A Era Vargas (1930 1945)-aulão

50 %
50 %
Information about A Era Vargas (1930 1945)-aulão

Published on June 22, 2016

Author: Luizcamargos

Source: slideshare.net

1. A Era Vargas (1930-1945))

2. O fim da aliança da café com leite • A traição do PRP → em 1929, o presidente Washington Luís (PRP) apoiou a candidato paulista Júlio Prestes, traindo o PRM. • A Aliança Liberal → a reação dos mineiros foi aliar-se ao Rio Grande do Sul e a Paraíba, formando a Aliança Liberal, que lançou a candidatura de Getúlio Vargas.

3. ►A Revolução de 1930 marca o início da Era Vargas que pode ser dividida em três períodos: • Governo provisório (1930 – 1934); • Governo constitucional (1934 – 1937); • Governo ditatorial (1937 – 1945).

4. Governo provisório (1930 – 1934) ►Ao assumir,Vargas buscou atender às reivindicações dos grupos que lhe deram apoio. Entre suas primeiras medidas, destacam-se: • A suspensão da Constituição de 1891; • O fechamento do Legislativo • Nomeação de interventores para os estados.

5. Revolta Constitucionalista de São Paulo (1932) *As causas: • O afastamento da oligarquia de São Paulo do Poder; • A nomeação do capital pernambucano, João Alberto Lins para interventor.

6. O MMDC As primeiras manifestações dos paulistas provocaram a morte dos estudantes Martins, Miragaia, Dráuzio e Camargo. daí a sigla MMDC, entidade envolvida na organização da revolução.

7. Os objetivos: ▪ A convocação de uma Assembleia Constituinte

8. A Constituição de 1934 • Critérios de cidadania → voto secreto, incluindo mulheres. Mas excluiu os analfabetos, mendigos, militares até o posto de sargento. • Direitos trabalhistas → salário mínimo, jornada de 8 horas, proibição do trabalho de menores de 14 anos, férias remuneradas e indenização na demissão sem justa causa. • Nacionalismo econômico → decidiu-se pela proteção das riquezas do país, como jazidas minerais e quedas-d'água.

9. Grupos políticos do período Constitucional Nesse período, ganharam destaque dois grupos políticos com ideologias diferentes: os integralistas e os aliancistas. Esses grupos refletem a mesma polarização política que ocorria na Europa.

10. Ação Integralista Brasileira (AIB) ▪ Líder → Plínio Salgado ▪ Grupos envolvidos: - empresários - classe média - militares - Igreja Católica

11. Principais propostas: ▪ Combate ao comunismo e ao liberalismo; ▪ Nacionalismo extremado; ▪ Por um regime político ditatorial chefiado por um líder capaz de impor a disciplina.

12. Inspiração ideológica

13. A Aliança Nacional Libertadora (ANL) ▪ Líder → Luís Carlos Prestes ▪ Grupos envolvidos: - democratas, - sindicalistas, - socialistas. ► Uma das correntes da ANL era o Partido Comunista

14. Principais propostas: ▪ Nacionalização das empresas estrangeiras, ▪ O não-pagamento da dívida externa, ▪ Reforma agrária.

15. A Intentona Comunista (1935) • Repressão à Aliança Nacional Libertadora • A Intentona Comunista (1935) ►A ação militar contra Vargas foi liderada por Prestes, com o apoio de estrangeiros. Seu fracasso desencadeou a perseguição a seus integrantes, entre eles, Olga, que foi entregue aos alemães.

16. O Plano Cohen: o golpe de 1937 ►O mandato de Vargas terminaria em 1938 e a campanha eleitoral ocorria normalmente. Enquanto isso, Vargas preparava um golpe de Estado para permanecer na presidência. • O Plano Cohen → contra o "perigo comunista", Vargas fechou o Congresso Nacional e outorgou uma nova Constituição.

17. O Estado Novo (1937-1945)

18. Características políticas • Fechamento das Assembleias Legislativas; • Extinção dos partidos e das eleições democráticas; • Fim do federalismo.

19. O Departamento de Imprensa e Propaganda (DIP) ►Objetivos: ▪ Coordenar a propaganda ▪ Censurar os meios de comunicação.

20. Vejamos algumas realizações do DIP ▪ Divulgava as realizações do governo . ▪ Vargas era apresentado como “pai dos pobres”.

21. As comemorações trabalhistas

22. A música popular O governo encomendava canções com letras favoráveis à sua política.

23. Wilson Batista e o trabalhismo “Com meu chapéu de lado, tamanco arrastado. Lenço no pescoço, navalha no bolso. Eu passo gingando, provoco e desafio. Eu tenho orgulho de ser vadio.” (Wilson Batista, 1933). “Quem trabalha é quem tem razão. Eu digo e não tenho medo de errar o bonde de São Januário leva mais um operário sou eu que vou trabalhar”. (Wilson Batista, 1940)

24. A legislação trabalhista de Vargas 1. Conquistar a simpatia dos trabalhadores 2. Exercer domínio sobre os trabalhadores, controlando seus sindicatos ►No período getulista, São Paulo e Rio atraíram muitos trabalhadores. O governo percebeu a força do operariado e elaborou uma política trabalhista que tinha duas funções:

25. ►Nesse período várias leis trabalhistas foram cridas, mas não foram simples concessões do governo. Também são resultado das lutas. • Corporativismo → doutrina que prega a reunião das classes em corporações, sob a fiscalização do Estado, que por sua vez busca a cooperação entre patrões e empregados. • O peleguismo → o imposto sindical era recolhido pelo governo e repassado aos sindicatos. Em troca dos benefícios, os dirigentes não entravam em choque com o governo e os patrões.

26. • Salário mínimo (1940) • Consolidação das Leis Trabalhistas (1943) • Carteira de trabalho (1932)

27. Industrialização • Intervencionismo estatal e nacionalismo (CVRD e CSN) • Substituição das importações

28. Os incentivos da Guerra ► A Guerra foi benéfica para a economia do país e Vargas procurou obter o máximo de vantagens do conflito. ▪ Substituição das importações; ▪ Aliança militar com os EUA mediante concessão de empréstimos e transferência de tecnologia.

29. O fim do Estado Novo A participação do Brasil na guerra contra o nazifascismo impulsionou as mobilizações democráticas no país. O Estado Novo caiu após a guerra por uma questão lógica: o Brasil lutara em favor das democracias; logo, não fazia sentido manter-se como ditadura.

30. Os opositores do regime • Os opositores internos → levantaram-se contra o regime: intelectuais, artistas, a UNE, políticos e militares. • A oposição dos EUA → para os EUA o nacionalismo de Vargas era um entrave aos seus interesses.

31. Fim do Estado Novo A pressão levou o governo a marcar as eleições para dezembro de 1945. Nesse ínterim, foram autorizadas a formação de partidos políticos e o início das campanhas eleitorais.

32. O queremismo ►Vargas fazia um jogo contraditório. apoiava Dutra, mas estimulava um movimento popular que pedia sua permanência: o queremismo.

33. Características gerais ▪ O pragmatismo político ▪ Nacionalismo econômico ▪ Industrialização com intervencionismo ▪ A legislação trabalhista

Add a comment

Related pages

Era Vargas – Wikipédia, a enciclopédia livre

Era Vargas é o período da história do Brasil entre 1930 e 1945, quando Getúlio Vargas governou o Brasil por 15 anos e de forma contínua. Compreende a ...
Read more

Vargas Era - Wikipedia, the free encyclopedia

The Vargas Era (Portuguese: Era Vargas) is the period in the history of Brazil between 1930 and 1945, when the country was under the dictatorship of ...
Read more

Getúlio Vargas - Wikipedia, la enciclopedia libre

Getúlio Dornelles Vargas (São Borja, 19 de abril de 1882 – Río de Janeiro, 24 de agosto de 1954) fue un político brasileño cuatro veces Presidente ...
Read more

Resumo: Era Vargas (1930-1945) | Falando e Fazendo História

Era Vargas foi o período em que Getúlio Vargas esteve na presidência pela primeira vez, entre 1930 e 1945. Vários fatores contribuíram para a chegada ...
Read more

Era Vargas - 1930 a 1945 - YouTube

Want to watch this again later? Sign in to add this video to a playlist. Getúlio Dornelles Vargas nasceu em 19/4/1882, na cidade de São Borja ...
Read more

A Era Vargas 1930-1945

Além de todas as manifestações artísticas, Vargas dominava a liberdade dos artistas, pois não permitia que divulgassem coisas ruins sobre seu governo.
Read more

Era Vargas - Só História - sohistoria.com.br

ERA VARGAS. Era Vargas é o nome que se dá ao período em que Getúlio Vargas governou o Brasil por 15 anos, de forma contínua (de 1930 a 1945).
Read more

Era Vargas. Características da Era Vargas - Brasil Escola

Era Vargas História do Brasil A Era Vargas, que ocorreu entre os anos de 1930 e 1945, foi o período em que Getúlio Vargas esteve no poder.
Read more

Era Vargas (1930-1945) - Brasil República

Artigo sobre a Era Vargas, como Getúlio Vargas assumiu o poder em 1930 e só saiu em 1945, principais momentos e ações durante o seu governo, entre ...
Read more