advertisement

Exame final codigo01%20%c2%a0%202sem%202008-2009%20%c2%a0%20sem%20resolucao

50 %
50 %
advertisement
Information about Exame final codigo01%20%c2%a0%202sem%202008-2009%20%c2%a0%20sem%20resolucao
Education

Published on March 8, 2014

Author: e-for-all

Source: slideshare.net

advertisement

               D E G   Ano Lectivo 2008/2009 – 2º Semestre  Exame Final de Gestão – PARTE A ‐ 7/7/2009, 13:00 Horas  Duração: 1 hora  Código 01    Notas importantes    1.  Comece por preencher a sua identificação no boletim para leitura óptica.    2.  Leia com atenção, na página seguinte, as instruções para o preenchimento do boletim  para leitura óptica. Não se esqueça de preencher o código do seu enunciado nas casas  destinadas ao efeito (“curso”).    3.  Este teste vale 50% da classificação final. A cotação de cada resposta é a seguinte:   Resposta certa = + 1.0 val; Resposta errada = ‐ 0,25 val; Não–resposta = 0 val.    4.  O  teste  é  sem  consulta.  Não  são  permitidos  telemóveis,  calculadoras  ou  qualquer  outro  equipamento  electrónico  ou  qualquer  espécie  de  auriculares,  nem  livros  ou  cadernos. No caso de estes objectos serem levados para a sala de exame, devem ser  colocados sob a mesa.    5.  Desistências: escrever no boletim “Desisto” e assinar. Devolver o boletim ao docente.    6.  Respostas & Resultados: o enunciado e respectiva resolução, bem como as notas e a  data  de  consulta  de  provas  estarão  disponíveis  na  página  da  cadeira,  após  aviso  oportuno.      Bom teste, boa sorte!   

INSTRUÇÕES PARA O PREENCHIMENTO DAS RESPOSTAS NO BOLETIM PARA LEITURA ÓPTICA PREENCHA O CABEÇALHO DO BOLETIM COM CANETA, EM LETRAS MAIÚSCULAS. A SALA CORRESPONDE À SALA EM QUE ESTÁ A REALIZAR A PROVA DE AVALIAÇÃO. INSIRA A LÁPIS OU NÃO PREENCHER COM CANETA OS ALGARISMOS DO SEU Nº DE ALUNO. INSIRA A LÁPIS, OU COM INSIRA A LÁPIS, OU COM CANETA O SEU CANETA, NOS NÚMERO DE ALUNO RECTÂNGULOS NOS RECTÂNGULOS RESPECTIVOS O CÓDIGO DE ENUNCIADO. RESPECTIVOS. INSIRA TAMBÉM OS DOIS ALGARISMOS DO CÓDIGO INSIRA CADA DE ENUNCIADO. RESPOSTA A LÁPIS, OU COM CANETA, ASSINALANDO APENAS UM ESPAÇO POR LINHA. PREENCHA A DATA E ASSINE O BOLETIM COM CANETA.

  1. Escolha qual das opções seguintes contém factores que se consideram habitualmente na envolvente geral das organizações: a) Clientes, Tecnológicos, Económicos, Sociais; b) Fornecedores, Clientes, Comunidade, Colaboradores c) Instituições oficiais, Clientes, Colaboradores, Fornecedores d) Económicos, Políticos, Tecnológicos, Sociais e) Políticos, Económicos, Clientes e Fornecedores 2. Qual das seguintes afirmações melhor se adequa às competências específicas (conceptuais, técnicas e humanas) dos gestores? a) As competências dos gestores de topo são, em geral, mais técnicas do que humanas b) As competências dos gestores de topo são, em geral, mais humanas do que conceptuais c) As competências técnicas dos gestores intermédios são, em geral, superiores às competências técnicas dos gestores de topo d) As competências conceptuais dos gestores são, em geral, iguais; independentemente do nível de gestão e) As competências humanas dos gestores são, em geral, inferiores às competências humanas dos não-gestores 3. Algumas organizações praticam um modelo de gestão que, em termos gerais, coloca maior ênfase na eficácia do que na eficiência. Das seguintes perspectivas, qual é a que melhor e mais directamente se adequa ao modelo de gestão destas empresas?: a) Gestão científica (Ex: Frederick Taylor) b) Organização em aprendizagem (Ex: Peter Senge) c) Contingência (Ex: Joan Woodward) d) Organização Burocrática (Ex: Max Weber) e) Princípios Administrativos (Ex: Henry Fayol) 4. A União Europeia (UE), como espaço de integração de diferentes países, tem tido nos últimos anos uma preocupação com a criação de condições na envolvente empresarial que estimule a actividade das empresas europeias num contexto internacional. Indique qual a opção que reflecte uma preocupação assumida pela UE no sentido da necessidade de intervenção imediata dos governos, que foi inclusive referida na Agenda de Lisboa: a) Meio ambiente b) Inovação e produtividade c) Harmonização fiscal d) Harmonização de pautas aduaneiras e) Moeda única 5. O Economista Frank J. Chaloupka, director do Centro para as Políticas da Saúde na Universidade de Illinois em Chicago, adverte, a propósito do possível lançamento de um imposto sobre a “junk food” em alguns estados e municípios americanos, que este pode fazer com que os consumidores simplesmente mudem para outros alimentos com um nível de calorias igualmente alto. (In “Taxing the Rich—Foods, That Is”, Businessweek, 23 de Fevereiro de 2009, p.62.) Com base no texto acima, para além da procura dos alimentos específicos sobre os quais irá incidir o imposto é necessário ter em conta o preço dos alimentos com eles relacionados que, neste caso, se designam por: a) Bens complementares, pois quando o preço de um aumenta, a procura do outro aumenta b) Bens substitutos, pois quando o preço de um aumenta, a procura do outro diminui c) Bens complementares, pois quando o preço de um diminui, a procura do outro diminui d) Bens substitutos, pois quando o preço de um aumenta, a procura do outro aumenta e) Bens complementares, pois quando o rendimento aumenta, a procura do outro aumenta

6. Suponha que é gestor de uma empresa que vende um produto cuja elasticidade da procura ao preço é |- 0.8|. Então, se a quantidade procurada deste produto se reduzir em 20%, isso significa que você: a) Subiu o preço em 25 euros b) Desceu o preço em 25 euros c) Subiu o preço em 25% d) Desceu o preço em 25% e) Não alterou o preço 7. A fixação legal, num dado mercado, de um preço máximo abaixo do preço de equilíbrio: a) Gera excesso de procura b) Gera excesso de oferta c) Gera escassez de procura d) Faz com que haja produtores que não conseguem vender a sua produção e) Gera excesso de procura e faz com que haja produtores que não conseguem vender a sua produção 8. Em 2008 a EDP aumentou em 6.3% os seus gastos por trabalhador (salários, encargos sociais e cuidados de saúde). Este facto significa que: a) A empresa não está a explorar bem as suas economias de escala b) A empresa está a operar numa zona de deseconomias de escala c) Tudo o resto constante, sendo os custos médios da empresa foram mais altos d) A empresa não está a aproveitar as economias de gama e) A empresa não está a explorar bem as suas economias de escala, e tudo o resto constante, sendo os custos médios da empresa foram mais altos 9. O mercado de prestação de serviços médicos pode ser considerado: a) Um mercado de monopólio b) Um mercado de oligopólio c) Um mercado de concorrência monopolística d) Um mercado de concorrência perfeita e) Um mercado com elasticidade da procura infinita 10. Uma empresa monopolista que actue num mercado com elevada elasticidade da procura: a) Tem grande poder de mercado b) Não pode subir muito o preço, pois perde muita procura c) Necessita de uma regulação mais atenta que uma empresa monopolista que actue num mercado de baixa elasticidade da procura d) Não pode subir muito o preço, pois perde muita procura e necessita de uma regulação mais atenta que uma empresa monopolista que actue num mercado de baixa elasticidade da procura e) Tem grande poder de mercado, não pode subir muito o preço, pois perde muita procura, e necessita de uma regulação mais atenta que uma empresa monopolista que actue num mercado de baixa elasticidade da procura 11. No final de Janeiro de 2009, a Sagres e a Super Bock lançaram campanhas publicitárias, em que cada marca agradecia a liderança do mercado num dado momento. Segundo um estudo, o anúncio da Sagres foi mais visto, embora isso não tenha alterado a percepção de que a Super Bock é líder. Isto prova que a comunicação da Unicer, empresa fabricante da Super Bock, foi mais ___________. a) Eficiente b) Eficaz c) Dispendiosa d) Inelástica e) Flexível

12. O objectivo de avaliar a atractividade dos diferentes segmentos de mercado identificados no processo de segmentação é: a) Identificar os elementos específicos incluídos em cada segmento para que seja possível o contacto directo com os mesmos b) Avaliar o nível de recursos que tem de ser dedicado a cada segmento c) Um elemento da definição da estratégia de targeting d) Desenvolver uma estratégia de marketing que reforce a imagem da empresa e) Dividir o mercado total em vários grupos heterogéneos Perguntas 13 e 14 No Wall Street Journal de 16 de Março apareceu uma notícia sobre o novíssimo modelo de computador de secretária (desktop) da Asus. Nessa notícia “Asus Eee Top works as a secondary PC” referiam-se as suas características inovadoras, com o monitor incorporando também a unidade de processamento, à semelhança do iMac da Apple, e com ecran táctil, como o HP TouchSmart. O preço indicado é de $600, sensivelmente metade das configurações mais baratas do iMac e do HP Touchsmart. 13. No lançamento deste novo produto a Asus parece ter optado por uma estratégia de: a) Desnatação (Skimming) b) Penetração c) Liderança pela qualidade d) Maximização de lucro a curto prazo e) Cash rebate 14. O tipo de distribuição mais adequado para este produto será uma distribuição____________________ a) Exclusiva b) Selectiva c) Correlativa d) Intensiva e) Inclusiva 15. Imagine que é gestor de um produto de compra por impulso. Os consumidores escolhem habitualmente este produto na loja. Com base nesta informação, qual a estratégia de comunicação mais adequada para o produto? a) Adoptar uma estratégia ”Push” b) Não vale a pena gastar em comunicação c) Adoptar uma estratégia ”Pull” d) Gastar todo o orçamento de marketing a enviar cupões de desconto ao consumidor e) Gastar todo o orçamento de marketing em anúncios de TV colocados durante a manhã 16. Recentemente foi anunciada a intenção de alterar (aumentando) a idade mínima de aquisição e consumo público de bebidas alcoólicas, à semelhança do que ocorreu em França. Esse facto provocará uma alteração do a) Mercado potencial b) Mercado disponível c) Mercado qualificado d) Mercado potencial e mercado disponível e) Mercado potencial e mercado qualificado 17. O director de marketing da empresa de gelados Massimus disse aos seus colegas da direcção da empresa que “A nossa estratégia será usar os fundos gerados pela nossa unidade de gelados para suportar a nossa aventura no mercado dos chocolates”. Esta estratégia parece indicar que a unidade de gelados pode ser classificada como? a) Ponto de interrogação/Dilema (Question mark) b) Estrela (Star) c) Vaca leiteira (Cash cow) d) Cão (Dog) e) Nenhum dos anteriores

18. A Empresa General Motors fabrica várias marcas de automóveis nos vários continentes. Na Europa tem por exemplo a Opel no Continente e a Vauxhall no Reino Unido e na Irlanda - os modelos de automóveis são basicamente os mesmos, mas a publicidade é bastante independente nestas duas ‘zonas’. Recentemente reintroduziu a marca Chevrolet na Europa, sob a qual vende também automóveis fabricados pela Daewoo e que esta sua subsidiária vende com a marca Daewoo noutros mercados como o Vietname – modelos semelhantes são vendidos com a marca Buick, Chevrolet, GM Daewoo, Holden e Pontiac noutros mercados. Verificam-se assim muitas adaptações locais da oferta, mas também há um nível significativo de partilha de produção e de plataformas entre os vários modelos nos vários mercados mundiais. Como classificaria a estratégia da GM? a) Entre o transnacional e o global b) Entre o transnacional e o multidoméstico c) Entre o intranacional e o global d) Entre a exportação e o global e) Global 19. No caso “It’s not only about price at Wal-Mart” discutido nas aulas, segundo a classificação de estratégias genéricas competitivas do Porter, podemos dizer que tradicionalmente, no passado, aquela organização adoptou uma: a) Estratégia de baixo-custo b) Estratégia de diferenciação c) Estratégia de nicho ou foco d) Estratégia de nicho ou foco, de baixo-custo e) Estratégia de nicho ou foco, de diferenciação 20. Presentemente, a Sonae é uma holding que controla e gere activamente uma carteira de negócios centrada no consumidor, dividida em três segmentos: retalho (Sonae Distribuição), centros comerciais (Sonae Sierra) e telecomunicações (SonaeCom). (www.sonae.pt consultado em 25/3/2009) Imagine que a Sonae decide desinvestir do seu negócio nas telecomunicações. Esta decisão poderia ser definida como: a) Uma estratégia ao nível funcional b) Uma estratégia operacional c) Uma estratégia ao nível do negócio d) Uma estratégia ao nível corporativo e) Uma estratégia de sucesso

               D E G   Ano Lectivo 2008/2009 – 2º Semestre  Exame Final de Gestão – PARTE B ‐ 7/7/2009, 14:00 Horas  Duração: 1 hora e 15 min.  Código 01    Notas importantes    1.  Comece por preencher a sua identificação no boletim para leitura óptica    2.  As respostas às perguntas 1 a 13 devem ser inseridas no  boletim para leitura óptica.  Leia com atenção, na página seguinte, as instruções para o preenchimento do boletim  para leitura óptica. Não se esqueça de preencher o código do seu enunciado nas casas  destinadas ao efeito (“curso”).    3.  As respostas às perguntas 14 e 15 devem ser escritas no próprio enunciado    4.  Esta  parte  do  Exame  vale  50%  da  classificação  final.  A  cotação  de  cada  resposta  é  a  seguinte:  Perguntas 1 a 13: Resposta certa = + 1.0 val; Resposta errada = ‐ 0,25 val; Não–resposta = 0 val;  Pergunta 14: Resposta certa = + 3.5 val;  Pergunta 15: Resposta certa = + 3.5 val.    5.  O  teste  é  sem  consulta.  Não  são  permitidos  telemóveis,  calculadoras  ou  qualquer  outro  equipamento  electrónico  ou  qualquer  espécie  de  auriculares,  nem  livros  ou  cadernos. No caso de estes objectos serem levados para a sala de exame, devem ser  colocados sob a mesa.    6.  Desistências: escrever no boletim “Desisto” e assinar. Devolver o boletim ao docente.    7.  Respostas & Resultados: o enunciado e respectiva resolução, bem como as notas e a  data  de  consulta  de  provas  estarão  disponíveis  na  página  da  cadeira,  após  aviso  oportuno.      Bom teste, boa sorte! 

INSTRUÇÕES PARA O PREENCHIMENTO DAS RESPOSTAS NO BOLETIM PARA LEITURA ÓPTICA PREENCHA O CABEÇALHO DO BOLETIM COM CANETA, EM LETRAS MAIÚSCULAS. A SALA CORRESPONDE À SALA EM QUE ESTÁ A REALIZAR A PROVA DE AVALIAÇÃO. INSIRA A LÁPIS OU NÃO PREENCHER COM CANETA OS ALGARISMOS DO SEU Nº DE ALUNO. INSIRA A LÁPIS, OU COM INSIRA A LÁPIS, OU COM CANETA O SEU CANETA, NOS NÚMERO DE ALUNO RECTÂNGULOS RESPECTIVOS O CÓDIGO DE NOS RECTÂNGULOS ENUNCIADO. RESPECTIVOS. INSIRA TAMBÉM OS DOIS ALGARISMOS DO CÓDIGO INSIRA CADA DE ENUNCIADO. RESPOSTA A LÁPIS, OU COM CANETA, ASSINALANDO APENAS UM ESPAÇO POR LINHA. PREENCHA A DATA E ASSINE O BOLETIM COM CANETA.

1.   A Demonstração de Resultados é um mapa contabilístico que permite fazer o apuramento: a) Do resultado bruto das vendas b) Das dívidas dos clientes c) Das dívidas de fornecedores d) Do montante de empréstimos bancários detidos junto dos bancos e) Dos dividendos a distribuir 2. Uma empresa que tem um resultado do exercício positivo pode considerar que: a) Tem uma boa rentabilidade dos capitais próprios b) O somatório do dinheiro em caixa com os depósitos à ordem é positivo c) Tem capacidade financeira para solver as suas dívidas para com os clientes d) Não tem problemas de tesouraria e) Vai ter de pagar imposto sobre o Rendimento de Pessoas Colectivas (IRC) 3. Sabendo que uma empresa compra produtos para vender a um custo unitário de 30€ e vende tudo o que compra mas tem de suportar custos fixos anuais no montante de 100.000€. Qual deverá ser a quantidade a vender para que o seu lucro seja 30.000€ se o preço de venda unitário for 50€. a) a) 5000 unidades b) b) 6500 unidades c) c) 600 unidades d) d) 1000 unidades e) e) 2600 unidades 4. A estrutura de uma grande empresa tende a ser mais mecanicista para que seja mais fácil: a) Exercer o poder na empresa b) Favorecer a liderança c) Facilitar uma estrutura vertical d) Conferir estabilidade à estrutura da empresa e) Clarificar o sistema de promoções das chefias 5. Das afirmações seguintes, escolha a mais correcta a) A ética faz parte dos valores da cultura das organizações b) A ética não faz parte dos valores da cultura das organizações c) A ética tem apenas uma dimensão pessoal e própria da cultura de cada pessoa d) A ética depende apenas das convicções e crenças de cada pessoa e) A ética é uma questão subjectiva que afecta pouco a cultura das organizações 6. A avaliação do desempenho social de uma empresa deve incidir sobre as seguintes responsabilidades: a) Económica e legal b) Ética e discricionária c) Ambiental d) Económica, legal, ética e discricionária e) Económica, legal e ambiental 7. Liderança significa: a) Exercer o poder no seio de uma empresa b) Influenciar as pessoas no sentido de se atingirem os objectivos e as metas da empresa c) Promover a modernização contínua da estrutura organizacional d) Capacidade negocial em situações de conflito entre trabalhadores da empresa e) Promover a formação profissional e a aprendizagem ao longo da vida de todos os trabalhadores subordinados 8. Para uma elevada cultura organizacional elevada, os principais factores de motivação são: a) a realização pessoal, o reconhecimento pelo trabalho bem feito e o nível de responsabilidade b) as condições de trabalho, o salário e a segurança c) as relações interpessoais na empresa d) a rotação de tarefas e) as relações com as chefias

9. O modelo de desenvolvimento de novos produtos que foi discutido nas aulas teórica não inclui entre os seus princípios o seguinte: a) Usar um modelo eliminatório por estádios b) Estabelecer equipas multi-funções c) Engenharia Concorrente d) Marketing Diferenciado e) Envolver Clientes e Fornecedores 10. A Bicafé, empresa especializada na torrefação, embalagem e distribuição de café tem apostado nas gamas de média e alta qualidade. A Bicafé tem um grande cuidado com o controle de qualidade do produto. A empresa tem um sistema de rastreabilidade desde a matéria-prima até ao produto embalado. Segundo o seu director: “Conhecemos a vida toda do café, desde os grandes produtores da América Latina ou de África até à embalagem. Além disso, fazemos também análises ao grau de toxidade do café verde, devido ao uso de químicos nos processos agrícolas”. Os custos que a empresa está a suportar com estas actividades são: a) Custos de prevenção b) Custos de avaliação c) Custos de falhas internas d) Custos de falhas externas e) Custos de prevenção e custos de avaliação 11. Uma empresa possui uma capacidade de produção de 1.000 unidades, e um custo fixo total de 900.000 €. O Lucro total da empresa com uma produção e venda de 800 unidades físicas foi de 100.000€. Que quantidade mínima terá a empresa que vender para que o lucro não seja negativo? a) 1250 € b) 1125 € c) 1000 € d) 900 € e) 720 € 12. O fundo de maneio corresponde: a) ao valor total dos imobilizados. b) às dívidas de médio e longo prazo. c) à parte excedente do activo circulante que cobre o passivo circulante. d) à diferença entre activos imobilizados e dívidas de médio/longo prazo. e) ao passivo de longo prazo que cobre as necessidades de financiamento de curto prazo. 13. Um investidor está confrontado com as seguintes alternativas de aplicação financeira: o Aplicar 100 mil € à taxa nominal de 12%, com vencimento de juros mensais que podem ser aplicados à mesma taxa. o Fazer uma aplicação à taxa de juro efectiva trimestral de 3%, com vencimento mensal de juros. Qual das seguintes respostas considera mais correcta? a) A aplicação A é preferível por gerar maior rendimento que B b) A aplicação A é tão preferível quanto B por gerarem o mesmo rendimento c) B é mais rentável que A d) A taxa de juro efectiva mensal é igual nas duas alternativas e) A taxa de juro nominal anual é igual nas duas alternativas

Ano Lectivo 2008/2009 – 2º Semestre  Exame Final de Gestão – PARTE B ‐ 7/7/2009, 14:00 Horas  Duração: 1 hora e 15 min  Código 01    Sala:______ Aluno nº:________ Nome:_____________________________________________________ 14. Efectue os lançamentos abaixo indicados apresentando o Balanço no dia 31 de Março assim como a Demonstração de Resultados referente ao mês de Março de 2009. Trata-se de uma empresa de comercialização de roupa infantil. i. Constituição da empresa em 5 de Março com um Capital Social de 10.000€ totalmente realizado em dinheiro ii. Contracção de um empréstimo bancário em 7 de Março no montante de 30.000€ pelo período de 3 anos. iii. A mesma data mencionada na alínea anterior a empresa pagou juros antecipados no montante de 10% do valor do empréstimo iv. Compra em 20/3 de mercadoria diversa para posterior comercialização no montante de 20.000€ com um prazo de pagamento de 60 dias. v. Venda a pronto pagamento referente aos dias de 20 de Março a 30 de Março no montante de 7.000€ e cujo preço de custo tinha sido de 3.500€. BALANÇO 31 de Março 2009 (milhares euros) ACTIVO CAPITAIS PRÓPRIOS Imobilizado Capital Social Amortizações Acumuladas Resultados do Exercício Existências PASSIVO Dívidas de Clientes Empréstimo Bancário a Médio Longo Prazo Disponibilidades Fornecedores de curto prazo TOTAL ACTIVO TOTAL CAP. PROP. + PASSIVO Demonstração de Resultados 31 Março 2009 Vendas Custo das Mercadorias Vendidas Resultados Brutos Custos operacionais (sem amortizações) Resultado Operacional Encargos Financeiros Resultado Antes de Impostos = Res. Exercício (milhares euros)

15. Uma empresa está confrontada com a necessidade de substituir um seu velho produto (A) por um produto Novo (N). A empresa que continua a manter lucros desde há vários anos, sabe que, para esta mudança: i. As vendas actuais do velho produto A, a manter-se, seriam as seguintes (em mil €): Ano Vendas A ii. iii. iv. v. vi. vii. 2010 800 2011 800 2012 800 2013 800 2014 500 A margem de contribuição do produto A = 40% Para substituir o Produto A pelo Produto Novo, a partir do início de 2010, haveria que investir em Capital Fixo 400 mil € no final de 2009 Este investimento será amortizado à taxa de 20% ao ano As vendas do novo Produto N, seriam de 1000 mil € /ano, excepto no 1º ano em que seriam apenas de 600 mil € A margem de contribuição do Novo Produto N é de 50% O novo equipamento para produzir N, implica um custo adicional de seguro e de contrato de manutenção de 20 mil € /ano. Sabe-se que a taxa de imposto sobre lucro é de 25% e que a taxa de actualização é de 8%, superior em 2 pontos percentuais à taxa de juro que é de 6%. a) Apresente, no Mapa seguinte, os Cash Flows e calcule o VAL do Projecto indicando se o mesmo é viável. Na resolução poderá utilizar os factores de actualização apresentados na tabela seguinte. Escolha os valores adequados e calcule o factor necessário que não é apresentado. Mapa para apresentar resolução Rubricas Cash Flow de Investimento Vendas do novo produto N Margem de contribuição de N Vendas do produto actual A Margem de contribuição de A Margem de contribuição Total Amortizações Outros custos operacionais Resultados operacionais (EBIT) Imposto sobre Resultado operacional EBIT*(1-t) Cash Flow Líquido 2009 2010 2011 2012 2013 2014 cotação 0,1 0,2 0,1 0 0,1 0,5 0,3 0,2 0,2 0,2 0,1 0,3 Cash Flows Líquidos actualizados 0,4 VAL 0,3

Tabela de factores de actualização Ano Tx actualização 2% 6% 8% 20% b) 0 (2009) 0 1 1 1 1 2 0,980 0,943 0,926 0,833 0,961 0,890 0,857 0,694 3 4 5 0,924 0,792 0,735 0,482 0,906 0,747 0,681 0,402 Sabendo que um Projecto alternativo Z tem um Período de Recuperação = 3 anos e 10 meses, mas apresenta um VAL e TIR semelhante ao projecto em análise (X), indique qual dos dois prefere e justifique. X Z

Add a comment

Related presentations

Related pages

EXAMES NACIONAIS - Português, 9ºAno | Para ajudar os ...

... ano letivo 2004-2005 1ª chamada - exame + critérios de correção + proposta de ... ano letivo 2008-2009. ... Sem dúvida que tens um ...
Read more

IAVE // Destaques

Já se encontra publicado o despacho de dispensa de serviço no âmbito da formação de professores supervisores. Também já podem ser consultadas as ...
Read more

Examination Time-Table: Semester 2, 2015/2016 | NUS ...

Examination › Time-Table: Semester 2, 2015/2016; 0 items . ... Please use the Timetable Builder to check for potential clashes in your exam schedule.
Read more

Anna University 2nd Sem, 4th Sem, 6th Sem, 8th Sem Exam ...

Students Crunch. Latest Education ... anna univ has finally released the time table for May/June 2016 exams . Whether you’re a final sem student or ...
Read more

Exam Time Table - Jiwaji University, Gwalior

... II Sem. Exam June 2015; 08 Mar 2016. Time Table of M.B.A. (H ... Final Part-Ist & Final Part-IInd Examination Dec ... © 2015-16 Jiwaji University.
Read more

Anna University Time Table for 8th Sem, 4th, 6th, 2nd Sem ...

... (Regulation 2008/2009) ... sem may june exams 2015, anna university 8th sem ... may/june 2015 u.g / p.g exams . anna university final semester ...
Read more

Anna University Results 2016 Update April / May 2016 UG PG ...

Candidate who have appeared for 8th semester exam ( final ... may/june 2015 exam , anna university result for 4th sem ... regulation 2008, 2009, ...
Read more

Affiliated Colleges University Examinations May/June 2012

Anna University of Technology, Trichy(Including University Departments of AUT, Trichy) 2008,2009,2010 Batches (R2008)
Read more

Update as on 3/25/2015 - Jiwaji University, Gwalior

Urgent Notification regarding postpone Examination of MBBS Second Prof. & MBBS Final Prof. Part-One Exam Mar ... Science) First Sem Exam Dec ...
Read more