Agroindústria - Subsegmento Originação e Beneficiamento

50 %
50 %
Information about Agroindústria - Subsegmento Originação e Beneficiamento

Published on October 31, 2016

Author: TOTVS

Source: slideshare.net

1. Subsegmento Originação e Beneficiamento GARANTA: ABRANGÊNCIA, EFICIÊNCIA OPERACIONAL E CONFIABILIDADE NOS RESULTADOS

2. 2 1. Módulo de OG – Originação de Grãos 2. Módulo de UBA – Unidade de Beneficiamento de Algodão 3. Módulo de UBS – Módulo de Beneficiamento de Sementes

3. 3 1. Módulo de OG – Originação de Grãos

4. 4 OG – ORIGINAÇÃO DE GRÃOS

5. 5 Venda Originação Contrato Depósito, quebra técnica, cobrança por retenção ou prestação de serviço. Armazenagem Peso Balança, Exames, Tabelas Descontos, dif. entre físico e fiscal. Pesagem e Classificação Negócios Efetuados, Relatórios Extratos. Informações Gerenciais Vendas, Fixação, Expedição, e Liquidação. Compra do produto, Fixação, Transferências, Recepção e Liquidação. CompraPROCESSOS

6. 6 • Gerenciar a negociação e contratos de compra, venda e armazenagem de grãos • Administrar custos para garantir margens lucrativas. • Controlar o Fluxo financeiro das operações. • Atender as exigências fiscais e regulatórias. • Gerenciar os estoques em silos. • Fazer frente a expansão dos concorrentes. OBJETIVO OG – ORIGINAÇÃO DE GRÃOS

7. 7 OG – ORIGINAÇÃO DE GRÃOS Sistematizar o processo de Originação de Grãos integrado ao backoffice. Software que atende as demandas para a Gestão de Serviço de Armazenagem, Compra e Venda de commodities Agrícolas. OBJETIVO TER SEGURANÇA E RASTREABILIDADE DOS PROCESSO. GARANTIR TRANSPARENCIA PARA OS FORNECEDORES E CLIENTES. SER FLEXIVEL PARA ATENDER AS NECESSIDADES DE MERCADO.

8. 8 OG – ORIGINAÇÃO DE GRÃOS ESCOPO • Compras, Suprimentos, Vendas, Estoque, Faturamento, Fiscal, Contábil, Capital Humano e todos os demais. • Gerencia o processo de armazenagem dos grãos, efetuando o recebimento, pagamento e análise técnica. • Rastreabilidade da carga. • Gera contratos de armazenamento, calcula quebra técnica e efetua a cobrança da prestação de serviço. • Administra o processo de compra e venda de grãos, margem e cotação.

9. 9 OG - PROCESSOS PRODUÇÃO RURAL - - - - - - - - - - - - - - - ENTRADA PESAGEM ANALISE DESCARGA SECAGEM 62.324 KG ARMAZENAGEM - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - CARGA PESAGEM ANALISE SAIDA 62.324 KG - - - - - - - - - - - - - - - - - -

10. 10 OG - SUBPROCESSOS

11. 11 OG – ORIGINAÇÃO DE GRÃOS CONTRATO COMPRA DE GRÃOS QUEM ATENDE: ERP TOTVS LINHA PROTHEUS / DATASUL BACKOFFICE • Previa dos componentes do preço para formação de preço e margem operacional. • Trade Slip de compra de grãos. • Previsão de pagamento para Fluxo de caixa. • Warrant / Garantia ao produtor rural

12. 12 OG – ORIGINAÇÃO DE GRÃOS CONTRATO VENDA DE GRÃOS QUEM ATENDE: ERP TOTVS LINHA PROTHEUS / DATASUL BACKOFFICE • Venda de grãos ou insumos como fertilizantes e defensivos . • Trade Slip de venda de grãos . • Forma de cobrança, cadencia, troca ou adiantamento em produto. • Previsão de recebimento para Fluxo de caixa.

13. 13 OG – ORIGINAÇÃO DE GRÃOS CONTRATOS ARMAZENAGEM QUEM ATENDE: ERP TOTVS LINHA PROTHEUS / DATASUL BACKOFFICE • Armazenagem produção agrícola. • Tarifas de serviços de armazenagem • Descontos por quebra técnica, impureza e umidade • Status dos contratos e retenção por produto

14. 14 OG – ORIGINAÇÃO DE GRÃOS RECEPÇÃO E ANÁLISE QUEM ATENDE: ERP TOTVS LINHA PROTHEUS / DATASUL BACKOFFICE • Integração com balança rodoviária • Análises para identificação de impurezas e umidade do produto • Diferença entre peso fiscal e peso liquido

15. 15 OG – ORIGINAÇÃO DE GRÃOS ARMAZENAMENTO QUEM ATENDE: ERP TOTVS LINHA PROTHEUS / DATASUL BACKOFFICE • Controle dos contratos • Calcular quebra técnica • Realizar cobrança de prestação de serviço por valor ou retenção de produto • Controle saldos em estoque

16. 16 OG – ORIGINAÇÃO DE GRÃOS COMERCIALIZAÇÃO QUEM ATENDE: ERP TOTVS LINHA PROTHEUS / DATASUL BACKOFFICE • Administrar processos de compra e venda de grãos. • Programar e efetuar cobrança. • Acompanhar contratos. • Controle saldos nos armazéns.

17. 17 OG – ORIGINAÇÃO DE GRÃOS EXPEDIÇÃO E FATURAMENTO QUEM ATENDE: ERP TOTVS LINHA PROTHEUS / DATASUL BACKOFFICE • Gerar romaneios de cargas • Expedição de mercadorias conforme contratos • Emitir documentos fiscais

18. 18 2. Módulo de UBA – Unidade de Beneficiamento de Algodão

19. 19 MÓDULO DE UBA UNIDADE DE BENEFICIAMENTO DE ALGODÃO

20. 20 MÓDULO DE UBA UNIDADE DE BENEFICIAMENTO DE ALGODÃO • Gestão de contratos de venda. • Controle dos fardões na unidade de beneficiamento. • Garantir níveis de qualidade no beneficiamento e ensacamento do produto. • Reservas dos fardinhos. • Garantir a rastreabilidade. OBJETIVO

21. 21 OBJETIVO Produção Produção de algodão, analise de rendimento, por fazenda, talhão e variedade. Gestão dos processos de Contrato de venda, programação de entrega, reserva, instrução de embarque e romaneio de saída. Garantir a rastreabilidade. ComercializaçãoQualidade Realizar a analise Visual e HVI. Gestão de fardos por status, analise visual, analise hvi, disponíveis, emblocados, reservados, embarcados e entregues Gestão de Fardões Fazer controle dos fardões, que estão em campo, recebidos e beneficiados Sistematizar o processo de produção de algodão integrado ao backoffice. Software que atende as demandas para a Gestão de Beneficiamento de algodão.

22. 22 UBA – UNIDADE DE BENEFICIAMENTO DE ALGODÃO ESCOPO • Compras, Suprimentos, Vendas, Estoque, Faturamento, Fiscal, Contábil e todos os demais. • Gestão de contratos • Planejamento e programação de entrega. • Recebimento, pesagem e qualificação dos fardões. • Gestão do beneficiamento do algodão bruto, separando pluma do caroço. • Processo de prensagem. • Armazenagem da fibra e destinação da torta de algodão. • Gestão estratégica do estoque de fibra.

23. 23 UBA - PROCESSOS RESERVA BENEFICIAMENTO - - - - - - - - - - - - - - - TRANSPORTE PESAGEM QUALIFICAÇÃO DESCARREGAMENTO ARMAZENAMENTO 62.324 KG - - - - - - - - - - - - - - - - - - COLHEITA CLASSIFICAÇÃO VISUAL EMBLOCAMENTO IMPORTAÇÃO HVI INSTRUÇÃO DE EMBARQUE ROMANEIO DE SAÍDA SAIDA - - - - - - - - - - - - - - - - - - CONTRATO DE VENDA

24. 24 UBA – SUBPROCESSOS

25. 25 UBA – UNIDADE DE BENEFICIAMENTO DE ALGODÃO CONTRATOS QUEM ATENDE: ERP TOTVS LINHA PROTHEUS BACKOFFICE • Contrato de venda do algodão • Reservas de Fardinhos • Fixação de preços dos contratos

26. 26 UBA – UNIDADE DE BENEFICIAMENTO DE ALGODÃO PESAGEM QUEM ATENDE: ERP TOTVS LINHA PROTHEUS BACKOFFICE • Afere o peso líquido da carga de algodão bruto recebido da lavoura. • Integração com balança rodoviária. • Possibilita pesagem automática ou manual.

27. 27 UBA – UNIDADE DE BENEFICIAMENTO DE ALGODÃO QUALIFICAÇÃO QUEM ATENDE: ERP TOTVS LINHA PROTHEUS MÓDULO VERTICAL • Executa análises fisioquímicas dos fardões que chegam à UBA. • Executa a qualificação e classificação HVI do algodão . • Executa análises e qualificações visuais.

28. 28 UBA – UNIDADE DE BENEFICIAMENTO DE ALGODÃO DESCARREGAMENTO QUEM ATENDE: ERP TOTVS LINHA PROTHEUS MÓDULO VERTICAL • A partir das informações contratuais e do processo de qualificação, classifica o produto. • Formação do lote. • O fardão é descarregado em armazém temporário.

29. 29 UBA – UNIDADE DE BENEFICIAMENTO DE ALGODÃO LIMPEZA QUEM ATENDE: ERP TOTVS LINHA PROTHEUS MÓDULO VERTICAL • Executa uma limpeza visando a retirada de impurezas. • Essas impurezas devem ser retiradas antes das próximas fases. • Utiliza Maquinário próprio para a limpeza e início do descaroçamento.

30. 30 UBA – UNIDADE DE BENEFICIAMENTO DE ALGODÃO DESCAROÇAMENTO QUEM ATENDE: ERP TOTVS LINHA PROTHEUS MÓDULO VERTICAL • Processo responsável pela separação do caroço da pluma do algodão. • Esse processo gera 2 subprodutos, a torta e a pluma.

31. 31 UBA – UNIDADE DE BENEFICIAMENTO DE ALGODÃO ENFARDAMENTO QUEM ATENDE: ERP TOTVS LINHA PROTHEUS MÓDULO VERTICAL • Após o tratamento, as plumas são prensadas em fardos menores, chamados fardinhos. • Neste processo é acertado o nível de umidade do produto. • Os fardinhos são identificados.

32. 32 UBA – UNIDADE DE BENEFICIAMENTO DE ALGODÃO ARMAZENAMENTO DA FIBRA QUEM ATENDE: ERP TOTVS LINHA PROTHEUS MÓDULO VERTICAL • Os fardinhos gerados no processo de prensagem são armazenados em armazéns especiais. • É atualizada a posição do estoque de produto acabado.

33. 33 UBA – VANTAGENS AGREGADAS

34. 34 • Fechamento da carga relacionando um ou vários módulos. • Controle de saldos em estoque do produto. • Controle dos percentuais de separação dos subprodutos no desmanche do Fardão. • Controle dos módulos (fardões) colhidos no campo. • Previsão de entrada dos Módulos na UBA. • Integração com a balança rodoviária. • Pesagem automática ou manual do caminhão. 1 - VANTAGENS AGREGADAS UBA – UNIDADE DE BENEFICIAMENTO DE ALGODÃO

35. 35 • Atualização do rendimento do módulo (fardão) a cada fardo (fardinho) beneficiado. • Atualização dos saldos em estoque dos produtos originados através do beneficiamento. • Adequado à nova composição do código de barras de 20 dígitos estipulado pelo S.A.I. (Sistema ABRAPA de Identificação) para identificação dos fardos beneficiados. • Integração automática ou manual com a balança responsável pela pesagem dos fardos. 2 - VANTAGENS AGREGADAS UBA – UNIDADE DE BENEFICIAMENTO DE ALGODÃO

36. 36 • Importação dos resultados de HVI. • Classificação comercial do bloco. • Agrupamento dos fardos de um mesmo produtor e fazendas diferentes. • Reclassificação comercial. • Controle da mala de amostras dos fardos para classificação Visual e HVI através do Romaneio de Classificação. • Leitura de etiqueta de código de barras no lançamento da classificação visual. • Classificação comercial. 3 - VANTAGENS AGREGADAS UBA – UNIDADE DE BENEFICIAMENTO DE ALGODÃO

37. 37 • Contrato de venda. • Programação de Embarque. • Reservas. • Instrução de embarque. • Romaneio de Saída/Expedição. 4 - VANTAGENS AGREGADAS UBA – UNIDADE DE BENEFICIAMENTO DE ALGODÃO

38. 38 UBA – UNIDADE DE BENEFICIAMENTO DE ALGODÃO MÓDULO NATIVO AO ERP TOTVS LINHA PROTHEUS OFERTA • Compras, Suprimentos, Vendas, Estoque, Faturamento, Fiscal, Contábil, Capital Humano e todos os demais. • Gestão de contrato de venda. • Planejamento e programação de entrega de matéria-prima. • Recebimento, pesagem e qualificação dos fardões. • Gestão do beneficiamento do algodão bruto, separando pluma do caroço. • Processo de prensagem. • Armazenagem da fibra e destinação da torta de algodão. • Gestão estratégica do estoque de fibra.

39. 39 3. Módulo de UBS – Unidade de Beneficiamento de Sementes

40. 40 UBS – UNIDADE DE BENEFICIAMENTO DE SEMENTES

41. 41 UBS – UNIDADE DE BENEFICIAMENTO DE SEMENTES AGROINDÚSTRIA • Fazer a gestão dos contratos de venda de sementes • Planejar o recebimento da matéria-prima de acordo com a estratégia da CIA. • Garantir a qualidade da matéria-prima recebida. • Executar o armazenamento correto da matéria-prima. • Garantir níveis de qualidade no beneficiamento e ensacamento do produto. • Garantir a rastreabilidade.

42. 42 OBJETIVO Sistematizar o processo de produção de sementes comerciais de grãos e cereais. Software que atende as demandas para a Gestão de Beneficiamento de Semente. TER SEGURANÇA E RASTREABILIDADE DOS PROCESSO. FLEXIBILIZAÇÃO PARA ATENDER AS NECESSIDADES DE MERCADO E LEGISLAÇÃO. SEGURANÇA E RASTREABILIDADE DA MOVIMENTAÇÃO DE PRODUTO, QUALIDADE E PROCESSO DE DOCUMENTAÇÃO.

43. 43 UBS – UNIDADE DE BENEFICIAMENTO DE SEMENTES ESCOPO • Compras, Suprimentos, Vendas, Estoque, Faturamento, Fiscal, Contábil, Capital Humano e todos os demais. • Gestão de Contratos. • Recepção de Matéria-Prima • Gestão de Estoques das Sementes. • Análises Laboratoriais • Controle de Amostras • Pré-Limpeza • Secagem • Limpeza • Separação por Forma • Classificação por Tamanho • Separação por Densidade • Tratamento Químico • Ensacamento

44. 44 UBS - PROCESSOS PRODUÇÃO RURAL - - - - - - - - - - - - - - - TRANSPORTE PESAGEM QUALIFICAÇÃO DESCARREGAMENTO SILO 62.324 KG - - - - - - - - - - - - - - - - - - ARMAZENAMENTO BENEFICIAMENTO TSI ARMAZENAMENTO SAIDA - - - - - - - - - - - - - - - - - - ANALISE CARREGAMENTO VENDA AUTORIZAÇÃO

45. 45 UBS – SUBPROCESSOS

46. 46 UBS – UNIDADE DE BENEFICIAMENTO DE SEMENTES CONTRATO VENDA QUEM ATENDE: ERP TOTVS LINHA PROTHEUS BACKOFFICE • Executa a gestão do contrato de venda. • Planeja as entregas de sementes. • Executa a liberação dos pagamentos financeiros.

47. 47 UBS – UNIDADE DE BENEFICIAMENTO DE SEMENTES QUALIFICAÇÃO QUEM ATENDE: ERP TOTVS LINHA PROTHEUS MÓDULO VERTICAL • Executa análises fisioquímicas das sementes que chegam à UBS. • Executa a classificação das sementes recebidas. • Executa análises fisioquímicas nas sementes beneficiadas gerando amostras representativas de cada lote.

48. 48 UBS – UNIDADE DE BENEFICIAMENTO DE SEMENTES DESCARREGAMENTO QUEM ATENDE: ERP TOTVS LINHA PROTHEUS MÓDULO VERTICAL • A partir das informações contratuais e das análises preliminares, classifica o produto. • Formação do lote. • O Produto pode ser descarregado diretamente em uma moega que vai para o Silo ou pode ir diretamente para o beneficiamento.

49. 49 UBS – UNIDADE DE BENEFICIAMENTO DE SEMENTES PRÉ-LIMPEZA QUEM ATENDE: ERP TOTVS LINHA PROTHEUS MÓDULO VERTICAL • Executa uma pré-limpeza visando a retirada de impurezas. • Essas impurezas devem ser retiradas antes das fases de secagem e limpeza. • Utiliza Máquina de Ventilador e Peneiras (MVP).

50. 50 UBS – UNIDADE DE BENEFICIAMENTO DE SEMENTES PREPARO QUEM ATENDE: ERP TOTVS LINHA PROTHEUS MÓDULO VERTICAL • Sementes de algumas espécies, antes de passar para as demais operações, precisam algum preparo específico, como é o caso do algodão, que precisa sofrer a retirada do Línter*. * Línter – protege o caroço e retém a água, agindo como isolante.

51. 51 UBS – UNIDADE DE BENEFICIAMENTO DE SEMENTES SECAGEM QUEM ATENDE: ERP TOTVS LINHA PROTHEUS MÓDULO VERTICAL • Sementes podem apresentar um grau de umidade acima do ideal (>13%). • Nesses casos, há a necessidade de realizar a secagem dessas sementes, visando atingir níveis seguros de umidade para o seu armazenamento.

52. 52 UBS – UNIDADE DE BENEFICIAMENTO DE SEMENTES LIMPEZA QUEM ATENDE: ERP TOTVS LINHA PROTHEUS MÓDULO VERTICAL • Assemelha-se à operação de pré-limpeza, porém muito mais precisa e rigorosa. • Retira sementes de outras espécies, sementes mal formadas, sementes imaturas e impurezas em geral. • Utiliza a MVP.

53. 53 UBS – UNIDADE DE BENEFICIAMENTO DE SEMENTES SELEÇÃO POR FORMA QUEM ATENDE: ERP TOTVS LINHA PROTHEUS MÓDULO VERTICAL • Algumas sementes, como a soja, precisam ser separadas quanto a sua forma. • É utilizado um Separador em Espiral. • São separadas as sementes arredondadas das achatadas.

54. 54 UBS – UNIDADE DE BENEFICIAMENTO DE SEMENTES CLASSIFICAÇÃO POR TAMANHO QUEM ATENDE: ERP TOTVS LINHA PROTHEUS MÓDULO VERTICAL • A separação por tamanho cria um lote para cada grupo separado. • São utilizados peneirões, peneiras cilíndricas e cilindros alveolados, dependendo da espécie da semente.

55. 55 UBS – UNIDADE DE BENEFICIAMENTO DE SEMENTES SEPARAÇÃO POR DENSIDADE QUEM ATENDE: ERP TOTVS LINHA PROTHEUS MÓDULO VERTICAL • Faz a separação das sementes pelo seu peso. • É utilizado o equipamento chamado Mesa Densimétrica, que separa as sementes através da vibração e de correntes de ar. • São gerados lotes diferentes por grupo selecionado.

56. 56 UBS – UNIDADE DE BENEFICIAMENTO DE SEMENTES SEPARAÇÃO POR COR QUEM ATENDE: ERP TOTVS LINHA PROTHEUS MÓDULO VERTICAL • Faz a separação das sementes pela sua colocação. • Pode ser utilizado Selecionador Eletrônico, que utiliza uma célula fotoelétrica. • São gerados lotes diferentes por grupo selecionado.

57. 57 UBS – UNIDADE DE BENEFICIAMENTO DE SEMENTES TRATAMENTO QUÍMICO QUEM ATENDE: ERP TOTVS LINHA PROTHEUS MÓDULO VERTICAL • Faz a aplicação de fungicidas e/ou inseticidas, dependendo da espécie da semente e das pragas que as atacam. • O tratamento por máquinas específicas para cada tipo de tratamento.

58. 58 UBS – UNIDADE DE BENEFICIAMENTO DE SEMENTES ENSACAMENTO QUEM ATENDE: ERP TOTVS LINHA PROTHEUS MÓDULO VERTICAL • As sementes são encaminhadas para as embaladoras. • São colocadas em embalagens recomendadas e autorizadas para cada espécie. • São armazenadas conforme regulamentação vigente. • Seu lote final é registrado.

59. 59 UBS – UNIDADE DE BENEFICIAMENTO DE SEMENTES MÓDULO NATIVO AO ERP TOTVS LINHA PROTHEUS OFERTA • Compras, Suprimentos, Vendas, Estoque, Faturamento, Fiscal, Contábil, Capital Humano e todos os demais. • Gestão de Contratos de Venda • Recepção de Matéria-Prima • Gestão de Estoques e Silos • Análises Laboratoriais • Controle de Amostras • Pré-Limpeza • Secagem • Limpeza • Separação por Forma • Classificação por Tamanho • Separação por Densidade • Tratamento Químico • Ensacamento

60. 60 FATOS A TOTVS NAAGROINDÚSTRIA +25 anos de experiência no setor agroindustrial. Líder em sistemas de gestão agroindustrial canavieira no Brasil. Experiência Internacional em 8 países: Colômbia, México, Peru, Guatemala, Nicarágua, Holanda e Angola.

61. 61 A TOTVS NAAGROINDÚSTRIA FATO Mais de 230 clientes atendidos que processam 60% da produção brasileira. Das 10 maiores unidades processadoras na safra 2012/2013, 8 utilizam soluções da TOTVS. 120 clientes atendidos que plantam mais de 1,5 milhão de hectares. GRÃOS E CULTURAS ANUAIS CANA-DE-AÇÚCAR

62. 62 A TOTVS NAAGROINDÚSTRIA PROPOSTA DE VALOR • Flexibilidade e agilidade operacional • Menor custo de produção • Aumento da produtividade • Em conformidade com as exigências legais • Sincronização da Cadeia de Insumos • Rastreabilidade integral • Atendimento às questões ambientais • Redução das perdas na produção rural • Eficiência na utilização de insumos químicos

63. 63 A TOTVS NAAGROINDÚSTRIA BENEFÍCIOS Redução de custos na alocação de máquinas e insumos Aumento da produtividade através da racionalização das operações agrícolas Efetividade comprovada em grandes produtos agrícolas!

64. 64 A TOTVS NAAGROINDÚSTRIA BENEFÍCIOS Controla os progressos da sua propriedade rural, de forma simples e eficaz Controle de Compras, Suprimentos, Estoque, Custos e Financeiro, garantindo a governança do seu negócio Gestão eficiente para garantir sua rentabilidade!

65. 65 SOLUÇÕES TOTVS PARAAAGROINDÚSTRIA QUEM USAALCANÇA... 29% Melhorias no Giro do Estoque 42% Dos funcionários excedem na performance 14% Melhorias nas entregas on-time Fonte: Aberdeen Group, 2012

66. 66 SOLUÇÕES TOTVS PARAAAGROINDÚSTRIA QUEM USAALCANÇA... Fonte: Aberdeen Group, 2012 A TOTVS oferece as melhores práticas de mercado, com uma oferta na medida certa para o seu primeiro projeto com nosso ERP. 13% Redução de custos administrativos 12% Melhorias dos custos operacionais

67. /totvs @totvs blog.totvs.com company/totvs fluig.com

Add a comment