CRISE ECONOMICA MUNDIAL

57 %
43 %
Information about CRISE ECONOMICA MUNDIAL
Education

Published on November 17, 2008

Author: abruzaca

Source: authorstream.com

Slide 1: Crise Econômica Mundial Pedro Lucas, Pedro Tinoco e Thales Lima-82M Origens da Crise : Origens da Crise Tudo começou em 2001, com o furo da "bolha da Internet". Para proteger os investidores, Alan Greenspan, presidente da Reserva Federal Americana, decidiu orientar os investimentos para o setor imobiliário.Adotando uma política de taxas de juros muito baixas e de redução das despesas financeiras, induziu os intermediários financeiros e imobiliários a incitar uma clientela cada vez maior a investir em imóveis. Foi assim criado o sistema das hipotecas subprimes, empréstimos hipotecários de alto risco e de taxa variável concedidos às famílias "frágeis". Na realidade, eram financiamentos de casas concedidos a famílias que os bancos sabiam de antemão não ter renda familiar suficiente para poder arcar com suas prestações. Slide 3: Num passo seguinte, os bancos que criaram essas hipotecas criaram instrumentos sofisticados para securitizá-las, isto é, transformá-las em títulos livremente negociáveis - por elas lastreados - que passaram a ser vendidos para outros bancos, instituições financeiras, companhias de seguros e fundos de pensão pelo mundo afora. Quando a Reserva Federal, em 2005, aumentou a taxa de juros para tentar reduzir a inflação, desregulou-se a máquina; esses títulos se tornaram impossíveis de ser negociados a qualquer preço, o que desencadeou um efeito dominó, fazendo balançar o sistema bancário internacional a partir de agosto de 2007. O socorro governamental : O socorro governamental Segundo o FMI declarou em 7 de outubro de 2008, as perdas decorrentes de hipotecas do mercado imobiliário subprime já realizadas contabilizavam 1,4 trilhão de dólares e o valor total dos créditos subprime ainda em risco se elevava a 12,3 trilhões, o que corresponde a 89% do PIB estadunidense. Desde que a crise de confiança se agravou e se generalizou, paralisando o sistema de empréstimos interbancário mundial, o governo estadunidense decidiu pôr de lado suas teorias neoliberais e passou a socorrer ativamente as empresas financeiras em dificuldades. Um pacote, aprovado às pressas pelo congresso estadunidense, destinou setecentos bilhões de dólares de dinheiro do contribuinte americano a socorro dos banqueiros. Desde a quebra do Bear Sterns, até outubro de 2008, o governo estadunidense e a Reserva Federal já haviam desprendido cerca de dois trilhões de dólares na tentativa de salvar instituições financeiras. Os países da UE também desprenderam várias centenas de bilhões de euros na tentativa de salvar seus próprios bancos. Efeitos no Brasil : Efeitos no Brasil Todos os países sentiram de uma modo maior ou menor, os efeitos da crise financeira que teve origem nos Estados Unidos. No Brasil, o que primeiramente se sentiu foi a baixa das cotações das ações em bolsas de valores, que foi causada pela grande venda de ações, e que depois se atropelaram para repatriar seus capitais, e também pela alta do dólar, que por sua vez foi causada por esse repatriamento repentino de capitais. Felizmente pelo Brasil ter optado há anos em pagar seus débitos junto ao FMI antecipadamente e ter acumulado reservas, que antes da crise eram de duzentos e oito bilhões de dólares, faz com que fiquemos confortáveis. A alta do dólar, apesar de a primeira vista parecer ruim, foi benéfica para a competitividade internacional dos produtos brasileiros, diminuindo o custo para os nossos clientes importarem. Slide 6: No mercado interbancário, houve uma paralisação quase que total de empréstimos feitos pelos grandes bancos aos pequenos.Para tentar evitar isso, o Banco Central do Brasil decidiu isentar-los de depositar obrigatoriamente o valor emprestado , só que tal medida não foi suficiente em meio ao clima de quase pânico. Para evitar a falta de liquidez nos mercados de câmbio, o Banco Central do Brasil tem feito leilões de venda de swaps cambiais e realizou vários leilões de venda de dólar físico à vista, usando as reservas internacionais do Brasil. Por outro lado, o Banco Central tem se mostrado atento a quaisquer indícios de falta de liquidez, liberando por varias vezes, dezenas de bilhões de reais em depósitos obrigatórios.É umas maneira que o Banco Central achou de irrigar o sistema bancário ser ter que reduzir os juros básicos, o que poderia vir a causar inflação. Vídeo : Vídeo Slide 8: Esperamos que com esse trabalho possamos ter esclarecido um pouco sobre o que é a crise econômica que estamos enfrentando, e desse modo enriquecido o conhecimento de cada um. Slide 9: Fontes: http://pt.wikipedia.org/wiki/Crise_econ%C3%B4mica_de_2008 Vídeo: http://www.youtube.com/watch?v=iF9uS-cYv7A

Add a comment

Related presentations

Related pages

Crise Econômica Mundial – Especial – iG

Confira no iG tudo sobre a Crise Econômica Mundial, com reportagens exclusivas sobre as dificuldades da economia na Europa e EUA, além de seus efeitos no ...
Read more

Grande Recessão – Wikipédia, a enciclopédia livre

Em abril de 2009, o G-20, reunido em Londres, anunciou a injeção de US$ 1 trilhão na economia mundial de maneira a combater a crise financeira global.
Read more

Grande Depressão – Wikipédia, a enciclopédia livre

A Grande Depressão, também chamada por vezes de Crise de 1929, ... A Primeira Guerra Mundial devastou a produção agropecuária dos países europeus.
Read more

Entenda a crise econômica mundial - Crise Econômica ...

Entenda a crise econômica mundial Conheça os cinco pontos que ajudam a explicar a turbulência nos mercados financeiros. Danielle Assalve, iG São Paulo ...
Read more

A crise econômica mundial e o Brasil

Nos Estados Unidos e em vários países da zona do euro, porém, a crise financeira se converteu em crise fiscal e, nessa qualidade, vem consumindo ...
Read more

Crise Economica Mundial - YouTube

especialistas em analise financeira preveem um colapso econÔmico global para outubro desse ano - duration: 1:45. contra a nova ordem mundial ...
Read more

Crise econômica mundial - Resumo das disciplinas - UOL ...

Entenda a crise econômica mundial em 15 etapas: 1) A partir de 2001, o mercado imobiliário dos Estados Unidos passou por uma fase de expansão acelerada.
Read more

crise mundial • O Economista

TÓPICO: crise mundial. Após cinco anos da crise, mundo tem menos empregos e mais super-ricos. ... criado em 2009 por conta da crise internacional, ...
Read more

Conceito de crise económica - O que é, Definição e ...

Posto isto, uma crise económica faz referência a um período de escassez a nível da produção, da comercialização e do consumo de produtos e serviços.
Read more

A CRISE FINANCEIRA MUNDIAL: IMPACTOS SOBRE O BRASIL

A CRISE FINANCEIRA MUNDIAL: IMPACTOS SOBRE O BRASIL . Rafael Souza Lopes gurilei@yahoo.com.br Eduardo Mauch Palmeira eduardopalmeira@brturbo.com.br .
Read more