Contribuições dos Estúdios Disney

60 %
40 %
Information about Contribuições dos Estúdios Disney
Education

Published on January 28, 2009

Author: ufsdac

Source: slideshare.net

Description

Um breve panorama sobre a industrialização da arte da animação e algumas contribuições dos Estúdios Disney. Produzido pelo professor Jean Fábio Borba.

Animação Tradicional (Contribuições da Disney) Prof. Jean Fábio B. Cerqueira, 2007. Departamento de Arte e Comunicação Social da UFS

História da Animação Tradicional 1ª fase pré-industrialização (até 1914 ) 2ª fase industrialização (1913 a 1930) 3ª fase concorrência e diversificação (pos 1930)

1ª fase pré-industrialização (até 1914 )

1ª fase: pré-industrialização (até 1914 ) 1896 a 1911 lighting sketches; Desenho como concepção mágica;

1908 Emile Cohl (Fantasmagorie – 2´); 1º desenho animado por fotografia frame a frame; pai da animação moderna; Exploração de formas básicas; 1ª fase: pré-industrialização (até 1914 )

1º desenho animado por fotografia frame a frame;

pai da animação moderna;

Exploração de formas básicas;

1911 adaptação dos quadrinhos na animação Winsor MacCay – Little Nemo Desenho interagindo com desenhista; Reprodução de Movimentos naturais; Noções de Ciclos; 1ª fase: pré-industrialização (até 1914 )

Winsor MacCay – Little Nemo

Desenho interagindo com desenhista;

Reprodução de Movimentos naturais;

Noções de Ciclos;

 

1912 How a Mosquito Operate (ênfase narrativa) Mosquito Humano, personalidade; 1ª fase: pré-industrialização (até 1914 )

1912 – 1917 Emile Cohl (experiências artísticas); 1ª fase: pré-industrialização (até 1914 )

frame by frame; reversão de filme (blackfilm); registro via caixa de luz; técnica de repetição de quadro; exploração 3D; uso de metarmofose; animação com filmagem; 1ª fase: pré-industrialização (até 1914 )

frame by frame;

reversão de filme (blackfilm);

registro via caixa de luz;

técnica de repetição de quadro;

exploração 3D;

uso de metarmofose;

animação com filmagem;

1913 The Newlyweds primeira série de desenhos animados Adaptação de cartoons; 1 filme a cada 20 dias – 10 meses; surgimento da expressão “desenho animado”. 1ª fase: pré-industrialização (até 1914 )

Adaptação de cartoons;

1 filme a cada 20 dias – 10 meses;

surgimento da expressão “desenho animado”.

 

1914 Gertie the Dinossaur (consagração da animação, Winsor MCay) 10.000 desenhos; Interação desenho artista; 1ª fase: pré-industrialização (até 1914 )

10.000 desenhos;

Interação desenho artista;

 

 

2ª fase industrialização (1913 a 1930 )

2ª fase: industrialização (1913 a 1930) surgimento dos estúdios

agilidade produtiva (serialização); surgimento de estúdios 2ª fase: industrialização (1913 a 1930)

redução de custos 2ª fase: industrialização (1913 a 1930) surgimento de estúdios

estratégias de divulgação e vendas; 2ª fase: industrialização (1913 a 1930) surgimento de estúdios

estabelecimento de patentes; 2ª fase: industrialização (1913 a 1930) surgimento de estúdios

consagração das séries 2ª fase: industrialização (1913 a 1930) surgimento de estúdios

hegemonia dos EUA; 2ª fase: industrialização (1913 a 1930) surgimento de estúdios

críticas à industrialização da animação; 2ª fase: industrialização (1913 a 1930) surgimento de estúdios

1913 Randolph Bray (pioneiro) Técnicas de keyframe; Reutilização de desenhos por impressão; Serializacção da producção. 2ª fase: industrialização (1913 a 1930)

Técnicas de keyframe;

Reutilização de desenhos por impressão;

Serializacção da producção.

1914 surgimento do acetato (EUA, Earl Hurd); 2ª fase: industrialização (1913 a 1930)

1915 Randolph Hearst International Film Service; Sistema de corte de folhas para montagens (Raoul Barré); Sistema de folhas compridas para cenários (Bill Nolan); 2ª fase: industrialização (1913 a 1930)

Sistema de corte de folhas para montagens

(Raoul Barré);

Sistema de folhas compridas para cenários (Bill Nolan);

1915 Estúdio Fleisher (Max e Dave Fleisher) Rotoscopia; Fusão Real e Desenho; Popeye, Betty Boop; 2ª fase: industrialização (1913 a 1930)

Rotoscopia;

Fusão Real e Desenho;

Popeye, Betty Boop;

 

 

1915 Ampla produção bibiográfica; Course in Motion Picture; Animated Cartoons: How they are made; They origin and devlopment; 2ª fase: industrialização (1913 a 1930)

Course in Motion Picture;

Animated Cartoons: How they are made;

They origin and devlopment;

1920 Predominância de personagens antropormórficos; Representação social da dialética humana; Ex. Pedigreedy (1927); Facilidade representativa (cor e forma); Gato Félix (Otto Messmer); 2ª fase: industrialização (1913 a 1930)

Representação social da dialética humana;

Ex. Pedigreedy (1927);

Facilidade representativa (cor e forma);

 

 

1925 Estúdio Walt Disney; (Walt Disney, Ub Iwerks) Animação como entretenimento – “ilusão da vida” Representação, atuação, sentir. Experimentação técnica; 2ª fase: industrialização (1913 a 1930)

Animação como entretenimento – “ilusão da vida”

Representação, atuação, sentir.

Experimentação técnica;

 

Experimentação técnica em Disney; Barra de pinos 2ª fase: industrialização (1913 a 1930)

Pencil test 2ª fase: industrialização (1913 a 1930) Experimentação técnica em Disney;

Animadores assistentes 2ª fase: industrialização (1913 a 1930) Experimentação técnica em Disney;

Inserção do som 1928, Steamboat Willie (Mickey); Fantasias musicais (Silly Symphonies); 2ª fase: industrialização (1913 a 1930) Experimentação técnica em Disney;

 

 

Storyboard 2ª fase: industrialização (1913 a 1930) Experimentação técnica em Disney;

Layout de personagens; 2ª fase: industrialização (1913 a 1930) Experimentação técnica em Disney;

Central de treinamento 2ª fase: industrialização (1913 a 1930) Experimentação técnica em Disney;

Câmara de múltiplos planos* 2ª fase: industrialização (1913 a 1930) Experimentação técnica em Disney;

Postulados acerca dos Princípios da Animação; 2ª fase: industrialização (1913 a 1930) Experimentação técnica em Disney;

Padrão-indústrial em animação (anos 30); Técnica; Arte; Produção; Divulgação; 2ª fase: industrialização (1913 a 1930)

Técnica;

Arte;

Produção;

Divulgação;

1932 – Flowers and Trees (OSCAR) (colorido via Technicolor) 1933 – Três Porquinhos (série Fantasias) 1937 – O velho moinho* 1937 – Branca de Neve e os sete anões* (4 anos de produção, 2 Oscars, 1º longa) 2ª fase: industrialização (1913 a 1930)

 

Europa Experiências artísticas Stop action; Animação de bonecos; Tela de pinos; Animação abstrata; Ruttmann (Alemanha) -“ Opus” 2ª fase: industrialização (1913 a 1930)

Stop action;

Animação de bonecos;

Tela de pinos;

Animação abstrata;

Ruttmann (Alemanha) -“ Opus”

Animação de siluetas; Lotte Reiniger (Alemanha) 1º longa de animação (Die Abenteuer dês Prinzen Achmed) (1926) 4 anos de produçao, 2ª fase: industrialização (1913 a 1930)

Animação de siluetas;

Lotte Reiniger (Alemanha)

1º longa de animação

(Die Abenteuer dês Prinzen Achmed) (1926)

4 anos de produçao,

Animação direto na película; Simplicidade visual; Exploração do Movimento; Desenho do Som; Movimento em 3D (Around is Around, 1950) Canadá 1930 – Norman McLaren 2ª fase: industrialização (1913 a 1930)

Animação direto na película;

Simplicidade visual;

Exploração do Movimento;

Desenho do Som;

Movimento em 3D (Around is Around, 1950)

Pixillation EUA Mary Ellen Bute 2ª fase: industrialização (1913 a 1930)

3ª fase Concorrência e diversificação (1913 a 1930 )

Disney X Fleischer Poppey, Betty Boop X Mickey, Donald Simplicidade X Exuberância; 3ª fase: concorrência e diversificação (1930...)

1939 – Gulliver (1,5 ano); 1941 – Superman (primor gráfico, 3D); Rotoscopia, desenho livre, pencil test, Exploração de cenários, ângulos de Câmera; Intensificação da produção (FleischerParamount); 3ª fase: concorrência e diversificação (1930...)

1940 Warner Brothers Metro Goodwin Maier (MGM) Hanna Barbera Humor biruta X Humor ingênuo Piadas reflexivas, Narrador em Off e Mímicas; Pernalonga; Patolino; Frajola; Piu-piu; Papa-léguas; Coiote; Tas; Pepe Legal; Tom e Jerry; 3ª fase: concorrência e diversificação (1930...)

 

 

1945 United Productions of América (UPA) Animação independente e experimental: Referências à Emile Cohl; Simplicidade geométrica, 2D; Oscar em 1951 – Gerald McBoing-Boing; Inserção na televisão; Crítica à produção Disney; 3ª fase: concorrência e diversificação (1930...)

Animação independente e experimental:

Referências à Emile Cohl;

Simplicidade geométrica, 2D;

Oscar em 1951 – Gerald McBoing-Boing;

Inserção na televisão;

Crítica à produção Disney;

1953 Toot, Whistie, Plunk and Bom (Disney) Mistura de técnicas; Sumpremacia e Reconhecimento (Oscar); 3ª fase: concorrência e diversificação (1930...)

Mistura de técnicas;

Sumpremacia e Reconhecimento (Oscar);

1953 Séries para TV; 3ª fase: concorrência e diversificação (1930...) “ mito da animação como produto infantil”

1959-1960 Zé Colméia e sua turma; Manda-Chuva; Os Flinstones; Os Jetsons; 3ª fase: concorrência e diversificação (1930...)

 

1969 Scoob-doo; Pantera Cor de Rosa (Warner – Firz Freleng); 1965 Charlie Brown (Charles Schulz); 3ª fase: concorrência e diversificação (1930...)

Novas técnicas (Hanna Barbera); 3ª fase: concorrência e diversificação (1930...)

Coexistência Reprises X Atualidades; 3ª fase: concorrência e diversificação (1930...)

CBS Winky Dink and You 3ª fase: concorrência e diversificação (1930...)

Hegemonia Disney longas A dama e o vagabundo (1950), A bela adormecida (1959); 101 Dalmatas (1961); técnica da Xerox; Mogli o Menino Lobo (1969); Aristogatos (1970); 3ª fase: concorrência e diversificação (1930...)

A dama e o vagabundo (1950),

A bela adormecida (1959);

101 Dalmatas (1961);

técnica da Xerox;

Mogli o Menino Lobo (1969);

Aristogatos (1970);

1968 Yellow Submarine (George Dunnnig) Nova linguagem visual; 1970 Animação underground e independente O gato Fritz (Ralph Bakshi); 3ª fase: concorrência e diversificação (1930...)

 

1966 a morte do mito

 

 

Add a comment

Related presentations

Related pages

Walt Disney Animation Studios – Wikipédia, a ...

A Walt Disney Animation Studios, com sede em Burbank, ... primeiro longa-metragem de animação dos Estados Unidos e o primeiro a cores (Technicolor).
Read more

Disneyland – Wikipédia, a enciclopédia livre

Vista frontal do Castelo da Bela Adormecida Localização Anaheim Califórnia Estados Unidos Website www.disneyland.com Proprietário The Walt Disney ...
Read more

Chefe dos estúdios Disney deixa cargo após fracasso de ...

O presidente dos estúdios Disney, Rich Ross, deixou se posto nesta sexta-feira (20), um mês depois do retumbante fracasso de bilheteria e da chuva de ...
Read more

Contribuições para a cultura brasileira e as tradições ...

Contribuições para a cultura brasileira e ... Essas influências estão presentes na língua dos ... O estado de Santa Catarina é considerado o ...
Read more

Sidney Dos Reis - EXERCITAR - QUESTÕES DIREITO... | Facebook

... as receitas dos Estados, ... dos estados e dos municípios e das contribuições sociais. e) dos orçamentos da União, dos estados e dos ...
Read more

Disney Brasil | O site oficial da Disney

O site oficial da Disney: séries, vídeos, filmes, jogos, música, personagens e muito mais!
Read more

Versão brasileira” - Contribuições para uma história ...

“Versão brasileira” - Contribuições para uma história da dublagem cinematográfica no Brasil nas décadas de 1930 e 1940 / “Brazilian version ...
Read more

Estados Unidos/Cultura - Wikilivros, livros abertos por um ...

Por ter abrigado muitos estúdios de cinema, ... um dos mais famosos sanduíches da rede estadunidense de fast food ... Contribuições; Criar uma conta ...
Read more

Direito Tributário - TEMA: Competência... - Grupo de ...

e contribuições sociais de quaisquer espécies. 78. ... É da competência dos Estados o imposto sobre serviços de qualquer natureza. 108.
Read more