Apresentação para décimo primeiro ano de 2015 6, aula 115-116

50 %
50 %
Information about Apresentação para décimo primeiro ano de 2015 6, aula 115-116

Published on May 14, 2016

Author: luisprista

Source: slideshare.net

1. A. Campos Matos (org.), Dicionário de Eça de Queiroz, 2.ª ed., Lisboa, Caminho, 1993, s.v. «Tipologia das personagens masculinas»:

2. relento = humidade da noite; orvalho moroso = vagaroso negrejar = parecer negro engelhar = enrugar; encarquilhar tanger = tocar; espicaçar barroca [ó] = barranco; cova resultante da erosão causada pelas chuvas; monte de barro lajão = grande laje laje = pedra lisa

3. 1-5 Há muita luz, apesar do frio, enquanto os calceteiros trabalham. 6-10 O frio e o sol convidam ao trabalho. No chão molhado, vê-se a cidade refletida. 11-15 Passam peixeiras enérgicas, a apregoarem. Veem-se barracas pobres e quintalórios.

4. 16-20 Nada de sons naturais, ouve-se apenas o barulho, do ferro e da pedra, do trabalho dos calceteiros.

5. 21-25 Está bom tempo e os trabalhadores, curvados, mostram energia e força.

6. 26-30 O poeta sente frio, observa o transporte das pedras e vê a cidade a pulsar de vida.

7. 31-35 Também as cores e os reflexos devidos às poças de água impressionam o «eu».

8. 36-40 Toda esta ambiência estimula a acuidade sensorial do sujeito poético.

9. 41-45 Entretanto, os trabalhadores prosseguem as suas tarefas, desinteressados do seu observador.

10. 46-50 E este vai admirando a força, quase animal, daqueles operários.

11. 51-55 Apercebe, agora, de pormenores das vestes dos populares.

12. 56-60 Por contraste, avista, num casaco de peles, uma figura fina e que terá despertado há pouco.

13. 61-65 Reconhece nessa mulher a atriz a cujos espetáculos tem assistido e que irá para os ensaios.

14. 66-70 Foca-se de novo nos trabalhadores, cuja força boçal o embevece.

15. 71-75 Fica admirado com a atriz, talvez por a sentir contrastante com a paisagem suburbana.

16. 1. Com a utilização do adjetivo «terrosos», no verso 4, c. o narrador intensifica a ligação das figuras que caracteriza com o meio em que trabalham.

17. 2. Com a anteposição do adjetivo «Disseminadas» (v. 12) ao nome que caracteriza, a. o sujeito poético destaca, na apresentação das figuras, a impressão por elas causada.

18. 3. Com o recurso às exclamações nas estrofes 10 e 11, e. o eu-narrador expressa a sua admiração pelos referentes do seu discurso.

19. 4. Com a introdução do advérbio «bruscamente» (v. 56), b. o sujeito da enunciação assinala a presença inesperada de uma nova figura no espaço que descreve.

20. 5. Com a utilização do conector «Mas», no início da última estrofe, d. o sujeito poético estabelece uma oposição entre a figura que descreve e as observadas anteriormente.

21. Em «Cristalizações» entrevê-se a sensibilidade às injustiças sociais na observação do duro trabalho dos calceteiros («que vida tão custosa!»), nas referências a outros trabalhadores que o sujeito poético avista («dando aos rins que a marcha agita [...] gritam as peixeiras») ou se deduzem do cenário («uns barracões de gente pobrezita»). Toda a estrofe dos vv. 51-56, iniciada por um vocativo ou exclamação («Povo!»), constitui uma dedicatória, uma homenagem preocupada aos desfavorecidos («sofres, bebes, agonizas»). No final, o foco em nova personagem («a atrizita») é mais significativo pelo contraste com os trabalhadores braçais do que representa- tivo de um outro tipo social.

22. 3. Refere o valor expressivo da hipálage presente na última estrofe.

23. 3. A hipálage "o queixo hostil" (v. 71) contribui para a caracterização da atriz, destacando o seu desenquadramento do locai em que se encontra. Trata-se de uma "figura fina" (v. 59) e de carácter "distinto“ (v. 71), ou seja, de uma classe social mais elevada, que determina a sua superioridade e a sua hostilidade face às figuras do povo, como, por extensão, refere o adjetivo presente na hipálage.

24. TPC — [Só para os que disputarão os quartos de final da Liga dos Campeões:] prepara leitura em voz alta, expressiva, do poema de Cesário Verde que refiro a seguir — os leitores dos jogos α (alfa) vs. ζ (dzeta, zeta) e β (beta) vs. ε (épsilon) preparam «Contrariedades» (pp. 307-308); os leitores dos jogos γ (gama) vs. θ (theta, teta) e δ (delta) vs. η (eta) preparam «Deslumbramentos» (p. 311).

25. Até ao fim do ano, ainda teremos um exercício em torno de gramática (orações, sobretudo, e funções sintáticas) e um questionário de verificação da leitura efetiva de Os Maias. Vale a pena ir percebendo aqueles assuntos de gramática e lendo o livro de Eça (resumos não servem, acreditem-me).

Add a comment

Related presentations

Related pages

Gaveta de Nuvens: Aulas (3.º período, 2.ª parte: 113-128)

Apresentação para décimo primeiro ano de 2015 6, aula 115-116 from luisprista. Aula 117 ... Apresentação para décimo primeiro ano de 2015 ...
Read more

Gaveta de Nuvens: Apresentações das aulas

Apresentação para décimo primeiro ano de 2015 6, ... Apresentação para décimo primeiro ano de 2015 6, aula 115-116 from luisprista.
Read more

Gaveta de Nuvens: Aulas (3.º período: 95-130)

Apresentação para décimo ano de 2014 5, aula 101-102 from luisprista. ... (1-6) as palavras segundo ... Apresentação para décimo ano de ...
Read more

Gaveta de Nuvens: Aulas (1.º período, 2.ª parte: 27-50)

Thursday, September 10, 2015. Aulas (1.º período, 2.ª parte: 27-50) Aula 27-28 (5 [12.ª, 5.ª], 6/nov [8.ª, 7.ª, 1.ª]) ...
Read more

Cad fund1 matematica 1bim 4ano bimestral 2016 by ana lucia ...

... 4.O ANO CAD. SEM. AULA. 1 1. 2. 3. 4. ... Neste primeiro momento do ano letivo, ... Apresentação Para estudar o campo multiplicativo, ...
Read more

Banco de questões da OBMEP 2015 by Carlos Silva - issuu

... Banco de Questões 2015. 6 Ângulos no ... A professora de João pediu que ele calculasse o décimo primeiro termo de uma ... Para b = 6, temos. µ ...
Read more

The Beatles – Wikipédia, a enciclopédia livre

[115] [116] Embora estivessem em ... para a comemoração de um ano da apresentação. ... Não é que eu fiquei dando aula para eles ...
Read more