”, escrito pelo Padre João Parente, Diretor do Museu Numismático de Vila Real) Dos 111 Imperadores Romanos, 80 morreram de morte violenta. 73 assassinados: 21 pelos soldados e 52 por outros indivíduos. Apenas 31 tiveram morte natural.

Na coleção de Numismática exposta no Museu de Vila Real, estão representados: 1 imperador grego, 111 imperadores romanos, 4 bizantinos e 7 reis visigodos, incluindo nestes números algumas das respectivas cônjuges em cujo nome foram cunhadas moedas. A sua distribuição por séculos é e seguinte: 1 do século quarto a.C., 16 do século primeiro d.C., 13 do século segundo, 49 do século terceiro, 32 do século quarto, 2 do século quinto, 2 do século sexto, 7 do século sétimo e 1 do século oitavo.

Nos quadros que apresentamos nas páginas seguintes, ressalta claramente a precariedade dos governos, cuja média é de quase 10 anos, atingindo no século terceiro os 6 / 7 anos, e a impressionante quantidade de mortes violentas infligidas aos imperadores, uma vez que 70 % morreram assassinados. Tornou-se banal, principalmente no século terceiro, que as tropas elegessem os imperadores e quase de seguida os matassem. Deste modo, vinte imperadores foram mortos pelos próprios soldados, enquanto cinquenta morreram às mãos dos respectivos sucessores ou por ordem destes.

O lugar de governante máximo do lmpério Romano era incomparavelmente honroso e devia trazer com ele as maiores benesses; mas, sem dúvida, tornava-se logo um risco de modo iminente. A vanglória daquele poder imenso cegava de tal sorte os hipotéticos candidatos que os não deixava ver o perigo em que se metiam, ou os levava a concluir que as suas pessoas eram diferentes, talvez divinas e, por isso, imunes ao punhal e ao veneno

O lmpério tornou-se um bem leiloado entre as legiões. 0 general que mais prometesse em donativos era proclamado pelas tropas. Mas, se outro acenava com maior soldo, era o eleito e assassinava-se o anterior. Desta maneira, quem realmente governava eram as legiões, que faziam dos imperadores seus joguetes. 0 próprio Senado perdeu toda a autoridade, sendo tratado de forma humilhante pelos militares. Neste ambiente de instabilidade política, em que, por vezes, as governos só sucediam ao ritmo de um ou dois anos e até de alguns meses, o império ia-se miraculosamente aguentando, apesar da sofreguidão com que as Bárbaros espreitavam à volta, à espera de ensejo para transpor as imensas fronteiras e matar a fome de bens materiais e de cultura.

A corrupção era geral. Os desmandos de sucessivos governantes davam notório mau exemplo: matavam as seus antecessores, divorciavam-se constantemente, desfaziam-se dos próprios familiares através de crimes hediondos, sempre impunes, desfalcavam o erário público em extravagâncias, em completo desinteresse pela governança.

As guerras civis, com o subsequente enfraquecimento militar e a previsível oportunidade concedida e aproveitada pelos povos bárbaros, para cada vez mais atrevidas invasões, tinham que causar inevitavelmente o descalabro econômico. Habituados às mais caras especiarias arábicas, indianas e chinesas, mas sem ouro nem prata que amoedassem para pagá-las à beira da bancarrota, a Império cunhou moeda falsa, de bronze, com um banho superficial de prata. Assim apareceram os antoninos, no século III, e as folles, no IV, principalmente estes cunhados em quantidades inflacionárias, quer no valor, quer na arte. Apesar de todos estes sinais evidentes de fraqueza interna, e perante a crescente agressividade dos Bárbaros, a Império foi sobrevivendo durante os dois séculos do Baixo lmpério, devido à férrea estrutura militar e à impressionante organização administrativa, herdadas da República e do Alto Império. Fonte: http://www.dightonrock.com/imperadoresassassinados.htm

Add a comment

Related presentations

Related pages

Informações complementares sobre o Império Romano ...

INFORMAÇÕES COMPLEMENTARES SOBRE O IMPÉRIO ROMANOProfessor Menezes 2. ... Informações complementares sobre o Império Romano - Professor Menezes;
Read more

BRASIL IMPÉRIO - Professor Menezes - Documents

... Professor Menezes 1. IMPÉRIO NAPOLEÔNICO 1804 a ... DDiivviissããoo ddoo NNoovvoo MMuunnddooPapa Alexandre VIDividia o "novo mundo"entre ...
Read more

Portal do Professor - Fim do Império Romano e a ...

Portal do Professor - Fim do Império Romano e a ... uma pesquisa sobre os outros ... o aqui e contribua para que as informações do Portal ...
Read more

ATIVIDADES INTERATIVAS SOBRE O IMPÉRIO ROMANO

... trocar informações, ... Vida de professor da rede pública. ... (5ª Série) » ATIVIDADES INTERATIVAS SOBRE O IMPÉRIO ROMANO.
Read more

Portal do Professor - A queda do Império Romano e as ...

Portal do Professor - A queda do Império Romano e as ... onde deverão pesquisar sobre a queda do Império Romano. Dividir os alunos ... Informações de ...
Read more

Roma Antiga – Wikipédia, a enciclopédia livre

O Império Romano chegou a dominar o ... religião e da linguagem no mundo ocidental e sua história continua a ter uma grande influência sobre o mundo ...
Read more