advertisement

465 an 05_março_2014.ok

60 %
40 %
advertisement
Information about 465 an 05_março_2014.ok

Published on March 2, 2014

Author: r2cpress

Source: slideshare.net

advertisement

AGRISSÊNIOR NOTÍCIAS Pasquim informativo virtual. Opiniões, humor e mensagens. EDITORES: Luiz Ferreira da Silva (luizferreira1937@gmail.com) e Jefferson Dias :jeffcdiass@gmail.com) Edição 465 – ANO X Nº 29 – 05 de março de 2014 10 CURIOSIDADES SOBRE O CORPO HUMANO 1. Cada soluço dura menos de 1 segundo e ocorre com frequência normal e regular de 5 a 25 vezes por minuto. O livro dos recordes menciona um soluço que durou 57 anos. 2. A cada sílaba que o homem fala, 72 músculos entram em movimento. Para sorrir, são utilizados 14 músculos. Para beijar, 29. 3. Uma pessoa de 75 anos que dorme uma média de 8 horas por dia passou 23 anos dormindo. 4. A temperatura do corpo não fica estabilizada o dia inteiro. Ela sobe para 37,2ºC às 5 ou 6 da tarde e vai caindo para 36ºC durante a madrugada. 5. O homem tem 46 cromossomos, que contêm os genes que determinam as características de cada pessoa, como cor dos olhos e formato do rosto. 6. Foi na Inglaterra do século XVIII que testaram em humanos as primeiras vacinas contra a varíola. As "cobaias" foram sete criminosos que, como recompensa, ganharam a liberdade. Ficaram livres, inclusive da doença. 7. O intestino delgado mede de 6 a 9 metros. O intestino grosso tem 1,5 metro, mas é três vezes mais largo. 8. O calcanhar de Aquiles é uma das mais populares metáforas sobre a fragilidade humana. Tétis segurou seu filho Aquiles pelo calcanhar para mergulhá-lo num rio egípcio que o tornaria invencível. Queria contrariar um oráculo que dizia que seu filho morreria na guerra de Troia. Durante uma batalha, no entanto, Aquiles tomou uma flechada em seu único ponto vulnerável: o calcanhar, que não havia sido banhado no rio por sua mãe. A partir daí, a expressão calcanhar-de-aquiles indica um ponto fraco de uma pessoa. 9. O corpo é formado por 70% de água, que corresponde a metade de nosso peso. No organismo, a água transporta alimentos, resíduos e sais minerais; lubrifica tecidos e articulações; conduz glicose e oxigênio para o interior das células; e regula a temperatura. Um adulto elimina três litros de água por dia, através da urina, do suor e da respiração. 10. Os ruivos naturais têm uma mutação genética capaz de afetar a habilidade cerebral de processar remédios contra a dor, como o Novocain. Trata-se de uma variação do receptor genético melanocortina-1. Por causa disso, os ruivos são mais propensos a fugirem dos dentistas e a pedirem doses maiores de anestesia. Pergunta Curiosa: Por que sentimos cócegas?

Essa sensação vem dos movimentos que acionam receptores nervosos, que ficam na superfície da pele. Não existe um tipo de estímulo específico que faça com que a pessoa sinta cócegas. Pode ser um movimento mais leve ou mais brusco, de acordo com a região do corpo, mas uma coisa é certa: ele é totalmente inesperado. Aliás, é por isso que não conseguimos fazer cócegas em nós mesmos. Os lugares mais sensíveis às cócegas, como a sola dos pés, as axilas ou os joelhos também não têm nenhuma característica em comum. Talvez elas sejam as regiões mais “coceguentas” porque são estimuladas com menor freqüência. A sensação de prazer que provoca o riso também varia de pessoa para pessoa. Fonte: http://www.guiadoscuriosos.com.br VIDA É BELA, A GENTE QUE COMPLICA ELA Conselhos?! Quem sou eu. Sugestões. Késia Chiarelli Aos Jovens Estude. Lute. Ame (de verdade). Viaje . Beba café (de preferência o expresso, eu indico). Curta uma boa companhia (embora o tal sorvete com companhia seja melhor ainda). Projete seu futuro. Cuide da saúde, você ainda ficará velho. (que seja um velhinho bonito/a) Planeje. Curta a vida e Seja feliz. Às crianças Curta a simplicidade. Não viva na idéia de "dias melhores virão". Faça o dia melhor ser o agora. Respeite seus pais. Ouça uma boa música (funk, por definição, não é música) Prepare-se para o futuro. Não se dilua nos loucos costumes dessa louca geração, mesmo que você seja parte dela. Mande flores, Sorrisos e cartas (garanto que é melhor que e-mail). Beije um beijo na chuva. Saia sem rumo, andando feliz da vida. Curta ficar sozinho (sair alone e tomar um bom sorvete também é ganhar o dia). Brinque! Brinque muito! Muito mesmo. Mas brinque de brincadeiras boas: Pipa, corrida, bola, pique-pega, piqueesconde, queimada, subir em árvore, roubar manga do vizinho, pique-bandeira, passa anel, atirei-o-pau-no-gato, ping-ping-pong .e.Super Mario Nintendo! (o melhor jogo inventado até hoje). Aos velhos Dedique-se a si mesmo, E à família (importante). Não cultive o ócio Ficar á toa mata. Façam exercícios. Leiam (principalmente textos de Késia Câmara.). Esqueçam as mágoas (causam rugas......no rosto e no coração). Namorem sempre. Saiam de mãos dadas para caminhar juntos (é um exemplo para os jovens)

Viajem (recomendo Paris no outono, Itália na primavera e no verão, claro, Porto Seguro.) Compre um bom sofá. Sorriam sempre. Enfim, A vida é bela, a gente que complica ela. Viver uma vida feliz, sem rancor e cuidar da família é viver plenamente (sem rugas na testa e com muiiitos sorrisos. Eu garanto) O AMOR É... Joaquim Pessoa, in 'Ano Comum' O amor é o início. O amor é o meio. O amor é o fim. O amor faz-te pensar, faz-te sofrer, fazte agarrar o tempo, faz-te esquecer o tempo. O amor obriga-te a escolher, a separar, a rejeitar. O amor castiga-te. O amor compensa-te. O amor é um prémio e um castigo. O amor fere-te, o amor salva-te, o amor é um farol e um naufrágio. O amor é alegria. O amor é tristeza. É ciúme, orgasmo, êxtase. O nós, o outro, a ciência da vida. O amor é um pássaro. Uma armadilha. Uma fraqueza e uma força. O amor é uma inquietação, uma esperança, uma certeza, uma dúvida. O amor dá-te asas, o amor derruba-te, o amor assusta-te, o amor prometete, o amor vinga-te, o amor faz-te feliz. O amor é um caos, o amor é uma ordem. O amor é um mágico. E um palhaço. E uma criança. O amor é um prisioneiro. E um guarda. Uma sentença. O amor é um guerrilheiro. O amor comanda-te. O amor ordena-te. O amor rouba-te. O amor mata-te. O amor lembra-te. O amor esquece-te. O amor respira-te. O amor sufoca-te. O amor é um sucesso. E um fracasso. Uma obsessão. Uma doença. O rasto de um cometa. Um buraco negro. Uma estrela. Um dia azul. Um dia de paz. O amor é um pobre. Um pedinte. O amor é um rico. Um hipócrita, um santo. Um herói e um débil. O amor é um nome. É um corpo. Uma luz. Uma cruz. Uma dor. Uma cor. É a pele de um sorriso. TESTAMENTO Toquinho e Vinicius de Moraes Você que só ganha pra juntar O que é que há, diz pra mim, o que é que há? Você vai ver um dia Em que fria você vai entrar Por cima uma laje Embaixo a escuridão É fogo, irmão! É fogo, irmão! Falado: Pois é, amigo, como se dizia antigamente, o buraco é mais embaixo... E você com todo o seu baú, vai ficar por lá na mais total solidão, pensando à beça que não levou nada do que juntou: só seu terno de cerimônia. Que fossa, hein, meu chapa, que fossa... Você que não para pra pensar Que o tempo é curto e não para de passar Você vai ver um dia, que remorso, como é bom parar Ver um sol se pôr Ou ver um sol raiar E desligar, e desligar Falado: Mas você, que esperança... Bolsa, títulos, capital de giro, public relations (e tome gravata!), protocolos, comendas, caviar, champanhe (e tome gravata!), o amor sem paixão, o corpo sem alma, o pensamento sem espírito (e tome gravata!) e lá um belo dia, o enfarte; ou, pior ainda, o psiquiatra Você que só faz usufruir E tem mulher pra usar ou pra exibir Você vai ver um dia

Em que toca você foi bulir! A mulher foi feita Pro amor e pro perdão Cai nessa não, cai nessa não Falado: Você, por exemplo, está aí com a boneca do seu lado, linda e chiquérrima, crente que é o amo e senhor do material. É, amigo, mas ela anda longe, perdida num mundo lírico e confuso, cheio de canções, aventura e magia. E você nem sequer toca a sua alma. É, as mulheres são muito estranhas, muito estranhas Você que não gosta de gostar Pra não sofrer, não sorrir e não chorar Você vai ver um dia Em que fria você vai entrar! Por cima uma laje Embaixo a escuridão É fogo, irmão! É fogo, irmão! FRASES CLÁSSICAS DE ESCRITORES CÉLEBRES “A moral é a debilidade do cérebro.” Arthur Rimbaud “O que realmente deixa um homem lisonjeado é o fato de você o considerar digno de adulação.” Bernard Shaw “Há livros escritos para evitar espaços vazios na estante.” Carlos Drummond de Andrade “Respirar é uma doença!” Charles Bukowski “Engolimos de uma vez a mentira que nos adula e bebemos gota a gota a verdade que nos amarga.” Denis Diderot “Políticos e fraldas devem ser trocados de tempos em tempos pelo mesmo motivo.” Eça de Queiróz “Felicidade em pessoas inteligentes é a coisa mais rara que conheço.” Ernest Hemingway “Não me venham com conclusões! A única conclusão é morrer.” Fernando Pessoa “A mentira é o único privilégio do homem sobre todos os outros animais.” Fiódor Dostoiévski “Ninguém pode ser sábio de estômago vazio.” George Eliot “Em tempos de embustes universais, dizer a verdade se torna um ato revolucionário.” George Orwell “Algo deve mudar para que tudo continue como está.” Giuseppe Tomasi di Lampedusa “Tenha cuidado com a tristeza. É um vício.” Gustave Flaubert “Não há mentira pior do que uma verdade mal compreendida por aqueles que a ouvem.” Henry James “É permissível a cada um de nós morrer pela sua fé, mas não matar por ela.” Hermann Hesse “É pecado pensar mal dos outros, mas raramente é engano.” H. L. Mencken “É tão absurdo dizer que um homem não pode amar a mesma mulher toda a vida, quanto dizer que um violinista precisa de diversos violinos para tocar a mesma música.” Honoré de Balzac “Os criacionistas fazem com que uma teoria pareça uma coisa que se inventou depois de beber a noite inteira.” Isaac Asimov O PRECONCEITO ESTÁ EM NÓS A escola não é uma ilha, e entre alunos e professores estão presentes as mesmas relações de uma sociedade que estimula o individualismo e vê a solidariedade como se fosse um favor e a tolerância como covardia. A nós, educadores, usualmente defensivos, cabe uma posição mais consciente e deliberada contra essa cultura de agressividade, começando por identificar e combater atitudes que comprometem o convívio escolar e envenenam a vida social. O preconceito não é só coisa de grupos sectários, como skinheads, pois surge, às vezes, da tola pretensão de valorizar a si mesmo ao depreciar diferentes escolhas religiosas, estéticas, desportivas ou musicais.

Ele pode se manifestar, às vezes, disfarçado de humor, como na humilhação – ou bullying – de um estudante por seu sotaque regional ou pela forma como se veste. Uma escola que admite posturas como essas, por não reconhecer seu potencial destrutivo, abre caminho para discriminações de etnia, idade, origem, gênero e classe. Muitas formas de intolerância resultam de visões e superstições presentes nas relações familiares e afetivas e de valores disseminados na sociedade. Em oposição a isso, a escola deve estimular crianças e jovens a identificá-las em piadas, notícias, torcidas esportivas, filmes de ação e novelas e discutir suas origens sociais e históricas. A atividade é adequada a diferentes disciplinas. As práticas de segregação por condições de vida, preferências ou deficiências também podem ser identificadas e debatidas por meio da dramatização de reações possíveis de jovens e de educadores diante da imagem de um trabalhador urbano saindo imundo de um bueiro ou do sorriso bondoso de uma criança com síndrome de Down. Ao mostrar como os preconceitos são usualmente reforçados por constrangimentos ou revelados pela intolerância, em situações que demandariam compreensão e solidariedade, questionam-se atitudes de professores na sala de aula, por exemplo, ao tratar com alunos que têm diferentes ritmos de aprendizagem. É difícil não discriminar, pois, ao generalizar experiências pessoais, já prejulgamos. Mais complicado ainda é reconhecer como desfiguramos traços de caráter e sentimentos pessoais ao descrever quem estranhamos. Ao nos referirmos a jovens da escola privada como patricinhas e aos da escola pública como pivetes, por exemplo, estamos revelando nossa própria grosseria e insensibilidade pelo simples uso desses termos – e é bom ter consciência disso. Os julgamentos preconceituosos, no entanto, nem sempre são definitivos, assim como as afirmações científicas. O que parecia bem compreendido há alguns anos, como a constituição e a expansão do Universo, hoje apresenta vários pontos obscuros. Por isso, valorizar a variedade de culturas, o questionamento dos saberes e a necessidade do contraditório é o que devemos fazer sem propagar outro mito, o da neutralidade absoluta. A escola é um espaço de diversidade privilegiado para aprender a resolver conflitos e saborear a graça do convívio com a diferença. É assim que ela combate os preconceitos. Autor: Luis Carlos de Menezes, físico e educador da Universidade de São Paulo, vê os preconceitos como adversários da cultura em geral e da ciência em particular. A PIADA DA SEMANA Briga de Galos Um turista a passeio pelo interior de Minas quis assistir a uma briga de galo e não resistiu em fazer uma apostinha. Mas, como não era bobo e não conhecia nada de galos, perguntou a um caipira do seu lado: - Qual dos dois galos, ai é o Bom? O caipira rapinho respondeu: - O bom, é o Galo Vermeio. Então com a informacão, o homem apostou todo o seu dinheiro no Galo Vermelho... Começou a luta e o galo vermelho levou a maior surra e perdeu feio. Revoltado o apostador foi ter com o caipira: - Você não falou que o Galo bom era o vermelho? - Falei sim. - Mas ele levou a maior surra e perdeu!!! - Eu te falei, que o Galo bom era o vermeio mas, o marvado é o preto! oOo Acessar: www.r2cpress.com.br

Add a comment

Related pages

465 an 05_março_2014.ok - Documents - docslide.com.br

465 an 05_março_2014.ok. by roberto-rabat-chame. on Jul 14, 2015. Report Category: Documents
Read more

Agrissênior Notícias – Nº 465 – 05 de março de 2014

465 an 05_março_2014.ok from Roberto Rabat Chame. PARA LER EM TELA CHEIA CLIQUE ONDE ESTÃO AS 4 SETINHAS (LADO DIREITO). | Postado em Variedades
Read more

free mambo 4.6.5 - Art & Photos - Docslide.com.br

Mambo, free and safe download. Mambo 4.6.5: Elegant and powerful Web content manager. Free Download. Mambo 4.6.5 .. Mambo 4.6.5 18/02/09: Free: English.
Read more

Pečat br. 465 - Documents

Mladenovačke nedeljne informativne novine, 23.12.2005. ... Close Share Pečat br. 465. Embed ...
Read more

Resolução 465 - CFN - Education - docslide.com.br

Resolução 465 - CFN. by nucane. on Dec 05, 2014. Report Category: Education. Download: 0 Comment: 0. 1,045. views. Comments. Description .
Read more