advertisement

A Revolução Científica

50 %
50 %
advertisement
Information about A Revolução Científica

Published on September 6, 2008

Author: Ruineto13

Source: slideshare.net

advertisement

A Revolução Científica na Europa e a permanência da tradição

 observação;  levantamento de um problema;  formulação de uma hipótese;  experimentação;  conclusão e generalização (leis gerais). Na origem desta revolução encontra-se o chamado Método Experimental ou Científico que se baseia em cinco etapas: Revolução Científica Nos século XVII e XVIII verificou-se, na Europa, um tão grande e importante desenvolvimento científico, sobretudo nos domínios da Matemática, da Astronomia, da Física, da Química e da Medicina, que se pode falar de uma verdadeira Revolução Científica. Luneta astronómica de Galileu (1608).

Principais avanços da ciência moderna Os homens do século XVII aplicaram o Método Experimental a todas as áreas de estudo, resultando no desenvolvimento de ciências como a Matemática, a Astronomia, a Física, a Química e a Medicina.

 Academias (associações onde os cientistas trocavam entre si os resultados das suas experiências e pesquisas; foram importantes para divulgar os novos conhecimentos científicos que iam surgindo; exemplos: Academia Real das Ciências de Paris, Real Academia de Londres e Academia Real das Ciências de Lisboa );  Salões e cafés;  Bibliotecas;  Gazetas e jornais. Principais meios de difusão do conhecimento científico

O clima de progresso científico, que caracterizou a Europa nos séculos XVII e XVIII, constituiu uma cultura de elites , pois apenas os membros dos grupos privilegiados se mantinham informados. De facto, a maioria da população europeia continuava analfabeta e alheia aos avanços científicos, devido:  à persistência de uma forte cultura popular que mantinha muitas tradições relacionadas com a vida agrícola e com a religião;  à acção do Índex e da Inquisição que se opunham à difusão das novas ideias;  ao ensino tradicional que, controlado pelos Jesuítas, apresentava currículos e métodos ainda baseados nos mestres da Antiguidade. Os obstáculos à inovação

O desenvolvimento das ciências levou à invenção, durante os séculos XVII e XVIII, de muitas máquinas e instrumentos científicos, como o microscópio, o termómetro, o telescópio, a calculadora, o barómetro, o relógio de pêndulo, a máquina a vapor e os balões de ar quente. Os progressos técnicos Aeróstato dos irmãos Montgolfier (1783). Os progressos científicos e técnicos impulsionaram a realização de grandes viagens de exploração. Assim, no decorrer do século XVIII, navegadores ingleses, holandeses e franceses, acompanhados de geógrafos, cartógrafos e botânicos, efectuaram viagens nos oceanos Pacífico, Árctico e Antárctico, descobrindo novas ilhas (Austrália, Nova Zelândia, etc) e novas espécies animais e vegetais. O alargamento do conhecimento do Mundo

FIM Rui Manuel da Costa Neto

Experiência de Galileu sobre as leis da queda dos corpos, na Torre de Pisa. Desenhos de galileu sobre as diversas fases da lua.

Newton descobre a Teoria da gravitação universal dos corpos. Estudos de Harvey sobre a circulação do sangue.

Salão de Madame Geoffrin: recebia à segunda-feira os artistas e à quinta-feira os homens das letras.

Julgamento de Galileu pela Inquisição (1632-33): Galileu foi obrigado a desdizer-se publicamente quanto à Teoria Heliocêntrica para não ser condenado à morte.

Termómetro de Galileu (1592). Microscópio de Hooke (1665). Luneta astronómica de Galileu (1608). Barómetro de Torricelli (1644). Calculadora mecânica de Pascal (1623). Relógio de pêndulo de Huygens (1654).

Telescópio reflector de Newton (1668). Passarola voadora do Padre Bartolomeu de Gusmão (1709). Spinning-Jenny (máquina de fiar) de Hargreaves (1768). Máquina a vapor de James Watt (1769).

Endeavour - veleiro de James Cook na sua 1ª viagem.

Add a comment

Related pages

Revolução Científica – Wikipédia, a enciclopédia livre

Na história da ciência, chama-se Revolução Científica ao período que começou no século XVI e prolongou-se até o século XVIII [1] [2]. A partir ...
Read more

FILOSOFIA GERAL Wiki - A Revolução Científica

A Revolução Científica Em que medida as idéias de Descartes e Bacon estão em suas bases? por Gilberto Miranda Júnior Caracterizando a Revolução ...
Read more

Revolução Científica - YouTube

Revolução Científica Videos; Playlists; Channels; Discussion; About; Home Trending Best of YouTube Music Sports Gaming ...
Read more

Revolução Científica - História - InfoEscola

Artigo sobre a chamada Revolução Científica, como e quando ocorreu, principais causas dessa revolução, consequências, principais pensadores, etc.
Read more

René Descartes - Revolução Científica - YouTube

Trabalho para a disciplina de projeto integrado de prática educativa (PIPE) do curso de Filosofia, da Universidade Federal de Uberlândia (UFU ...
Read more

Revolução Científica

Revolução Científica. 94,116 likes · 9,250 talking about this. Canais onde atuamos: http://www.dailymotion.com/revcien http://www.youtube.com/revcien.
Read more

A REVOLUÇÃO CIENTÍFICA - Conexão Ciência - Google Sites

O seguinte estrato de Pantagruel (1532), de Rabelais costuma ser citado para ilustrar o espírito do renascimento: "Todas as disciplinas são agora ...
Read more

História da Europa/Revolução Científica e Iluminismo ...

Mudanças nas ciências [editar | editar código-fonte] Na astronomia, a revolução científica trouxe grandes descobertas e a mais importante foi a ...
Read more