Arte Brasileira durante a Ditadura Militar

50 %
50 %
Information about Arte Brasileira durante a Ditadura Militar

Published on October 9, 2016

Author: RodrigoRetka1

Source: slideshare.net

1. Arte e a Ditadura Militar no Brasil Prof Rodrigo Retka

2. Antecedentes e início • Aumento do consumo. • Padrões de vida norte-americano. • Difusão da Pop e da Op Art no país. • Retorno da figuração, Nova Figuração. • Grupos artísticos atuantes: • Figuração Fantástica – José Roberto Aguilar. • Popcreto – Waldemar Cordeiro e Augusto de Campos. • Arteônica – Waldemar Cordeiro. • Grupo Rex – Geraldo de Barros, Wesley Duke Lee e Nelson Leirner. • Eventos de destaque: • Opinião 65 – Jean Boghici. • Nova Objetividade Brasileira – Hélio Oiticica. • Música como elemento de diversidade, representada principalmente pela Bossa Nova e MPB. • Golpe Militar: • De 1964 até 1968 – A arte age como resistência política e abertamente engajada. • 1968 – Com o Ato Institucional 5 (AI – 5) a arte passa a atuar de maneira metafórica e marginal.

3. Waldemar Cordeiro – A mulher que não era B.B. (1971)Antonio Dias – Recortes (1967)

4. Nelson Leirner – Adoração (altar para Roberto Carlos – 1966)

5. Wesley Duke Lee - O Guardião; a Guardiã; as Circunstâncias (tríptico composto de O Guardião, O Cadeado e A Guardiã – 1966) Hélio Oiticica – Seja Marginal Seja Herói (1968)

6. Caetano Veloso usando o Parangolé de Hélio Oiticica

7. Bossa Nova • 1950; • Samba Canção e Jazz; • Ligada a classe média da Zona Sul carioca. • Temas ligados a boêmia, natureza e ao amor. • Nova interpretação para elementos já tradicionais da música. • Ritmo leve e tranquilo, cantado de maneira intimista e sutil. • Destaque internacional. • Principais artistas: • Nara Leão; • João Gilberto; • Ary Barroso; • Tom Jobim; • Vinicius de Moraes. • MPB: • Se desenvolve principalmente após a Bossa Nova (1966), mais engajada politicamente, mas muito influenciada pela estilo anterior. Chico Buarque e Elis Regina são grandes exemplos da MPB da época.

8. João Gilberto, Tom Jobim e Vinicius de Moraes

9. Tropicália • 1967: III Festival de Música Popular Brasileira. • Renovação da cultura nacional. • União do tradicional e da vanguarda. • Mistura de ritmos e estrangeirismo. • Guitarras elétricas. • Subversão de valores burgueses. • Pop Art. • Antropofagia. • 1968: “Tropicália ou Panis et Circencis” • Principais artistas: • Caetano Veloso; • Gilberto Gil; • Nara Leão; • Gal Costa; • Os Mutantes (Arnaldo Batista, Sérgio Dias e Rita Lee); • Tom Zé; • Rogério Duprat; • Capinan; • Hélio Oiticica; • Rubens Gerchman; • Carlos Vergara; • Glauber Rocha.

10. Os Mutantes - Tropicália ou Panis Et Circencis (1968)

11. Pós AI – 5 • Censura; • Artistas agindo sob vigilância. • Artistas marginais. • Arte metafórica para driblar a censura. • Arte Conceitual (Performances e Intervenções). • Músicas com duplo sentido. • Quadrinhos e charges políticas: • Meio marginal, muitas vezes anônimo e independente; • Ziraldo, Millôr Fernandes, Carlos Zéfiro, Edgar Vasques e Laerte Coutinho. • Grafites e Pichações. • Exemplos de artistas atuantes no momento: • Artur Barrio; • Cildo Meireles; • Rubens Gerchman; • Hélio Oiticica; • Ziraldo; • Chico Buarque; • Raul Seixas; • Secos e Molhados; • Novos Baianos.

12. Artur Barrio – Situação TE (Trouxas ensanguentadas – 1970)

13. Cildo Meireles – Inserções em circuitos ideológicos 1: Projeto Coca-Cola (1970 - 71)

14. Cildo Meireles – Inserções em circuitos ideológicos 3: Projeto cédula (1970)

15. Charge de Ziraldo

16. Charge de Laerte

17. • Novos produtores cinematográficos queriam mais espaço e mais independência na produção nacional a partir dos anos de 1950. • Influenciados pelos Neorrealistas Italianos e a Nouvelle Vague Francesa. • Cinema objetivo, de caráter crítico e social. • Filmes rodados em locações reais, buscando naturalismo e realismo. • Folclore nacional e temas populares. • Avanços técnicos e desconstrução de clichês. • Durante a Ditadura assumiu papel de resistência e foi influenciado pelo Tropicalismo. • Principais artistas: • Glauber Rocha; • Nelson Pereira dos Santos; • Alex Viany; • Roberto Santos; • Anselmo Duarte; • Joaquim Pedro de Andrade. Cinema Novo: “Uma câmera na mão e Uma ideia na cabeça”

18. Anselmo Duarte – O Pagador de Promessas (1962) Glauber Rocha – Deus e o Diabo na Terra do Sol (1963)

Add a comment