Associação Paulista de Medicina: Formação Médica para Atenção Domiciliar

47 %
53 %
Information about Associação Paulista de Medicina: Formação Médica para Atenção Domiciliar
Healthcare

Published on September 26, 2014

Author: leosavassi

Source: slideshare.net

Description

SAVASSI, LCM. Formação médica em Atenção Domiciliar. In: I Jornada de Medicina de Família e Comunidade e Atenção Domiciliar. São Paulo: Associação Paulista de Medicina, 2014.

Evento ocorrido de 12 a 13 de setembro de 2014.

Tema: Formação médica em Atenção Domiciliar Leonardo C M Savassi leosavassi@gmail.com http://sites.google.com/site/leosavassi

Objetivos de hoje: • Apresentar a UnA-SUS, o Programa Multicêntrico de Qualificação em AD a distância e seu alcance; • Apresentar a proposta de Especialização da UnA-SUS para Médicos; • Debater a Residência Médica em Atenção Domiciliar e sua interface com a MFC

Educação Permanente dos Profissionais de Saúde: A Universidade Aberta do SUS Leonardo Cançado Monteiro Savassi Editor do Programa Multicêntrico de Qualificação em AD a distância www.unasus.gov.br

[Este é um conteúdo exclusivo da UNASUS e não do autor e portanto não será disponibilizado online] www.unasus.gov.br

O Programa Multicêntrico de Qualificação em AD a distância http://www.unasus.gov.br/cursoAD www.unasus.gov.br

Programa Multicêntrico de Qualificação em Atenção Domiciliar a distância OBJETIVO GERAL • Qualificar profissionais de saúde de nível superior e técnico para gestão e atuação no Programa Melhor em Casa – Gestores deverão adquirir competência para implantar e gerenciar equipes de atenção domiciliar. – Profissionais de saúde deverão ser capazes de realizar atividades de promoção à saúde, prevenção e tratamento de doenças e reabilitação prestadas em domicílio, com garantia de continuidade de cuidados e integrada às redes de atenção à saúde.

A. Cursos Auto-Instrucionais • Início: 2012/13. • Multi-M • 19 cursos. – 12 cursos hoje estão abertos/ em abertura. – 04 cursos em processo de lançamento. – 03 cursos em produção.

A. Cursos Auto-Instrucionais • 29.645 alunos • 10.055 já certificados (33,92%); • Públicos-alvo diversificados na saúde; • Taxas conclusão variam de 22,38% a 51,86%; • ¼ de todos os alunos da Rede UnA-SUS. Fonte: UnASUS. Agosto de 2014.

A. Cursos Auto-Instrucionais Fonte: UnASUS. Janeiro 2014.

A. Cursos Auto-Instrucionais 19 módulos 04 MÓDULOS GESTÃO: 01, 02, 03, 04. 05 MÓDULOS “ABORDAGENS TRANSVERSAIS”: 05, 06, 07, 17, 18 04 MÓDULOS PROCEDIMENTOS: 11, 12, 13, 16 06 MÓDULOS “CLÍNICOS”: 08, 09, 10 14, 15, 19

Módulos de Gestão MÓDULO 01 MÓDULO 02 Introdução a Atenção Domiciliar A AD na Rede Básica de Saúde Turmas: 4 Abertura: 12/2012 Alunos: 8.338 Turma atual: Vagas: 5.000 Inscritos: 1.296 MÓDULO 03 MÓDULO 04 Implantação e Ge-renciamento SAD Judicialização da Saúde na AD Turmas: 2 Abertura: 04/2013 Alunos: 2.945 Turma atual: Vagas: 5.000 Inscritos: 558 Turmas: 1 Abertura: 07/2013 Alunos: 3.579 Turma atual: Vagas: 5.000 Inscritos: 3.579* Turmas: 2 Abertura: 04/2013 Alunos: 1.962 Turma atual: Vagas: 5.000 Em reabertura

Módulos das “Abordagens” MÓDULO 5 MÓDULO 6 MÓDULO 7 GESTÃO DO CUIDADO EM AD ABORDAGEM FAMILIAR NA AD CUIDADORES E A AD Turmas: 0 Abertura: 12/2014 [previsão] Turma atual: Vagas: 5.000 Em produção Turmas: 0 Abertura: 09/2014 [em processo] Turma atual: (18/9) Vagas: 5.000 Em lançamento Turmas: 1 Abertura: 09/2013 Alunos: 1.068 Turma atual: (18/9) Vagas: 5.000 Em reabertura

Módulos das “Abordagens” MÓDULO 17 MÓDULO 18 CUIDADOS PALIATIVOS E ÓBITO NO DOMICIILIO ABORDAGEM DA VIOLÊNCIA NA AD Turmas: 0 Abertura: 12/2014 [previsão] Turma atual: Vagas: 5.000 Em produção Turmas: 1 Abertura: 09/2013 Alunos: 2.154 Turma atual: Vagas: 5.000 Inscritos: 2.154*

Módulos de “Procedimentos” MÓDULO 11 MÓDULO 12 PRINCÍPIOS PAR AO CUIDADO DOMICILIAR 2 PRINCÍPIOS PARA O CUIDADO DOMICILIAR 1 MÓDULO 13 MÓDULO 16 PRINCÍPIOS PARA O CUID. DOMIC. POR PROF. NIVEL SUP. OXIGENOTERAPIA E VENTILAÇÃO MECÂNICA NA AD Turmas: 1 Abertura: 06/2014 Alunos: 1.096 Turma atual: Vagas: 5.000 Inscritos: 1.096 * Turmas: 0 Abertura: 09/2014 [em processo] Turma atual: Vagas: 5.000 Em lançamento Turmas: 1 Abertura: 08/2014 Alunos: 32 Turma atual: Vagas: 5.000 Inscritos: 32* Turmas: 1 Abertura: 08/2014 Alunos: 102 Turma atual: Vagas: 5.000 Inscritos: 102*

Módulos “Clínicos” MÓDULO 08 MÓDULO 09 MÓDULO 10 Turmas: 2 Abertura: 09/2013 Alunos: 1.303 Turma atual: Vagas: 5.000 Alunos: 372 Turmas: 0 Abertura: 12/2014 [em processo] Turma atual: Vagas: 5.000 Em lançamento Turmas: 0 Abertura: 12/2014 [em processo] Turma atual: Vagas: 5.000 Em lançamento SIT. CLÍN. COMUNS MATERNO-INFANTIS SIT. CLÍN. COMUNS NO ADULTO SIT. CLÍN. COMUNS NO IDOSO

Módulos “Clínicos” MÓDULO 14 MÓDULO 15 MÓDULO 19 INTERCORRÊNCIAS AGUDAS NO DOMICILIO 1 INTERCORRÊNCIAS AGUDAS NO DOMICILIO 2 INTERCORRÊNCIAS AGUDAS NO DOMICILIO 3 Turmas: 2 Abertura: 08/2013 Alunos: 1.678 Turma atual: Vagas: 5.000 Alunos: 346 Turmas: 2 Abertura: 08/2013 Alunos: 1.403 Turma atual: Vagas: 5.000 Em lançamento Turmas: 2 Abertura: 04/2014 Alunos: 889 Turma atual: Vagas: 5.000 Alunos: 175

• O PMQADd – em especial seu módulo 1 auto-instrucional ocorreu concomitantemente à expansão das equipes do Melhor em Casa – Cerca de 1.000 equipes implantadas em 2 anos – Cerca de 10.000 alunos nas 4 turmas (até o momento).

B. Cursos de Aperfeiçoamento • Início: 2014/5. 180 horas • Público-alvo: – Gestores – Médicos – Enfermeiros – Demais profissionais Saúde Profissionais das Equipes de AD

C. Cursos de Especialização • Início: 2015. • Público-alvo: – Médicos – Enfermeiros Profissionais das EMAD 300 vagas para cada • Carga Horária de 390 horas • Certificação pelas IES responsáveis

C. Cursos de Especialização • 3 Eixos: – Um eixo de implantação e gestão do Serviço – Um eixo clínico de Campo – Um eixo clínico (Médicos) x de Procedimentos (Enfermeiros) para cada Núcleo • TCC e avaliações (provas) presenciais.

C. Cursos de Especialização • 1º Eixo: Introdução: AD – Diagnóstico e inserção na Rede Implantação e gerenciamento de um Serviço de AD Judicialização da Atenção Domiciliar Gestão do cuidado Abordagem de Cuidadores Abordagem Familiar

C. Cursos de Especialização • 2º Eixo: – Situações clínicas Materno-Infantis: quadros clínicos e situações mais comuns na AD à gestante de AD na faixa etária pediátrica – Situações clínicas adulto: , oxigenoterapia e ventilação mecânica – Situações clínicas Idoso: Situações clínicas comuns, terminalidade e o óbito no domicílio

C. Cursos de Especialização • 3º Eixo: Médico – 24 intercorrências clínicas mais comuns no domicílio, sua abordagem e tratamento; • 3º Eixo: Enfermeiros – Procedimentos comuns no domicílio;

Residência Médica em AD: quando e como?

Análise de cenário: • Mercado de trabalho em amplo crescimento; • Financiamento x falta de médicos capacitados (realidade dos subsetores público e privado) • Serviços com expertise x campo da prática de serviços de alocação municipal; • Competências específicas;

Análise da formação: • Em qual nível de Especialização (R1? R3?)? • Especialidade médica x área de atuação? • Quais especialidades seriam pré-requisitos? • Qual seria a duração/ tempo da formação? • Quais cenários práticos e quais cenários de apoio?

Competências do Médico: • CONHECIMENTOS: Quadros clínicos e intercorrências mais comuns. • HABILIDADES : Procedimentos no domicílio, procedimentos do domicílio, ODT e VMD, estomias, sondagens, nutrologia, prevenção. • POSTURA: respeito ao espaço do outro, visão ampliada, gestão da clínica e do cuidado, hermenêutica, competência cultural,

Configurando uma grade?

Configurando uma grade? • Diretrizes da AD: conceitos, pressupostos, princípios, evidências [C] • Gestão da AD: Critérios, Implantação, Monitoramento, Avaliação [C] [H] • Perfil de elegibilidade e de alta [C] • Abordagem do cuidador [H] [P] • Judicialização na AD [H] [P]

Configurando uma grade? • Gestão do cuidado [C] [H] • Abordagem familiar [C] [H] [P] • Classificação de complexidade [C] [H] • Situações Clínicas Comuns [C] [H] • Procedimentos comuns [H] • Cuidados Paliativos [C] [H] [P] • O óbito no domicílio [P] • Abordagem da violência [H] [P]

Como montar o programa? • Elementos da APS/ MFC; • Elementos da Medicina Intensiva; • Elementos da Medicina Interna; • Elementos multiprofissionais necessários. Ou seja, HOJE não há uma especialidade médica que abarque todos os elementos em seus PRM.

Como montar o programa? • Campo da prática: Treinamento em serviço intercalado entre APS, hospital, CTI/ UTI (treinamento de habilidades) e o próprio domicílio. • Conteúdo teórico: voltado para os elementos clínicos mais prevalentes na AD. • Treinamento de habilidades: abordagem do cuidador, da família, das situações de vulnerabilidade, violência e condições sociais ligadas ao domicílio.

Como montar o programa? • Ferramentas de acesso (celular/ prontuário/ T.I.C.). • Cuidado baseado em evidências e ao longo do tempo. • Integralidade da Atenção e advocacia do paciente. • Coordenação da rede de atenção, da equipe e gestão do cuidado. Método de registro próprio.

Como montar o programa? • Elementos de Abordagem da Família • Entendimento das questões culturais que envolvem a família e o indivíduo. • Incorporar prevenção e promoção da saúde sempre que possível. • Negociação de papéis da equipe. • Reconhecimento dos fatores do contexto. • RMP: duradoura, intensa, contra-referência.

Uma comparação intencional com os princípios da APS Princípios da APS Acessibilidade Longitudinalidade Integralidade Coordenação Aspectos Derivativos Centro na Família Competência Cultural Foco na Comunidade

Conclusões • Muitas especificidades = conhecimento próprio; • Habilidades do cuidado em locus diferencial; • Elementos de campo e núcleo = trabalho em equipe como parte do treinamento em serviço; • Habilidade/ Postura = treinamento em serviço; • Volume de conteúdos que demanda um tempo provavelmente ampliado

Conclusões • Momento ímpar na construção da “especialidade”: demanda de um mercado de trabalho em ampliação (público e suplementar) • Amplas opções de campos da prática • Estrategicamente: área de atuação x especialidade própria x subespecialidade? • Papel de todos os atores: Serviços/ Associações/ Entidades Governo/ Profissionais

Obrigado! Leonardo C M Savassi leosavassi@gmail.com http://sites.google.com/site/leosavassi

Add a comment

Related presentations

Trabajo de democracia

Trabajo de democracia

October 23, 2014

TRABAJO DE DEMOCRACIA

Confrontando mitos mari

Confrontando mitos mari

November 6, 2014

CONFRONTANDO MITOS

Mitos y realidades de las sustancias psicoactivas

Mitos y realidades de las sustancias psicoactivas.

Confrontando mitos

Confrontando mitos

November 6, 2014

Confrontando mitos

Related pages

Associação Paulista de Medicina: Formação Médica para ...

SAVASSI, LCM. Formação médica em Atenção Domiciliar. In: I Jornada de Medicina de Família e Comunidade e Atenção Domiciliar. São Paulo ...
Read more

Palestras em eventos - Leonardo Savassi

... de Medicina: Formação Médica para Atenção ... Formação médica em Atenção Domiciliar ... Associação Paulista de Medicina, ...
Read more

Revista da APM | Agosto de 2011 by Associação Paulista de ...

... Agosto de 2011, Author: Associação Paulista de Medicina ... os casos mais indicados para a atenção domiciliar ... Formação médica ...
Read more

Eventos-Associação Paulista de Medicina

... diretora de Exercício Profissional da Associação Paulista de Medicina de ... Formação Médica em Atenção Domiciliar . ... Para inscrições e ...
Read more

Os atuais desafios da Atenção Domiciliar na Atenção ...

A Política Nacional de Atenção Domiciliar ... Formação médica em Atenção Domiciliar. In: ... Associação Paulista de Medicina.
Read more

Notícias da APM - Associação Paulista de Medicina

... Associação Paulista de Medicina ... domiciliar, Formação Médica e Judicialização em Atenção Domiciliar, Oxigeniterapia em domicílio e ...
Read more

DESAFIOS E AVANÇOS NA PRÁTICA MÉDICA DOMICILIAR

Departamento de Medicina de Família e Comunidade da Associação Paulista de Medicina ... Formação médica em Atenção Domiciliar ... para pacientes ...
Read more

Discussões sobre atenção primária e medicina de família e ...

Discussões sobre atenção primária e medicina de ... pela Associação Médica Brasileira para ... Associação Paulista de Medicina de ...
Read more