A POLÍTICA COLONIZADORA

43 %
57 %
Information about A POLÍTICA COLONIZADORA
Education

Published on April 27, 2014

Author: Edenilson73

Source: authorstream.com

A POLÍTICA COLONIZADORA: A POLÍTICA COLONIZADORA 1. Características gerais da colonização da América Portuguesa Colônia de exploração (fornecimento de gêneros inexistentes na Europa). Monocultura. Agroexportação . Latifúndio. Escravismo. Pacto Colonial (Monopólio comercial da Metrópole sobre sua colônia). A POLÍTICA COLONIZADORA: A POLÍTICA COLONIZADORA 2. Período Pré-Colonial (1500-1530) Interesses econômicos portugueses voltados para o lucrativo comércio de especiarias orientais. Exploração de pau-brasil na América Portuguesa: Construção de feitorias; Mão de obra indígena (escambo); Monopólio da Coroa portuguesa (estanco); Contrabando no litoral (franceses); A POLÍTICA COLONIZADORA: A POLÍTICA COLONIZADORA 3 . O início da colonização efetiva (1530) Fatores: Ataques de navios estrangeiros no litoral brasileiro; Declínio do comércio das especiarias Expedição de Martim Afonso de Souza: Ocupação do território; Fortificação da costa; Fundação da vila de São Vicente (1532); Organização de entradas para explorar o território; A POLÍTICA COLONIZADORA: A POLÍTICA COLONIZADORA 3 .1. As Capitanias Hereditárias (1534) Descentralização administrativa. Territórios de grandes dimensões. Ação da iniciativa privada. Documentos legais: Carta de Doação e Foral. Fracasso da maioria das capitanias. Capitanias prósperas: Pernambuco e São Vicente. A POLÍTICA COLONIZADORA: A POLÍTICA COLONIZADORA Motivos para a aplicação deste tipo de organização: Experiência portuguesa neste tipo de organização (ilhas atlânticas); Transferências das despesas para particulares. Fatores do fracasso: falta de recursos e de interesses dos donatários; Distanciamento da Metrópole; Invasões estrangeiras + ataques de índios; Sucesso parcial do ponto de vista político: bases da colonização. A POLÍTICA COLONIZADORA: A POLÍTICA COLONIZADORA 3 .2. O Governo Geral (1548) Criação do cargo de governador geral. Cargos auxiliares: provedor-mor (finanças), ouvidor-mor (justiça) e capitão-mor (defesa). Centralização administrativa. Defesa do território. Incentivo à produção açucareira. Auxílio aos donatários. A POLÍTICA COLONIZADORA: A POLÍTICA COLONIZADORA 3.2.1. O Governo de Tomé de Souza (1548-1553) Fundação de Salvador (1549 – capital). Doação de sesmarias. Criação de engenhos. Criação do 1º bispado do Brasil. Vinda dos padres jesuítas. A POLÍTICA COLONIZADORA: A POLÍTICA COLONIZADORA 3.2.2. O Governo de Duarte da Costa (1553-1558) Atritos entre colonos e jesuítas. Confronto entre bispo e governador. Desentendimentos com os índios. Invasão francesa no RJ. A POLÍTICA COLONIZADORA: A POLÍTICA COLONIZADORA 3.2.3. O Governo de Mém de Sá (1558-1572) Restabelecimento da paz interna. Expulsão dos franceses do RJ. A POLÍTICA COLONIZADORA: A POLÍTICA COLONIZADORA 4. A administração colonial 4 .1 Conselho Ultramarino: Órgão metropolitano responsável pela administração da América Portuguesa (negócios do ultramar). 4 .2. As Câmaras Municipais: Administração das vilas (poder local). Predomínio dos homens bons (homens brancos e ricos proprietários). Conquistaram grande autonomia nesse período. A POLÍTICA COLONIZADORA: A POLÍTICA COLONIZADORA 5 . A catequização dos povos indígenas Atuação dos padres jesuítas (Companhia de Jesus). Fundação de colégios na América Portuguesa. A POLÍTICA COLONIZADORA: A POLÍTICA COLONIZADORA 6. As invasões estrangeiras Não reconhecimento ao Tratado de Tordesilhas. Contrabando e pirataria. França Antártica (RJ - 1555-1567) Fuga de huguenotes perseguidos. Capitão Villegaignon (líder); Estácio de Sá, sobrinho de Mém de Sá, responsável pela expulsão dos franceses do RJ. A POLÍTICA COLONIZADORA: A POLÍTICA COLONIZADORA França Equinocial (MA - 1612-1615) União Ibérica (enfraquecimento de POR); Empreendimento oficial da Coroa francesa; Fundação de São Luis; Expulsos por coligação luso-espanhola. A POLÍTICA COLONIZADORA: A POLÍTICA COLONIZADORA As invasões inglesas Ataques de piratas e corsários; Sobretudo durante a União Ibérica (1580-1640); Cidades litorâneas (Santos e Recife).

Add a comment

Related presentations

Related pages

Política colonizadora de España | Histounahblog's Blog

Política colonizadora de España. Política colonizadora de España Índice Introducción Conquista de América Conquista de los españoles en América
Read more

6.3. Unidad II. Política colonizadora de España ...

6.3. Unidad II. Política colonizadora de España. Índice. Introducción. Conquista de América Conquista de los españoles en América. La Política ...
Read more

POLÍTICA COLONIZADORA NA AMÉRICA PORTUGUESA ADMINISTRAÇÃO ...

POLÍTICA COLONIZADORA NA AMÉRICA PORTUGUESA ADMINISTRAÇÃO COLONIAL e ECONOMIA COLONIAL. PublicouMarina Rapozo Alterado mais de 2 anos atrás
Read more

MH : Revisão do capítulo 1: A política colonizadora

Observe a charge abaixo. NOVAES, Carlos Eduardo e LOBO, César. História do Brasil para principiantes. São Paulo. Editora Ática, 2005. A charge acima ...
Read more

Colonização do Brasil – Wikipédia, a enciclopédia livre

... A Primeira Constituição Brasileira Constituição Política do Império do Brasil; Diálogos das Grandezas do Brasil, de Ambrósio Fernandes Brandão ...
Read more

Eduardo López de Romaña - Wikipedia, la enciclopedia libre

Política colonizadora. La acción colonizadora en la selva, que se hallaba en medio del auge de la explotación del caucho, contó, ...
Read more

Colónia – Wikipédia, a enciclopédia livre

Em política, chama-se colónia (português europeu) ou colônia (português brasileiro) a um território ocupado e administrado por um grupo de ...
Read more

Cultura Churajón - Wikipedia, la enciclopedia libre

Cultura Churajon La Cultura Chujaron son considerados como descendientes directos de la Cultura Tiahuanaco como consecuencia de su política colonizadora ...
Read more