COM SOM! AUSÊNCIA - Drummond

67 %
33 %
Information about COM SOM! AUSÊNCIA - Drummond

Published on June 16, 2008

Author: naishabr

Source: slideshare.net

Description

Carlos Drummond de Andrade

Ausência Carlos Drummond de Andrade Clique para passar os slides Com som!

“ Por muito tempo achei que a ausência é falta. E lastimava, ignorante, a falta.

Hoje não a lastimo. Não há falta na ausência.

Hoje não a lastimo. Não há falta na ausência.

A ausência é um estar em mim.

A ausência é um estar em mim.

E sinto-a, branca, tão pegada, aconchegada nos meus braços, que rio e danço e invento exclamações alegres,

porque a ausência, essa ausência assimilada, ninguém a rouba mais de mim”.

porque a ausência, essa ausência assimilada, ninguém a rouba mais de mim”.

"Minha força está na solidão. Não tenho medo nem de chuvas tempestivas nem de grandes ventanias soltas, pois eu também sou o escuro da noite." (Clarice Lispector)

"Minha força está na solidão.

Não tenho medo nem de chuvas tempestivas nem de grandes ventanias soltas, pois eu também sou o escuro da noite." (Clarice Lispector)

"É a solidão que inspira os poetas, cria os artistas e anima o gênio.” (Henri Lacordaire)

"É a solidão que inspira os poetas, cria os artistas e anima o gênio.” (Henri Lacordaire)

Imagens: Google & StumbleUpon Música: Hands Jewel Criação: Fátima Graziottin 2008

Imagens: Google & StumbleUpon

Música: Hands Jewel

Add a comment

Related presentations

Related pages

Matheus de Drummond - Ausência - Estúdio Terra Forte ...

AUSÊNCIA Atuação e Roteiro: Matheus de Drummond Direção e Câmera: Frederico Foroni Som direto: Clara Caramez Edição: Filipe Tonioli ...
Read more

Betina Bougleux | Ausência | Carlos Drummond de Andrade ...

Betina Bougleux apresenta "Ausência", poema de Carlos Drummond de Andrade. Direção Geral: Guilherme L. Pina Produção e Assistência de ...
Read more

Os 10 melhores poemas de Carlos Drummond de Andrade ...

Pedimos a 20 convidados — escritores, críticos, jornalistas — que escolhessem os poemas mais significativos de Carlos Drummond de Andrade, considerado ...
Read more

Carlos Drummond de Andrade - Wikipedia, the free encyclopedia

Carlos Drummond de Andrade (October 31, 1902 – August 17, 1987) was a Brazilian poet and writer, considered by some as the greatest Portuguese language ...
Read more

"Ausência" - "Literatura Contemporânea em Língua ...

Obras de Carlos Drummond de Andrade (1902-1987)‎ > ‎ "Ausência" Por muito tempo, achei que a ausência é falta. E lastimava, ignorante, a falta.
Read more

Ausência, Carlos Drummond de Andrade

Ausência Carlos Drummond de Andrade. Por muito tempo achei que a ausência é falta. E lastimava, ignorante, a falta. Hoje não a lastimo. Não há falta ...
Read more

Poesias de Carlos Drummond de Andrade - Pensador

Poesias de Carlos Drummond de Andrade. Poemas, sonetos e versos de Carlos Drummond de Andrade no Pensador
Read more

Poemas de Ausência - Pensador - Frases, poemas e ...

Versos e poesias de Ausência no Pensador. Home; Frases; Autores; ... Carlos Drummond de Andrade. ... A ausência de som que emana das estrelas
Read more

CARLOS DRUMMOND DE ANDRADE – Brasil – BRAZILIAN POETRY ...

CARLOS DRUMMOND DE ANDRADE. An archivist at the Ministry of Education in Rio de Janeiro, Carlos Drummond de Andrad hás provoked more passionate discussion ...
Read more