Celula vegetal resumo estudo

50 %
50 %
Information about Celula vegetal resumo estudo

Published on December 6, 2016

Author: AndreiaGomes20

Source: slideshare.net

1. CELULA VEGETAL INTRODUCAO As células são as unidades estruturais e funcionais dos organismos vivos. Os menores seres vivos são constituídos por células isoladas, enquanto os maiores compõem-se de milhares delas, as quais ainda vivem com certa independência. ELEMENTOS QUE CARACTERIZAM OS VEGETAIS ✔ Produtores primários; ✔ Desenvolveram a habilidade de crescer em busca dos recursos essenciais, como luz, agua, nutrientes. (falta de mobilidade); ✔ Estrutura da suporte a sua massa, a medida que crescem em direção a luz, contra a forca da gravidade; ✔ As plantas terrestres perdem agua continuamente por evaporação e desenvolvem mecanismos para evitar a dessecação; ✔ As plantas terrestres apresentam mecanismos para transportar agua e sais minerais do solo para os locais de fotossíntese e crescimento, bem como seus produtos para órgãos não fotossintetizantes CELULA EUCARIOTICA VEGETAL

2. ESTRUTURAS CARACTERISTICAS DA CELULA VEGETAL Parede celular, vacúolo grande na célula adulta (resultante da união de pequenos vacúolos), plastos e substancias ergasticas. ORGANELAS ENCONTRADAS NA CELULA VEGETAL E ANIMAL ●Mitocôndrias, ●Dictiossomos (pilhas de membranas lisas, que constituem o Aparelho Golgiense), ●Núcleo, ● Microtubulos, ●Ribossomos, etc. PAREDE CELULAR ● Limita a expansão do protoplasto ● Determina em grande parte: - Tamanho e forma da célula; - Textura do tecido - Contribui para forma final do vegetal COMPOSICAO DA PAREDE CELULAR A) CELULOSE (C6 H10 O5)n, constituída por moléculas lineares de glicose; - hemicelulose e pectinas B) SUBSTANCIAS DE ORIGEM ORGANICA: a- natureza proteica. b- natureza lipídica: cutina, suberina, lignina → Pectinas: Monômeros derivados da glicose; ● Unem as paredes das células; ● Polissacarídeos muito hidrófilos – plástica e flexibilidade; ● Características da parede primaria e da substancia intercelular; → Hemiceluloses: ● Xiloglucanos e xilanos – primeiras camadas da parede; ● Xiloglucano: importante papel estrutural na estabilização da parede primaria; ● Ligados por pontes de hidrogenio as microfibrilas; → Glicoproteínas: ● Proteínas estruturais; ● Componentes da matriz; ● Extensivas: enrijecer a parede tornando-a menos extensível → Lignina: esta presente na parede celular secundaria, e um polimero complexo que contem muitas cadeias de monômeros quimicamente distintos, todos os quais são derivados do acido cinamico

3. ESTRUTURA DA PAREDE CELULAR ● Parede Primaria: As primeiras camadas de microfibrilas a se formarem; ● Lamela Media: E a linha de união entre as duas paredes; ● Parede Secundaria: E depositada, frequentemente, três camadas, nas quais a orientação das microfibrilas de celulose são diferentes. - Dentro uma camada a deposição das microfibrilas de celulose são paralelas umas as outras, mas nas outras camadas a deposição ocorre em ângulos diferentes. CAMPOS PRIMARIO DE PONTOACOES E PLASMODESMOS ● Nas paredes primarias, onde o espessamento não e uniforme, apresentando áreas mais delgadas das paredes primarias de células contiguas, onde ocorre a maioria dos plasmodesmas. ● Distribui-se → por toda a parede celular, agregados nos campos primário de pontoacao, entre os pares de pontoacao ● Conjunto dos campos de pontoacoes formam os Plasmodesmas (comunicação entre células adjacentes) PONTOACOES ● Não ocorre deposição de paredes secundaria sobre os campos primários de pontoacao; • Pontoacao de células adjacentes se opõem: forma par de pontoacao. ➔ TIPOS DE PONTOACAO: ● Simples: Ocorre apenas uma interrupção da parede secundaria. • Areolada: Ocorre um arqueamento da parede secundaria sobre a câmera de pontoacão. VACUOLO • Delimitado por uma membrana denominada tonoplasto. Contem agua, açúcares, proteínas; pigmentos como as antocianinas, cristais de oxalato de cálcio (drusas, rafídeos, etc.). • Funções: Ativo em processos metabólicos, como: - armazenamento de substancias (vacúolos pequenos - acumulo de proteínas, íons e outros metabolitos e substancias proteicas). - controle osmótico da célula • Em células especializadas pode ocorrer um único vacúolo, originado a partir da união de pequenos vacúolos de uma antiga célula meristemática (célula-tronco); em células parenquimáticas o vacúolo chega a ocupar 90% do espaço celular. Originam-se a partir do sistema de membranas do complexo golgiense PLASTOS • Encontrados no citoplasma de plantas e algas, sua forma e quantidade variam de organismo para organismo. • São visíveis ao MOC • Apresentam forma esférica ou ovalada PLASTOS Originam-se dos plastídios e contem DNA e ribossomos. São divididos em três grandes grupos: cloroplasto, cromoplasto e leucoplasto; estes, por sua vez, originam-se de estruturas muito pequenas, os pro plastídios ou proplastos. LEUCOPLASTOS

4. • Plastos que se desenvolveram a partir de um proplasto na ausência de luz. Não produzem pigmentos • Função: armazenamento (reserva) amiloplastos (amido) Tipos proteoplasto (proteínas) lipoplastos (lipídeos) CROMOPLASTOS • São plastos que se desenvolveram a partir de um proplasto na presença de luz. • Produzem pigmentos coloridos. • Função: atração de agentes polinizadores e disseminadores. eritroplasto • Tipos cianoplasto Xantoplasto CLOROPLASTOS • Contem clorofila e estão associados à fase luminosa da fotossíntese, sendo mais diferenciados nas folhas. • São produzidos a partir de um proplasto na presença de luz.

Add a comment