Alberto Caeiro e a Epistemologia

50 %
50 %
Information about Alberto Caeiro e a Epistemologia
Education

Published on March 20, 2014

Author: WilliamGonalves1

Source: slideshare.net

UNIVERSIDADE DO ESTADO DO PARÁ CENTRO DE CIÊNCIAS SOCIAIS E EDUCAÇÃO LICENCIATURA EM CIÊNCIAS DA RELIGIÃO DISCIPLINA: EPISTEMOLOGIA DO FENÔMENO RELIGIOSO DOCENTE: JOSÉ ANTÔNIO MANGONI WILLIAM TEIXEIRA GONÇALVES ALBERTO CAEIRO E A EPISTEMOLOGIA: UMA PEQUENA ANÁLISE DO POEMA V DA OBRA “O GUARDADOR DE REBANHOS” BELÉM-PARÁ 2012

WILLIAM TEIXEIRA GONÇALVES ALBERTO CAEIRO E A EPISTEMOLOGIA: UMA PEQUENA ANÁLISE DO POEMA V DA OBRA “O GUARDADOR DE REBANHOS” Trabalho apresentado à disciplina, Epistemologia do Fenômeno Religioso como requisito parcial da 2ª avaliação, orientado pela docente José Antônio Mangoni. BELÉM-PARÁ 2012

Alberto Caeiro e a Epistemologia: Uma pequena análise do poema V da obra “O Guardador de Rebanhos” 1. Introdução A obra O Guardador de Rebanhos foi escrita em 1914 por Fernando Pessoa, que na ocasião, utilizou seu heterônimo Alberto Caeiro para assinar a autoria dos 49 poemas contidos no livro. Caeiro possui um estilo no qual possui afinidade e valoriza temáticas ligadas a realidade da natureza, pois defende que as sensações palpáveis é que realmente são válidas e despreza qualquer tipo de pensamento filosófico ou metáfisico em cima dessas questões. Neste artigo irei fazer uma pequena análise do poema V, com o título Há Bastante Metafísica em Não Pensar em Nada, onde podemos estabelecer uma relação entre a idéia que o poeta apresenta no texto e a questão epistemológica envolvida neste contexto. 2. O que é a epistemologia? A epistemologia busca trabalhar com muitas questões ligadas ao conhecimento, assim como os elementos responsáveis pela estrutura de sua composição. Pois uns dos maiores desafios desse campo de investigação consiste na validação de determinado conhecimento, para que este possa ter forças o suficiente para sobreviver aos questionamentos lançados pelo ceticismo, que possui vários tipos de artíficios para tentar desconstruí-lo. O conhecimento que é trabalhado à luz da epistemologia vai surgindo de outros saberes que foram sendo construídos através do empirismo e da lógica do próprio pensamento humano, mesmo a ciência que busca se firmar através de seus processos metodológicos e sua razão, pode ter seu conhecimento colocado à prova visto que existe a necessidade de análisar tais processos que levaram a uma afirmação “X” acerca do estudo “Y”. Isso porque a epistemologia se propõe ao estudo de formas para obtenção do conhecimento, e julgar sua validade perante a tais formas. 3. O pensamento metafísico Dentro do campo filosófico é algo comum nos depararamos com a questão da metafísica, cujo termo surge por volta de 50 a.C, quando Andronico de Rodes (século I a.C.), ao organizar a coleção da obra de Aristóteles. Este deu o nome de ta metà ta physiká ao conjunto de textos que se seguiam aos da física. Atribuindo a idéia de algo que transcende o mundo físico.

A idéia de um pensamento metafísico relaciona-se a natureza do próprio ser humano acerca de suas indagações sobre o que está por trás da realidade, levantando questões que permeiam muito a visão do transcendental ou até mesmo do próprio sobrenatural. 4. A epistemologia e o poema V Fernando Pessoa atribuiu a Alberto Caeiro uma série de características próprias de um homem do campo, que possui uma relação mais íntima com a natureza que o rodeia. Não se detém a questões filosóficas ou metafísica, pois o que importa são todas as experiências que podem ser sentidas. Pra ele o sentido das coisas é não ter sentido nenhum, essa concepção pode ser observada no verso: (...) "Constituição íntima das cousas"... "Sentido íntimo do Universo"... Tudo isto é falso, tudo isto não quer dizer nada. É incrível que se possa pensar em cousas dessas. (...) O autor não acredita nos filósofos, considera como sendo “homens doidos” conforme escreve no poema XXVII: (...) Os poetas místicos são filósofos doentes, E os filósofos são homens doidos. (...) Diante dessas afirmações poderiamos julgá-lo, num primeiro instante, como uma pessoa ignorante e alienada que não acredita na ciência como sendo capaz de explicar tais pensamentos. Mas a questão colocada por Caeiro entra em um discurso epistemológico, pois a negação de tais conhecimentos são reflexos de indagações acerca dos métodos utilizados para validação destas afirmações. Existe uma contestação das estruturas que compõem os pensamentos filosóficos e científicos, e que por fim, tenta por quebrar essa lógica e valorizar tudo aquilo que é realidade. O conteúdo da obra O Guardador de Rebanhos nos desperta para questões mais ligadas ao pensamento de liberdade, de não pensar dentro de uma estrutura construída com o tempo, mas elevar o nosso próprio pensamento diante daquilo que estamos vendo. Pensar no que vem depois, e não antes e nem como surgiu. (...)

O mistério das cousas? Sei lá o que é mistério! O único mistério é haver quem pense no mistério. (...) 5. Considerações finais Podemos perceber que Alberto Caeiro, ou Fernando Pessoa, nos propõe a pensar com o mundo de outra forma que não seja seguindo estruturas pré-estabelecidas. O ser humano nunca vai deixar de pensar, pois o mundo que o cerca é responsável por motivar o exercício do pensamento. A realidade é um grande mistério, que possui muitos outros mistérios por trás do mistério. “Há Bastante Metafísica em Não Pensar em Nada” 6. Referências PESSOA, Fernando. O Guardador de Rebanhos. Disponível em: <http://www.cfh.ufsc.br/~magno/guardador.htm>. “O guardador de rebanhos – Alberto Caeiro (Fernando Pessoa)”. Disponível em: http://www.vestibular1.com.br/resumos_livros/o_guardador_de_rebanhos.htm. Acesso em 18 de junho de 2012. “O guardador de rebanhos”. Disponível em: http://www.passeiweb.com/na_ponta_lingua/livros/resumos_comentarios/o/o_guardado r_de_rebanhos. Acesso em 17 de junho de 2012.

Add a comment

Related presentations

Related pages

Alberto Caeiro e a Fenomenologia. Carlos Miguel Filipe ...

Alberto Caeiro e a Fenomenologia. ... Metafísica, Epistemologia. KEYWORDS: Caeiro, Phenomenology, Husserl, Philosophy, Nature, Metaphysics,
Read more

Alberto Caeiro - Academia.edu

Alberto Caeiro studies Filosofía, Epistemologia, and Filosofia Moderna.
Read more

FILOSOFENIX: Introdução à Epistemologia: conhecimento é ...

Para a eterna novidade do Mundo...” (Alberto Caeiro) ... Introdução à Epistemologia: conhecimento é criação... Uma Filosofia crítica e criativa;
Read more

Poemas de Alberto Caeiro - scribd.com

fernando pessoapoemas de alberto caeiro analise da obra ´ ivan teixeira idÉias de um poeta sem idÉias c...
Read more

DÉDALO E ÍCARO: Para Além da Curva da Estrada - Alberto Caeiro

... (alberto caeiro) in poemas ... ciÊncia objecto e mÉtodo lÓgica poesia estÉtica religiÃo epistemologia portugal apontamento desconstruir um texto ...
Read more

Fernando Pessoa / Alberto Caeiro: "Há metafísica bastante ...

Fernando Pessoa / Alberto Caeiro: "Há metafísica bastante em não pensar em nada" . ... Epistemologia (1) Erick Monteiro Moraes (1) Errática (1) Erro (1)
Read more

ACONTECIMENTOS: Fernando Pessoa | Alberto Caeiro: de ...

... (Poemas completos de Alberto Caeiro: ‘Poemas inconjuntos’). In: Obra poética. ... Epistemologia (1) Erick Monteiro Moraes (1) Errática (1) Erro (1)
Read more

DÉDALO E ÍCARO: Entre o que vejo - Alberto Caeiro (F.Pessoa)

Entre o que vejo - Alberto Caeiro (F.Pessoa) Entre o que vejo de um campo e o que vejo de outro campo Passa um momento uma figura de homem.
Read more

“Louvado seja Deus que não sou bom”: Alberto Caeiro, São ...

“Louvado seja Deus que não sou bom”: Alberto Caeiro, São Francisco de Assis e o menino Jesus ... metafísica e uma nova epistemologia ...
Read more

POEMAS Y ESCRITOS DE FERNANDO PESSOA (1888-1935)

“Alberto Caeiro es mi maestro”: Caeiro es el sol alrededor del cual giran Reis, Campos y el mismo Pessoa.
Read more