Arte romana.pptx gp1

0 %
100 %
Information about Arte romana.pptx gp1

Published on September 25, 2016

Author: BrunaCamargo17

Source: slideshare.net

1. ARTE ROMANA SEMINÁRIO HISÓRIA DA ERTE ARTE ROMANA ANNA ALICE, JULIA E LETÍCIA

2. CONTEXTO HISTÓRICO • A civilização romana deixou uma herança para o Mundo Ocidental que ultrapassa os campos da literatura, arquitetura e direito. De uma pequena aldeia, virou um grande Império (um dos maiores da antiguidade). Conquistando territórios importantes, abriu caminho para seu crescimento e ascensão. • A sociedade romana era dividida em cinco grupos sociais: Patrícios, que eram descendentes das primeiras famílias que povoaram Roma. Eram ricos (grandes proprietários de terras) e ocupavam cargos públicos importantes; Plebeus, que formavam a maioria da população. Eram pequenos comerciantes, artesãos e outros trabalhadores livres, possuindo bem menos direitos que os patrícios; Clientes, estrangeiros ou refugiados pobres que eram dependentes dos patrícios (recebiam o apoio deles em troca de trabalhos e ajuda em questões militares); Escravos, em sua maioria prisioneiros de guerra, eram vendidos como mercadoria e não possuíam direitos sociais. Por último, os Libertos. Eram ex-escravos que conseguiram a liberdade.

3. PRINCIPAIS CARACTERÍSTICAS • A arte romana se destacou no período que foi do século VIII a.C. ao século IV d.C. A arte da Roma Antiga foi fortemente influenciada pela cultura e pelas crenças gregas. Um exemplo disso é a própria mitologia romana, muito parecida com a mitologia grega. • Foi através da arquitetura que a arte romana conseguiu maior expressão e significação histórica. Suas edificações eram grandiosas, fundamentadas em bases circulares e no emprego de colunas e arcos falsos para efeito de decoração. Os aquedutos, as entradas e as muralhas ainda hoje são vistos no continente europeu, demonstrando a imponência que traduziu, através dos tempos, a grandeza do que foi a civilização romana antiga.

4. Arquitetura • Durante a época do auge do Império Romano, houve a construção de diversos monumentos públicos em homenagem aos imperadores romanos. Na arquitetura, destacam-se a construção de portais, aquedutos, prédios, monumentos e templos. Pintura • Os afrescos da cidade de Pompéia (soterrada pelo vulcão Vesúvio em I a.C.) são representativos deste período. Cenas do cotidiano, figuras mitológicas e religiosas e conquistas militares foram temas das pinturas romanas. Os gêneros artísticos mais comuns na pintura romana eram: paisagens, retratos, arquiteturas, pinturas populares e pinturas triunfais. Os pintores romanos usavam como materias de trabalho tintas produzidas a partir de materiais da natureza como, por exemplo, metais em pó, vidros pulverizados, substâncias extraídas de moluscos, pó de madeira e seivas de árvores. • As principais características da arquitetura romana são: • procura do útil, • grandeza material • energia e sentimento • predomínio do carácter sobre a beleza • originalidade: urbanismo, vias de comunicação, anfiteatro etc.

5. • A maior inovação da pintura romana, comparada com a grega, foi o desenvolvimento das paisagens, incorporando técnicas de perspectiva e profundidade. • Os romanos, apesar de serem grandes admiradores da arte grega, desenvolveram um estilo próprio. O rosto era a parte mais importante das peças sendo desenvolvidas ao máximo as tendências realistas. O retrato baseava-se em grande parte no culto dos antepassados reproduzindo o rosto do falecido num material perdurável.

6. CURIOSIDADES • O período mais conhecido da história romana foi o Império Romano, que começou oficialmente em 27 a.C. Nessa época, começou um intenso processo de expansão de territórios. Durante o império, os romanos passaram de 1,5%, para 25% da população mundial. • Os romanos revolucionaram as táticas de guerra. Isso porque, pela primeira vez, os soldados foram profissionalizados e juravam lealdade, não a seu país, mas ao general que os comandava. Em contrapartida, ficou comum que generais tomassem a cidade com seus exércitos e se autoproclamassem imperadores. • Apesar de ser considerada ícone de beleza, estudos recentes sugerem que Cleópatra era muito feia, pelo menos para os padrões atuais. Uma moeda de prata de 2 mil anos que possuía a imagem da rainha cunhada de um lado, e a do imperador Júlio César de outro, estava em uma galeria britânica há muitos anos, e foi "redescoberta" quando uma nova exposição estava sendo preparada. A imagem mostra uma senhora de nariz pontudo, queixo proeminente e lábios finos. Júlio César tampouco parecia atraente. • No ano de 64, Roma foi consumida por um incêndio. Uma lenda diz que o próprio imperador, Nero, teria ateado fogo à cidade, por estar maluco. É verdade que Nero estava um tanto "descontrolado", tendo em vista que mandou assassinar quase toda a aristocracia romana, por medo de conspirações. No final de seu império, a insegurança da população e da classe política era tão grande, que Nero foi considerado inimigo de Roma, e caçado até não conseguir mais fugir, e se suicidar. Ainda assim, nunca foi provado que ele incendiou a cidade.

7. PANTEÃO É UM EDIFÍCIO EM ROMA, ITÁLIA, ENCOMENDADO POR MARCO VIPSÂNIO AGRIPA DURANTE O REINADO DO IMPERADOR AUGUSTO E RECONSTRUÍDO POR ADRIANO POR VOLTA DE 126. WIKIPÉDIA

8. A PINTURA MOSTRA O MARTÍRIO DE SÃO MATEUS, O AUTOR DO EVANGELHO DE MATEUS. SEGUNDO A TRADIÇÃO, O SANTO FOI MORTO POR ORDEM DO REI DA ETIÓPIA ENQUANTO CELEBRAVA UMA MISSA NO ALTAR. WIKIPEDIA.

9. A ESTÁTUA REPRESENTA LAOCOONTE E SEUS DOIS FILHOS, ANTÍFANTES E TIMBREU, SENDO ESTRANGULADOS POR DUAS SERPENTES MARINHAS, UMA LENDA DA GUERRA DE TROIA TAMBÉM RELATADA NA ENEIDA DE VIRGÍLIO. WIKIPEDIA.

10. A HISTÓRIA DOS IRMÃOS GÊMEOS AMAMENTADOS POR UMA LOBA, QUE ANOS DEPOIS DEPUSERAM SEU TIO-AVÔ TRAIDOR, E ASSIM LIBERTARAM ALBA LONGA, PARA ENFIM VIREM A FUNDAR SUA PRÓPRIA CIDADE. SEGUINDO OS PASSOS DA HISTÓRIA

11. VALEU LEK!

Add a comment