EaD da carta à rede

60 %
40 %
Information about EaD da carta à rede
Education

Published on April 4, 2008

Author: marinhos

Source: authorstream.com

Slide 1: Educação a distância, da carta à rede Aula na disciplina Ambientes Virtuais de Aprendizagemprofessor Simão Pedro P. Marinho Programa de Pós-graduação em Educação PUC Minas Conceito de EaD: Conceito de EaD Uma forma de ensino que possibilita a auto-aprendizagem com a mediação de recursos didáticos sistematicamente organizados apresentados em diferentes suportes de informação utilizados isoladamente ou combinados e veiculados pelos diversos meios de comunicação. Art. 1 do Decreto nº 2.494, de 10/2/98 que regulamenta o Art. 80 da Lei nº 9.394, de 20/12/96, e dá outras providências. Falar de EaD é: Falar de EaD é falar de escola. Falar de escola é falar de: Educação Ensino Formação. Falar de: Educação é falar de valores. Ensino é falar de aprendizagem em tornodos conteúdos disciplinares; é questão decurrículo. Formação é falar de domínio de competênciasprofissionais e sociais. Falar de EaD é lugar de quê?: Na realidade brasileira, lugar de adulto. Educação, aprendizagem ou Formação? EaD é lugar de quê? Breve histórico: Breve histórico Data : 1728 Local : Boston, USA Mídia : jornal Gazeta de Boston anúncio de Caleb Philipps, professor de taquigrafia "Toda pessoa da região, desejosa de aprender esta arte, pode receber em sua casa várias lições semanalmente e ser perfeitamente instruída, como as pessoas que vivem em Boston". Breve histórico: Breve histórico Data: 1856 Local: Berlim Charles Toussaint e Gustav Langenscheidtcriam a primeira escola de línguas porcorrespondência Breve histórico: Data: 1891 Local: Scranton (Pennsylvania) Thomas J. Foster dá início ao International Correspondence Institute Breve histórico Breve histórico: Data: 1892 local: Chicago (USA) o Reitor William Harper, que já experimentara o ensino por correspondência na formação de professores para escolas paroquiais, cria a Divisão de Ensino por Correspondência no Departamento de Extensão da Universidade de Chicago. Breve histórico Breve histórico: Data: 1894/95 Local: Oxford, Inglaterra Joseph Knipe inicia os cursos de Wolsey Hall Breve histórico Breve histórico: Breve histórico Data: 1898 Onde: Suécia Hans Hermod início do famoso Instituto Hermod. Breve histórico: Data: 1941 Local: São Paulo, Brasil Instituto Universal Brasileiro. Breve histórico Breve histórico: Data: 1970 Local: Inglaterra Open University Breve histórico Breve histórico: Data: 1999 Local: Belo Horizonte, Brasil PUC Minas Virtual Breve histórico Breve histórico: Data: 2005 Local: Brasil Universidade Aberta do Brasil Breve histórico As ondas da EaD: As ondas da EaD 1. Mídia impressa 2. Mídias analógicas 3. Mídias digitais 3.1. Telemática 3.2. Ambientes virtuais de aprendizagem 1a Onda: 1a Onda Ensino por correspondência 1a Onda: 1a Onda professor transmite informação determina tarefa aluno recebe informação [material] cumpre tarefas trabalha isoladamente material impresso outros materiais padronização tutoria aluno faz e envia exercícios professor corrige exercícios e devolve ao aluno relação pouco dialógica atendimento individualizado. Ensino por correspondência Slide 19: Modelo de educação centrado na transmissão de informação na auto-instrução e com pouca interatividade. 1a Onda Ensino por correspondência 2a Onda: 2a Onda Ensino por tecnologias audiovisuais [analógicas] 2a Onda: 2a Onda professor transmite informação simula o presencial aluno recebe a informação cumpre tarefas trabalha isoladamente/se agrega para assistir exibição material fitas [som e vídeo] impresso tutoria aluno faz exercícios [envia ou aguarda respostas] professor corrige exercícios e devolve ao aluno respostas dos exercícios anunciadas. Ensino por tecnologias audiovisuais 2a Onda: Modelo de educação centrado na transmissão de informação na auto-instrução marcado pela baixa interatividade. 2a Onda Ensino por tecnologias audiovisuais 3a Onda / 1o momento: 3a Onda / 1o momento Telemática 3a Onda / 1o momento: 3a Onda / 1o momento professor transmite informações teleconferência [telepresença] aluno recebe informação ativo na busca de outras informações material mais atualizável mais ajustado à necessidade do aluno mídias diversas tutoria comunicação em tempo real professor formula questões/propõe ações aluno responde por diferentes meios professor esclarece dúvidas, dá respostas, (re)orienta. Telemática 3a Onda / 1o momento: Modelo de educação centrado na transmissão de informação no compartilhamento de informação marcado por certo grau de interatividade. 3a Onda / 1o momento Telemática 3a Onda / 2o momento: 3a Onda / 2o momento professor mediador co-planeja o curso aluno mais ativo sujeito da aprendizagem colabora/coopera com colegas co-planeja o curso material material mais atualizável ajustável à necessidade do aluno mídias diversas a produção coletiva [portfolios] tutoria professor é moderador/orientador/facilitador interação individual/coletiva. Ambientes virtuais de aprendizagem Slide 27: Modelo de educação centrado na construção [coletiva] do conhecimento na busca de informação no compartilhamento de informação marcado pela alta interatividade convivência virtual. 3a Onda / 2o momento Ambientes virtuais de aprendizagem Broadcasting: Broadcasting Ambientes colaborativos: Ambientes colaborativos Slide 30: 2D 3D As ondas da EaD e o tempo: As ondas da EaD e o tempo 1. Mídia impressa assíncrono 2. Mídias analógicas assíncrono síncrono 3. Mídias digitais assíncrono síncrono Tecnologias digitais e EaD: Tecnologias digitais e EaD Avanço tecnológico Provoca demanda por EAD novas demandas do trabalho mudanças na produção mudanças na difusão de bens novos conhecimentos gerados Ajuda novos ambientes de EAD recursos interativos velocidade e alcance ampliação de bases de informação. TDIC: TDIC Redes Internet Intranet Recursos síncronos chat IRC assincronos e-mail newsgroup [listas] WWW FTP Ambientes/LMS Slide 34: sala de aula virtual escola 24 horas universidade virtual ciberdocente / professor virtual ciberaluno / aluno virtual Educação on-line e-learning Slide 35: Alguns números da EaD Slide 36: Alguns números da EaD. 2006 2,279 milhões de alunos a distância matriculados em vários tipos de cursos: no ensino credenciado, educação corporativa e em outros projetos (Sebrae, CIEE, Fundação Bradesco, Fundação Roberto Marinho etc). 1 em cada 80 brasileiros estudou por EAD em 2006; 778 mil  alunos em cursos credenciados, crescimento de 54% em relação a 2005, aumento de 91% nos alunos de graduação e pós-graduação 889 cursos a distância credenciados 246 cursos de pós-graduação lato-sensu 1 curso de pós-graduação stricto-sensu. Slide 37: Alguns números da EaD. 2006 Distribuição pelas regiões Sudeste: 31% dos alunos Sul: 33% Mídias Material impresso: 86% das instituições e-learning: 56% Paradigmas 72% das instituições utilizam o professor presencial 56% utilizam reunião presencial. Slide 38: Alguns números da EaD Os motivos mais apontados para a evasão ausência de tempo falta de dinheiro. Indicativos de pesquisas exclusivas instituições com maior número de alunos por funcionário têm maior taxa de evasão. outros fatores pesam mais na evasão, tais como: estranhamento com o método, avaliação de que o método é muito puxado, considerar o material de estudo e os recursos escassos. Slide 39: http://www.abraead.com.br/anuario/anuario2005.pdf Alguns números da EaD Slide 40: http://www.abraead.com.br/anuario/anuario2006.pdf Alguns números da EaD Slide 41: Alguns números da EoL 18% alunos ES freqüentam salas virtuais Fonte: Revista Veja, edição 2978, 18/20/2006 500 mil estudantes 900 mil estudantes 3 milhões de estudantes Ambientes de EaD - LMS: Ambientes de EaD - LMS Learning Space WebCT AulaNet TelEduc ATutor Claroline Dockeos Manhattan Moodle outros Open source / GratuitosProprietários TelEduc: TelEduc Elementos nos ambientes (Perkins, 1992): Elementos nos ambientes(Perkins, 1992) Information bank fontes para atividades dos alunos livros, referências, base de dados informatizados etc. Symbol pads superfícies para construção e manipulação de símbolos processador de texto, blocos de notas Construction kits matéria-prima para colocar o aluno em atividade deconstrução Phenomenaria exemplos/demonstrações dos fenômenos a seremestudados Task manager instrumentos para organizar tarefas, monitorar progresso eavaliar avanço dos alunos. Ambientes e elementos Wilson (1996): Ambientes e elementosWilson (1996) Ambientes minimalistas [instrucionistas] contêm Information bank Symbol Pads Task manager Ambientes construtivistas contêm Information bank Symbol Pads Task manager Construction Kits Phenomenaria. Orientação na EaD Jonassen (98): Orientação na EaDJonassen (98) Tutoramento [scaffolding] dá um suporte sistemático ao estudante, até que ele seja capaz de agir sozinho [p.e. iniciando uma tarefa, demonstrando os procedimentos] e, posteriormente, deixando que o aprendiz dê seguimento à atividade de maneira autônoma. Orientação na EaD Jonassen (98): Orientação na EaDJonassen (98) Treinamento [coaching] objetiva motivar os alunos, analisar suas atividades, promover feedback e dar conselhos, provocar reflexões e articular os conhecimentos adquiridos Orientação na EaD Jonassen (98): Orientação na EaDJonassen (98) Modelagem [modeling] caracteriza-se por oferecer ao aluno um exemplo do comportamento ou da atividade pretendida, por meio de relato de casos parecidos, mostrando como as soluções foram tomadas ou demonstrando como um especialista perseguiria a solução de um determinado problema. O aluno analisa os procedimentos e as soluções, comparando-os com o problema que precisa resolver, e tenta encontrar suas próprias respostas. Slide 52: A escola servidor Slide 58: http://www.ensinarnet.com/Site/SitePaginaInicial.aspx Slide 59: http://virtus.homeftp.org/ Slide 60: http://view.com Slide 61: http://tappedin.org Educação on-line: Educação on-line É imperioso refletir, inclusive para evitar as ilusões: É cara Relação trabalhista tem que ser (re)vista Acesso à tecnologia Diferenças nos acessos Avaliação Questões da afetividade Não é panacéia Tutoria Formação docente ... E agora pensem vocês mesmos! E falem, se quiserem.

Add a comment

Related presentations

Related pages

Da carta ao AVA As tecnologias na construcao de uma ...

ISSN IMPRESSO 2316-333X ISSN ELETRÔNICO 2316-3828 DA CARTA AO ... à EAD a estar no mesmo patamar da educação ... sem ligação à rede in ...
Read more

DA CARTA AO AVA: AS TECNOLOGIAS NA CONSTRUÇÃO DE UMA ...

DA CARTA AO AVA: AS TECNOLOGIAS NA ... evolução da EAD por meio das tecnologias e como ... conectado à rede e, por fim, a onda e-learning.
Read more

A REDECOM - Comunicação e Cultura em Rede AMAZÔNIA

Cadastro EAD Moodle; Certificados; Redes Sociais; ... Carta à Presidenta Dilma; SERVIÇOS. ... os protagonistas da rede. ...
Read more

Modelos de EAD e o Planejamento, Implementação e Gestão da ...

... , IMPLEMENTAÇÃO E GESTÃO DA EAD PARA JOVENS E ADULTOS NA REDE PÚBLICA DA ... Aspectos Legais e Políticos relacionados à EAD para EJA nov ...
Read more

Redes Sociais | redecom

Carta da CNPdC ao Ministério da ... é através da rede que podemos elevar o ... o passo seguinte é fazer seu cadastro na plataforma de EAD (Educação ...
Read more

Rede de Polos | Pós-Graduação EaD - opet.com.br

Pós-Graduação EaD. Pesquisar; Menu Principal; Cursos. Voltar; ... Metodologia da Educação a Distância; ... Rede de Polos Página Inicial Rede ...
Read more

Notícias | ABED

ABED NA REDE. NOTÍCIAS 31/05/2016 ... a Distância. 09/03/2016Marco Regulatório da EaD 2016 Leia na íntegra a Carta da ABED enviada ao Ministro da ...
Read more

EAD Laureate International Universities

... de docentes do Curso de Serviço Social da Universidade Potiguar, integrante da rede ... Cursos EAD Laureate do Polo da Universidade ...
Read more

LOGIN - Ambiente Virtual de Aprendizado SENASP/ANP

1)Requisitos necessários para navegar no sistema: 2)Garanta o recebimento das Mensagens: 3)Acesso a Ficha de Inscrição
Read more