advertisement

Adenocarcinoma gástrico

50 %
50 %
advertisement
Information about Adenocarcinoma gástrico
Health & Medicine

Published on March 4, 2014

Author: vivianeweillerdallagasperina

Source: slideshare.net

Description

Adenocarcinoma gástrico - Manejo oncológico perioperatório
advertisement

Viviane Weiller Dallagasperina R2 Oncologia clínica Santa Casa de misericórdia de Porto Alegre Novembro de 2013

Caso clínico Março de 2012 Identificação: RFM, 37 anos, masculino, branco, procedente de Tapes. Queixa Principal: Dor epigástrica HDA: Paciente refere dor epigástrica tipo queimação contínua, de intensidade moderada, há 6 meses, de início insidioso, com piora progressiva, sem associação com a alimentação, acompanhada de náuseas eventuais, sem vômitos e perda de peso de 10Kg. Realizou tratamento com inibidor de bomba de prótons (omeprazol) por 2 meses sem melhora. HMP: Hígido. Nega tabagismo ou etilismo PPS: Mora em área urbana, nunca teve contato com indústria de produtos químicos. HMF: Negativa para neoplasia.

Caso clínico Endoscopia digestiva alta (julho de 2013): Lesão ulcerada com bordos elevados na cardia proximal. Agosto de 2013: Gastrectomia total com linfadenectomia D2. Exame físico (pós-operatório): BEG, eutrófico, MUC, LOC, PS o Não palpo adenomegalias Tórax: MV preservados, sem RA, BNF 2T RR Abdome: Plano, flácido, RHA preservados, indolor, FO com bom aspecto. Extremidades: Aquecidas e bem perfundidas. Exames complementares:

Caso clínico  Exames complementares:  Tomografia de abdome superior e pelve (agosto de 2013): Sem alterações  Raio X de tórax: Sem evidência de metástases  AP: Exame A680648: Esôfago distal, estomago, duodeno proximal, linfonodos do tronco celíaco, linfonodos do hilo hepático e linfonodos esplênicos. Tumor localizado na incissura cárdica, úlcero vegetante com 6,3 x 6,1 cm, dista 0,5 cm da margem proximal e 8,6 cm da distal, invadindo até o tecido adiposo perigástrico. Neoplasia pouco diferenciada com extensão ao esôfago distal, invadindo até o tecido adiposo perigástrico, invasão perineural presente e extensa, invasão angiolinfática não visualizada, limites cirurgicos livres. Metástase de carcinoma em 4/20 linfonodos da pequena curvatura, 11 linfonodos da grande curvatura livres de neoplasia.

Câncer gástrico estágio pT3pN2M0: IIIA Qual é o benefício da adjuvância e neoadjuvância nesse cenário?

INT-0116  Estudo de fase III aberto  Alocação de 1991 a 1998  Adenocarcinoma de estômago e junção gastroesofágica com invasão da muscular própria e/ou linfonod positvo, OS 0 a 2, com ingesta diária maior que 1500 Kcal/dia.  O tratamento iniciou entre 20 a 41 dias pós-operatório.  Cirurgia apenas x radioquimioterapia:  Protocolo: 5FU 425mg/m2/dia e LV 20mg/m2/dia por 5 dias isolada, seguida de 5FU 400mg/m2/dia e LV 20mg/m2/dia por 4 dias na primeira semana da radioterapia e 3 dias na última semana e 2 ciclos adicionais pós-RDT identicos ao primeiro.

INT-0116

INT-0116

Perioperative chemotherapy versus surgery alone for resectable gastroesophageal cancer Os benefícios potenciais da administração do ECF no período pré-operatório são os seguintes: • Aumentar a chance de ressecção curativa; • Eliminar micrometástases; • Melhora dos sintomas associados ao tumor; • Determinar a sensibilidade do tumor à quimioterapia. NEJM, 2006

Perioperative chemotherapy versus surgery alone for resectable gastroesophageal cancer Ensaio clínico randomizado, aberto. Foram recrutados 503 pacientes entre julho de 1994 e abril de 2002. O desfecho primário foi sobrevida global. Os desfechos secundários foram: Sobrevida livre de progressão, taxa de resposta e qualidade de vida. A cirurgia era realizada 6 semanas após a randomização, e no grupo da neoadjuvância, 6 semanas após o término do 3º ciclo de quimioterapia. A quimioterapia pós-operatória foi iniciada entre 6 e 12 semanas após a cirurgia. A quimioterapia foi administrada por 3 ciclos pré-operatórios e 3 ciclos pósoperatórios. O regime quimioterápico foi o seguinte: Epirrubicina 50mg/m2 no D1, cisplatina 60mg/m2 no D1 e fluoracil 200mg/m2 diariamente por 21 dias. NEJM, 2006

Perioperative chemotherapy versus surgery alone for resectable gastroesophageal cancer Dos 237 pacientes que iniciaram a quimioterapia, 215 completaram 3 ciclos, entretanto apenas 104 pacientes (41%) completaram os seis ciclos planejados. A incidência de complicações pós-operatórias foi semelhante entre os grupos (45,7 x 45,3%), bem como o número de óbitos em 30 dias (14 x 15) e a média de internação hospitalar. (13 dias) NEJM, 2006

HR 0,66 (0,53 – 0,81) p< 0,001

HR 0,75 (0,60 – 0,93) p=0,009 36,3% 23%

ARTIST trial  Estudo fase III aberto  Adenocarcinoma gástrico, cirurgia R0, OS 0 ou 1, estágio clinico II ou III  Desfecho primário: Sobrevida livre de progressão  Desfechos secundários: sobrevida global, taxa de recorrência e toxicidade.

ARTIST trial  Intervenção: - Grupo QT: XP 6 ciclos (capecitabina 1000mg/m2 D1 a D14 e cisplatina 60mg/m2 D1 a cada 21 dias) - Grupo XP/XRT: 2 ciclos de XP, seguido de radioterapia com 45 Gy por 5 semanas concomitante com capecitabina 825mg/m2 bid durante a radioterapia, seguido de 2 ciclos adcionais de XP.

Linfonodo positivo

CLASSIC trial  Estudo aberto, fase 3, randomizado, realizado na Coréia do sul, china e Taiwan.  Ca gástrico EC II-IIIB submetido a gastrectomia com ressecção D2. .  Intervenção: capecitabina 1000mg/m2 bid D1-D14 e oxaliplatina 130mg/m2 a cada 21 dias por 6 meses ou cirurgia somente.  Desfecho primário: sobrevida livre de doença em 3 anos ITT.

CLASSIC trial

Add a comment

Related presentations

Related pages

Cáncer gástrico: MedlinePlus enciclopedia médica

Cáncer del estómago; Cáncer estomacal; Carcinoma gástrico; Adenocarcinoma del estómago. Imágenes. El sistema digestivo; Rayos X de un cáncer de ...
Read more

Cáncer gástrico | University of Maryland Medical Center

Nombres alternativos. Cáncer del estómago; Cáncer estomacal; Carcinoma gástrico; Adenocarcinoma del estómago
Read more

adenocarcinoma gástrico - English translation – Linguee

Many translated example sentences containing "adenocarcinoma gástrico" – English-Spanish dictionary and search engine for English translations.
Read more

Liga de Patologia - UFC: ADENOCARCINOMA GÁSTRICO

Dos tumores que acometem o estomago, aproximadamente 95% revelam-se malignos; destes, uma esmagadora maioria classificam-se como adenocarcinoma.
Read more

Carcinoma gastrico - Wikipedia

Il carcinoma gastrico è il tumore maligno più frequente dello stomaco; costituito più spesso da cellule secernenti (adenocarcinoma) è la quinta causa ...
Read more

ADENOCARCINOMA GÁSTRICO | Binipatia e higienismo

El adenocarcinoma gástrico. Tumor maligno en general y especialmente el formado por células epiteliales. Durante los primeros años de vida de una ...
Read more

¿Qué es un carcinoma gástrico? - Health News and ...

Un carcinoma gástrico es un tumor maligno que se origina en el epitelio del estómago. El adenocarcinoma en el 95% de las neoplasias gástricas, el 5% ...
Read more

Adenocarcinoma gástrico - Colegio Médico del Perú

213 Adenocarcinoma gástrico - Drs. Hernán Espejo Romero y Jesús Navarrete Siancas ANATOMÍA PATOLÓGICA LOCALIZACIÓN Más frecuente en el antro 46,1%
Read more

Palliative treatment of gastric adenocarcinoma

RESUMO . INTRODUÇÃO: Embora decrescendo nos países do chamado primeiro mundo, o adenocarcinoma gástrico mantém-se como terceiro tumor mais frequente ...
Read more

Adenocarcinoma gástrico | LAP - Liga Acadêmica de Patologia

Hey there! Thanks for dropping by LAP - Liga Acadêmica de Patologia! Take a look around and grab the RSS feed to stay updated. See you around!
Read more