Aula Jonatas 47: A morte foi vencida!

50 %
50 %
Information about Aula Jonatas 47: A morte foi vencida!

Published on December 9, 2016

Author: prandrefalcao

Source: slideshare.net

1. 47ª LIÇÃO – A MORTE FOI VENCIDA!  Mc 9.30-32 MIM1 : Interceda pelo trabalho ATITUDE 2017 promovido pela PIB da Vila Capri todos os anos durante o carnaval. Peça ao Senhor que abençoe a liderança, os participantes e que torne favorável o campo para a semeadura da Palavra de Deus. Peça, também, que os anjos do Senhor acampem ao redor dos participantes. Interceda, ainda, por mais obreiros para esta obra grandiosa de Jesus. INTRODUÇÃO: No estudo anterior, falamos sobre a necessidade do discípulo do Senhor Jesus ter uma vida de oração; ressaltamos, no ministério de Jesus Cristo, a lição dada por meio do exorcismo frustrado dos discípulos que, sem ter uma vida prévia em constante contato com Deus, não prevaleceremos contra as portas do inferno, sendo certo que esta deve ser a realidade da igreja: esvaziar o inferno, pois o poder do pecado já foi subjugado. No presente estudo, nos debruçaremos sobre mais uma tentativa de Jesus, de um total de três, de explicar aos seus discípulos que Ele venceria a morte; que era necessário que o Messias passasse todo o sofrimento já antes predito (Is 53) e não ficasse na sepultura (Sl 16.10), vencendo o poder da morte. DESENVOLVIMENTO: a) V. 30 – Marcos faz questão de registrar os detalhes geográficos do ministério de Jesus.  Jesus evitou a multidão. Como antes já dissemos, nesta segunda metade do ministério público de Jesus, Ele se concentraria em passar ensinamentos aos seus apóstolos que se encarregariam de disseminar tais ensinamentos à igreja.  Por esta razão é que temos o Novo Testamento; nele estão registrados os imprescindíveis ensinamentos inspirados pelo Espírito Santo para conduzir a grei até o final da jornada (céu). b) V. 31 – Mais uma vez Jesus declara expressamente o plano redentor de Deus para a humanidade a ser cumprido por Jesus.  Com o pecado, veio a morte física (Gn 3.22; Ez 18.20; Rm 6.23).

2.  Mas o plano original de Deus para a humanidade era que o homem fosse criado para que Deus o pudesse amar e o homem amar ao Senhor, ou seja, glorificar/adorar ao Senhor.  Em mais um ato de inexplicável amor, Deus, o Criador do ser que contra Ele se rebelou, providencia um antídoto para o fim da vida (a morte).  Tal antídoto é o sacrifício eterno promovido por Jesus, que faz com que a morte física não tenha a capacidade de afastar a criatura (homem) do Criador (Deus).  Tanto assim o é que o próprio Deus criador se esvaziou da sua glória (Fl 2.5-11) e pagou o preço exigido no plano espiritual para a remissão de pecados (Lv 17.11) e, no final, venceu a barreira que nos separava do Criador.  Assim, na presente passagem, Jesus estava dizendo aos discípulos que ele venceria a morte física.  Mas o seu ato de amor na cruz fez com que a morte espiritual (pecado) perdesse o seu poder; assim, a ressurreição de Jesus nos comunica, também, que o pecado não tem o poder de continuar escravizando as pessoas.  Essa é a realidade do pecador: ELE É UM ZUMBI! Um morto- vivo.  Vida verdadeira só através de Jesus (Jo 11.25). c) v. 32 – A falta de compreensão dos discípulos os levou a perderem extraordinários momentos com o Mestre (Lc 24.13-31).  Penso que o mesmo observamos hoje: por não compreendermos inteiramente que o nosso Deus morreu e reviveu por nós, vencendo a barreira que nos separava Dele, não nos esmeramos em anunciar a Verdade que liberta e que concede vida eterna. CONCLUSÃO: A submissão do poder da morte precisa ser a mensagem central da igreja de Jesus. Precisamos anunciar o fato histórico da ressurreição (1Jo 1.1-

3. 4) porque ela é a demonstração visível de Deus de que deseja reconciliar o homem consigo. Embora de difícil compreensão, precisamos aceitar o fato da ressurreição, pois ela é o ato mais visível e extraordinário de que Deus ama o pecador e o quer ao seu lado eternamente. Algumas perguntas para discussão em grupo: a) Por que nos reunimos aos domingos? b) Existe algum recurso medicinal para vencer a morte física? c) Se temos a solução para morte, por que não a anunciamos a plenos pulmões? Essa não seria uma demonstração de falta de fé? _________________ 1- Momento de Intercessão Missionária. Nossa ideia é criar em todas as reuniões este momento inicial de oração por missões nacionais.

Add a comment