advertisement

GDE

50 %
50 %
advertisement
Information about GDE
Education

Published on November 12, 2008

Author: cplp

Source: slideshare.net

Description

Projeto Genero e Diversidade na Escola
Maria Elisabete Pereira

Secretary of Special Policies for Women
Brazil Government
advertisement

 

Finalidade Implementação de políticas públicas em educação para a valorização da diversidade sexual, étnico-racial e promoção da eqüidade de gênero.

Implementação de políticas públicas em

educação para a valorização da diversidade

sexual, étnico-racial e promoção da eqüidade

de gênero.

Temas Relações de gênero Sexualidade e orientação sexual Relações étnico-raciais Público Professoras/es da educação básica da rede pública de ensino brasileira.

Relações de gênero

Sexualidade e orientação sexual

Relações étnico-raciais

Justificativa Importância cada vez maior desses temas para a construção da cidadania e promoção dos direitos humanos. Necessidade de formação continuada e profissionais da educação nos temas transversais. Reconhecimento da escola como espaço privilegiado de transformação social.

Importância cada vez maior desses temas para a construção da cidadania e promoção dos direitos humanos.

Necessidade de formação continuada e profissionais da educação nos temas transversais.

Reconhecimento da escola como espaço privilegiado de transformação social.

Objetivo Capacitar professoras/es para refletirem e terem instrumentos para lidarem com os comportamentos e atitudes que envolvem relações de gênero, étnico raciais e à sexualidade e orientação sexual no cotidiano da escola.

Capacitar professoras/es para refletirem e

terem instrumentos para lidarem com

os comportamentos e atitudes que

envolvem relações de gênero, étnico

raciais e à sexualidade e orientação sexual

no cotidiano da escola.

Modalidade EaD A EaD pode reunir um grande número de Professoras/es que: pertencem a universos étnicos e culturais diferenciados; são os agentes da educação ligados às realidades locais; conhecem mais diretamente, em sua prática docente, os problemas decorrentes do tratamento inadequado dessas diferenças.

A EaD pode reunir um grande número de

Professoras/es que:

pertencem a universos étnicos e culturais diferenciados;

são os agentes da educação ligados às realidades locais;

conhecem mais diretamente, em sua prática docente, os problemas decorrentes do tratamento inadequado dessas diferenças.

Originalidade do curso Tratar os temas de gênero, sexualidade e orientação sexual e étnico-racial, na modalidade a distância, de forma transversal, na perspectiva dos direitos humanos. Trabalhar, um mesmo projeto, em todas as regiões do Brasil, com professoras/es em contextos culturais diferentes.

Tratar os temas de gênero, sexualidade e

orientação sexual e étnico-racial, na modalidade

a distância, de forma transversal, na perspectiva

dos direitos humanos.

Trabalhar, um mesmo projeto, em todas as

regiões do Brasil, com professoras/es em

contextos culturais diferentes.

ESTRUTURA

Estrutura do curso GDE Abertura do curso Módulos: 1. Diversidade 2. Gênero 3. Sexualidade e Orientação Sexual 4. Relações Étnico-raciais 5. Avaliação

Abertura do curso

Módulos: 1. Diversidade 2. Gênero 3. Sexualidade e Orientação Sexual

4. Relações Étnico-raciais

5. Avaliação

Estrutura do curso GDE Carga Horária total - 200 horas Abertura do curso Apresentação do Projeto Orientações Metodológicas Manual do Cursista Histórico

Abertura do curso

Apresentação do Projeto

Orientações Metodológicas

Manual do Cursista

Histórico

Estrutura do curso GDE Módulo 1 – Diversidade Módulo 2 – Gênero U1 - Gênero: um conceito importante para o conhecimento do mundo social U2 - A importância dos movimentos sociais na luta contra as desigualdades de gênero U3 - Gênero no cotidiano escolar

Módulo 1 – Diversidade

Módulo 2 – Gênero

U1 - Gênero: um conceito importante para o conhecimento do mundo social

U2 - A importância dos movimentos sociais na luta contra as desigualdades de gênero

U3 - Gênero no cotidiano escolar

Estrutura do curso GDE Módulo 3 – Sexualidade U1 - Dimensão conceitual, diversidade, discriminação U2 - Sexualidade, direitos e educação U3 - Sexualidade no cotidiano escolar Módulo 4 – Relações étnico-raciais U1 - Construção Histórica do Racismo U2 - Desigualdade racial U3 - Igualdade étnico-racial se aprende na escola

Módulo 3 – Sexualidade

U1 - Dimensão conceitual, diversidade, discriminação

U2 - Sexualidade, direitos e educação

U3 - Sexualidade no cotidiano escolar

Módulo 4 – Relações étnico-raciais

U1 - Construção Histórica do Racismo

U2 - Desigualdade racial

U3 - Igualdade étnico-racial se aprende na escola

Estrutura do curso GDE Módulo 5 – Avaliação Memorial Auto-avaliação Trabalho Final

Módulo 5 – Avaliação

Memorial

Auto-avaliação

Trabalho Final

MODELO PEDAGÓGICO

Modelo pedagógico auto-estudo aprendizagem individual exige compromisso e autodisciplina interação dos/as participantes aprendizagem cooperativa exige participação e troca de conhecimentos com o outro e com a outra

auto-estudo

aprendizagem individual

exige compromisso e autodisciplina

interação dos/as participantes

aprendizagem cooperativa

exige participação e troca de conhecimentos com o outro e com a outra

Metodologia O trabalho com a desconstrução e a construção de valores. A metodologia foi elaborada de modo a fazer com que o cursista possa discutir nos fóruns , registrar a sua trajetória no curso por meio de um diário, questionar suas certezas provisórias e perceber as mudanças em seus valores .

O trabalho com a desconstrução e a

construção de valores.

A metodologia foi elaborada de modo a

fazer com que o cursista possa discutir

nos fóruns , registrar a sua trajetória

no curso por meio de um diário,

questionar suas certezas provisórias e

perceber as mudanças em seus valores .

Atividades de aprendizagem Registro dos conhecimentos prévios Leitura dos textos sobre o tema Consulta ao material complementar indicado: websites, vídeos, livros; artigos. Estudo de casos para estabelecer a transversalidade dos temas. Registro do que aprendeu sobre o tema, destacando as idéias que são: semelhantes às suas; apenas diferentes das suas; contrárias ao que pensa e acredita.

Registro dos conhecimentos prévios

Leitura dos textos sobre o tema

Consulta ao material complementar indicado: websites, vídeos, livros; artigos.

Estudo de casos para estabelecer a transversalidade dos temas.

Registro do que aprendeu sobre o tema, destacando as idéias que são:

semelhantes às suas;

apenas diferentes das suas;

contrárias ao que pensa e acredita.

O CURSO NO AVA

 

 

 

 

 

 

 

Introdução Descrever o passo a passo da oferta do curso Gênero e Diversidade na Escola, a partir experiência obtida no projeto-piloto de 2006, desenvolvido e coordenado pelo Centro Latino Americano em Sexualidade e Direitos Humanos (CLAM/IMS/UERJ). Apontar as possíveis adaptações da estrutura da oferta do curso no contexto da UAB.

Descrever o passo a passo da oferta do curso Gênero e Diversidade na Escola, a partir experiência obtida no projeto-piloto de 2006, desenvolvido e coordenado pelo Centro Latino Americano em Sexualidade e Direitos Humanos (CLAM/IMS/UERJ).

Apontar as possíveis adaptações da estrutura da oferta do curso no contexto da UAB.

GDE - Objetivo Capacitar profissionais da educação para que possam refletir e obter instrumentos para lidar com os comportamentos e atitudes que envolvem as relações de gênero, sexualidade e orientação sexual e relações étnico-raciais no cotidiano da escola.

Capacitar profissionais da educação para que possam refletir e obter instrumentos para lidar com os comportamentos e atitudes que envolvem as relações de gênero, sexualidade e orientação sexual e relações étnico-raciais no cotidiano da escola.

Conteúdo   O conteúdo do curso Gênero e Diversidade na Escola foi desenvolvido de maneira a permitir o debate transversal nas temáticas de gênero, sexualidade e orientação sexual e relações étnico-raciais. Para tanto, foi estruturado em cinco módulos: Diversidade Gênero Sexualidade e Orientação Sexual Relações Étnico-Raciais Avaliação

 

O conteúdo do curso Gênero e Diversidade na Escola foi desenvolvido de maneira a permitir o debate transversal nas temáticas de gênero, sexualidade e orientação sexual e relações étnico-raciais.

Para tanto, foi estruturado em cinco módulos:

Diversidade

Gênero

Sexualidade e Orientação Sexual

Relações Étnico-Raciais

Avaliação

Atores do processo de aprendizagem Coordenação do Curso Coordenação de Tutoria Professor Formador Cursistas Tutores on-line Tutores Presenciais Suporte Técnico

Coordenação do Curso

Coordenação de Tutoria

Professor Formador

Cursistas

Tutores on-line

Tutores Presenciais

Suporte Técnico

Coordenação de Tutoria Acompanha os tutores no desenvolvimento da metodologia do curso na modalidade a distância. Apóia e acompanha os/as cursistas na utilização do ambiente colaborativo de aprendizagem. Auxilia os tutores a garantir o envolvimento efetivo dos/das cursistas nas atividades do curso.

Acompanha os tutores no desenvolvimento da metodologia do curso na modalidade a distância.

Apóia e acompanha os/as cursistas na utilização do ambiente colaborativo de aprendizagem.

Auxilia os tutores a garantir o envolvimento efetivo dos/das cursistas nas atividades do curso.

Professor Formador Orienta os/as tutores on-line nas dúvidas que surgirem em relação aos temas tratados e, sobretudo, estimulam o tratamento transversal dos temas.

Orienta os/as tutores on-line nas dúvidas que surgirem em relação aos temas tratados e, sobretudo, estimulam o tratamento transversal dos temas.

Cursistas Profissionais da Educação Organizados em grupos de 30 cursistas - com 1 tutor para cada turma Perfil interesse na temática do curso disponibilidade de horário para fazer o curso e realizar o estudo que exigirá do aluno aproximadamente 10 horas de dedicação por semana relativa familiaridade com o uso de computadores e Internet

Profissionais da Educação

Organizados em grupos de 30 cursistas - com 1 tutor para cada turma

Perfil

interesse na temática do curso

disponibilidade de horário para fazer o curso e realizar o estudo que exigirá do aluno aproximadamente 10 horas de dedicação por semana

relativa familiaridade com o uso de computadores e Internet

Tutores on-line Especialistas na área de conhecimento do curso Função acompanham o/a cursista na realização das atividades dos módulos mantendo o ritmo de uma unidade por semana participam e conduzem as discussões, prestam esclarecimentos e avaliam a contribuição e o envolvimento nos fóruns orientam e acompanham o/a cursista na elaboração do trabalho final, conforme modelo sugerido em formulário próprio

Especialistas na área de conhecimento do curso

Função

acompanham o/a cursista na realização das atividades dos módulos mantendo o ritmo de uma unidade por semana

participam e conduzem as discussões, prestam esclarecimentos e avaliam a contribuição e o envolvimento nos fóruns

orientam e acompanham o/a cursista na elaboração do trabalho final, conforme modelo sugerido em formulário próprio

Tutores Presenciais Professores do ensino fundamental selecionados municípios que receberão o curso – 1 por pólo. Função acompanham o/a cursista na realização das atividades dos módulos mantendo o ritmo de atividades a partir do pólo presencial orientam e acompanham o/a cursista presencialmente na elaboração do trabalho final, conforme modelo sugerido em formulário próprio

Professores do ensino fundamental selecionados municípios que receberão o curso – 1 por pólo.

Função

acompanham o/a cursista na realização das atividades dos módulos mantendo o ritmo de atividades a partir do pólo presencial

orientam e acompanham o/a cursista presencialmente na elaboração do trabalho final, conforme modelo sugerido em formulário próprio

Suporte técnico Apóiam os/as professores/as cursistas na utilização do ambiente colaborativo de aprendizagem.

Apóiam os/as professores/as cursistas na utilização do ambiente colaborativo de aprendizagem.

Estrutura do Curso   O curso foi desenvolvido para : Moodle – backup enviado para as IES e-Proinfo www.eproinfo.gov.br Para obter login e senha, entrar em contato com a SEED/MEC Outras plataformas – disponibilizado o conteúdo em CD para ser implementado

  O curso foi desenvolvido para :

Moodle – backup enviado para as IES

e-Proinfo

www.eproinfo.gov.br

Para obter login e senha, entrar em contato com a SEED/MEC

Outras plataformas – disponibilizado o conteúdo em CD para ser implementado

Carga horária 200 horas

200 horas

Estrutura dos Módulos Módulo Diversidade - 1 Unidade. É introdutório, tanto para os temas do curso quanto para a metodologia on-line, por isso conta com 12 horas de estudo. A sugestão é que o cursista disponha de aproximadamente 2 horas por dia, 6 dias por semana. Sendo as primeiras 6 horas dedicadas à ambientação no AVA e as 6 horas restantes ao efetivo início do curso. Módulos de Gênero, Sexualidade e Relações Étnico Raciais - 3 Unidades cada e são mais densos. A sugestão é que cada unidade tenha 40 horas/aula e conte com 12 dias (indicando ao cursista que o ideal é que ele tenha uma dedicação de 2 horas por dia, seis dias por semana, aproximadamente). Trabalho Final conta com 32 horas, 2 horas diárias de dedicação, 5 dias por semana.

Módulo Diversidade - 1 Unidade. É introdutório, tanto para os temas do curso quanto para a metodologia on-line, por isso conta com 12 horas de estudo. A sugestão é que o cursista disponha de aproximadamente 2 horas por dia, 6 dias por semana. Sendo as primeiras 6 horas dedicadas à ambientação no AVA e as 6 horas restantes ao efetivo início do curso.

Módulos de Gênero, Sexualidade e Relações Étnico Raciais - 3 Unidades cada e são mais densos. A sugestão é que cada unidade tenha 40 horas/aula e conte com 12 dias (indicando ao cursista que o ideal é que ele tenha uma dedicação de 2 horas por dia, seis dias por semana, aproximadamente).

Trabalho Final conta com 32 horas, 2 horas diárias de dedicação, 5 dias por semana.

Inscrição dos cursistas Disponibilização de formulário de inscrição em website previamente divulgado. Seleção a partir dos critérios definidos pelo curso. Envio de email para os cursistas com as seguintes informações: Endereço da plataforma Login de acesso ao curso no AVA Senha pessoal Cronograma do Curso

Disponibilização de formulário de inscrição em website previamente divulgado.

Seleção a partir dos critérios definidos pelo curso.

Envio de email para os cursistas com as seguintes informações:

Endereço da plataforma

Login de acesso ao curso no AVA

Senha pessoal

Cronograma do Curso

Orientação para o cursista   Foram desenvolvidos os seguintes manuais para os alunos (disponíveis nos AVAs) Orientações Metodológicas Detalhamento do processo do curso e o sistema de avaliação Manual de navegação dos Ambientes Virtuais de Aprendizagem Moodle e e-Proinfo

  Foram desenvolvidos os seguintes manuais para os alunos

(disponíveis nos AVAs)

Orientações Metodológicas

Detalhamento do processo do curso e o sistema de avaliação

Manual de navegação dos Ambientes Virtuais de Aprendizagem Moodle e e-Proinfo

Aulas Presenciais Primeiro encontro – aula inaugural Apresentação do curso Histórico Conteúdo Metodologia Resolução de problemas de acesso (login e senha - garantir que os cursistas tenham pleno acesso à plataforma) Segundo encontro - acompanhamento dos cursistas Terceiro encontro - orientação para o Trabalho Final

Primeiro encontro – aula inaugural

Apresentação do curso

Histórico

Conteúdo

Metodologia

Resolução de problemas de acesso (login e senha - garantir que os cursistas tenham pleno acesso à plataforma)

Segundo encontro - acompanhamento dos cursistas

Terceiro encontro - orientação para o Trabalho Final

Material de apoio ao cursista   Primeira Aula Presencial CD com todo conteúdo do curso GDE. Textos Manuais Casos Publicação formato livro impresso contendo os textos do curso GDE (será entregue para as universidades o arquivo PDF para que cada instituição possa imprimir a quantidade necessária para distribuição entre os seus cursistas)

  Primeira Aula Presencial

CD com todo conteúdo do curso GDE.

Textos

Manuais

Casos

Publicação formato livro impresso contendo os textos do curso GDE (será entregue para as universidades o arquivo PDF para que cada instituição possa imprimir a quantidade necessária para distribuição entre os seus cursistas)

Material de apoio ao cursista Terceira Aula Presencial - final Caderno de Atividades “Gênero e Diversidade na Escola” (síntese dos conteúdos do curso, sugestões de atividades para o professor desenvolver com seus alunos na sala de aula e roteiro para o professor aprofundar o estudo)

Terceira Aula Presencial - final

Caderno de Atividades “Gênero e Diversidade na Escola” (síntese dos conteúdos do curso, sugestões de atividades para o professor desenvolver com seus alunos na sala de aula e roteiro para o professor aprofundar o estudo)

Avaliação dos cursistas

Participação nos fóruns O que é avaliado: As contribuições, inquietações, experiências de vida e da profissão trazidas. A participação de forma crítica e ética, com respeito e tolerância à pluralidade. As contribuições advindas de pesquisas e de fontes de leitura. A conquista dos objetivos previstos nas unidades.

O que é avaliado:

As contribuições, inquietações, experiências de vida e da profissão trazidas.

A participação de forma crítica e ética, com respeito e tolerância à pluralidade.

As contribuições advindas de pesquisas e de fontes de leitura.

A conquista dos objetivos previstos nas unidades.

Memorial O que é avaliado: O registro das reflexões sobre o que vivenciou durante o curso. A capacidade de sintetizar os conceitos trabalhados no curso, demonstrando ter incorporado seus principais aspectos.

O que é avaliado:

O registro das reflexões sobre o que vivenciou durante o curso.

A capacidade de sintetizar os conceitos trabalhados no curso, demonstrando ter incorporado seus principais aspectos.

Auto-avaliação O cursista: participou de todos os fóruns do curso, promovendo debates a partir de experiências de vida e profissional, bem como trouxe contribuições de pesquisas a partir de fontes como internet, literatura, movimentos sociais, etc. interagiu e fez intervenções críticas e éticas, com respeito e tolerância à pluralidade dos participantes; fez registros devidos no Diário; colaborou com o grupo na realização do trabalho final do curso.

O cursista:

participou de todos os fóruns do curso, promovendo debates a partir de experiências de vida e profissional, bem como trouxe contribuições de pesquisas a partir de fontes como internet, literatura, movimentos sociais, etc.

interagiu e fez intervenções críticas e éticas, com respeito e tolerância à pluralidade dos participantes;

fez registros devidos no Diário;

colaborou com o grupo na realização do trabalho final do curso.

Trabalho Final Avaliação individual - projeto ou proposta de uma atividade sobre um ou vários temas abordados no curso e que possa ser aproveitado na prática docente junto aos/às alunos/as da educação básica. As atividades propostas pelos professores valorizam a diversidade de gênero, de orientação sexual e étnico-racial; são pertinentes ao que pode ser desenvolvido em sala de aula para alunos/as da educação básica; pressupõe o envolvimento da comunidade escolar; atendem aos indicadores do enunciado.

Avaliação individual - projeto ou proposta de uma atividade sobre um

ou vários temas abordados no curso e que possa ser aproveitado na

prática docente junto aos/às alunos/as da educação básica.

As atividades propostas pelos professores

valorizam a diversidade de gênero, de orientação sexual e étnico-racial;

são pertinentes ao que pode ser desenvolvido em sala de aula para alunos/as da educação básica;

pressupõe o envolvimento da comunidade escolar;

atendem aos indicadores do enunciado.

Contato no CLAM/IMS/UERJ   Andreia Barreto [email_address] Laura Coutinho [email_address] Contato na SPM Maria Elisabete Pereira Diretora - Subsecretaria de Articulação Institucional Secretaria Especial de Politicas para Mulheres/PR elisabetepereira@spmulheres.gov.br

  Andreia Barreto

[email_address]

Laura Coutinho

[email_address]

Add a comment

Related presentations

Related pages

GDE-Werkzeuge GmbH - Präzisionswerkzeuge von bester Qualität

GDE-Werkzeuge GmbH GDE-Werkzeuge GmbH ist ein modernes, expandierendes Unternehmen, welches seit mehr als 45 Jahren Präzisionswerkzeuge von bester ...
Read more

GDE – Wikipedia

GdE steht als Abkürzung für: Gewerkschaft der Eisenbahner; Gde steht als Abkürzung für: Gourde, Währung von Tahiti; Gde. steht für: Abkürzung für ...
Read more

Abkürzung: gde - Abkürzungen | gde abkürzen

Neue Abkürzung für gde vorschlagen Ähnliche Abkürzungen wie gde.cd - Demokratische Republik....gd - Grenada.gt - Guatemala
Read more

GDE Ι KOMMUNIKATION GESTALTEN STARTSEITE

Fullservice-Agentur in Bonn für Design und Kommunikation – Grafikdesign, Webdesign und Internet-Auftritte, PR (Public Relations), Öffentlichkeitsarbeit.
Read more

Berufsverband Partnervermittlung - GDE Gesamtverband der ...

Berufsverband Partnervermittlung mit nur seriösen Partnervermittlungen im GDE Gesamtverband der Ehe- und Partnervermittlungen eingetragen und bieten dem ...
Read more

Gauteng Department of Education (GDE)

GAUTENG EDUCATION AGENCIES. Sci-Bono. Matthew Goniwe. Gauteng City Region Academy. EDUCATION LINKS. Early childhood Development. ... GT/GDE/128/ 2015: ...
Read more

GDE-Werkzeuge GmbH - Präzisionswerkzeuge von bester Qualität

GDE-Werkzeuge GmbH - Frankfurter Str. 79 - 58553 Halver - Tel.: +49(0)2353 - 90980 - Fax: +49(0)2353 - 12943 - E-mail: info@gde-werkzeuge.de
Read more

GDE Ι KOMMUNIKATION GESTALTEN Köpfe

Wir sind ein Team von Spezialisten mit Inspiration und Neugier. Unser Ziel ist es, Sie als Kunden mit professionellem Know-how zu unterstützen.
Read more

GDE - What does GDE stand for? The Free Dictionary

Acronym Definition GDE Guide GDE Gewerkschaft Der Eisenbahner (German) GDE Graphical Development Environment GDE Groundwater Dependent Ecosystem ...
Read more

Partnervermittlung im GDE Gesamtverband der Ehe- und ...

Wir über uns. Der GDE ist als Gesamtverband der Ehe- und Partnervermittlungen e.V. im Oktober 1975 aus der Fusion dreier führender Verbände entstanden ...
Read more