Hist Piedade Modernidade

50 %
50 %
Information about Hist Piedade Modernidade

Published on January 29, 2009

Author: RamondC

Source: slideshare.net

MISTICISMO E PIETISMO LUTERANISMO E CALVINISMO : “ESCOLASTICISMO PROTESTANTE” “ EVANGELHO TRATADO COMO DOUTRINA EM VEZ DO PODER DE DEUS PARA SALVAÇÃO” “ RELIGIÃO DE PENSAMENTO CORRETO... E NÃO CONDIÇÃO DO CORAÇÃO”

LUTERANISMO E CALVINISMO : “ESCOLASTICISMO PROTESTANTE”

“ EVANGELHO TRATADO COMO DOUTRINA EM VEZ DO PODER DE DEUS PARA SALVAÇÃO”

“ RELIGIÃO DE PENSAMENTO CORRETO... E NÃO CONDIÇÃO DO CORAÇÃO”

GEORGE FOX 1624-1691 Crenças dos Quackers: Sentir Deus Bíblia - Jesus é a Palavra Divina e a Bíblia testemunha. Simplicidade Igualdade Honestidade Pacificismo

1624-1691

Crenças dos Quackers:

Sentir Deus

Bíblia - Jesus é a Palavra Divina e a Bíblia testemunha.

Simplicidade

Igualdade

Honestidade

Pacificismo

PIETISMO NO SÉCULO XVII Pensamento da Reforma : “Tomada de posição do homem na graça e não na experiência pessoal desta graça” “ Renovação da verdadeira religião pessoal com base nos princípios de Lutero” “ Avivamento dentro do luteranismo intelectual, religião simples, do coração, e uma simples comunhão uns com os outros”

Pensamento da Reforma : “Tomada de posição do homem na graça e não na experiência pessoal desta graça”

“ Renovação da verdadeira religião pessoal com base nos princípios de Lutero”

“ Avivamento dentro do luteranismo intelectual, religião simples, do coração, e uma simples comunhão uns com os outros”

PRINCIPAIS ENSINOS PIETISTAS REGENERAÇÃO OCORRE NUMA EXPERIÊNCIA ESPECÍFICA DE CONVERSÃO. Desenvolvimento da vida do crente através de estudos bíblicos nos lares e reuniões de oração Envolvimento de todos os crentes ( não apenas o clero) na obra de alcançar os perdidos e edificar os crentes.

REGENERAÇÃO OCORRE NUMA EXPERIÊNCIA ESPECÍFICA DE CONVERSÃO.

Desenvolvimento da vida do crente através de estudos bíblicos nos lares e reuniões de oração

Envolvimento de todos os crentes ( não apenas o clero) na obra de alcançar os perdidos e edificar os crentes.

PIETISMO DO SÉCULO XVIII Nicolaus Ludwig Zinzendorf 1700-1760 Jesus: “eu tenho uma paixão – Ele e Ele somente” Apoio e influência aos Irmãos Morávios : Zelo e devoção apaixonados por Jesus Cristo; Fraternidade; Zelo por missões estrangeiras

Nicolaus Ludwig Zinzendorf

1700-1760

Jesus: “eu tenho uma paixão – Ele e Ele somente”

Apoio e influência aos Irmãos Morávios :

Zelo e devoção apaixonados por Jesus Cristo;

Fraternidade;

Zelo por missões estrangeiras

THEOLOGIA EST DOCTRINA DEO VIVENDI PIETISMO INGLÊS John Downame 1652) – “A parte mais proveitosa da Teologia é aquela que consiste mais na experiência e na prática, do que em teoria e especulação; e a mais importante é a que tende mais à santificação do coração do que mostrar o julgamento e fazer o conhecimento crescer”

PIETISMO INGLÊS

John Downame 1652) – “A parte mais proveitosa da Teologia é aquela que consiste mais na experiência e na prática, do que em teoria e especulação; e a mais importante é a que tende mais à santificação do coração do que mostrar o julgamento e fazer o conhecimento crescer”

“ DA RELIGIOSIDADE PARA A SANTIDADE” “ Em essência agora, era deixar de fazer algo para ser algo”. Cada vez menos uso do termo religiosidade e mais surge o termo santidade. O movimento passa de piedade centrada na lei, para piedade centrada em relacionamento imediato com Deus. Sem perder a ética a ênfase vai para os “exercícios santos” como jejuns, meditação e oração mais as velhas “práticas de piedade”. Não é mais a Lei de Deus, mas a natureza de Deus conforme revelada em Jesus Cristo.

“ Em essência agora, era deixar de fazer algo para ser algo”.

Cada vez menos uso do termo religiosidade e mais surge o termo santidade.

O movimento passa de piedade centrada na lei, para piedade centrada em relacionamento imediato com Deus.

Sem perder a ética a ênfase vai para os “exercícios santos” como jejuns, meditação e oração mais as velhas “práticas de piedade”.

Não é mais a Lei de Deus, mas a natureza de Deus conforme revelada em Jesus Cristo.

Via mystica Joseph Hall : The Art of Divine Meditation e The Devout Soul: ou Rules of Heavenly Devotion Arrebatamento; êxtase – Resultado de oração. Método Finalidade

Joseph Hall : The Art of Divine Meditation e The Devout Soul: ou Rules of Heavenly Devotion

Arrebatamento; êxtase – Resultado de oração.

Método

Finalidade

PR. RICHARD BAXTER (1615-1691) Como pastor, usou seu escritório pastoral como médico de corpos e de almas, em sua comunidade. Maior contribuição através da escrita. Escrevia no tempo livre. ( Sem tempo e enfermo muitas vezes) Conversão e santidade ( piedade) eram os dois alvos de seu ministério. Livros: Catálogo Cristão e O PASTOR REFORMADO ( Como um Pr deve proceder em detalhes)

Como pastor, usou seu escritório pastoral como médico de corpos e de almas, em sua comunidade.

Maior contribuição através da escrita. Escrevia no tempo livre. ( Sem tempo e enfermo muitas vezes)

Conversão e santidade ( piedade) eram os dois alvos de seu ministério.

Livros: Catálogo Cristão e O PASTOR REFORMADO ( Como um Pr deve proceder em detalhes)

JOHN BUNYAN ( 1628-1688) Preso por sua fé, entre 1660/1672 – Saiu de lá melhor como homem, “....invencível, cheio de compaixão e com bom ânimo - despeito de tremores mentais, junto com dúvidas tenebrosas na própria alma”. Pastor, pregador em igreja batista local, foi na literatura que se eternizou : Grace Abounding to the Chief of Sinners; O PEREGRINO

Preso por sua fé, entre 1660/1672 – Saiu de lá melhor como homem, “....invencível, cheio de compaixão e com bom ânimo - despeito de tremores mentais, junto com dúvidas tenebrosas na própria alma”.

Pastor, pregador em igreja batista local, foi na literatura que se eternizou :

Grace Abounding to the Chief of Sinners;

O PEREGRINO

JEREMY TAYLOR ( 1613-1667) Mudança no Pietismo : Viver Santo; Morrer Santo – Viver Santo – “Cuidado com o uso do tempo” As regras do “viver santo” : 1) Praticar a presença de Deus; 2) “Sobriedade cristã – moderação; castidade; humildade; modéstia e contentamento -; 3)Deveres com os superiores e os inferiores ; nas transações comerciais e restituição; 4) Adoração, confissão das grandezas de Deus; crer na Sua Palavra; e fazer tudo para honrá-Lo.

Mudança no Pietismo : Viver Santo; Morrer Santo –

Viver Santo – “Cuidado com o uso do tempo”

As regras do “viver santo” : 1) Praticar a presença de Deus; 2) “Sobriedade cristã – moderação; castidade; humildade; modéstia e contentamento -; 3)Deveres com os superiores e os inferiores ; nas transações comerciais e restituição;

4) Adoração, confissão das grandezas de Deus; crer na Sua Palavra; e fazer tudo para honrá-Lo.

Morrer Santo 1)Busca por uma morte abençoada e santa 2) Preparação para se ter esta morte. 3) Discussão sobre as tentações na enfermidade exercícios de como a enfermidade por vir a ser segura e santificada. 4) Praticar paciência, graça da fé; do arrependimento; caridade e justiça; 5) Visita aos enfermos....

1)Busca por uma morte abençoada e santa

2) Preparação para se ter esta morte.

3) Discussão sobre as tentações na enfermidade exercícios de como a enfermidade por vir a ser segura e santificada.

4) Praticar paciência, graça da fé; do arrependimento; caridade e justiça;

5) Visita aos enfermos....

JOHN ARNDT ( 1555-1621) “ O pai do Pietismo Luterano”. Transformou a doutrina da Palavra ( Lutero), numa doutrina ética, e por isso mudando a experiência da justificação para a santificação. Seus devocionais tratam da “união mística entre Cristo e o crente”.

“ O pai do Pietismo Luterano”. Transformou a doutrina da Palavra ( Lutero), numa doutrina ética, e por isso mudando a experiência da justificação para a santificação.

Seus devocionais tratam da “união mística entre Cristo e o crente”.

PHILIPP JAKOB SPENER ( 1635-1705) 1670 – Collegia pietatis 1675 – Pia desideria: 1 – Espalhar a Palavra de Deus 2 – Sacerdócio de todos os crentes. 3 – Mais ênfase na vida espiritual dos cristãos. 4 – Fugir de disputas e debates 5 – Candidatos ao ministério deveriam “ser verdadeiros cristãos’. 6 – Propósito do sermão é edificar.

1670 – Collegia pietatis

1675 – Pia desideria:

1 – Espalhar a Palavra de Deus

2 – Sacerdócio de todos os crentes.

3 – Mais ênfase na vida espiritual dos cristãos.

4 – Fugir de disputas e debates

5 – Candidatos ao ministério deveriam “ser verdadeiros cristãos’.

6 – Propósito do sermão é edificar.

Add a comment

Related presentations

Related pages

Ouro Preto – Wikipédia, a enciclopédia livre

Conciliando tradição e modernidade, ... Belo Vale * Bonfim * Crucilândia * Itaguara * Itatiaiuçu * Jeceaba * Moeda * Piedade dos Gerais * Rio Manso:
Read more

A Castro de António Ferreira: Tradição e Modernidade

A Castro de António Ferreira: Tradição e Modernidade 3 Agradecimentos Um trabalho de investigação requer, desde o seu início, muito empenho e
Read more

História da Vida Privada - Volume 3 (Em Portuguese do ...

Buy História da Vida Privada - Volume 3 (Em Portuguese do Brasil) by P. Aires (ISBN: 9788571641631) from Amazon's Book Store. Free UK delivery on eligible ...
Read more

MODERNIDADE - Revista.doc

MODERNIDADE. Definição e Inter-relação com o Conceito de Romantismo. Camillo Cavalcanti (UFRJ-CAPES/UFF) ... protagonista que cativa pela piedade; ...
Read more

Livros de a piedade e a forca: história da miséria e da ...

Livros a piedade e a forca: história da miséria e da caridade na europa. Menu x. a ... Cores e Movimentos na Modernidade Atlântica - Europa, Américas e ...
Read more

Capela histórica na Serra da Piedade é reinaugurada ...

Cidades - Belo Horizonte - MGReinauguracao da capela e procissao na Serra da Piedade em CaeteNa foto: Mirele Dias FOTO: FERNANDA CARVALHO / O TEMPO - 22.11 ...
Read more