advertisement

Expansão muçulmana

50 %
50 %
advertisement
Information about Expansão muçulmana
Education

Published on March 5, 2014

Author: TeresaAMaia

Source: slideshare.net

advertisement

A expansão muçulmana. CristãosemuçulmanosnaPenínsulaIbérica 7.º ano Fonte: http://4.bp.blogspot.com/-7NOCZ0wpe9w/T9DYYtW_DrI/AAAAAAAABgE/HwmW87YZYf0/s1600/Expansao+Islamica+(632- 750).jpg

Origem e princípios do Islamismo Em 610, na cidade de Meca, na Arábia, Maomé vai fundar uma nova religião: o Islamismo, proclamando a existência de um só Deus, Alá, e a revelação da sua palavra num livro, o Corão ou Alcorão. Em 622, Maomé é obrigado a fugir para Medina (hégira), o que marcou o início da era muçulmana. Em 630, Maomé regressa a Meca consideradacidadesanta. Fonte: http://www.suapesquisa.com/paises/arabiasaudita/mapa_arabia _saudita.jpg Fonte: http://upload.wikimedia.org/wikipedia/com mons/thumb/8/88/Masjid_al- Quba.jpg/800px-Masjid_al-Quba.jpg Fonte: http://upload.wikimedia.org/wikipedia/commons/thumb/0/00/Mak kahi_mukarramah.jpg/250px-Makkahi_mukarramah.jpg

Origem e princípios do Islamismo A novafémuçulmanaassentaem cinco princípios: 1. Ter féem Aláeem Maoméo seu profeta; 2. Orar cinco vezespor dia, virado paraMeca; 3. Praticar aesmola; 4. Jejuar duranteo Ramadão; 5. Fazer umaperegrinação a Meca, pelo menosumavez na vida. Fonte: http://www.brasilescola.com/upload/e/islamismo2.jpg

A expansão muçulmana vai assentar na Guerra Santa (“Jihad Islâmica”), A sua permanência no tempo deve-se essencialmenteadoisfatores: a religião e a língua árabe, na qual o Corão estava escrito. No século VII, o Império Árabe tinha ultrapassado as fronteiras do próprio Império Romano e após a morte de Maomé, o seu governo político e religioso foi entregueaosCalifas. Expansão do Islamismo Fonte: http://revistaescola.abril.com.br/img/historia/historia-formacao-isla-g.jpg

No século VIII, osmuçulmanoscontrolavam o comércio entre o Orientee o Ocidente atravésdasrotas das especiarias e da seda.

Invasão daPenínsulaIbérica, em 711, pelosmuçulmanoscomandadospor Tarique. Alguns nobres cristãos refugiaram-se nas Astúrias, a partir de onde iniciaram o processo deReconquistaCristã. Cristãos e muçulmanos na Península Ibérica Fonte: http://gi352.photobucket.com/groups/r347/QHJ9XROEOV/APennsulaIbricaocupadapelosMuulmanos_thumb2.jpg

Cristãos e muçulmanos na Península Ibérica Durante 8 séculos cristãos e muçulmanos coexistiram na Península Ibérica num climadetolerância. O Norte cristão e ruralizado contrastava com o Sul, dominado pelos muçulmanos e mais urbano e comercial. Po r causa do s no sso s pecado s, caímo s so b o po der do s infiéis (… ). Só no s resta a co nso lação de que, no meio de tamanha calamidade, no s deixem co nservar as no ssas leis. Po r isso so mo s de o pinião que, enquanto não fizerem qualquer o fensa à no ssa religião , devemo s cumprir co m as no ssas leis muçulmanas em tudo quanto não fo r co ntrário à no ssa fé. Juan deMetz, Vida de Jo ão , abade de Go rze, século X Fonte: http://meudoceoficio.files.wordpress.com/2009/12/cristao_mucul mano_1.jpg

Cristãos e muçulmanos na Península Ibérica Mo çarabes - Cristãosqueviviam em território muçulmano, masquemantinham asuareligião. Muladis - cristãosqueabandonaram assuascrençase seconverteram ao Islamismo. Mudéjares – muçulmanosqueviviam nasmourarias, sob o domínio cristão.

Contributos civilizacionais dos muçulmanos Fonte: http://2.bp.blogspot.com/- x0UiFNwlqwE/T1wotterqHI/AAAAAAAANKM/7UNDwkqa 3v0/s1600/P1020415+co%CC%81pia+co%CC%81pia.JPG Fonte: http://www.emb.se.df.gov.br/images/artigos/Alalde %202.jpg Rhazes Fonte:: http://tqar.files.wordpress.com/2011/04/al-razi-1.jpg Fonte: https://encrypted-tbn0.gstatic.com/images? q=tbn:ANd9GcQ- a4S9Xbsc96wMeCcpcV8lkZvQIcTDzrfkktQBR5- clibwfkiw

•Arquitetura – grandiosospalácios, castelos, escolas, mesquitas, arco em ferradura, cúpula, coluna, pórtico, pátio-jardim interior. •Filosofia –tradução deobrasdegrandesfilósofosgregos, como Aristóteles. •Conhecimento dapólvora edo papel. •Vocábulos de origem árabe (ex: Azeite, alface, alfama…) Oscontactosqueestabeleceram com váriospovosno seu vasto império, levaram osmuçulmanosacriar umacultura de síntese, quedeixou marcasnasterrasconquistadas. Contributos civilizacionais dos muçulmanos Fonte: http://upload.wikimedia.org/wikipedia/commons/thumb/c/ c2/Patio_de_Santa_Isabel.jpg/220px- Patio_de_Santa_Isabel.jpg Fonte: http://4.bp.blogspot.com/_h1C1XFDuHVc/TUxrjETZCHI/AAAA AAAAB_s/07JJnOv-nyI/s1600/Alhambra.jpg

Add a comment

Related presentations

Related pages

A EXPANSÃO MUÇULMANA by Nelson Mac Jr on Prezi

Invited audience members will follow you as you navigate and present; People invited to a presentation do not need a Prezi account; This link expires 10 ...
Read more

1ºA - Expansão Muçulmana 2 - YouTube

1ºA - Expansão Muçulmana - Duration: 10:53. SuperRyuuka 176 views. 10:53 STBNET 2014 - AULAS - HISTÓRIA ECLESIÁSTICA - " A expansão ...
Read more

Trabalho de historia:Império Islâmico Árabe? | Yahoo Clever

Império Árabe História da formação da Império Islâmico, Cultura Árabe, o alcorão, islamismo, Maomé, expansão da religião muçulmana ...
Read more

1ºA - Expansão Muçulmana - YouTube

1ºA - Expansão Muçulmana SuperRyuuka. ... HISTÓRIA ECLESIÁSTICA - " A expansão Muçulmana " - Me. André S. Muceniecks - Duration: 57:55.
Read more

Invasão muçulmana da península Ibérica – Wikipédia, a ...

A invasão islâmica da península Ibérica, também referida como invasão muçulmana, conquista árabe ou expansão muçulmana, refere-se a uma série de ...
Read more

José Pedro Mendes | Faculdade de Letras da Universidade de ...

A expansão muçulmana no Norte de África e a islamização dos povos autóctones, o caso do povo Berbere. Análise crítica e perspectiva cultural e ...
Read more

Quem comandou o exercito francês que deteve a invasão ...

Quem comandou o exercito francês que deteve a invasão muçulmana ... o marco do final da expansão muçulmana na Europa medieval ...
Read more

Erycc | Angelo Rodrigues - Academia.edu

Erycc. 1 Pages. Erycc. Uploaded by. Angelo Rodrigues. Views. connect to download. Get docx. ... Aqui um fator merece destaque: a expansão Árabe-Muçulmana.
Read more